Heitor, uma agradável surpresa.

Um conto erótico de Dartanhã
Categoria: Homossexual
Data: 08/10/2019 19:07:10
Nota 8.50

Foi num sábado, estava numa seca braba, muito tempo sem sentir prazer, a tesão saia pelas orelhas rsrs, resolvi ir em uma sauna na esperança de encontrar alguém (homem) interessante, ao chegar na sauna fui atendido com gentileza, me deram uma chave com o número do armário, e um par de havaianas. Ao chegar no vestiário notei alguns homens conversando, abri o armário e comecei a me despir, logo chega um coroa e abre o armário ao lado do meu, eu só de cueca, acomodando as roupas, logo tirei a cueca e fiquei totalmente nu, percebi que o coroa olhava minha bunda, ele já só de cueca....notei um volume bem substancial dentro da cueca, olhei, olhei de novo, ele notou, deu uma agarrada no pau, fez uns movimentos provocativos, sempre olhando a minha bundinha, alisei a minha bunda olhando nos olhos dele, enrolei a toalha em volta do corpo me demorando propositalmente eu queria ver ele tirar a cueca. Quando ele tirou a cueca pude vislumbrar a pica do coroa, era bem grande, grossa, a cabeça descoberta de pele, ele deveria ter em torno de 60 anos, era alto, corpo definido, um homem com 60 anos, que se cuida e tem uma boa genética, tem muita potencia sexual e experiência claro. Arrisquei uma brincadeira para ver o comportamento dele.....falei baixinho, que corpão o senho possui, ele sorriu (ufaaa), interagindo comigo falou, te agadas-te do meu corpo, respondi....muito, na verdade me senti atrido, gosto muito de homens maduros...ele sorrio me inquerindo, tua preferência é por homens? Sim, eu desde pequeno sempre preferi me relacionar sexualmente com homens, para minha surpresa ele passou o braço em volta da minha cintura me fazendo um convite, vamos tomar uma ducha, prontamente respondi que sim tocando sutilmente o pau dele, e senti que estava quase duro. Ao chegar no banheiro, tiramos as toalhas e fomos nos banhar, a principio cada um em um chuveiro, mas nossos olhares se cruzavam admirando os corpos desnudos, disponíveis, passei para o chuveiro dele, senti suas mãos deslizarem em meu corpinho, buscou minhas coxas, minha bunda, enquanto eu acariciava o pau dele que já esta explodindo de tesão,eu estava encantado com a virilidade do coroa, me virou de costas para ele, e colocou no meio das minhas coxas, ensaboados que estávamos, me derreti sentindo aquele deslizar do mastro em minhas coxas. Acabamos o banho, ele me enxugou as toalhas molhadas, nossos corpos se desejando, eu louco pra brincar, eis que.....vamos subir ? Vamos respondi, fomos para o andar de cima, onde tinha muitos quartos, amplos, cheios de espelhos e um colchonete no meio do quarto, ele me pegou pela mão e deitamos no colchonete, os dois pelados, aquele pau bem duro, aquele homem maduro, alto, grisalho, era um prato cheio, não me fiz de rogado agarrei com força o membro, olhei ele nos olhos e falei...deve ser bem gostoso, posso.Ele...claro quero sentir tua boca engolindo tudo, ele de barriga pra cima, comecei beijando os peitos cabeludos e fui descendo até chegar no tronco, bem na base do pau, Sentindo os pelos pubianos roçando minha boca, iniciei a me deliciar, beijei o tronco e fui subindo, ora beijando, ora lambendo até chegar na glande que já escorria um caldinho, passei a língua senti o sabor....adorei, envolvi a cabeça do pau com meus lábios e suguei com vontade, ele começou a gemer e falar palavras em meio a gemedeira, nossa tu sabe chupar uma pica, foi o sinal verde, coloquei o mais que pude dentro da boca até sentir tocar minha garganta...faltou o ar, era muita tesão, ele alisava minha cabeça, meus cabelos e eu feito uma prostituta mamando, mamando, ficamos neste idílio por uns quinze minutos, senti a respiração dele aumentar o