Wolfguy: Pagando bem... Fudendo por grana

Um conto erótico de Wolfguy
Categoria: Homossexual
Data: 07/10/2019 21:33:51
Última revisão: 10/10/2019 01:10:17
Nota 10.00

Olá caras da cdc, depois de ler tanta coisa interessante em todas as categorias eu pensei porque não contar a minha história aqui também? Aqui eu vou usar o nome de Edu, embora eu tenha um outro nome que use a trabalho mas isso depois eu explico.

Nasci e cresci aqui na grande SP, tenho 18 anos e sou estudante de publicidade e propaganda em uma certa faculdade. Eu também já fiz uns bicos como modelo, sem querer me gabar mas eu tenho o perfil para o trabalho. Embora a verdade é que se você não tem fama um desfile rende apenas um trocado e só, é bem foda essa vida.

Eu tenho 1,85m de altura, sou moreno claro dos cabelos pretos um pouco compridos, deixo até o pescoço, mais do que isso o calor incomoda, o corpo é bem definido e liso e meus olhos castanho claro, há quem diga que são verdes mas vamos deixar nos castanhos.

Sem falsa modéstia, eu estou entre os caras que estão acima do padrão, agora me pergunte pra que isso me servia? Para nada, um desfile e umas fotos para certas revistas que vendem perfumaria foi o máximo que eu consegui, a concorrência é grande e cá entre nós, existem vários caras assim como eu entupindo as agências.

Então como vocês estão percebendo, boa aparência não basta, você tem que ter um diferencial, aprendi isso com um professor em uma aula de produção publicitária. Agora a minha situação era a seguinte: eu precisava urgente de grana, pegar metrô e UBER custam dinheiro. Eu moro em um kit-net perto da faculdade que apesar do aluguel ser barato ainda some a isso a alimentação, internet, livros, eletricidade, água, gás, em fim... Apesar de meus pais ajudarem e eu economizar o máximo, queria ter o meu dinheiro e deixar eles mais tranquilos, e a coisa só piorou quando o aluguel aumentou e a mensalidade da faculdade também.

Precisava arrumar uma grana urgente, saí distribuindo currículo pela cidade e ligando pras agências que tinham meus books mas nada aparecia, foi ai que eu comecei a pensar em qual era meu diferencial, o que eu tinha pra oferecer que as pessoas precisavam e pagariam por isso?

Fiquei uns dias pensando no assunto, eu sou estudante e estou no segundo ano da área publicitária, isso me pareceu uma vantagem mas até então nada de me ligarem. Eu sou jovem, tenho 18 anos como eu já disse, tenho minha aparência, mas por mais que eu pensasse nada dessas coisas me servia pra um emprego, e não me vinha nada na cabeça, comecei a pensar que eu não tinha nada pra oferecer até que eu vi uma propaganda no YouTube e acho que a maioria aqui já deve ter visto. É uma agencia que contrata garotas e garotos para caras sugar daddies. Foi ai que me veio o estalo, eu sou muito tranquilo quando se trata de sexo, não tenho frescura, e com o meu tamanho além de saber me defender muito bem já que sempre pratiquei jiu-jítsu já sabia um meio de ganhar uma grana fácil, que na verdade de fácil não tem nada.

Pesquisei e achei um site especializado em acompanhantes, se eu ia começar queria clientes discretos e que pudessem me dar uma grana decente. Me inscrevi no site, arrumei tudo certinho e antes de abrir a minha pagina fiz um curso de BDSM, sim eu fiz mesmo porque vai saber, eu tinha que estar preparado. Foi engraçado porque o professor dizia que eu era o aluno mais novo e também o mais pervertido, no final do curso que durou quase três meses porque a gente tem que praticar bastante, eu estava pronto pra ser um Dom ou talvez até um Master. Tem uma diferença aí mas depois eu explico.

Tudo pronto paguei um mês no site, eu mesmo coloquei as fotos, ajustei os códigos, regras, dicas, etc. A página ficou muito boa, parecia uma propaganda de um filme pornô de luxo. Quase uma semana depois de ter aberto a pagina no site nada apareceu e como eu estava terminando as provas e pronto pra entrar de férias dei meio que uma esquecida no assunto. Isso até uma noite, por volta das 23h, quando o meu celular toca. Era o número que eu coloque só para os clientes.

