UMA VERDADE PARA ABRAÇAR, SEMPRE!

Um conto erótico de Sophie
Categoria:
Data: 13/01/2020 05:21:18
Última revisão: 14/01/2020 07:33:12
Nota 10.00

Oi pessoas,

Primeiro gostaria de dizer que é a primeira vez que tenho coragem de escrever sobre um assunto tão denso, tão íntimo. Então, peço a compreensão de vocês.

Sempre gostei de contar como nos conhecemos, mas nunca relatei nossa intimidade. E através dela (Minha Dandara) conheci a CDC e virei leitora assídua. Depois de meses perdendo noites de sono lendo os contos aqui da casa, comentei com ela que estava com vontade de criar o meu conto, se baseando em nossas vidas. Ela concordou e aqui estou eu. Rs!

Me chamo Sophie (nome fictício), tenho 29 anos. Sou morena, 1,70 m, 73kg, olhos castanhos escuros, cabelos cacheados castanho escuro. (Na visão do meu amor, SOU GOSTOSA), rs!

Enfim, com o decorrer do conto eu vou dando mais detalhes.

E não se esqueçam que não sou profissional e sim uma curiosa. Por isso desculpem os erros adversos.

Boa leitura ...

JULHO DE 2014

Menos de 6 meses que eu tinha voltado para o Rio de Janeiro (minha cidade natal), depois de passar 4 anos da minha vida em Natal (Rio grande do Norte), em um relacionamento que afirmo ter sido confuso e destruidor. Ainda estava me refazendo do estrago que essa relação me causou, psicologicamente. Eu já não nutria nenhum sentimento positivo pela minha ex, era indiferente para mim a existência dela. E mesmo lutando dia e noite para esquecer um passado que era tão presente, ainda existia sequelas daqueles anos perturbadores que insistiam em atormentar minha mente.

Quando voltei para o Rio, fui morar na casa da minha avó, com meu filho. Foi difícil, eu tinha que recomeçar do zero, e tinha muitas pessoas para fazer julgamentos pelas escolhas que fiz. Não me importava muito com elas, meu desejo era apenas esquecer o que passou e escrever uma nova historia.

Passado alguns dias, minha avó que já trabalhava como camareira em algumas peças teatrais conseguiu um trabalho para mim na bilheteria do teatro.

Começava ali minha volta por cima. Trabalhava apenas as quintas, sextas, sábados e domingos, das 18:00 as 22:00 hrs.

Era moleza e eu curtia muito trabalhar lá.

Nos meus dias de folga eu frequentava minha casa de Umbanda (sim, sou espirita e me orgulho disso. E se isso for um empecilho para você não continuar lendo, lamento), eu passava vários dias por lá, isso me distraia.

A casa era da minha mãe, que deixou eu e meu irmão cuidando. E assim deixamos que a nossa "mãe de santo" tocasse a Umbanda dela lá, até ela organizar outro lugar para que ela fizesse sua própria casa de santo.

A casa era grande, tinha 3 quartos e um quintal bem espaçoso.

Morava na casa: meu irmão (Pablo) com sua mulher (Lara) e Pedro um amigo/irmão.

Durante os dias de sessões a casa ficava cheia. E era uma festa só.

Eu ficava mas lá do que na casa da minha avó, e ela sempre reclamava comigo por que segundo ela, aquilo não era um bom lugar para se estar.

Já havia passado um mês e eu tinha melhorado bastante. Minha aparência deixou de ser abatida e eu já tinha voltado a ser como antes.

Fiz varias amizades, algumas mulheres loucas que eu conhecia em alguns sites de relacionamento e algumas amizades que me faziam bem e eu gostava de conversar. Tudo por celular, era até então o único contato que eu me permitia. Não queria um relacionamento tão cedo, queria curtir minha vida de solteira e assim seria por muito tempo...

CONTINUA.

Então, eu não sei se vocês gostaram desse começo, se esta curto ou longo demais. Preciso da opniao de vocês para saber como prosseguir.

Espero que gostem, obrigada pela atenção e continue acompanhando.


Este conto recebeu 3 estrelas.
Incentive Soh2020 a escrever mais dando dando estrelas.
Cadastre-se gratuitamente ou faça login para prestigiar e incentivar o autor dando estrelas.

