NA REFORMA DA CASA TRANSEI COM OS PEDREIROS

Um conto erótico de SUZY MIAU
Categoria: Grupal
Data: 15/12/2019 14:19:03
Última revisão: 16/01/2020 09:59:44
Nota 9.93

Oi pessoal, estou escrevendo esta história por incentivo de uma amiga que gosta de contar as suas história aqui e insistiu para eu contar a minha, vou me apresentar como Suzy tenho 25 anos, 1,65mts cabelos longos (hoje louros mas já teve outras cores..rsrs) seios de médios para grande, bunda redonda e pernas grossas, e sei que sou muito gostosa pois eu faço questão de manter tudo em cima, com exercícios em academia, corridas, bicicletas e alimentação saudável, e desde os meus dezesseis anos que adoooro fazer sexo, já fiz de quase tudo, já transei com outra menina, ou então eu uma amiga e um amigo, outra vez eu com um ex-namorado e outro casal de amigos e trocamos os parceiros, mas nunca tinha transado com dois homens ou mais ao mesmo tempo até alguns meses atrás.

Me formei em Engenharia Civil no final de 2014, e no ano seguinte meu pai me pediu que ficasse a frente da reforma de nossa casa de praia que a muito estava precisando

Passado o período de carnaval começaram as obras colocando a casa no chão por quase completa, eu toda empolgada me dedicava ao máximo na tarefa, contratamos um mestre de obras que nos indicaram (vou chama-lo de Júlio) um rapaz de mais ou menos 45 anos moreno claro, muito simpático e respeitador, no principio eu só ia nos finais de semana na obra, na nossa rua tem uma pousada e eu me hospedava nela para poder acompanhar a obra

Como disse o Júlio sempre foi muito respeitador embora eu sabia que disfarçadamente ele e também os cinco rapazes que trabalhavam com ele ficavam me secando,sempre fiz questão de me impor para não acharem que por eu ser mulher e novinha podiam ter qualquer tipo de intimidade comigo.

O tempo foi passando e no mês de agosto sai de férias e fui passar duas semanas na pousada para acompanhar melhor o final da obra

Certo dia eu tinha ido a praia e com a roupa que estava fui na obra, vestia apenas uma toalha de praia enrolada na cintura cobrindo a calcinha fio dental do biquíni e na parte de cima só o sutiã do biquini, como com o passar do tempo já conhecia bem os rapazes e não via problemas ir assim, num certo momento eu estava num cômodo onde dois rapazes colocavam uma luminária de uma maneira que eu não estava gostando, pedi que descesse da escada que eu ia mostrar como queria, subi na escada e quando levantei os braços para colocar a luminária no teto, minha toalha caiu e eu fiquei só de biquíni, na hora eles ficaram paralisados olhando para meu corpo principalmente para minha bunda que estava na altura de seus rostos, mas não falaram nada e eu fingindo naturalidade mostrei como queria que colocassem a luminária dei mais algumas orientações desci a escada peguei minha canga me vesti e sai, fui para a sala ao lado verificar uma outra coisa, só que eles não perceberam que eu ainda estava perto e começou os comentários:

- Cara que baixinha gostosa, tu viu aquele rabo? Disse um deles

- Meu irmão se eu pego uma mulher dessa é como ganhar na mega sena. disse o outro

- Se eu todo dia eu já bato uma punheta pra ela, é hoje que vai ser duas só pensando naquele cú.

Quando ouvi estas coisas levei um susto e fiquei sem ação, mas depois achei graça de tudo e fiquei ainda ouvindo mais algumas coisas que falavam sobre mim e após um tempo saí para não me notarem ali.

Quando cheguei na pousada fiquei refletindo sobre o que escutei, rindo de tudo que houve e principalmente por saber que era homenageada por eles em suas punhetas, lembrei de uma professora que tive que dizia que quando queria saber se ainda era gostosa passava perto de uma obra para atiçar os peões.

Depois desse fato comecei a ir na obra com roupas mais provocantes, mantendo o respeito para não dá bandeira mas presenteando um ou outro com um lance de peitinho, uma empinada de bunda e até um lance de calcinha. Estas coisas estavam me excitando mais eu ia controlando bem.

A obra terminou e Júlio foi me mostrando tudo que tinha feito, acertamos que meu pai viria no outro dia fazer o pagamento final, todos inclusive Júlio eram do interior e no outro dia iriam embora

A noite fui dá uma voltinha na praça e quando retornei Júlio e os rapazes estavam na frente da casa bebendo e comendo churrasquinho me aproximei deles e fiquei conversando, conversa vai conversa vem um deles me diz:

- Dra. Se a senhora fosse homem eu lhe oferecia uma dose de pinga.

