EU, MINHA ESPOSA E UM TRAVESTI BEM-DOTADO!

Um conto erótico de NUBER
Categoria: Trans
Data: 07/03/2020 23:40:53
Última revisão: 30/03/2020 16:12:37
Nota 10.00

Me chamo Marcio e vou contar para vocês a mais louca aventura sexual que vivi depois que me casei.

Flavia minha esposa é uma loira de cabelos compridos sempre impecáveis, 22 anos, 1.70m, olhos esverdeados, seios de tamanho médio, coxas grossas e bumbum empinadinho com marquinhas de biquíni bem pequenas, bucetinha toda lisinha e para completar essa beleza a safada tem um tesão danado, sempre pronta para foder gostoso e topa todo tipo de sacanagem, uma putinha tarada completissima.

Também sou loiro, olhos azuis, 25 anos, 1.71m., corpo bem definido por praticar esportes, tipo futebol, natação e sempre que posso também faço caminhadas.

Tesão é algo que sempre tive de sobra desde quando entrei na adolescência, me masturbava praticamente todos os dias, mas me faltava coragem para abordar as mulheres, sempre fui muito timido e por esse motivo não tive muitas experiências sexuais com garotas antes de conhecer minha esposa.

Por causa de minha timidez não conseguia fazer amizades e também por ser loiro de olhos azuis em um colégio repleto de gente morena e mulatos acabei sofrendo bastante assedio sexual por parte dos rapazes, tipo encoxadas e passadas de mão na minha bunda e por ter medo de acabar sendo estuprado por eles sempre evitei perambular ao redor do colégio sem ninguém por perto.

Minha primeira experiência sexual foi com uma prostituta de nome Vanda que foi muito boa comigo quando abri o jogo dizendo que era completamente virgem a safada resolveu me ensinar e me deu um tremendo chá de buceta fazendo com que me sentisse o sujeito mais macho do planeta.

Com Vanda aprendi quase tudo que precisava e depois disso passei a ter um pouco mais de coragem e até consegui sair com algumas garotas que conheci nas baladas de fim de semana.

Eu trabalhava como supervisor de marketing em uma grande empresa de produtos alimentícios e foi em uma de minhas visitas aos supermercados que conheci Flavia, ela trabalhava como promotora de produtos diet e fitness de nossa empresa e fiquei encantado com sua beleza e desenvoltura ao abordar clientes que passavam pelo corredor do estabelecimento, sua roupa toda colada ao corpo era muito sensual mostrando seu corpo perfeito e então começamos a conversar nos intervalos enquanto ela fazia degustação dos produtos aos futuros clientes.

Criei coragem e convidei Flavia para irmos jantar ou comer lanches após nosso horário de trabalho e ela topou no ato e na hora marcada voltei para busca-la e fomos até um shopping e depois de saciar a fome a convidei para assistir um dos filmes que estavam passando nas salas de cinema e ela mostrou ser uma mulher completamente diferente das outras porque toda safada chegou sua boca pertinho da minha orelha e sussurrou sacana:

=Gato... desde que você me viu no supermercado trabalhando você ficou babando olhando para meu corpo e sei que você tá louquinho de vontade de me pegar... também tô doida pra meter... eu estava naqueles dias e quando termina eu fico subindo pelas paredes... vamos deixar o filme pra outro dia e me leva pro motel que acho que vai ser bem mais gostoso... se você tiver uma rola bem dura vou querer que você me foda inteirinha!

Nunca imaginei que existisse uma garota tão puta e tão decidida quanto Flavia e após alguns segundos dei a ideia de irmos para o apartamento onde eu morava sozinho e ela concordou e apos uns 20 minutos entravamos no meu pequeno AP e em seguida Flavia ficou peladinha e pude me deleitar com seu corpo perfeito, trocamos vários beijos e fomos para o banheiro.

O banho foi bem rápido e logo estávamos na cama e cai de boca naquela bucetinha rosinha depiladinha, Flavia rebolava deliciosamente na minha língua e seu grelo sensível logo cresceu ficando bem inchado e a putinha tinha um gozo atrás do outro, ela puxava minha cabeça de encontro a sua buceta e só me soltou depois de gozar que nem uma cadela no cio.

Foi a vez de Flavia engolir meu pau com sua boca gulosa, fodi sua garganta e não demorei muito para encher sua boquinha deliciosa de porra quentinha, ela engoliu tudo, o tesão por aquela garota era tanto que meu pau nem ficou mole e logo coloquei-a de 4 na beira da cama e fodi sua buceta sem parar, ela rebolava e pedia mais e mais, aproveitei e dei uns tapas naquele lindo bumbum branquinho e ela toda putinha disse para bater sem dó que a tarada adorava apanhar na bunda.

Depois da buceta soquei no cuzinho tesudo da safada e ela gozou varias vezes e então enchi o rabinho guloso da safadinha tarada de porra fervente.

Demos uma pausa e fomos para a sala pelados, liguei a TV e começamos a bater papo, Flavia elogiou meu AP dizendo que apesar de pequeno era muito bonito e respondi que já fazia 2 anos que morava ali sozinho, havia comprado e reformei-o todo e comentei que dali até o escritório da fabrica onde trabalhava era distante apenas 10 minutos de carro e então ela sorrindo safada perguntou se já tinha morado junto com alguma “putinha” e foi minha vez de brincar dizendo que não tinha achado nenhuma “puta” que valesse a pena para morar comigo e caimos em risos.

