Segredos de mãe e filha

Um conto erótico de Juck
Categoria: Lésbicas
Data: 25/03/2020 13:52:40
Nota 10.00

*Este conto foi enviado a meu email, em respeito aos envolvidos não divulgarei nomes.

Pele clarinha, menina moça, das coxas médias e bundinha arrebitadinha e saliente, olhos escuros com seus lábios grandes que chamam atenção junto com seus seios grandes, motivo de várias cantadas e elogios.

Essa sou eu, Mara, fazem exatos 30 dias que terminei meu primeiro e único namoro, onde tudo que aprendi realmente foi transar e muito.

A gente era muito inflamado, todo lugar era lugar, tanto que minha sogra chegou a nos pegar transando na cozinha, safada, ficou quieta e olhou tudinho inclusive o filho dela gozando em cima da minha buceta sobre a mesa dela.

Mas enfim, acabou...

Bola pra frente tentando tocar a vida, falando em tocar foi o que me restou também, se tocar e curtir com meus dedinhos, acabei me descobrindo mais.

Mas como ter sossego com uma mãe doida igual a minha...

- Oi filhota por casa essa hora? Pelo jeito não se acertaram ainda!

- Ah mãe acho que acabou tudo mesmo!

- O que houve? Ele não quis mais transar na minha cama?

Sim pessoas, dei pra ele na cama da minha mãe e ela também nos flagrou...

- Ah é mãe! Fica jogando na cara mas ficou escondidinha vendo tudinho!

- Realmente fiquei e não devia ter te contado, mas o pau dele me chamou muita atenção, principalmente quando te pegou de quatro, que pegada do moleque heim!

- Mãe!

- Desculpa filhota mas você sabe que estou bem doida desde o divorcio e ser traída pelo seu pai me deixou frágil!

- Eu entendo mas não precisa falar do pau dele!

- Ok me passei desculpa!

Minha mãe estava bem safada desde a traição do meu pai com minha tia, sim, ele comia a irmã da minha mãe a anos, estava tudo bagunçado.

Chegando a noite toques na porta do meu quarto...

- Filha to me sentindo sozinha dorme comigo hoje?!

- Claro mãe, vou colocar meu pijama!

Minha mãe era uma morena baixinha mas cheia de atributos, começando pelos seios (puxei os dotes dela) suas coxas eram firmes para uma mulher mais madura e seu traseiro nem se fala.

Até então tudo normal, eu de pijama sem nada por baixo, totalmente livre, e minha mãe como de costume só de langerie.

Minha mente estava bem confusa, meus desejos aflorados, quando minha mãe me abraçou e deitei sobre o braço dela, senti algo muito forte em meu corpo, era diferente.

Não pode ser, ela é minha mãe, nossa que perfume é esse, cheirosa, macia, calorosa, gente, minha pepeca parecia que ia saltar do pijama, eu estava louca.

Irracional, esse é o nome pro meu ato...

- Mãe já tocou em uma mulher?

- Que papo é esse Marinha?!

- Sei lá não podemos conversar?

Silêncio de alguns segundos e...

- Já filha em uma festa das colegas do trabalho eu e a clara nos beijamos escondidas!

- Wow mãe! Conta mais!

- Porque isso agora?

- Conta conta!

- Ok menina!

Por um segundo achei que isso me acalmaria um pouco...

- Nos beijamos e depois nos tocamos!

- Como?

- Passei a mão na bunda dela, e ela agarrou meus seios!

- Onde estavam?

- Na minha sala!

- Chegou a tocar na...

- Hora de dormir Mara!

- Conta mãe!

- Ta bom! Nos tocamos sim, nos masturbamos no sofá da minha sala, não tiramos a roupa, só seios e calcinhas para o lado, e sim, gozamos, confesso que seu pai nunca me fez gozar daquele jeito.

Eu queria saber o jeito...

- Filha tem que saber como e onde tocar, se você quer provar o sexo oposto precisa saber os detalhes!

- Me mostra?

- Que? Ta maluca!

- Filha sua melhor amiga é a mãe! Onde esta isso?

- Não acredito! Ta bom então!

Silêncio tomou o quarto, sob as luzes e ruídos da TV, senti a mão da minha mãe subir lentamente pela minnha coxa por cima do pijama.

Sua mão parou em cima da minha barriga, seus dedinhos começaram entrar por baixo do elástico do pijama bem devagar, ela colocava um pouco de cada vez, pensando que eu fosse reclamar, fiquei em silêncio.

Seus dedinhos foram entrando, logo sua mão toda estava desçendo em direção a minha bucetinha, meu corpo arrepiado, respiração ofegante, ao chegar no começo da pepeca ela parou, então, afastei as pernas deixando o caminho livre dando a entender que ela poderia avançar.

Ela avançou...

Seu dedinho do meio deslizava passeando pelo meu grelinho, lentamente, de cima para baixo, minha bucetinha sequinha agora começava humidecer.

Logo seu dedinho encontrou o buraquinho da entradinha, e invadiu minha buceta puxando para fora todo melzinho que encharcava minha buceta com a mão dela.

Minha mãe em silêncio total deitou nos meus peitos, e com carinho, abaixou a blusa do meu pijama, senhoras e senhores, ela estava chupando meus peitos.

Não tem como segurar, gemi gostoso nesse momento, arrancando minha calça, agora estava mais a vontade recebendo a mão da minha mãe na buceta.

Precisava retribuir, meti minha mão na xoxota dela arrancando a calcinha pro lado, estava toda molhada, quase gozando.