Eu lhe respondi que mulher também bebe e mandei colocar uma dose pra mim, peguei um pedaço de carne para tirar o gosto e tomei de uma vez só aquela lapada de cachaça, foi uma algazarra e muitos aplausos, com elogios com frases tipo “essa é das nossas” e ficamos ali numa conversa tola, eu dizendo que é comum acharem que algumas coisas só homem podem fazer mas que hoje em dia não tem mais isso e blábláblá quando um deles diz uma coisa que quando me lembro até hoje morro de rir, não por se engraçado mas pela bobeira que é e como foi o estopim para tudo explodir.

- Mas tem uma coisa que 6 homens podem fazer ao mesmo tempo e 2 mulheres não fazem juntas, é mijar no pinico. Caímos na gargalhada e Júlio me olhou e disse:

- Mas tem uma coisa que não é toda mulher que consegue, tem que ser especial. Ficou aquele silencio e ele concluiu.

- Dá prazer a 6 homens ao mesmo tempo

Arregalei os olhos sem acreditar no que ele tinha dito, afinal sempre me respeitou, mas não sei se por efeito da cachaça eu não o recriminei até entrei na brincadeira e lhe disse:

- Claro que consegue, o problema é se os homens já estiverem bebados e aguentar essa mulher, cachaça amolece as coisas

Falei isso e dei uma risadinha achando que o assunto tomaria outro rumo, mas julio se aproximou e encostou o pau nas minhas coxas e disse

- Mole nada,veja como a senhora deixa ele duro.

Outro mais afoito me segurou por trás encostando o pau na minha bunda e falou em meu ouvido:

- Ele agora só fica mole depois que eu arrombar e gozar nessa bunda.

Fiquei ali apavorada achando que tinha ido longe demais, que seria estuprada, surrada enfim até morta, quandoJúlio recriminou o rapaz que me agarrou mandando me soltar e concluiu:

- Só vamos fazer se a senhora deixar, se não quiser pode ir embora na boa, nada aqui é forçado.

Fiquei parada tentando absorver a situação, olhei para os outros 4 que estavam babando doidos para me atacarem, ai pensei porque não? O que tinha a perder? Coloquei minha mão dentro do calção de Júlio peguei em seu caralho e lhe disse:

- Ok, vamos brincar um pouquinho, quero ver se vocês aguentam

Júlio me pegou no colo como se fossemos recém casados e fomos todos para dentro de casa, por causa da reforma nossa mobília estava toda guardada num quarto e na sala apenas tinha os colchões que eles dormiam, sugeri que cada um tirasse sua roupa pois me alisavam com tanta volúpia que fiquei com medo que rasgassem minha roupa e eu não tivesse como voltar vestida para pousada

Era uma cena engraçada eles arrancando suas roupas na maior agonia e eu bem devagar tirando peça por peça, fizeram um circulo ao meu redor e enquanto eu me despia ia passando a mão em

um caralho depois em outro, quando eu estava completamente nua Júlio me agarrou e me beijou na boca, o gosto forte de cachaça me excitou ainda mais, nisso sentia varias mão me tocando ao mesmo tempo em todas as partes do meu corpo, meus seios eram massageados chupados e esmagados, minha buceta e meu cuzinho eram invadidos por dedos e línguas, aquilo estava uma loucura, Júlio me soltou e fui descendo minha boca até chegar ao seu pau, dei uma lambida na cabeça e fui até o seu saco, coloquei uma das bolas na boca e depois a outra, fui lambendo toda extensão do pau até chegar na cabeça novamente e abocanhei aquele mastro pulsante, enfiava até o fundo da garganta até os pentelhos roçarem no meu rosto e tirava da boca, um rapaz puxou meu rosto com força dizendo que era a vez dele e enfiou o pau na minha boca, fiz a mesma coisa com ele e depois veio outro pau para eu chupar

fiquei nessa brincadeira revezando aqueles caralhos na minha boca quando o mais novo deles acho que tinha no máximo uns 19 anos encheu minha boca de porra, os outros ficaram tirando sarro da cara dele dizendo que ele era fraquinho que a festa nem tinha começado ainda, só que ele gozou mas seu pau permanecia duro dentro da minha boca como se nada tivesse acontecido, eu o lambia todo e fui engolindo gota por gota daquela porra, Júlio me colocou de 4 e foi lambendo minha buceta e meu cuzinho, alguém pegou minha mão e colocou em seu caralho para bater uma punheta, outro chegou e colocou também o caralho na minha boca e me fazendo chupar os dois ao mesmo tempo, cada lambida que recebia na bucetinha e no cuzinho me fazia vibrar