Flavia desfilava completamente nua pela sala com uma naturalidade incrível e só então me toquei que a cortina estava totalmente aberta e como havia outro prédio bem do lado alguém poderia ver a gente peladão e então comentei isso com Flavia e ela sorrindo sacana disse:

=Gato... não se preocupe com isso porque eu adoro andar peladinha... sou uma exibicionista incorrigível... só vou colocar roupa se você quiser que eu faça isso... senão... prefiro ficar assim!

=Claro que eu também prefiro a gata assim nuazinha... você é linda e muito gostosa... você pode ficar do jeito que quiser querida!

Flavia foi até a estante da TV e se deparou com uma caixa cheia de filmes pornôs... esse era meu passatempo predileto quando estava sem fazer nada e ela depois de olhar a capa de vários deles disse:

=Hummmm... to vendo que o gato também curte filmes pornôs... eu adorooooo... gosto de todos os gêneros... quando quiser me convidar para assistirmos juntinhos é só me chamar!

A presença daquela garota linda completamente nua na sala do meu AP me deixava todo excitado e então a convidei para dormir comigo naquela noite e ela depois de alguns beijos ela disse que se pudesse ficaria meu AP, mas ela teria que acordar muito cedo para ir até a casa onde morava para trocar de roupa para trabalhar e como era em um bairro bem distante ficaria muito ruim e então sorrindo bem safada disse:

=Se o gato taradinho quiser manter o convite para amanha a noite eu topo... trago uma troca de roupa de casa e aí posso “dormir” aqui no seu AP!

Claro que aceitei a sugestão da loirinha tarada e deixei tudo combinado para a noite seguinte e então fui leva-la até sua casa, ela me explicou qual o caminho que deveria fazer e assim que entramos no carro e dei a partida Flavia toda safada já tirou meu pau para fora da calça e se deitando de lado no banco disse sacana:

=Não precisa ter pressa gato... vou te chupar até chegar em casa... quero te deixar com o pau bem duro... mas não é pra gozar hein... é só pra ficar com bastante tesão e sentir saudades dessa putinha tarada!

Ela cumpriu o que prometeu, deixou meu pau duro como uma rocha, tive que me segurar para não gozar de novo, que boca quente tinha a putinha e depois que nos despedimos voltei para o meu AP todo feliz, nunca havia transado com uma mulher tão gostosa e tão tesuda quanto Flavia.

Nos três meses seguintes eu e Flavia nos víamos todos os dias, praticamente eramos marido e mulher e resolvi chama-la para morar comigo de vez, ela aceitou meu “convite” e se mudou para o meu AP.

Para mim então era tudo que sempre sonhei, uma esposa linda e deliciosa sempre pronta para o sexo, nunca mais precisei bater uma punheta.

Se gostei da presença de Flavia no meu AP certamente dois vizinhos machos do prédio ao lado também passaram a se deliciar com seu corpo perfeito completamente nu desfilando pra la e pra ca na sala e no quarto do AP, as cortinas nunca mais ficaram fechadas, ela simplesmente se exibia por inteira e logo eu entrei na dança quando ela resolveu me chamar para transar com nossos vizinhos tarados assistindo.

No começo até tentei sair fora daquela brincadeira explicita de Flavia, na verdade eu achava que meu pau de 13/14cm não tinha o tamanho ideal para ficar dando espetáculo de sexo explicito, mas foi incrível descobrir que depois de 5 minutos fodendo a bucetinha e o cuzinho da putinha tarada perdi a vergonha de vez e fiz tudo do jeito que ela queria, os caras que nos assistiam ficavam loucos e até colocavam os números de seus telefones em cartolinas coladas no vidros das janelas para que ligássemos pra eles, mas isso não fizemos, eles tinham que se contentar em ser apenas voyeurs.

Nas baladas de fim de semana Flavia arrasava com seus “looks” extremamente sexy, vestidinhos com decotes vertiginosos tanto na frente quanto atrás e a safada não usava calcinha ou sutiã com aquele tipo de roupa e quando os garanhões de plantão olhavam para ela dava pra notar que ficavam loucos de vontade agarrar a putinha loira tarada e de vez em quando sempre tinha algum abusado que passava a mão mesmo, Flavia dava um sorriso sacana deixando rolar e comentava que não adiantava reclamar porque alguns caras com a cabeça cheia de álcool acabavam quendo confusão e ficava tudo por isso mesmo.

Logo percebei que Flavia era muito safada mesmo, adorava aquele assedio explicito e dava para perceber que seu tesão ficava a flor da pele e quando chegávamos em nosso AP a transa se tornava muito mais quente e intensa e resolvi tocar no assunto dizendo:

=Flavinha sua putinha safada... acho que se a gente fosse para as baladas durante os dias da semana acho que eu não ia dar conta desse tesão louco que você sente sendo assediada pelos caras nas boates né... tua buceta parece que fica pegando fogo de tão quente... sem calcinha e sem sutiã com esses vestidinhos que te deixam quase pelada... os caras devem meter a mão mesmo... e você gosta muito né sua tarada?