- Alô.

- Alô, boa noite.

- É o Wolfboy?

- Sim sou eu, tudo bem? (falar pouco faz parte do mistério, afinal a pessoa já tinha visto minhas fotos e etc. Aprendi no curso)

- Eu queria uma sessão com você.

Ia ser meu primeiro trabalho e eu realmente estava ansioso, o cara do outro lado tinha um jeito bem educado e calmo então parecia já estar costumado com esse tipo de coisa. O engraçado é que não fiquei nem um pouco nervoso, na verdade eu estava ansioso pra começar e testar o que eu aprendi.

- Sessão completa?

- Sim, você tem mesmo aqueles brinquedos?

-Tenho, só dizer onde você quer.

O cara me passou o endereço, não era longe. Eu coloquei os brinquedos na case e coloquei dentro da mochila, eu comprei eles na loja de uma amiga do professor que me deu várias dicas e um baita desconto também, lembrem dessa amiga. Cheguei no prédio e fui direto pro ap que o cara tinha me falado, já era quase meia noite. Eu aproveitei que o clima estava meio frio e usei um visual estilo motoqueiro, calça de couro, jaqueta e coloquei um par de botas também de couro na mochila. Tudo meio que parecia coisa de médico psicopata mas a verdade é que eu estava achando tudo divertido.

O homem que me recebeu devia ter por volta dos 40 anos, era forte e parecia peludinho com uma barba muito bem feita. Estava usando uma saída de banho, um tiozão gostoso com uma barriguinha de shop na medida, e estava em forma.

Ele pegou o dinheiro e me pagou, uma coisa que eu aprendi era receber adiantado. A gente sentou em um sofá e ele conversou um pouco.

- Então? Como é seu nome?

- Wolf, não gostou de Wolf?

- Gostei, achei diferente, você não é meio novinho pra ser Dom?

- Você acha?

- A gente já combinou as frases de segurança, os gestos. Vamos fazer uma coisa então?

- Pode dizer.

- Vamos pra cama, se você conseguir me imobilizar eu te dou uma gorjeta a mais. Se não conseguir, a gente acaba por aqui e me devolve o dinheiro.

- Certo.

- Você sempre fala pouco assim?

Eu não respondi, abri a mochila e calcei as botas, nessa hora ele me olhou de um jeito meio surpreso e meio safado. Eu continuei calado e fui seguindo ele até o quarto.

Eu já tinha recebido várias dicas sobre esse tipo de situação, quando chegamos perto da cama segurei ele pela gola do roupão, ele se assustou um pouco e segurou meus braços, era tudo que eu queria, um golpe fácil e ele estava caindo no chão, fui abaixando ele até ficar completamente deitado nos meus pés com a cara no chão. A sensação era muito boa, aquele cara tinha me desafiado e tinha se dado mal, ou melhor, se dado muito bem na verdade.

Coloquei a bota na cara dele, ele teu uma remexida no chão e fechou os olhos.

- Agora fala! Perdão mestre!

- Perdão...

- Perdão o que porra?!

- Perdão mestre.

- Fica de quatro, vai.

- Sim mestre.

Eu estava gostando daquilo, e o cara parecia estar adorando, eu nem acreditei quando arranquei a saída de banho que ele estava usando e ele estava de pau duro feito pedra. Peguei a mochila e tirei um coleira e coloquei nele. Quando ele viu ficou super excitado. Coloquei a coleira que tinha uma corda pra puxar.

- Ta falando uma coisa pra ser minha cadelinha. O rabo.

- Sim mestre.

O cara não fazia ideia, ou se fazia a preferiu fantasiar que era surpresa. Tirei um plug com um rabinho de cachorro, passei um creme, é um ky especial transparente bem melequento, sentei na cama e mandei ele empinar a bunda pra mim e abaixar a cabeça no chão.

- Vai cadela, vira esse rabo pra mim.

- Sim mestre, mete esse rabinho em mim mete.

- Fala por favor mestre!

- Por favor mestre, mete esse rabinho no meu cuzinho, me faz de cadela.

