Algo confuso, como nós

Um conto erótico de Contos da Liv
Categoria: Heterossexual
Data: 07/11/2019 21:16:19
Nota 9.71

Sempre gostei de relacionamentos profundos, repletos de sentimentos fortes e que marcam um pouco de nós. Passei por um que me deixou em total confusão pelo tempo em que me envolvi com o cara em questão. Foi paixão. Foi raiva. Foi amor. Foram sentimentos diferentes em etapas diferentes.

Conheci Renato de maneira inusitada, eu estava em um ônibus e acabei por avistá-lo do lado de fora. Fiquei por um momento hipnotizada com ele em si. Descobri que aquela sensação que ouvia dizer sobre o mundo parar por alguns instantes era real. Senti como se já o conhecesse. Nunca senti nada igual. Achei que fosse o famoso "amor à primeira vista". Porém, eu achava que nunca mais o veria novamente. Engano meu, e dos grandes.

Por destino ou coincidência, acabei por o encontrar alguns dias em minha rotina. E isso foi ficando cada vez mais frequentes. Meu sentimento de paixão aumentava cada vez mais por ele. E por pior que tivesse sido meu dia, o ver melhorava tudo e eu acabava voltando para casa com um sorriso no rosto. Contudo, até então, sequer eu sabia seu nome. Passei a reparar mais nele, tentando achar algo que não estava aparente e que me ajudasse a conhecê-lo melhor. E assim por meio de uma camiseta que denunciava um local ao qual frequentava que foi possível o encontrar no facebook. Talvez tenha sido uma atitude boba, um pouco infantil e impulsiva. Mas, eu estava apaixonada e não ligando muito para o que minhas atitudes pareciam. Vendo seu perfil logo percebi que não era tão como eu imaginava. Eu tinha idealizado muito, sonhando que fosse o "príncipe encantado". Ainda mais porque eu achava se tratar de um amor à primeira vista. Mesmo assim decidi me aproximar, afinal não posso exigir alguém perfeito se nem eu sou. E assim comecei uma série de tentativas de aproximações aos quais ele parecia fugir. Porém, suas atitudes pessoalmente demonstravam outra coisa.

Isso tudo me deixava em completa confusão. Afinal, o que ele realmente queria?! Foi assim por dois anos inteiros, com sentimentos confusos. Já havia desistido de tentar o entender. No entanto, não conseguia me desprender do sentimento que por ele sentia.

Queria-o, desde o vi aquele dia quando eu estava no ônibus. O desejava fora e dentro dos sonhos eróticos que cheguei a ter. Mas ele era um total mistério, ao menos para mim.

Fui surpreendida um dia quando recebi uma mensagem sua no facebook. Dizia que queria sair comigo. Eu à esse ponto já sentia certa raiva dele. Foram dois anos inteiros com migalhas, sem saber o que ele queria. Essa mensagem, no mínimo era muito suspeita. Mesmo assim decidi dar uma chance. Queria pelo menos conversar com ele e entender se tudo foi real ou não passou de uma ilusão.

Nos encontramos, à tarde, em um parque da cidade. Ele foi sincero comigo. Falou que se sentia muito atraído, tentou fugir do que sentia pois tinha medo desse sentimento - um trauma que carregava por conta de acontecimentos passados -, também confessou que queria tentar algo, mas nada sério por enquanto. Definitivamente não era o que eu queria. Mas o que mais tenho aprendido nessa vida é que a vida não é como eu quero e nem tudo está sob meu controle. As ações de outras pessoas se encaixam nisso. Eu aceitei. O apego por ele já era muito grande e é difícil deixar alguém ir assim.