Flavia deu uma gargalhada sacana e após se sentar no meu colo de frente e colou seus lábios nos meus e depois um beijo cheio de volúpia disse:

=Acho que meu gato safado já percebeu que arrumou uma parceira completamente vadia mesmo... mas tenho certeza absoluta que você também é um pervertido repleto de fantasias e também gosta muito que eu seja assim bem safada e exibicionista né... mas o melhor de tudo nessa relação é que você não é um daqueles caras chatos que depois que come a garota pela primeira vez já fica querendo botar coleira na gente... cada dia que passa acho que você é um cara que tem uma cabeça muito legal e tã tudo ótimo assim... vamos ser um casal de cumplices e aproveitar pra gozar muito!

=Bem... claro que eu curto você do jeito que você é... nunca pensei em te pedir para mudar nada... quero que você continue sendo essa vadia deliciosa... na verdade nunca gozei tão gostoso com uma garota quanto gozei contigo... você é perfeita gata!

Meu pau já estava duro como uma rocha e Flavia encaixou sua bucetinha tesuda nele e começou a cavalgar deliciosamente rebolando seu corpo por inteiro gemendo nos meus ouvidos, seus gozos eram rápidos e intensos.

Depois de uma trepada deliciosa fomos para o chuveiro e o papo continuou mais revelador quando Flavia toda safada disse:

=Marcio... tenho uma coisa para te contar... hoje de manhã logo apos que você ter saido para trabalhar... eu fiquei no AP porque meu turno de trabalho começaria as 13hr e então resolvi passar o aspirador de pó para dar uma limpada e comecei pelo nosso quarto, claro que eu estava peladinha como sempre e então vi que na janela do AP do prédio vizinho havia dois machos... um já era nosso conhecido... ele já assistiu varias de nossas as nossas trepadas... mas hoje ele tinha um um amigo ao seu lado... um negro grandão e fortão... os safados logo tiraram os paus pra fora das calças e começaram a se masturbar pra mim... foi então que fiquei de queixo caído quando vi o tamanho do pauzão do negão... era enorme e grossão... eles escreveram os números dos telefones deles em uma cartolina e mostraram pra mim pedindo que ligasse pra eles... queriam gozar junto comigo brincando com minha bucetinha... eu comecei a me masturbar toda arreganhada pra eles... pensei em não ligar... mas a safadeza não deixou... mas coloquei meu celular no modo privado e então liguei... eles ficaram loucos... dizendo que eu era muito gostosa... que era uma putinha muito tarada e queriam que eu fosse pro AP deles pra me comerem todinha... Marcio... por muito pouco quase que topei o convite... fiquei louca olhando pra aquele pauzão negro cabeçudo duro como aço... eu imaginava aquele caralho negro enrorme fodendo minha bucetinha apertadinha e gozei que nem uma cadela no cio... cheguei a molhar a cama... foi uma delicia... pensei em te ligar pra você voltar pra casa... mas como você havia comentado que teria reunião na parte da manhã achei melhor não atrapalhar o teu serviço!

Definitivamente se eu ainda não era corno da Flavia não ia demorar a ser e pelo jeito ela não iria fazer isso escondido, se quisesse continuar nosso relacionamento teria que aceitar ser um corninho completamente manso e nem me passava pela cabeça ficar sem a minha putinha loira tarada e todo sacana disse:

-Aquela conversa que toda loira puta adora dar para negão bem-dotado to achando que deve ser verdade... sua safada tarada... então quase virei corninho hoje... ou será que já sou corninho e ainda não to sabendo?

Saimos do chuveiro nos enxugando e Flavia com seu sorrisinho de puta safada disse:

=Marcio meu querido... depois que passamos a ficar juntos você ainda não levou nenhum par de chifres... nem sei porque... acho que faltou oportunidades que valessem a pena... tenho certeza que você sabe que sou uma vadia completamente tarada e que se sentir tesão por algum macho e ele quiser me comer eu vou dar gostoso sem um pingo de culpa... mas pode ter certeza que não vou esconder nada de ti... conto tudinho... até os detalhes... mas... isso que você comentou a respeito de negros é verdade... já dei para alguns negros... eu adoro o contraste de cor... loirinha e negão... a maioria deles tem caralhos enormes e grossos e eles tratam as loiras como putas... e eu adoroooooooo!

Meu pau ficou durinho de novo e resolvi tomar uma atitude muito louca e encoxando Flavia por tras beijei seu pescoço e sussurrei dizendo:

-Flavia minha putinha querida... se você quiser ligue para os nossos vizinhos e peça para eles virem ao nosso AP te comer... eu não quero que a minha putinha vá dormir com tesão... você pode fazer tudo o que tiver vontade com eles!

Flavia toda safada empinou o rabo e disse:

-Nossa... assim você me deixa mais “apaixonada” por você... vou querer me casar contigo de papel passado... depois de liberar sua putinha loira para um negão me foder inteirinha você é perfeito como marido... tem certeza que você não vai se arrepender e querer pular forna na hora H?

=Claro que não querida... já te falei... pode ligar!

=Já que meu futuro marido tá autorizando vou ligar... mas vou querer que apenas o negão bem-dotado venha aqui pra casa... quero fazer ménage a trois...eu, você e o negão!

=Você que sabe querida... o que você quiser para mim está perfeito!