Mamando gostoso nos meus seios, ela subiu por cima de mim, sua cabeça foi sumindo para baixo, logo descobri onde foi parar.

Quando senti sua lingua quente abrindo meu grelinho, suas mãos abrindo e segurando minhas pernas, eu me torcia na cama gemendo e sussurando, com a chupada carinhosa e deliciosa da minha mãe.

Agarrada no lençol da cama com a cabeça contorcendo no travesseiro, minhas pernas encaixadas na cabeça da minha mãe, gozei gostoso na boca dela.

Agora sem calcinha ela parte pra cima de mim, nos seus lábios o gosto do meu prazer, com a buceta bem no meu rosto, ouvi o gemido mais exitante da minha vida...

- Chupa aqui menina vai!

Seus dedos indicavam o local na sua bucetinha lisinha de grandes lábios...

Ponta da minha língua massageou seu grelo, meus lábios sugaram a buceta toda, meu dedinho indicador invadiu, e minha mãe gozou loucamente na minha boca.

Soltando um gemido de prazer agarrada na cabeçeira da cama, esfregava a buceta nos meus lábios.

Recuperadas, silenciosas, pensativas, plenas...

- Mãe!

- Fala filhota!

- Quero de novo mãe!

- Tudo bem, deita em cima da mamãe vou te ensinar uma coisinha!

E assim foi por muito tempo da minha vida, só paramos quando casei, segredo pra toda vida.

Fim


Este conto recebeu 12 estrelas.
Incentive Confissões de Verdade a escrever mais dando dando estrelas.
Cadastre-se gratuitamente ou faça login para prestigiar e incentivar o autor dando estrelas.

Entre em contato direto com o autor. Escreva uma mensagem privada!
Falar diretamente com o autor

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
25/03/2020 22:52:21
Adorei
25/03/2020 18:13:28
Que delícia de história... gozei!

Online porn video at mobile phone


Brinquei com minha prima de camisola e tranzei vidio caseirodona de academia fudendeconto gay contei pra ele que queria dar pra elegostosa safada trepando dms ta pika dura pornodoidowaposa gostosa de mini saia arretando amigo do marido so de sainhaconto gay ele se revoltou e tomou todasNetinha de 10 aninhos contos eroticosConto erotico cuzinho de casadinhaarebentandocu velinhascontos eroticos menage femininofui encoxada no metro e dei meu raboconto dei o cu pro meu tio emganto ele dormia gay 2017vi a minha irma de shortinho nao resistir e batir um ponheta xvideosordenhando o amante piricudocontos eiroticos leilapornxvídeos haveria sobrinho pega tia dormindo com o* dela da salsichaconto erotico patrão e empregada e esposacontoswww.eroticos na festaconto erotico huntergirls71vídeo pornô com palavrão tipo comer sua b***** f****** o c****** todinho te quero sabe dançar para mimconto erotico dei para um estranho na casa de swingvideos gay pissing dominação humilhaçãocão mete ate o talo na bucetinha de uma virgem q fica grudado na buceta dela e ela tenta tirarcontos eroticos com tapas e palavroes e sexo agressivoconto dei para meu filhoenteada novina doida pra dar o cu. pro padrastoFOTOS DE FODA RIJA NEGRAO BIGboquete toda hora minga sogracontos real de incesto demaes fudendo com filho menor de dezesseis anoschupei as rolas dos moleques da minha rua; contos eróticosxvideos gozando numa tesuda de oculos e trancinhasnegao dotado tirando sangue dem doo cu do amigo seestórias eróticas de sequestroWww.xvideo homem goza dentro da nininha muito novinhasex araminhapubis depilado contoscontos foderam minha caÇulaVidio de virgi assanhada pra da a paguinhafudeno. a amiga. encunto amulher. lembi. elena hora do sexo o que pode ser feito com o halls pretoconto erotico romulo gayfoi tanya tesao que comeu ela de roupa.e tudocontos picantes de amor gaysestupro esposa contos eroticossadomasoquismo porquinha choqueContos eroticos bofinho machinhoconto erotico meu marido me viu dando o cu e gostoua japonesinha que não aguenta e se mijaxvideo chinesa se encabulou com o pau do negão e foi arronbadachantagiou a mãe para fuder nelaconto porno apaixonado pelo meu primo brutamontesPorno contos familia incestuosas ninfetinhas comecando cedoa madastra nao aguenta o casetao do intiado no cuxinho pede arego sexoporno doido duas mulhres com uma rolona de borracha estrasalha a outra8pega baixa vidio pornovimeu cachorro engatado emcadela quistambem comtomãe dãno com seliho au filho de ropão fudenomorena sapeca capetinha XVídeoscontos de incestos e surubas esposa com minha cunhada e minha irma nudistascontos erótico menininha dama de honrar xvideos predeiro comen patroahospedagem anonima site:.ruchupando o grelinho dela porbodoidoxvidiomenina sentando em cima da pica mais grandi do mundoconto erótico jornalista 77ler conto erotico meu delegadoSarado labedo u copo xvidiogts agaxada mostrando o bucetaoela grita mas picudo atoxaSou coroa casada os mulekes rasgaram minha calcinhacontos eróticos de casadas rabudas traindo com pauzudosmulher f sexo escanxada no palesfregou e gosou na xeca da amiga uhhhconto erótico Eu e o meu marido no bar da perdiçãorelatos eroticos pagando o aluguel com a filhinhaespoza traindo marido c primo delaenteada flagra transa de adoria participarcontos picantes de amor gayschateou a amiga até ela dar o cu vídeo amador mobile porno tira tira do cu auiiiiii