Scat com o trio de barangas parte 2

Um conto erótico de Ylsiel
Categoria: Heterossexual
Data: 12/08/2019 22:32:11
Nota 9.33

Depois do que aconteceu com cacau, ela já tinha contado pra duas amigas, que ficaram um pouco curiosa, Paulina e Carla, ambas eu já conhecia. Em um dia Paulina me jogou num canto lá no serviço, e me perguntou sobre oq aconteceu com cacau, ela se interessou, dizia ter ficado excitada em ver um homem comendo seu excremento e se deliciando, uma coisa nojenta, que todo mundo tem repugnância, e um homem adorar e se deleitar naquilo, era isso que causava tensão nela, ela me perguntou se eu toparia, eu topei na hora, esperamos alguns dias para nossas folgas coincidirem e fomos para um motel. Paulina era baixinha, branquinha, gorda com um rabo gigante com muita celulite que era completamente visível mesmo com o uniforme largo da empresa, era um bagaço de tão feia coitada, parecia a Fiona do Shrek, nariz achatado e uma verruga bem em cima dele, tinha seus 40 anos, e suava muito, era normal aparecer rodelas de pizza embaixo de seus braços em dias quentes. Quando combinamos nossa aventura, disse a ela para não lavar a buceta por uma semana, não limpar o cu quando cagasse, e nem escovasse os dentes e tbm que ficasse uns três dias sem banho, só para sentir um pouco do seu gostinho afinal não podia ficar muito tempo fedida, as pessoas da empresa iriam se incomodar, mas ela disse que tentaria, era bastante asseada estava sempre limpa e cheirosa apesar de transpirar bastante, e tbm que tomasse algum laxante para aumentar a quantidade de merda e que tbm facilitasse caso ela ficasse nervosa e não conseguisse cagar em mim. O tempo estava muito quente, mais que ficaria feliz em me ver excitado com seu corpo sujo e aceitou minhas exigências. Chegamos num motel é já nós atacamos em beijos, o cheiro daquela mulher me deixava louco, o bafo da sua boca me dava o maior tesão quase engoli sua boca com meus beijos, chupava aquela língua como se fosse um clitóris. Tiramos nossas roupas é eu fiquei com sua calcinha, aquilo para mim era um troféu, não dava para distinguir o cheiro, mais o amarelado na parte da buceta é a marca de bosta na parte da bunda era nítido, lambi e suguei aquele pano que a muito tempo não saia de seu corpo e naquele momento estava no meu rosto, nariz e na minha boca, estava delicioso é era apenas um aperitivo do que aquela mulher guardava para mim. Como já disse ela não era nem um pouco atraente, alguns poderiam dizer até que era broxante, seios médios e caídos com grande auréola, uma barriga grande cheia de estrias como na sua enorme bunda cheias de celulite tbm, e uma deliciosa buceta escura com grandes lábios mais raspadinha. Oq era broxante para alguns me deixa com maior tesão, uma mulher natural, seu corpo fedia, ela me punhetava enquanto eu a beijava e chupava seu pescoço ela se agachou e me pagou um boquete mágico bem molhado com direito a garganta profunda, só parou quando eu pedi, já não aguentava mais, estava quase gozando, e eu ainda queria provar o gosto daquela mulher enquanto meu tesão estava no auge, ela se deitou na cama eu fui pra cima beijando sua boca, seu cangote e fui descendo até as suas tetas caídas, o cheiro de suor velho e o gosto salgado me dava vontade de morde-la toda, fui descendo cada vez mais, dando vários chupões em sua enorme barriga que branca como era deixava visível as marcas dos chupões, o cheiro da sua buceta ficava mais forte enquanto eu me aproximava, aquele cheiro de peixe morto e bastante mucos branco secos nos lábios de sua perereca, eu só queria atacar aquela buceta, ela teve todo o trabalho de deixar ela bem sujinha e azeda pra mim eu tinha que recompensar, mais não fui direto ao ponto, ela ficou bem arreganhadinha pra mim, mais eu não queria ser tão direto, mesmo vendo ela quase implorando pra botar a boca ali, comecei devagar dando beijinhos na sua virilha raspadinha e um pouco irritada, eu só apreciando o cheiro de bacalhau que aquilo exalava depois na suas coxas gordas, ela se contorcia, foi quando de surpresa ela agarrou minha cabeça e enfiou na sua precheca, foi lindo, que cheiro forte, o gosto então nem se fala, lambi com o todo cuidado e verocidade, enfiava minha língua lá dentro, parecia um cachorro, queria sentir cada centímetro daquela enorme buceta. Os mucos não existiam mais, aquela perereca estava limpinha, mais o cuzinho não, como tbm não havia sido limpo, estava louco para provar aquele cuzão, ela se aproximou um pouco mais da borda da cama se arreganhado ainda mais, que visão linda, aquele cuzinho preto enorme, sujo de merda seca, aproximei meu nariz queria cheirar aquele bueiro imaginando quanta merda aquele cu iria soltar pra mim, mordia aquela bunda branca como se quisesse arrancar pedaço, e sempre voltando para o seu cuzinho, eu não me cansava aquela bunda cobria todo meu rosto, abafando seu odor, estalos de chupadas