Júlio foi o primeiro a me penetrar, socou minha bucetinha depois saiu para dar a vez a outro, e todos me fodiam na buceta em varias posições, enquanto um me fodia eu chupava o pau de outro, batia punheta e levava priocada na cara dos outros, e num desses momentos eu estava sendo fodida na posição papai e mamãe pelo mas velho deles, que tirou pau de dentro de mim e esporrou na minha barriga melando meu umbigo

Julio tirou onda com ele dizendo que ele já tinha acabado e eles ainda tinham muito que aproveitar de mim, o senhor qua havia gosado sentou ao meu lado ofegante e disse que ia apenas se recuperar pois ainda queria arrombar meu cusinho, Julio deu uma risada e disse

- Eu sempre quiz esse rabo e vou atolar tudo nele agora

Me colocou de quatro, enfiou a cara na minha bunda lambendo meu anel, cuspia nos dedos e passava e no meu cu, eu apenas pedi pra ter calma e ir devagar, ele deu uma risadinha sacana e apontou o pau no meu cu. foi empurrando enquanto eu pedia pra ir com calma mas ele se achando dono da situação mandava eu calar a boca e relaxar, a rola dele entrava me rasgando, um rapaz abria minhas nadegas para Julio poder empurrar melhor dentro de mim, outro se aproximou do meu rosto e mandou eu chupar o pau dele pra ficar com a boca ocupada e não reclamar, eles me dominavam e usavam como queriam

Enfim Julio já havia enterrado seu pau por inteiro no meu cuzinho e socava com violencia entrando e saindo, depois deu a vez a outro rapaz que enfiou o pau no meu cuzinho com menos sacrificio uma vez que ele já estava arrombado por JUlio, e assim todos comeram meu cuzinho inclusive o senhor que gozou no meu umbigo, pois já estava novamente de rola dura

Um rapaz se deitou e mandou eu sentar nele, eu sentei e fiquei cavalgando na sua rola e depois outro chegou por trás me faz impinar e enfiou o pau no meu cuzinho, outro enfiou na m inha boca e ficaram se revesando todos entre minha boca, minha buceta e meu cu

As posições foram variando e eu fiquei submissa deixando aqueles homens me usaram como queriam até que aos poucos fui recebendo jorradas de porra em todos os cantos, na buceta, no cu, na boca, no rosto, nos seios e cada um foi saindo de mim saciado e realizados.

Depois que todos já estavam exaustos de tanto gozarem inclusive eu, peguei minhas roupas me vesti de qualquer jeito e fui embora

No outro dia quando meu pai chegou inventei uma desculpa e não fui com ele fazer o pagamento dos rapazes, não estava com coragem de olhar para eles, apenas pedi ao meu pai que além do valor acertado dá a cada uma boa gratificação e dissesse que era um agradecimento meu.


Este conto recebeu 55 estrelas.
Incentive Suzy Miau a escrever mais dando dando estrelas.
Cadastre-se gratuitamente ou faça login para prestigiar e incentivar o autor dando estrelas.

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
17/01/2020 17:33:15
Delicia de conto, imagino o tesão que vc teve.
16/01/2020 16:27:36
Fantastico!
16/01/2020 11:58:41
Excelente conto! Extremamente excitante! O que não faz uma boa pinga... Rsss! Parabéns pelo conto! Quando puder venha ler os meus, são reais! Você irá gostar muito!!!
29/12/2019 01:30:05
Nossa deu tesão agora ...
16/12/2019 19:24:35
Maravilhoso conto.
16/12/2019 13:49:28
Adorei
16/12/2019 10:28:22
Adorei o conto. Se quiser trocar fotos, manda um e-mail pra mim.
16/12/2019 09:51:49
adorei suzyyy.. muito bomm.. acho quetoda mulhersonha em foder assim.. manda fotos..
16/12/2019 05:35:20
Como gostaria de ter (e ver) minha esposinha nessa situação. Só que eu não a iria deixar toda suja esporrada assim não, afinal boca de maridinho corno foi feita pra quê?
16/12/2019 04:21:21
Delicioso seu conto Me chama no email para falar mais
15/12/2019 19:12:27
Nunca tive o prazer de participar de uma foda assim , parabéns . Caso haja fotos e possa mandar agradeço,
15/12/2019 17:03:02
Adorei essa história.
15/12/2019 16:10:58
Que história em. Meus parabéns. Queria ter participado também. Nós conte mais suas histórias. Se quiser mandar fotos o meu e-mail é
15/12/2019 15:38:48
☆☆☆☆☆☆☆☆☆ show