Fui colocado um dedo, depois outro, o cara rebolava e gemia, o pau babava muito, quando ele sentiu o plug entrando começou a gemer e balançar a bunda. Nossa eu fiquei super excitado, meu pau já estava em ponto de bala de tão duro.

- Agora lambe minha bota lambe, cadelinha.

Ele lambeu, e se esfregou, eu passava a bota na bunda, no pau e nas bolas dele, o cara tava pirando. Mas eu sabia que tinha que fazer muito bem feito, era meu primeiro programa.

Coloquei uma mordaça com bolinha na boca dele, ele pirou mais ainda. O cara gemia e se esfregava no meus pés, depois deitava no chão e eu passava novamente as botas no pau e nas bolas dele apertando um pouco e dando uns chutes de leve.

A piração maior foi quando eu tirei os prendedores de mamilo, o cara soltava um som de tesão. Depois de um tempo brincando e o cara soltar tanta baba do pau que mais parecia um quiabo eu achei que era hora de dar uma finalizada. Coloquei ele de quatro na cama e amarrei as mãos e os pés. Lambuzei a bunda dele com lubrificante e ai foi a primeira vez que ele viu meu pau.

Meu pau é proporcional ao meu tamanho, eu tenho 19cm e grosso, cabeça rosada e com prepúcio.

Ele estava babando então tirei a bolinha e botei ele pra chupar e dar umas engasgadas. O cara chupava uma delicia, quase que eu gozo precisei tirar rápido.

Depois de dar várias engasgadas o cara pedia rola, botei uma camisinha e soquei sem dó. Ele soltou um gemido e encolheu a bunda, apertou o cu no meu pau mas o safado gostou da dor, ele já estava relaxado por causa do plug então não foi complicado e eu não ia fazer nada pra machucar o cara de verdade.

- Me fode mestre.

- Me fode mestre o quê?

- Me fode mestre por favor.

- Toma cadela, safada, tá gostando do meu pau no cuzinho sua putinha?

- Ai mestre, me da mais, me banha com sua porra.

Ele deitou na cama e ficou batendo uma enquanto eu ficava em pé de perna aperta socando uma punheta, quando ele gozou eu acelerei e gozei junto, nossa foi muita porra, o cara ficou todo melecado, nem eu esperava gozar tanto.

Eu estava acabado, sentei numa cadeira e tomei água enquanto ele descansava. Depois de uns minutos ele veio com mais duzentinhos e me deu.

- Garoto você é muito safado, eu quero outra seção, queria fazer mais coisas.

- Claro, só me mandar um e-mail explicando o que você gosta e a gente combina.

- Nossa quase cinco da manhã, você acabou comigo.

- Aqui ó, sachê pra você passar no cuzinho e dar uma aliviada, é refrescante.

- Olha tem até brinde em?

- tem sim, pra você ficar pronto pra outra.

Eu saí feliz da vida, meu primeiro trampo foi um sucesso, claro que eu tinha tomado um banho antes de sair, fui pra casa e por sorte achei um uber já que passava um pouco das cinco. Cheguei morto de cansado, não foi fácil assim como eu pensei, mas ver a grana na minha carteira me deu um baita gás. Passei o dia dormindo e aproveitei a tarde pra estudar pras duas ultimas provas da semana.

Também sabia que nem sempre seria daquele jeito, que outras pessoas curtem um programa mais leve, mas minha iniciação nesse mundo não poderia ser sido melhor. A noite eu estava vendo os ep que eu não tinha visto de La casa de papel na NetFlix, era por volta do horário que eu disse que atendia, umas 22h da noite. O telefone toca e uma voz que eu achei até jovem do outro lado me fez a pergunta que eu iria escutar muito mais do que imaginava:

- Alô? É o Wolf?

continua...

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
11/10/2019 17:34:06
Muito bom
10/10/2019 22:36:08
Mas gente, esse Wolf promete
09/10/2019 11:11:54
Demais
08/10/2019 23:17:42
Quero mais
08/10/2019 12:13:42
Exceção
08/10/2019 10:10:30
Tua narrativa promete...
08/10/2019 07:52:04
curti
08/10/2019 00:04:55
Muito bom o conto! Parabéns!