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
15/01/2020 16:56:36
Booom....
13/01/2020 20:16:29
Ah e pode alonga um pouco mas
13/01/2020 20:15:15
Show continuar não demora postar por favor!
13/01/2020 08:36:28
Até o momento indo bem e ao que parece,será mais uma história de amor do que um conto erótico recheado de putaria. Pelo menos é a percepção inicial
13/01/2020 06:37:23
Você escreve bem, aguardo a continuação e desejo tudo de bom a você !

Online porn video at mobile phone


confissões íntimas de Contos Proibidos 2018Aliviando os funcionarios contos eróticoswww.xvideo.garoto fas sexo com propria tia virgeconto zoofilia papai eu e nossa cadelaXvidio entiada finge que está dormindo e deixa o pai acariciar su bucetaminha namorada dando Viagra ela botou no Danoneas gordinha r***** dando o vaqueiro na Fazendaxvidro fudendo a imao vigemcontoerotico eu namorada mae e tioContos meu pai me comeu com o consentimento da minha maeconto erotico vovo bucetao traindo vovocontos eróticos mulher endividadacasa dos contos eróticos patrão e empregadoquero ver filme pornô de mulher com a buceta da Bruna dirigindo porraconto fui comida por um cavalo pauzudoporno doido gemendo uma loira 👱 Xvideo mobile priminha brincando delutinhaloira da bundona deitada e homem porcima noxvideocontos eiroticos leilapornxvidios outros puraiConto erotico fazendeira gostosa da pro caseirosou solteira e viciada em zoofiliaMeu cão ralf me comeu contoContos erotic eunovinha escondida vendo irmao menor se mastubandojaponesinha tomando banho no banheiro e o tio dando banho com sabonete nela e fazpicudo gosa n cu d casada e tira bostaeu minha vizinha praticamos zoofiliaconto erotico gay vovo deu leite pro netinhopadretaradocontosAutor do padre. Não é. Homem contos. Eróticoscorno manso cafetao contocasadoscontos casal adora negros comedor de cu c/fotos reaiscontos de encoxadas nos transportes publicosvideos porno munher xupade baxo da mezavıdeos de novınhas tendo bebenegão metendo a pica no alô Ninhawwwx video com desmrcado comendo anamconto porno apaixonado pelo meu primo brutamontesquero baixar pornô novinha sentada no sofá completando campainhax vidio porno de mae cordinha.com seu filho so de causinhaContos me encheram de porra na frente do meu maridoconto erotico chantagiei a mulher de legpicao no cu arma na cabeça xvideospai vai no quarto da filha gostosaxxvideopauzudo arregaçou meu cu contos eroticoscontos erotigos desenhos comendo a fazedeira do bumdaodago do r**** gostosa de short curtoavizinham.com.br/ninfetinha bronzeadaecovila mulher pelada maior metendomenina 18 cabasom. padato tula dela camaContosheroticos bombeiro hidraulicoboas pohnetasxiripornominha mae me iniciou na zoofiliaconto erotico funk peladacomendo a elaine no cantteito de obras xvdeoscontoerotico eu,namorada, minha mae e tio jorgeconto viadinho descaradoxvidio mulheris gostosas trocando obiquinho de banho no banheiromulheres chorando muito pedindocpra parar de botar no cu paguei pra esposa do caseiro pra eu deflorar a filha do caseiro conto eroticocasado sendo penetrado no seu cuzinho pelo amigo,devagar e suave.conto erotico calcinha aparece da minha mulherxxvideo n paguei tive dar cu eterogayxvpaniquetimaldade arobaro o cu da menina magra com fosapornodoido sogra da cugrade a genro e filha na salacontos porno gay bebi leite na mamadeiravideos caseiros itabiranas fudendo escondidosmamae nao suporta rola do amante na bucetasexo gay contos valentãominha sogra um pecado de mulher contosContos eroticos menina novinha perde a vijidade com o caxoro e seu imaou pega no fraga e tem qe da o cuzinho pra eleporno: lésbicas loucas ralando no chão enfiado a mão no raboxvideo faxineiro velho de olho no amigoxvidio de padrasto comendo. a imtiadacontos eroticos me obrigaram a fazer nojerasContos eroticos podolatria com fotos chupando pes de primas dormindocontos erótico pau torto do meu sobrinho nao entro na minha buceta pornosacana dando perdido em meu tioxvideo nigro xxxvvn