Online porn video at mobile phone


http://linkshrink.net/7coxzDTa tarada roludo vendo novinhas com cálcinhas melecada contos eroticos de zóoflia com cavalospornomulheres que urináohomem emprensando mulher parede do banherofasse%20x%20pornopornodoido madrasta encontra enteado desmaiado bebadocaipira pingueludonovinhas acocoradas com celular na mão mostrando a bucetacontos sou punheteira desconhecidafudendo o cuzao da pomba gira cavaloporno negras pegas que foram espiadas no litoral paulistacontos eroticos d maridos q levam homen pirocudo pra comer sua mulher em ksacontos tia dando o cu pro sobrinhoEcoxadinha na novinha ela gostandoconto erotico mae e filha nas maos do traficanteContos eroticos podolatria com fotos chupando pes de primas dormindoxxxvido namorada si a sutar com tamanho d pau d namoradocontos de incesto cumadreconto erotico gay velho pirocudo maltratou o cu do viado choraobucetinhatopescontos de scatlevando pissada ate caga porno doidonovinha pergutou se podia guspir a porravidio pomo anunhe de qratocasada corno.dirigindo ela aprontou contosreal comendo buceta da roberta gordaconto erotico huntergirls71xvidio com baiana do acarajéencoixo novinha de pau torto e gozamostrando o tamanho pra mulheresna rua xsvedeoConto erotico 25cm grosso na colega de escola a forcaShrek mãe fugindo do marretãovai filha da calcinha da sua filha sacaneando e ela goza nos dentes do seu paiquero ver mulher de vestido curtinho mostrando o bumbum fazendo movimentona camacontos eróticos esposa chega em casa com papel higiênico na calcinhapornô perguntando se a esposa aguenta duas rolascontos eriticos inquilino quarto fundoscontos oh. novinha endiabrada que gosta de levar picaeptar casa dos contoscontos gay uma viagem inesquecível para o novinhoqueria ver vídeo de sexo com lindas coroas chorando e gritando no pau do negão dos peitão e bundão ela g****** junto com negão e o negão g****** junto com ela no pau ela g****** nos corre na gala chorando e gritando de dormúsica filme pornô 2018 também é gostosa negona acelerei muito do negãopono cario,caconto eroticofatimasexpornomeu amante haitiano tem pau muito grosso e gostosoxvídeos haveria sobrinho pega tia dormindo com o c* dela da salsichanovinha virando os olhinhos com picao no cuzinhovigui para passar no cacetemae e tia na piscina contoscontoerotico namorada e mae putas do tio jorgePadrasto dorado fodi enteadanegão caralhudo fudendo loira cinquentona de todo jeitopassei o pau na bunda da minha mae e ela pediu pra eu comer elaporno videos na praia casadas nao resistiu ver dotadao de pau duro na sunga branca e foi fudervideospornobrasileiroscom famíliaquero ver XVídeos mulher embebeda e dois homens comendo por causa do Mau com marido dormindopornô conponba clandemae deliciosa abusando de garoto a noite insestomae.caga.no.casetao.d.fihlo.evangelicas na zoofilia com cachorroContos eroticos a neta da vizinharapas da bunda linda dando cu de brusu pro negaotia de leg balacado as pernas abertas xv.contos eroticos alunox sobrinho de cachaça pra tia e depois chupo cu delaeu confesso minha esposa voltou toda arrombada e gozadacontos eroticos/dedo no cu da sobrinha de seis anps no onibusenteada madura mamou rola do padrasto contosconto erotico velha casada banca negao pirocudoContos sou casada e chupei dois caralhos ao mesmo tempocaralhinho do prazer contosso.mulher fo bumdso levando no cusao so pauzaoCorninho cacetudo tapa contoMeu.priquoto coça contosputa safada grita alto vadia geme piranha mais alto caralho vai vai grita ai vou gozar.conto erotico incestoxvideopinto novinho de molequequero ver o vídeo da mulher da enxadinha perdendo a virgindade dela mulher beijandocontos eroticos: um negrinho atrevidoAs Panteras o padrasto irmaos maecomtos exitantescontos eroticos namorada vendada pica irmãoConto acho que vurei corno a buceta ta muito kargateste de fidelidade quente com buceta e pinto grandexvideo.com esposa da o cu pausudo efinha e goza ela nunca mais quet da o cumulheress de pikonesFilha ta louquinha pra dar e sua mae nao quer deichar xv poenogatinho Eu Quero uma galeguinha assim trepando mesmo em cima do Cacete mesmo sabesafada nuonibuCoroa pelada trazia com marido estupra ela não reclama de nada ela ficaabixa xisvidioContos eroticos velhofotos de bucetas beiçudas pono doidomeu enteado me engravidou contosxisvideo.pragas.do.cu.de.casadas