Flavia pegou o celular e ligou, após alguns segundos atenderam e minha querida esposa toda safada disse que era a vizinha e queria falar com o negão pauzudo e logo percebi pela expressão de seu rosto que a coisa não iria rolar, o negão bem-dotado havia visitado o amigo e já tinha ido embora para outro estado, talvez voltasse dali a alguns meses, Flavia então cortou a conversa e desligou o celular bastante chateada!

Apos todo aquele agito que acabou não virando nada eu e minha putinha loira pedimos uma pizza para jantar e em seguida resolvemos assistir filmes pornôs, um de nossos passatempos preferidos, todo safado escolhi um filme onde negros enormes e bem-dotados faziam dupla penetração em uma loira linda tarada e logo o tesão pegou legal e começamos a “brincar” no sofá da sala.

Flavia adorava se sentar no sofá com as pernas bem arreganhadas e eu ajoelhado no tapete chupando sua buceta tesuda enquanto ela assistia os filmes acariciando e apertando os bicos dos seus seios, quando a tarada embalava ela tinha um gozo atrás do outro, seu grelo crescia ficando inchado e vermelho e foi então que decidi ser mais safado ainda dizendo:

-Já pensou se o negão pauzudo não tivesse ido viajar... ele estaria aqui com a gente... minha esposa putinha iria gozar que em louca... fecha os olhos e imagina ele comendo tua buceta e teu cuzinho socando o pauzão negro até o talo... hummmm... eu ia adorar assistir bem de pertinho ele arrombando sua bucetinha gostosa... hummmm... goza sua putinha safada... goza na minha boca imaginando o negão pauzudo te fodendo inteirinha... ahhh... safada... putinha... gostosa!

Flavia entrou de cabeça na fantasia gemendo mais alto e passou a apertar mais forte os bicos de seus seios e toda putinha disse:

-Que marido mais pervertido que eu tenho... pelo que to notando a cada dia que passa você tá ficando mais safado...ahhhhh... seu tarado... ta louco para ver outro macho bem-dotado me fodendo né? Pode deixar que eu vou ser a puta que você ta louco que eu seja... eu já devia ter dado para um monte de machos... seu corninho safado!

Os gritinhos de prazer de Flavia me levaram a loucura e gozei batendo punheta chupando e lambendo seu grelão inchado!

Durante o banho antes de dormir Flavia toda safada disse que estava adorando nosso relacionamento e que com certeza muitas safadezas iriam acontecer em nossas vidas.

O fim de semana estava chegando e foi então que Flavia me ligou dizendo que tinha uma coisa muito louca para me contar e disse que assim que pudesse era para pegá-la no hyper-mercado que ela estava trabalhando e respondi que já tinha terminado meu turno e logo passaria para busca-la para irmos para nosso AP.

Após alguns minutos peguei Flavia no estacionamento do mercado e logo que ela entrou no carro disse toda safada:

=Marcinho meu querido... agora a tarde aconteceu um babado muito doido... eu estava trabalhando no meu quiosque fazendo degustação quando chegou uma mulata de 1.85 toda sorridente, vestida com roupa de academia, tinha seios enormes, bundão, coxas bem torneadas e ofereci nosso produto, ela aceitou e depois de comer comentou que era muito gostoso e que iria comprar, foi então que percebi que aquela mulata tinha uma voz bem grave e rapidinho percebi que era um travesti, mas o que me chamou a atenção é que a calça leg de lycra sendo super colada ao corpo no meio das pernas dela não aparecia nenhum volume fora do normal e então veio na minha mente que talvez ela fosse operada e como sou uma garota muito curiosa e a mulata travesti parecia ser bem legal a elogiei dizendo que ela era muito linda e que se não fosse pela voz eu juraria que ela era uma mulher e então ela sorrindo safada disse que se chamar Tiffany, tinha 27 anos e fazia 3 semanas que tinha vindo da Espanha onde “trabalhava” para visitar a mãe que precisou fazer uma cirurgia de emergência e iria ficar no Brasil mais alguns meses e já que ela se mostrava bem falante resolvi perguntar se ela era operada e a safada disse que se fosse operada não iria ganhar muito grana porque quase todos os homens que a procuram querem mesmo é uma rola grossa e bem dura no cu. Dei um sorrisinho sacana e aproveitando que a Tiffany parecia não ter papas na língua continuei a conversa dizendo que achei que ela era operada porque não consegui notar nenhum volume no meio de suas pernas e ela toda safada disse que esse é um truque que todo travesti aprende desde novinho quando começa a usar calcinha.

Tiffany perguntou meu nome, minha idade, se eu tinha namorado e falei que era casada com um cara lindo e maravilhoso e a travesti safada disse na minha cara que eu levava jeito de ser uma putinha muito fácil.