ritmo, agarrou minha cabeça com força e se pôs a foder na minha boquinha, a que ponto cheguei para estar servindo um desconhecido, nestas alturas da brincadeira meus carrinhos já doendo, senti um jato de sêmen explodir na garganta, nem tive tempo de raciocinar, eu já tinha engolido, afastei a glande da garganta e o segundo já encheu a boca, ai pude sentir o gosto, grudou nas bochechas, engoli.... vieram mais jatos, já cansado, deitei a cabeça na virilha do coroa, senti o pau diminuir, e o gosto do leitinho impregnado em toda boca, Exaustos, melecados, porque eu também tinha gozado, e nem sabia o nome do homem que satisfez meu desejo, ele me puxou pra cima, estendeu o braço e descansei minha cabeça no aconchego daquele braço forte, ficamos assim por uma meia hora, quase dormi no braço dele.Beijei o peito dele e convidei para uma ducha, fomos até a portaria e pedimos novas toalhas, e fomos ao chuveiro, desta vez usamos um só chuveiro sem se importar com outros homens que estavam também se banhando.Em baixo do chuveiro, fiquei querendo mais aquele homem, colamos nossos corpos, envolvi o pescoço dele e me pendurei, senti o pau dele nas minhas coxas, e perguntei....fomos tão íntimos e eu nem sei teu nome Heitor ele falou no meu ouvido, disse meu nome, sou o Dartanhã, seu escravo, ele sorrio e a mão dele pousou na minha bunda, senti o dedo dele buscar meu buraquinho,,,,,gelei, tremi na base, com o dedo todo ensaboado ele introduziu dentro de mim com facilidade, despertando um desejo incontrolável de me entregar me dar por completo, olhares curiosos nos observavam, Heitor é um homem bonito, corpulento, ombros largos, braços fortes apesar de ser maduro, mas tinha tudo que um homem precisa para despertar o desejo, a tesão de um cara como eu que gosto de homens, senti a boca dele beijar meu pescoço, fiquei molinho.Terminamos a ducha já loucos para mais um round ele me pegou pela mão na frente de todos, e me levou para o andar de cima, escolhemos um quarto, entramos e trancamos a porta, Heitor envolveu minha cintura, me virou de costas pra ele e senti o pau nas minhas nádegas, logo a glande bateu na portinha....pensei, é hoje que vou ser comido, pedi para passar um lubrificante, no que fui atendido na hora, a cabeça do pau volta a tocar meu anus, eu gemi, suspirei, e fui colocado de bruços no colchonete, ele largou todo corpo em cima de mim, procurei uma posição que facilitasse a penetração, abri bem as pernas e senti ele invadindo minhas entranhas, primeiro a cabeça, e um gritinho aiiiiiii Heitor.Centímetro por centímetro eu fui sendo enrabado, doeu muito o pau era muito grosso, e eu apertadinho, mas eu queria, eu precisava me sentir a fêmea do Heitor.E ele me fez puta, senti muita dor, rasgou minhas preguinhas, a penetração foi lenta, demorada, nós já tínhamos gozado uma vês, lógico que a segunda foda é mais gostosa que a primeira, e foi nesta foda que joguei pela janela meu pudor, rebolei com a pica enterrada dentro de mim, pedia pra ele, fode Heitor, me fode, me come, ele mordia minha nuca, me apertava em seus braços, e eu queria, estava adorando, jamais imaginei uma tarde de tanto prazer, foi maravilhoso, divino quando me senti inundado pela porra daquele macho, gozamos juntinhos, ele ficou deitado em cima de mim, aos poucos o membro foi diminuindo, diminuindo até que escapou de dentro, do meu anus escorria o esperma, eu sentia o liquido se esparramando em minhas coxas, passei a mão e notei um pouco de sangue que se misturava ao sêmen do meu comedor, já estava noite quando fomos nos banhar, depois fomos ao vestiário, nos vestimos, ele fez questão de pagar a sauna.Perguntou se poderia me levar em casa, respondi que sim, com certeza, no caminho combinamos uma janta na minha casa, mas isto eu vou contar em outra oportunidade. 

