Vida de um devasso enrustido - 2

Um conto erótico de Fred Fabbri
Categoria: Homossexual
Data: 09/09/2019 20:31:08
Nota 10.00

Olá galera, bom, gostei do feeback de vocês e agora vou contar pra vocês a continuação do meu caso com o Gabriel.

Eu esperei horas e horas pra que o gabriel marcasse da gente se ver de novo pra falar o que ele tanto tinha a dizer mas o menino sumiu do mapa, eu não ia dar o braço a torcer e também não o procurei. Até que dias depois encontrei com ele por acaso na saída da academia e ele veio todo brincalhão como sempre, com aquele sorriso lindo, todo suadinho... eu logo comecei a tremer na base só de ver aquele homem. E então ele disse: "- E aí amigo? sumiu, você não falou mais comigo, o que aconteceu?" Eu disse: "- Ué amigo, quem ficou de me procurar para conversar foi você.", ri para tentar disfarçar a tensão mas na verdade já dava pra ver só pela palidez e pelos tremores nas mãos que eu estava completamente sem chão. Ele riu e disse que ia treinar e que passava na minha casa mais tarde. Nem precisa dizer que eu fui voado pra casa, chegando encontrei a casa vazia e pensei "É hoje", meus pais tem um escritório de advocacia na cidade vizinha, onde eu trabalho também, liguei para minha mãe e inventei que não ia dar pra ir por que tinha treinado pesado demais e estava com dor de cabeça.

Entrei pro banho, tomei um banho delicioso, ao sair olhei minha bunda no espelho e comecei a passar um creme nela, modéstia parte minha bunda é muito bonita, lisinha, bem redondinha e grande sem exageros. Até hoje não vi nenhum "hétero" não cair nos encantos da minha raba. Me vesti com um short de academia e camiseta e fui pro sofá assistir alguma coisa enquanto o Gabriel não chegava. Até que ele me uma mensagem dizendo "to aqui". Sai correndo pra abrir o portão e dei de cara com ele, todo bonitinho, tomado banho (pensei que ele ia vir suado da academia), bem cheiroso e disse: "- Entra aí gabe."

Ele entrou e com um sorrisão disse: "- E aí, fred? tudo certo?". Sorri meio sem graça e disse: "- Tudo ótimo amigo, que bom que você veio, senta aqui no sofá comigo." Aí ele disse: "- Vou ter que sentar um pouco longe, vai que você resolve me agarrar". Deu uma risada alta mas comedida e se sentou na poltrona a frente do sofá. Olhei pra ele e o zoei: "- Eu? atacar? eu tô mais pra ser atacado". Ri novamente, tentando fingir que realmente estava tudo bem.

Só que dessa vez algo foi diferente, eu percebi que o pau dele marcava muito pesado no short que ele tava usando e comentei: "Tá sempre com essa barraca armada é?" Ele respondeu: - Não, só quando eu penso nessa sua raba gostosa, mas amigo, cê sabe que isso tem que ficar em segredo entre nós, não sabe? . Eu meio que levei um choque, o Homem dos meus sonhos, lindo, alto, gostoso falando que tava daquele jeito por minha causa? Eu quase não acreditei. Falei: "- Claro, principalmente por minha causa... mas me fala uma coisa? por que você foi embora aquele dia?" Ele disse: - Ah, eu não esperava que você ia me cantar, fiquei sem graça pô. Ri e falei: - Eu? eu não quero só te cantar como dar pra você o tanto que você quiser me comer. Ele olhou pra mim e me atacou, literalmente, me ATACOU, me deu um beijão, um beijo daqueles que você fica sem fôlego, sem chão e perde até o espaço do tempo e a gravidade. Ele começou a roçar o pau dele no meu corpo e eu senti que não seria nem um pouco fácil colocar aquilo na boca ou principalmente no meu cuzinho.