Chegaram mais algumas pessoas no quiosque e a Tiffany ficou ao lado enquanto eu servia os clientes e assim que foram embora ela me perguntou onde ficavam os banheiros e resolvi sacaneá-la perguntando em qual deles ela iria e a safada disse que com certeza no mesmo que eu usava e quando perguntei se queria que a acompanhasse ela concordou e fomos em direção aos banheiros. O hyper-mercado não tinha muitos clientes naquele horário e assim que entramos a Tiffany foi para o box e eu entrei no box ao lado, fiz um xixi rápido e em seguida a porta do box da mulata se abriu e ele então perguntou se tinha mais alguém no banheiro e respondi que não e a safada sorrindo sacana perguntou se eu queria conferir o “volume” que ela tinha no meio das pernas e claro que respondi que sim e ela ficou de pé e tive uma surpresa ao ver o tamanho da rola quase negra do travesti, estava mole, mas com certeza aquilo duro ficaria muito grande e toda safada ela deu uma balançada naquele pauzão e em seguida guardou dentro da calcinha e fomos para a pia lavar as mãos e ela bem sacana disse:

=Pelo brilho dos seus olhos percebi que a puta loira gostou muito do que viu no meio das minhas pernas e certamente iria gostar bem mais quando ele ficasse duro com seus 22cm de puro prazer, se a gente estivesse em algum lugar mais “seguro” tenho certeza que a puta loira ia implorar pra cair de boca nele né sua cachorra tarada... gosta de rola grande e negra né sua vagabunda!

=Marcinho querido... ser chamada de puta fácil, cachorra e de vagabunda por aquela travesti roluda fez minha bucetinha melar na hora... a safada sabia como atiçar meu tesão e também decidi ser bem puta e disse:

=É... realmente não tem como negar... sou vadia mesmo e adoro rola negra grossa e cabeçuda... é que não tem jeito de fazer nada aqui nesse banheiro... mas se eu te encontrar em outro local pode ter certeza que vou cair de boca nessa rola tesuda até você encher minha boca de porra fervente!

=Sua cadela de rua... vou te dizer uma coisa... não curto muito transar só com mulher... mas se você colocar teu maridinho na “roda” em um delicioso ménage certamente poderemos nos divertir muito desde que façam tudo que eu mandar... porque se não me obedecerem direitinho irão sofrer muitos castigos nas minhas mãos sádicas!

=Foi isso que aconteceu querido que eu estava louquinha pra te contar... só que tem mais uma coisa importante que meu maridinho tarado precisa saber... eu combinei com a Tiffany para ela vir até nosso AP esta noite... o que você achou da minha ideia?

=Flavia sua maluca tarada... já que você combinou tudo com essa tal de Tiffany, por mim tá tudo bem... na verdade até achei essa ideia mais legal do que fazer ménage com um negão... sempre achei os travestis bem interessantes... uma mulher com pau!

=Hummm... que bom que meu maridinho safado topou a parada... nossa... to doidinha pra ver o que vai rolar essa noite no nosso AP... a Tiffany é muito safada... acho que o bicho vai pegar!

Chegamos ao nosso AP e enquanto eu tomava um banho bem demorado minha esposa putinha colocou duas garrafas de vinho no freezer e preparou uma bela tabua de frios para degustarmos com o vinho e a nossa “convidada”.

Quando eu estava me enxugando Flavia entrou no quarto, tirou sua roupa e toda safada chegou do meu lado e disse:

-Pega na minha bucetinha meu corninho safado... olha como eu to... ensopadinha... só de lembrar do pauzão negro da Tiffany fico todinha arrepiada... nossa... to num tesão que não me aguento... meu maridinho corno vai ter que fazer eu gozar... to taradinha... chupa minha buceta antes dela ser arrombada pelo pauzão negro da Tiffany!

Flavia sentou na beira da cama com as pernas arreganhadas e então me ajoelhei entre suas coxas e passei a lamber e sugar bem forte seu grelo inchado, ela soltou uns gemidos altos e rapidinho gozou na minha boca, a safada parecia que tinha feito xixi de tão molhada, me levantei e fui pra cima dela querendo socar meu pinto durinho na sua bucetinha, mas a putinha safada disse:

=Nem pensar meu corninho... você só vai comer minha buceta depois que a Tiffany me foder inteirinha... essa noite eu quero a rola negra e grossa... teu pintinho de adolescente não vai matar meu tesão!

Minha putinha loira entrou debaixo do chuveiro e fiquei deitado na cama com o pinto durinho imaginando o que iria rolar de safadeza naquela noite e assim que ela saiu do banho perguntei que roupa deveriamos colocar ela sorrindo sacana disse:

=Não vamos colocar nenhuma peça de roupa em nossos lindos corpos querido... Tiffany “recomendou” que a esperássemos peladinhos... então faremos o que ela mandou!

Enquanto aguardávamos a chegada da mulata travesti eu e minha esposa putinha esvaziamos uma garrafa de vinho, Flavia sorrindo sacana comentou que o álcool deixava a gente mais safadinhos e no horário combinado o interfone tocou e não demorou para que Tiffany entrasse em nosso AP.

Fiquei surpreso quando me deparei com Tiffany, minha esposa putinha havia comentado que ela era muito bonita, mas não imaginei que fosse tanto, ela estava vestida com um vestidinho preto de couro bem curtinho e nos pés uma sandália de salto bem alto, sua figura era muito imponente e nos comprimentamos com beijinhos no rosto e após ela colocar sua bolsa no sofá disse:

=A putinha casada não mentiu quando disse que tinha um marido corninho muito bonito... realmente ele é um gatinho lindo... pelo que to vendo vamos nos divertir muito essa noite... adoro transar com gente bonita e tarada!

Meu pintinho que até a chegada da Tiffany estava durinho como uma rocha, amoleceu e ficou encolhidinho, talvez por me sentir um pouco envergonhado de estar completamente nu na frente de uma pessoa que até aquele instante era desconhecida para mim.