Passamos a nos encontrar. Conversar. Fomos criando mais intimidade. Depois vieram os beijos. E o sexo que irei aqui narrar. Gostava de ir em sua casa. Assistíamos alguns filmes - escolhidos por mim - e a troca de carícias acontecia, mas sem chegar no sexo. Até que um dia as carícias evoluíram, suas mãos já passeavam por meu corpo e eu cheguei a estar só de lingerie em sua frente. Tirei sua camiseta. E ele meu sutiã. Ajoelhei-me em sua frente, abri o zíper de sua calça, abaixando sua cueca e pegando seu membro para então iniciar com minha mão uma masturbação. Gemidos abafados escapavam da boca de Renato me estimulando a continuar. Tirei minha mão de seu pau e o coloquei em minha boca. Renato segurava meus cabelos e impulsionava meu rosto a ir de frente e engolir cada vez mais de sua extensão. Até que gozou em minha boca e dela o resultado de seu prazer escorreu indo um pouco para meus seios que ficaram melecados. Renato os limpou com seus próprios lábios, sentiu o próprio gosto para em seguida beijar-me intensamente. Enquanto me beijava fazia um leve carinho em minha bochecha. Carinho esse que não demorou muito, pois logo esses dedos foram para outro destino: dentro de minha calcinha - que nesse ponto já estava encharcada pelos toques e beijos. Dois dedos enormes penetravam-me fundo. E, antes que eu pudesse gozar, Renato já estava no meio de minhas pernas, minha calcinha no chão e sua língua dentro de mim. E em sua boca derramei meu mel. Uma trilha de beijos e logo seus lábios estão novamente em minha boca. Mas minhas pernas estão em volta de seu corpo e Renato é rápido em tirar as calças e colocar a camisinha. Mais rápido ainda foram os movimentos de nossos corpos. Até que a maravilhosa sensação de orgasmo nos atingisse. E, okay, acho que eu poderia continuar nessa relação…

Olá, leitores e leitoras…

Cá estou novamente kkk tinha sumido, por estar sem inspirações para meus contos. Na verdade, era o que eu pensava. Pra quem já acompanha sabe que grande parte dos meus contos são irreais. Mas esse foi baseado inteiramente em minha vida sentimental. Eu estava buscando tanto uma inspiração por fora que esqueci que podia me inspirar em minha própria vida. O cara em questão é real, mas não aconteceu nada entre a gente (talvez nem aconteça), e estou nessa já há 3 anos e não dois. Pelo que me falaram, trata-se de um relacionamento carmico, não sei se acreditam ou se ouviram falar sobre. Enfim, vou parar por aqui antes que escreva mais um conto dentro desse kkk… Não deixem de comentar o que acharam, dar sugestões… Agradeço desde já…

Boa leitura, Liv.

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
15/11/2019 19:01:29
Da hora este conto, Liv. Me deixou de barraca armada. Esse carinha também está confuso com o que quer na vida. Se fosse o New aqui, tendo uma gatinha gostosa como vc no pedaço, a coisa não seria carmica. Ia te amar por inteira com direito a tudo, tudinho. Rsrsrs. Venha dar uma lida nos meus. Beijo, beijo e beijo.
12/11/2019 17:45:34
Vim retribuir a visita que me fizeste hoje e tenho a grata satisfação de ver que publicou algo novo. Descreveu aqui uma paixão arrebatadora, ainda que depois do arrebate inicial tenha demorado acontecer. Se permite uma crítica, não precisa contar que parte não foi real. Permita-nos sonhar em sua escrita; Escrita que é muito gostosa de ler e nos leva junto com você. Senão fica o sentimento de "Que pena que não aconteceu". Obrigado pela visita ao meu conto com a Helga. Ela foi a paixão mais arrebatadora que vivi na minha juventude, cheia de altos e baixos e algumas reviravoltas surpreendentes como verá se ler os outros contos da série. Por alguma razão nem sempre as paixões duram pra sempre mas mesmo assim é muito bom tê-las vivido e poder sonhar com elas.
11/11/2019 23:33:39
Jovem Liv obrigado por me responder. Realmente fiquei frustado, mas não te disse que gostei da qualidade da escrita. Continue
10/11/2019 09:48:23
É o teu primeiro conto que leio, Liv. Todos temos dentro de nós um pouco de dom quixote. De viver quimeras, idealizando o mundo como gostaria que fosse e não como ele é. Para os realistas diriam que é uma fuga, todavia, que é gostoso é. Viver uma paixão platônica, fantasiando o impossível. Mas acordando do devaneio, acho que esse cara nem sabe dos teus desejos. Se soubesse, com certeza cairia matando para realizar tudo isso. Que tal mudar teu foco para este ¨japanisis brasilienses taradus¨? Rs. Venha me conhecer dando uma lida os meus. Beijão!
09/11/2019 07:16:59
Parabéns Liv, todas suas historias são otimas..continue assim
08/11/2019 14:53:18
treinadorsex, foi um conto rápido mesmo... Ás vezes me prendo mais em outros detalhes do conto... Na verdade, foi um pouco difícil pra mim escrever o conto por se tratar de alguém real, de sentimentos reais, em uma história fictícia... Mas buscarei melhorar nos próximos contos...
08/11/2019 12:08:45
Cadê o conto gente? Acaba assim abruptamente?
07/11/2019 23:35:44
Legal
07/11/2019 22:48:29
Adorei
07/11/2019 21:32:47
Delicia