Nos beijamos bastante e ele começou a falar no meu ouvido: "- Seu viadinho, filho de papai, ta querendo dar pro gabriel né? sua putinha, vai sentir esse grossão aqui todo no seu cuzinho não vai?" Eu só assentia bem manhoso: "Vou, vou dar o meu cuzinho todinho pro Gabriel gostoso." Eu o empurrei e coloquei sentado no sofá, apertei aquela rola gostosa por cima do short fino e comecei a beijar, mordiscar e olhar pra cara dele que a essa altura já começava a fechar os olhos e suspirar forte. Ele levantou o quadril e com isso entendi o recado, puxei o shorts e pude ver aquele cacetão pular pra fora, não era enorme mas era de um belo tamanho mas vou contar pra vocês, pensa num pau tão grosso que chega a ser ignorante? pensaram? Era um tronco que sinceramente tem que ser guerreiro pra aguentar. Ele olhou bem no fundo dos meus olhos, sorriu de canto, mordeu o lábio e disse: - Não era isso que você queria sua putinha? mama vai. Comecei a sentir o cheiro daquele cacete, esfregar na minha cara, passar nos meus lábios, enfim... todo viado sabe o que é isso, quando a gente fica com um macho que a gente deseja a tanto tempo e finalmente consegue, é algo que é de outro mundo. Eu estava realizado e enfim comecei a chupar aquele cabeção, passei um bom tempo chupando, lambendo, pressionando o buraquinho da cabeça, gabriel a essa hora só gemia, falava uma série de xingamentos pelos dentes apertados, e apertava muito forte o couro do sofá, como se fosse rasgar. Então eu dei o golpe de mestre, falei: "- Se prepara." E comecei a engolir todo aquele caralho, ele parecia não acreditar que eu tava fazendo aquilo e dizia: "- Caralho fred, porra, mermão, tu engoliu tudo, engole mesmo sua puta, engole, baba no meu caralho sua piranha". Isso para mim era o maior incentivo engolia, tirava todo da garganta, engolia de novo e aquilo foi deixando aquele menino louco, ele foi ficando cada vez mais doido e me apertando, dando tapas na minha bunda, até que deu um tapa consideravelmente forte no meu rosto e começou a pedir desculpas. Falei pra ele: "- Tu não tá me chamando de putinha? de vadia e o escambal? então porra, me trata como a sua puta, nada de pedir desculpas, é pra esculachar." e voltei a mamar o caralhão dele, esse cara começou a foder tão forte minha boca que parecia que era um cu, parecia que queria arrombar completamente minha garganta, eu comecei a sufocar e aí ele falou: "- Ué? a putinha não aguenta?" e lascou outro tapa no meu rosto : "- Mama sua vadia mama que ta vindo leitinho grosso de whey pra você, sua piranha". Eu delirei ouvindo ele falar assim, sentia o caralho dele bater na minha garganta e queria mais, já tava todo lambuzado de baba e pré gozo e foi aí que sem avisar ele gozou uma porra tão grossa que parecia argamassa, sem exageros, era uma porra grossa, densa e muito gostosa, parecia algo de outro mundo. Engoli tudo e me senti realizado de chupar aquele cacete e ter tomado aquele leitinho tão gostoso. Depois que voltamos ao normal ele falou: "- Desculpa se eu machuquei você, é que eu me empolgo". Eu ri e falei: " - O meu recado eu já te dei, agora vaza daqui que meus pais não vão demorar a chegar". Ele protestou e disse: "- Não vou comer o cuzinho da minha putinha hoje?" Sorri e dei um beijo na testa dele, dizendo: " - Não, eu não vou secar essa fonte de porra, quero que você esteja bem carregado pra foder meu cu." Nos demos uns beijinhos e levei ele até a porta, sentei e pensei "UAU, eu realmente tive a sorte grande".

_______________________________________ Pessoal, peguem leve por que é meu primeiro conto rs Espero que tenham gostado desse, a história com o Gabriel ainda não acabou, ainda vai ficar muito interessante. Um beijo do fred.


Este conto recebeu 0 estrelas.
Incentive Fabbri a escrever mais dando dando estrelas.
Cadastre-se gratuitamente ou faça login para prestigiar e incentivar o autor dando estrelas.

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
12/09/2019 01:26:24
Demais
11/09/2019 02:39:26
Continua pfvr esse tesão
MG
11/09/2019 01:17:14
Aguardando.
10/09/2019 12:25:33
conta mais
10/09/2019 12:25:16
muito tesão e esse jogo de luxúria e tentação
10/09/2019 01:06:04
Que delícia, adorei demais. Tua bunda deve ser fantástica.
09/09/2019 21:39:47
Muito bom rs... Continua logo mano!