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
14/10/2019 23:38:51
Adorei! Quando puder leia meu primeiro conto pra dar um incentivo: Rafael Pothos e o professor dominador - I e Rafael Pothos e o professor dominador- II.
10/10/2019 14:05:58
Obaaa arrumei um professor de português, quero aulas particulares, mas tem que ser na cama, e o aluno e o professor peladinhos, o professor vai me ensinar como dar o cuzinho corretamente.
MG
10/10/2019 12:49:25
Show...
09/10/2019 23:56:09
JESUS CRISTO QUE DESESPERO PRA ESCREVER. CADÊ OS PARÁGRAFOS? EXCESSO DE VÍRGULAS, UMA FRASE COLADA NA OUTRA. MUITO COMPLICADO ISSO.

Online porn video at mobile phone


quiz da a bucetinha com 10 aninhos pra mim com 51 anos meti com vontade contosver relatos verdadeiro cheirava as calcinhas da minha primaforçada a engolir a rola cornos contos gaysgossno nu cu fa mulecanovinha moreninhafazendo sexo nachácara com tioroçadinha menininha gostosinha japinhaxxvideo irma com irmao tatendo.punhetamagrinha damdo pra quimze negão com pauzao de mei metro de coprimentoxvideos essa mulher fezes 32 homens de trouxavideos sexo caseiro facio assecocontos corno grupalDespertando O Amor em um Brutamontesparte 2: casa dos Contosxvvidio a mãe ficou presa na piaContos gays /fui estrupado por2 na escola e a diretora flagoufilme pornô de mulher com vagina da vaquejada vagina é uma peixadaMeu marido espera na sala enquanto sou arrombada na cama delenuca vi uma mulher dano para superdotado com uma buseta tam fundaXvideo comi o cusinho da minha cunhada vou contar como foipornô doido um pau inacabavel para elaconto erottico ela me shantageouguris metendovídeo pornô de gay malhadão Kuduropapai super dotadoxvidiosContos eróticos da minha noraviolentada na escola contono cruzeiro com a mae conto eroticocomendo a sobrinha de 13 aninho conto eroticosfui brincar com meu cao e fui enrrabada contoabusei de um casal de novinhos ingenuo contos eróticoscontos mamae baby doll vermelho filha sem calcinhaMulher fasendo croche e dano cu pornocontos eroticos conhado bebado abandona esposaxvideo mechapa meu pau e meu cupornodoidao mae ensinado entiada a fudevideos caseiros comendo esposa logo cedo videos para baixar escorrendo porravelho .porno 50 citimetrodona de academia fudendeconros o encanador pauzudo encheu minha mulher de porraChicão em mulher de 30 por trás gemendo e olhando para trásconto erotico gay branco dominador gosta de maltratar viado pretoxvidio mulhe casada fudeno de manha domigocontoseróticospublicadosemcontos fudi a minha noraXVídeos só as pirralhinhas metendoMaceio alagoas meninos mostrando o pênis durosexo sentei no colo do meu pai sem calcinhaconto mostrei a buceta pro genroespiano novinha banho xvdiotitio carinhoso com a sobrinha safadinhanegao pega moha mulher e fode ela toda sexcontos eróticos de casadas rabudas traindo com pauzudosconto erotico negao pintudo mulher ajudano velho mendingoconto erotico com crentemalandro gay passivo dando o cu contoxvidio porno mulher é Chapada ante goza muitoXVídeos gay com truculênciaCármen e a patroa contos eróticoscomedo novınha a forcafudendo a filia gostozagata apertadinha pulou pra frente ante pau grande / pornoirado.comboquetes e bucetasconto.erotico com fotosjcontos minha mae gravida do pedreirovedeo estropadoe es tropando molheriscontos arrebentei com o cu virgem da minha primafudendo minha sogrinha e minha esposa me comendo gostoso contoxxx acordou com o irmao botando o pau na sua bucetaConto erotico anal com humilhaçao e cinto de castidade masculinaContos etoticos filha rabudameninas novinhas fazendo sexo xom coroas de 50 anos que são bem dotadoscontos eroticos comendo minha vovozinha na chantagemquem quebrou meu cabaço foi meu paifudendo o cuzao dapropria mae incesto real com caralhudoefiou a pica todinha no geysinho sem camisinha ele gostouficava louca quando via homens estremamente pirocudo,contos e relatos eroticosacompanhando que Rominho ligouno intestino roludo comendo a esposa com buceta peluda XNXXfilme porno gay papis negao abusa de jovem mundo bichaporno brasileira envolvendo ninfeta no celeiro da fazendaconto gay tio e promo safaosvideos violentos de homens estrupando mulher a forsapornoquero ver novınha que sao empregada fudendocontos de mulheres de legging so bucetaoso vacabudas pornoNegrao fundeno com outro negraonovinha dando pra velho rabuchentoporno as novinhas cem peito de 8 a 10 perdedo a virgindade pro paiermau tranzando com ermanvidios de sexo de casais e namoradas aliciadas no cinema eroticos e parceiros fingi nao ve