Abri outra garrafa de vinho, servi uma taçã para Tiffany, uma para minha esposa putinha e mais uma para mim, eu já estava um pouquinho tonto, mas com certeza estava bem mais “corajoso” para que começasse logo a nossa safadeza.

Flavia com um sorriso sacana disse que iria mostrar o nosso quarto para a nossa convidada e fiquei sentado no sofá da sala e após alguns minutos escutei a voz da minha esposa puta dizendo:

=Venha para o nosso quarto meu corninho lindo... a Tiffany já ta abusando da sua putinha loira!

Em segundos fui até lá e ao entrar dei de cara com minha esposa de 4 na beira da cama toda arreganhada e atrás dela de pé a mulata travesti com uma pica grossa e cabeçuda dura como aço deslizando entre os lábios de sua bucetinha tesuda e Tiffany deu dois tapas bem fortes no bumbum branquinho de Flavia dizendo:

=Pede sua vagabunda... pede pra eu te comer... vai ter que implorar pela minha rola negra sua vadia de rua... puta fácil!

Tiffany enchia o bumbum da minha esposa putinha de tapas e Flavia toda putinha rebolava na ponta daquela rola negra cabeçuda querendo ser penetrata e toda safada sussurrava:

=Bate... pode bater sua safada, eu adoro apanhar quando estou sendo comida por uma pica bem grossa... me fode sua cachorra!

Nem sei de onde apareceu, mas Tiffany tinha um cinto em suas mãos e logo ouvi um estalido forte ecoando pelo quarto, Flavia soltou gritinhos de dor, mas a mulata travesti nem se importou e deu mais algumas cintadas e então posicionando sua rola negra na entrada da bucetinha de Flavia cravou firme até o talo, minha esposa putinha urrou de prazer ao sentir tudo aquilo dentro de si, e toda tesuda

olhou para mim que estava bem do lado deles e disse:

=Olha bem meu corninho... esse é uma rola do tamanho que sua esposa putinha gosta... você vai ser um corninho submisso pro resto da vida... ahhhh... soca tudo Tiffany... mostra pro meu maridinho como eu gosto de ser comida... me fode com esse pauzão gostoso!

Flavia entrou em transe sendo penetrada por aquela rola enorme e grossona, meu pintinho ficou durinho também, era uma sensação muito louca e deliciosa ver uma rola negra entrando e saindo da bucetinha rosinha da minha esposa putinha.

Tiffany puxava Flavia pelos cabelos e socava sua rola cabeçuda até o talo e a puta tarada rebolava sem parar, seu bumbum estava todo marcado pelas cintadas, os vergões saltavam de sua pele branquinha e logo em seguida a safadeza ficou mais forte quando ela foi para o meio da cama e disse toda safada:

=Vem meu corninho... chegou sua hora de participar... deita de costas na cama... vamos fazer um 69 comigo por cima... você vai chupar e lamber minha buceta arrombada enquanto a Tiffany continua me fodendo todinha... você vai ver o pauzão negro da Tiffany bem de pertinho dando prazer para sua esposa putinha!

Em segundos a safadeza aumentou de intensidade, Tiffany socava seu pauzão negro na bucetinha tesuda da Flavia e eu lambia seu grelo todo inchado, a rola cabeçuda deslizava para dentro da buceta a poucos centímetros da minha boca e não demorou quase nada para aquela rola enorme escapar de dentro dela e deslizar pelo meu rosto e nos meus lábios, logo percebi que Tiffany estava fazendo isso de safadeza mesmo e logo em seguida ela toda safada disse:

=Abre essa boca corninho safado... chupa a rola negra que ta fodendo a tua esposa puta... mama na minha rola corninho viado! Se demorar pra fazer o que to mandando quem vai levar cintadas vai ser você!

Rapidinho fiz o que a travesti mandou, o incrível foi perceber que em poucos segundos eu mamava que nem um bebe esfomeado naquele pauzão cabeçudo, Tiffany enfiava bem fundo na minha garganta e depois de foder minha boca como quis ela voltou a socar na buceta da minha esposa e então escutei um grito estridente e me dei conta que a Tiffany tinha trocado de buraco, sua rola grossa negra agora estava fodendo com força o cuzinho guloso da Flavia que mostrava que era mesmo uma puta de verdade rebolando que nem louca com aquela rola enorme espetada no cuzinho e gemendo de prazer gozou copiosamente.

A safadeza deu uma pequena pausa quando Flavia se levantando da cama ficou de pé diante do espelho e disse:

=Nossa... to toda marcada das cintadas... minha buceta e meu cuzinho foram arrombados por esse pauzão grosso... estão pegando fogo... ardendo demais...vou deixar o chuveiro no frio para dar uma refrescada!

Continuei deitado na cama só que fiquei bruços esfregando bem devagar meu pinto duro no lençol de algodão e todo safado disse:

=Não tenho um pingo de dó da putinha tarada... quem mandou pedir pra bater com força... a puta vai ficar marcada alguns dias!