Online porn video at mobile phone


Blog atualizado da casa dos contos eroticos paguei ´pra deflorar a filha do caseironovos relatos eróticos de corno minha esposa com o plug analcontos incesto xota enrabadaxxxvideos.Leticia.pésirmao.ingravidando.irma.metendi.na.buseta.sem.camlsinhamorena deitada para dormir nua e cansada mas seu caozinho nao deixa lanbe sua vagia e ela gstaporno gay com vendedor de pote e portamulher tem garra para aguentar o dotado no pornodoidocomtos eroticos minha mae drogada foi fodida e eu tambemConto porno chineladas na bundavelhocasadacornoconto erotico viado novinho vira escravo do coroa dominadoraribjr/escritorGoroto ele é virgem e pai agara o pau do garoto conto eroticonao era pra enfiar no meu cuzinho virgemvideos caseiros itabiranas fudendo escondidoscontos menina chuponanovinha gretano de tanto goza com u paitodos os vilões em um só corpo versus Goku com cabelo azul ninguém trisca neleXVídeos hétero bundudo obrigadinho chupar sua bundapornô comendo a cunhada crioula do lado da esposa dormindocontos eróticos gay fui transformado em putinha e fizeram dupla penetração no meu cuzinho e me arrombarammenina novinha nao aqenta a pica e sangra a bucetinhapornô em fato real filho estrupa mãe gostosa e arrumadaxvideo novinhas matutando o cu amadorcachorro engatado homen eteroWww. faveladas fazendo sexo na promiscuidadeconto gordinho afeminadomimha esposa enfiou objetos no meu cu conto eroticobaixa vdeos dos porno mas iclivesimplorei para ser cornoconto amante casada puta ituver novinha do grelo bem grandão no pistolaoo surfista loiro me comeu contoGays gostososcontosx video de porno entiada vadia novinha espera sua mae sai e deixa seu padrasto comer ela de sainha so de fildendal por baixomeu entiado tem um picao fudemoscontos eroticos seminaristaver vidio porno de novinha dece ano de 2017mulher chupa priquito de amiga sa empreme vou gosapeso d porrta gatinhaNovinha limpando a casa com blusinha folgadinha xvideocontoerotico eu namorada mae e tioirmalouca pra perdero cabaco pro irmarMulhertaradaporcavalomãe fraga tiu abuzedo da sua filhavideos caseiros comendo esposa logo cedo videos para baixar escorrendo porranovinha vai troca de roupa e pega rapaz bateno pulhetcontos eróticos fiz sexo por acaso com minha tiaxvideos cangáceiras eroticasxchamester vovôzinhoEnbebedando a tia e comendo elavideos de sexo racatadoContos comi a bucetinha virje da neta da pastora da minha igreja ela chorava muito eu meti sem doxnxxxxvibeocomdotadao gozando dentro do amiguinho dengozodepilaçãofudendocontos eróticos a esposa e os velhos da Senzalaxvedeos dejado busetao rochoprica cavalaxvidiocasada fudendo a pica do machoconto erotico gay cunhadoscontos eroticos meu padrasto cavalocontos gay femea do irmaofui ao banheiro e o negão mostrou sou pau não resistixvideo mule vigata nacaza da amigagozando na bócá da negra casadaminha esposa me contou que era boqueteirapai bate na filha e fode sua buçetinhhanovinhos se esfreegam de cueca mundo bicha pornomeu tio comeu minha bucetinha virgem parte 2 contos eroticoscontos trai com o inquilinofoto do negao inedita nunca vista da rola seper grossasexo fiocado paicontos erotico cm irmaContos eroticos elacareca peladafilmes de sexo so conegao do pao grosso e negona da buceta inchadaMachos marumbados sexo gaygaymulhes sexo com cavaloquero ver mulher só de calcinha fio-dental Zinha deitada de papai com as perna aberta de frenteMarilene magrinha d********* para rolo um pau grosso e negão comendo Mato casadapeladacamisinhaIrmanzinha linda dando o cu apertado apunsopresidiarios na felisidade um putaXVídeos sobrinho comendo assistir Superboycrente safada contosprica cavala