Online porn video at mobile phone


só bundas gostosas deitada no MXcontos picantes de amor gaysxvidio confusão em família pai gosou dentro da bucetaContos eroticos,negao tripé tirando o cabaço da ninfetaEsfreegando a pica na maninha inocenti contos eroticcosxvideos sexo com violência e mãozadairma fabiana de carinha de anjo coçando a xoxotamulheres fudendo na obra fqvideo. pono mulheres guichado porra de tezaoXvidio tigrinhaxvideo shortinho golado reladoconto meu sobrinho pedrinho olha minha calcinhaxvidiosexopornoporno amador mulheres lanbendo o pao do homem devagarinho até gozarbrutamontes caio parte 15 pornoviadopornodoidoolhos de um moreno LombradoFazendeiras e seus contos eroticos picantesxvideos contosicestodoce nanda parte IV contos eroticoscontos eroticos gays o principe roludomulher com o priquito costorado e gostosoprica cavalacontos eroticos sou safada mostrei meu cu para amiga como estava largotarado nuonibuxvideosdificil pra vc luka Comi meu tio macho virgem no motel contos com fotoscontos erotico papai vai cabershortinhos de jogadoras lycra lycra gigante gostosoDesabafo de uma mae cap XIMulheres safada deixando morador de rua batendo uma siririca dentro do carro no pornodoido posicao frango assado putaria brasileira pra salvar no celularporno gay derramou agua na calçaporno criamca. di. 7 do abuceta pormo piqitominha esposa me surpreendeuXvideo difutibolRelatos gemeas moreninhas levando na bundinha contos eróticosPasseando com plug anal contoscontos fudedor criolo de voadinhos e gayscoroa e varoa safadasarando na novinha nxvideosconto erotico padastro humilhawww sexo adulto 18 anos sem preconceito so com cavalos metendo forte na novinha magrinha forsada.zoofilia.porno . com brdiguinho eroticomeu patrao me enraba todo dia contosconto erotico sinhazinha arrombada por negro escravotravesti come cu da funkeiraecovila mulher pelada maior metendoComeuu a coroa Xvidiosconto erotico escrava canil nuaconto porno apaixonado pelo meu primo brutamontesimausexo imacadelas bucerudas fudendo no cioMoto táxi pega passageira gostosa de shortinho curtoprotesto so homem cacetudo peladocurradaxvideoxnxx porno gey contos eroticos novinho pegando priminho no riachoquero ver cachorro enganchado com essas gostosas por favorConto com chortinha da maevidos pra abaca irmao e irmanovia trazado e gozado dento delaCerto ou errado?meu irmao amado contos gays cap.07Coroas maduras do bundao flacido dando pra o enteado xvideospono gay ply boi adolenti dando cu ategosacliente dando a buceta para os manobristaspatroa arregalou o olho na pica do negaocontos eróticos gay fui transformado em putinha e fizeram dupla penetração no meu cuzinho e me arrombaramZoofilia caes encangados em mulheresxisvedeo marido contrata um estrupado para come sua mulhecontos eroticos patroa lesbicaXvideos branquelas larga inxiridaMeus amigos me foderam bebada contospuxar o courinho da piça pra mijar x videoconto erotico huntergirls71xvideo garoto trazado com agpsogro e nora.pornoirado no sofa.Porno casero fudeno I falano com um corno nu celulaxvideos caindo short do garoto no banho de baldenovinha encostada ne parede rebolando cassetehttp://zdorovsreda.ru/texto/2012041092xvideo pai italiano comendo o cuzinho da sua filhinha italianinha escondidocontos eronticos buraco na paredecontos neta da minha vizinhacontossexo de empregada eo filho da patroa notíciasconto erotico negao pintudo mulher ajudano velho mendingo