Tiffany deu um sorriso sacana e em seguida se ajoelhou bem perto do meu rosto e disse:

=Já que a putinha loira tarada nos abandonou... vamos continuar a brincar... da pra ver que o corninho continua com tesão e eu também... minha rola negra tá doida de vontade sentir sua boquinha gulosa novamente... tua esposa puta me garantiu que você nunca ficou com outro macho... só que do jeito que você mamou na minha rola grossa me deu a impressão que você já faz isso desde quando era garoto... com essa bunda empinada feminina que você tem... acho incrível você não ter sido enrabado por outro macho!

Tiffany nem me deu tempo de responder porque puxou meu rosto entre suas coxas e enfiou a cabeçona da rola negra na minha boca e toda tesuda disse:

=Chupa gostoso seu safadinho... aproveita que tua esposa não ta aqui e libera a putinha que tem dentro de você... vou te dar o que você tá precisando para se liberar de vez... mama na minha rola seu corninho viado!

Aquela rola negra enorme era fascinante e ela dentro da minha boca me deixava completamente tarado, logo senti a mão pesada da Tiffany descendo pelas minhas costas e quando chegou no meu bumbum ela acariciou minhas nadegas e logo senti seus dedos deslizando no meu reguinho e em segundos senti eles penetrando fundo no meu cuzinho virgem, não contive um gemido bem alto e Tiffany toda safada passou a me dedar deliciosamente, seu pauzão negro duro como uma rocha continuava a foder minha boca gulosa, eu estava prestes a gozar naqueles dedos mágicos, mas logo percebi que a coisa seria bem diferente.

Tiffany colocou um travesseiro debaixo do meu ventre e quando me dei conta ela estava colada nas minhas costas, seu pauzão grosso agora deslizava no meu reguinho e quando senti a cabeçona toda babada perfeitamente encaixada no meu anelzinho virgem eu sabia que ia ser comido por ela, o medo se misturava com o tesão e Tiffany bem safada mordiscou minha nuca e sussurrou:

=Rebola bem devagar esse bumbum gostoso... relaxa que prometo tirar o teu cabacinho sem sentir dor... eu sei que você tá louco pra ser enrabado por mim... já iniciei varios viadinhos... põe as mãos pra tras e abre bem a bunda... eu sei como fazer você gozar gostoso na minha rola negra... rebola e empina esse rabo que vou te comer bem gostoso... você vai adorar minha rola... vai gozar como uma puta espetada nela!

Tiffany sabia como atiçar o tesão, ela pressionava a cabeçona no meu anelzinho virgem, o calor tomava conta do meu corpo e eu fazia tudo que ela mandava abrindo bem o bumbum expondo de vez meu cuzinho tesudo e o momento esperado chegou, Tiffany deu uma fincada firme e a cabeçona pulou pra dentro do meu cuzinho, eu estava sendo desvirginado, doeu bastante, mas bem menos do que imaginei, mordi a fronha para não gritar e logo senti aquele pauzão enorme e grosso penetrando firme no meu cuzinho arrombado, foi incrível perceber que Tiffany estava totalmente colada em minhas costas, sua rola negra cabeçuda estava inteirinha dentro do meu cuzinho desvirginado de vez, um calor incrível percorreu todo meu corpo e comecei a gozar, meu cuzinho piscava que nem louco mordendo aquele pauzão cabeçudo, melequei o travesseiro todinho, rapidamente senti que Tiffany passou a me comer do jeito que ela gostava, metendo com força no meu rabo e a safada sussurrou nos meus ouvidos:

=Que cuzinho apertado tem o viadinho... que delicia te foder... rebola igual sua esposa puta seu safado... dá gostoso... gozou pelo cu sendo enrabado por mim... vou te viciar na minha rola negra loirinho viado!

Foi então que percebi que minha esposa putinha estava sentada ao nosso lado na cama e toda sacana disse:

=Que viadinho mais macho que é o meu maridinho corno... aguentou esse pauzão no cu sem gritar... que taradinho... como gosta de pau no hein... seu safado!

A safadeza havia chegado a um nível acima, mas os leitores desse site só irão saber o que aconteceu depois da primeira vez na segunda parte desse relato muito louco.

e-mail: crisnuberoutlook.com

leiam outros contos escritos por mim acessando meu perfil: //is.one-seo-capital.ru/findporn/perfil/180559

HHHHHH2121M


Este conto recebeu 30 estrelas.
Incentive nuber a escrever mais dando dando estrelas.
Cadastre-se gratuitamente ou faça login para prestigiar e incentivar o autor dando estrelas.

Entre em contato direto com o autor. Escreva uma mensagem privada!
Falar diretamente com o autor