Online porn video at mobile phone


dois dotado fetendo com forca e tirando sangue da bucetinha da moleca assanhadafez buraco na parede do banheiro para brexar as mulheres de casa e foi pego pornoxivideo corno empura tudonovinhas delicia purasexopau.em.bumda.nulher.anatadaque eu faço para eu come buceta de clarinha ? mas nao da brexaas penujinhas do pornocontos gay cueca do padrese masturbando enguando o marido dormexvidioeu quero assistirum filme pornografico lesbicas amor lesbico inesperado no pornodoidonovinha do canil conto eroticoPorno sexo gemido de prazer de esfomeadas com pauzao gostosocontos eiroticos leilapornxvideos vadias loiras se prozeandoFoderam minha mãe eu vi contoNovinhas.dando.pra.rinoseronte.com.rola.grande.xvideos.comShrek mãe fugindo do marretãocontos novinha safadadesde berçomamae safadinha toma banho co filho nua na intenetadoro ser encoxada no trem contos eroticosvídeos porno braseiro putona brasileira lavado ropa no cintal e fude com seu cunhado bem dotadoai como doi pucona pornoconto erotico pica grande e a buceta ficou um vazio e vacuoxvıdeos porno novınhas do paecontos comi miha tia enguanto dormiaas mas gostozas di chortinhoxvideos homen perdendo o cabaco com mulher esperiente fudedeiraconto erotico bofinhoChinguei minha sobrinha de vagabunda ea visinha daContas de incesto mãe tarada descabacando filho a força com fotocontos eroticos titio flacou eu e meu primo na infanciacomeminhaesposagostosa.comConto erotico comadre curiosapornô conponba clandeContos eroticoseu minha esposa e minha sograeu quero ver um cachorro cruzando com a pobre ficando engatadoporno na favela dos hortifrutiMulheres que se mastubarao em quanto.dansavapegei minha cunhada xhmastero vizinho safado do 205 conto gaymasturbando olhando mulher bronzerarcontos eroticos fistingcontos eroticos gay muito hormoniomae. gosa pau fillho sentadasem calcinha contosquero ver namorada traindo o namorado com cunhada no mesmo quarto com tema da Minniesexporno so com as mulher corpudona e apertadinha bota choracontos eróticos minha mãe me fez perder a virgindadeDona de ,casa e o moleque ,contoscontos eroticos minha tia mim arrumou para que meu tio tirasse o meu cabacinhovideo esposa chama amante roludo pra acalmalacontos eróticos minha esposa se confessando com padrebundudasconto eroticoprima Pede para dormir de conchinha com prima e a subidabucetinha novinha estralandoxvideoscontos eroticos minha vizinha novinha virgem rebeldeeu virei mariquinha de negão xvideos gaycontos professor novinhaair tira o pau do cu dela , ela vai caga pornodez ano padastro gosa na minha bocaconto erotico prima 11 aniospadrasto ver a novinha nua e ficabatendo punhetadomestrica vendi meu cu virgem para meu patrao contos eroticosconto sexo anal piracaiaconto erótico tesao em raxinhas minúsculasxxxvideos cunhada espeou sua irmã sair pra provocar .comxisvido mai filho ei portugeiscontos eroticos:filho,seu pinto ta ficando durotesaozinho de menina deixando o pai da amiga louco de tesaocontos porno gay bebi leite na mamadeiraistorias eroticas de insesto filias mas novinas y pai en la rosa o facendacomtos exitantesDavizinho Davizinho perdendo a virgindadea empregada sai do banheiro nua para encabular ou encabular o dono da casaainnn amor sexoXVídeos mulher fazendo cocô e 32 no Condorcontoerotico eu,namorada, minha mae e tio jorgeprima entra atras do sofa agarra prim meter no cuzinhomassage ando a cunhada contocomo ficar escanchada na picar pra doerpatrao tirando virgen dade da inpregada sAfada x vidio bucetanuaquero os melhores contos eróticos de enteadas brigonas com fotoscaso erotico irmã entrega de bandeija a irmã caçula para seu maridovirei a cadela da turmacomendo a elaine no cantteito de obras xvdeoscontos eroticos comi o cu do amigo da faculdadeAguentei a rola enorme do papai contos eróticosconto erotico de neto vai morar com a vovó e mete nelaporno tia mim da seu celula para mim ver olha oqui eu. ajeias mulheres mais tratante do pornô de fio dentalcontos eroticos de mulher de manauscontos eroticos nudismogordinha pacotao pornodoido calça legecontos erotico com muito tesao dei para um velho pintudo nojentomarisa cm sede de pica grande chamo um negao para foder gostoso em conto o marido trabalha