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
25/03/2020 19:33:22
puro tesão!!!
21/03/2020 21:42:57
Fascinante e maravilhoso... Adorei
21/03/2020 11:38:38
Adorei o conto de vcs e a forma como se relacionam. Saio com casais há bastante tempo e adoro realizar as fantasias de um casal...Loiro grisalho, 50 anos e em boa forma. Olhos verdes, cabelos curtos, 1,79m, 76kg, sem barba ou bigode, quase sem pêlos pelo corpo, dotado(20x7cm, depilado), tarado e dotado, discreto e sigiloso. Dentro do perfil que vocês procuram? Meu Skype é ou e-mail Vamos conversar? Nos conhecermos?
21/03/2020 07:06:17
Adorei, fiquei com um tesão louco só de imaginar a cena agora... parabéns.manda a segunda parte logo..
21/03/2020 07:05:01
Adorei
17/03/2020 15:19:47
Maravilhoso, como sempre !!!
09/03/2020 10:35:58
excelente
09/03/2020 08:20:25
Muito interessante
08/03/2020 13:44:36
NOSSA CARA QUE CONTO MAIS GOSTOSINHO, DA MESMO TESAO EM ESPERIMENTA RSRSRRSSSS
08/03/2020 06:00:05
Que delícia de conto... O que me intriga é que os contos desse tema, os homens são sempre negros e de pau grande, não sou branco de pau pequeno e nem negro de pau grande. Tenho minha esposa e quero ainda encontrar alguém para fazermos um menagem. Email:
08/03/2020 03:25:52
Casal tesão puro!!! Sua mulher deve ser a puta dos sonhos de qualquer um, além de ter te ensinado, ela é transparente, sem limite como deve ser um casal que se realiza!!! Desejo um dia participar de uma cumplicidade dessas!!! Satisfação total!!! Sem limites lá, apenas desejos e realizações!!!

Online porn video at mobile phone


ezibir vidios o cacorro e criado desde pequeno com a menina derrepente ele resoçve comer a buceta delaconto erotico alinevideos porno marido viciado em comer a fezes da esposacontos recentes de mulheres que descobriram que o marido queria ser corno e ainda gosta de um fio terravideo curtinhonovinha gozando pelo cuzinhorubilane anal xnnnsó crente contoeróticospornô.com*pode estora bolinhas que parecem espinhas na bunda?*video de idosa abrindo video de gemido no meio do mercado "apaga isso" xxvideosnovinhas virgem inocente com muito medoContos eroticos sou uma puta enguloxxx .vindil. das .novehaistorias eroticas de insesto filias mas novinas y pai en la rosamuher oha irmao mesturbanoneguinha nao se controla de tesao quando foi almocaContos eróticos titia chupa minha xaninhaassitir vidio de porno os mecanicos me arrobaramXVídeos cuidadora se dando mal com as presasConto erotico minha namorada e a fantasia com fantasia com velhinhocomtos eroticos reais de casal corno vai pra sauna no centro bh ano do comto 2018 judiciaria tatuada pornoestranho dotado enche coroa loira casada de porra corno asistecontos eroticos transex minha irma e meu cunhado me transformo e bonecapornodoidozoofiliacavaloContos transformaçao femea pornprovoquei tanto meu motorista e fudeContos eroticos namoradas sendo realizadas por pintudoXVídeo pornô marido da um homem desceu presente surpresa para mulher com os olhos vendadosdeixo eu mancano xvideoSwuingxvideosMeu primeiro boquete foi num negao conto eroticorelato meu prazer analsou sexo com travesti 2 metrosconto arrebentei cu garanhaoPorno contos maes lesbicas ensinam masturbacao as bem novinhas iniciacaopraticante de zoofiliacontos eiroticos leilaporncontaminando a dona de casa nova premera parte contosBusetinha lizinhaContos eroticos transando com sobrenaturalmarido corno procura homem para esposa puta em porto alegrecontos eróticos de doutor advogado e clientecontos fui fazer massagem e recebi chupadas n buceta das massagistasminha prima tem um vagina peludavídeo pornô com novinha com peitinho parecendo uma laranja metendo muitoitalaninha gostosa guenta facil o negao bem dotadocomida pelo meu cunhadoconto erotico policiais revistaram minha esposaXvideos. Esposinha de vestidinho piscando a xerecaboyzinho encoxando no hetero no onibusXvideos shortinhos desfiadinhosdois negros de 40cm de pica em dp c a intiadamulheres trepsndo e gemendo mpitoeu fico axanando que sou uma pessoa invejoso mais nao sou meus atos nao se dizem isso mais na minha cabeça eu pensso assim yahoomae vadia segura as pernas da filhinha para o superdotado deflorarimagens mexedinho fazendo sexo e de biquinixvideo.con novinha tabareuo pezão do amigo jogador contos eroticoscontoerotico eu,namorada, minha mae e tio jorgeconto sexo anal piracaiafomos fazer um 69 e enchi a boca de minha esposa de porraCrentinhas cabacinhosporno doido mesturbano ate gosa jato lesbicaconto gay ele se revoltou e tomou todasconto eróticopai colocar velho pra chupá buceta da filhamulata da buceta volumosa trazendo no pau groso Relatos de marido corno manso e otarioporno mulhers efomeadasmeu marido me pediu pra chupa outra rola contos eróticosviadinho injeção no bumbum contos eroticosfirme porno irma rabuda bate uma ciriri irma pgacomtos eroticos de cara ensinado a cunhada novinha a dirigi e fudedo elaConto erotico provoquei amigo do filho demenorxvideo bebedeira la em casa comeram minha mulhercontoseroticos aiaiiii to gosandoXVídeos policial tapeando o coroa de preto toda gostosagordinha com a sua bucetona peidona contos eiroticos leilapornContos eroticos a neta da vizinhaxvidios os dias era asimxvideos comeu irma da conhadvideos porno tio estrupando a sobrinha no cu er na buceta agoca com seu iaoesfregando so na portinha deixando ela toda mijadinha xvidioxxvideospauzaobundas enormes aberdaapornor doido homem batendo poleta