saiam da minha boca ao degustar aquele rabo. Fomos para um 69 ela chupava meu pau enquanto o peso daquela baixinha gorda me esmagava, mais eu adorava principalmente aquela bunda enorme preensando meu rosto contra a cama não aguentei e gozei, nos melecamos todo com minha porra, ela procurava cada gota que havia espirrado em nós, ela tomou o controle e subiu em cima de mim me dando beijo, com o gosto da minha própria porra, o cheiro forte dos nossos corpos juntos estava forte no ar, e o melhor ainda estava por vir, ela subiu em cima de mim me beijando e esfregando sua xota em meu pau, pegou ele todinho com a mão e enfiou na sua precheca, sem perder tempo começou a cavalgar em cima de mim, esfregando meu rosto sobre suas tetas ao mesmo tempo eu apertava aquela bunda gelatinosa quicando no meu pau. Ela se levantou de cima de mim e disse que tava afim daquela coisa que a gente tinha combinado. Comer sua bosta. Tudo e estava tão bom mais mais eu não tinha me esquecido do prato principal, queria muito a merda daquela porca. Fomos para banheira do motel, fiquei bem confortável e ela se agachou por cima do meu rosto, tentei mirar minha boca no seu cu ela peidava gazes quentes anunciavam oq estava por vir, aquele cu se abria, a bosta começava a apontar e eu já com a língua esperando. Uma comprida e grossa merda marrom claro e pastosa completamente saudável saia daquele rabão maravilhoso encheu completamente minha boca, transbordando cobrindo meu nariz e queixo e caindo no meu pescoço ela se levantou e se sentou na hidro e começou a tocar um siririca, eu tbm me sentei, pegando o excesso de merda no meu rosto com minhas mãos mas ainda deixando oq tinha na boca que estava completamente cheia com seu excremento delicioso, mastigava devagar para poder desgustar o sabor daquela massa fedorenta que já estava escorrendo da minha boca mesmo eu engolindo o maximo que podia. Brincava com sua merda nas mão, lambia os lábios depois da grande porção que havia engolido, apertava e cheira o restou que sobrou, havia muito ainda, ela ainda se masturbando com um olhar de safada me vendo brincar com oq acabava de sair daquela bunda gorda. Ela se aproximou de mim pegou um pedaço da sua bosta em minhas mãos e esfregou na buceta depois na sua bunda, depois pediu para te chupar obedeci com prazer, lambia aquela gorda cagada fedorenta com maior tesão, o cheiro do banheiro estava insuportável é eu dando um banho de gato completo naquela mulher, ela tbm muito excitada pressionava minha cabeça contra seu corpo as vezes até me sufocando, me foquei na sua buceta suja de merda, pedi seu mijo se poderia dar para mim, ela disse que não estava com vontade que estava com muito tesão e não era pra mim parar de chupa-la até gozar, então foi oq eu fiz até o gosto de gozo envadir minha boca e sua xota ficar toda molhada mas agora já limpa de toda merda. Ainda havia muito excremento espalhado pela banheira, fui pegando os pedaços maiores e raspando o resto com minha mão pois aquilo já havia virado uma pasta, enfiei toda aquela quantidade na minha boca, até não caber mais, empurrava com o dedo até colocar tudo, não conseguia mastigar, não pelo gosto, pois estava delicioso, mais sim pela quantidade que tinha colocado na boca, fui engolindo ao poucos até não sobrar nada, fiquei um bom tempo mastigando até engolir, mais não desperdicei nem um pouquinho, tinha comido toda a merda daquela gorda rabuda, eu me limpei, limpamos o lugar pois ainda pretendíamos toma um banho na hidromassagem, pedi pra comer seu cuzinho e ela deixou, ela ficou de quatro e enfiei, ela urrou de dor mais sem nenhuma dó eu enfiava com força até ele ficar confortável e começar a rebolar aquela enorme bunda no meu pau foi então que gozei lá dentro, quando tirei meu pau ele estava todo melado de merda seu cuzinho tbm, agora todo arrombado começou a escorreu a porra misturada com bosta, não aguentei e cai de boca naquele cu sujo relaxado, enfiado a língua lá dentro e fazendo uma limpeza completa, com aquilo meu tesão havia voltado de novo, ela se surpreendeu com meu vigor e adorou a idéia de foder de novo, ela tomou o controle e subiu em cima de mim, cavalgado gostoso e gemendo aos berros, e o barulho de seu rabo batendo na água e na minha coxa, demoramos bastante até gozarmos juntos terminamos nosso banho de banheira e depois fomos pro chuveiro, onde ela me deu um jato de mijo que bebi de goleadas. Estávamos limpos depois do banho mais quem pratica scat sabe que acabar com o cheiro e coisa mais difícil, abusamos de cremes e loções e fomos dormir. No motel de manhã acordei primeiro e fui direto lamber sua buceta com ela ainda dormindo, estava cheirosonha, adoro uma mulher porca mais não resisto a uma cheirosa tbm, metemos gosto e fomos embora.

Esse foi o melhor sexo com scat que já pratiquei, o fedor daquela mulher, o sabor da merda dela jamais vou esquecer dessa brincadeira que fizemos. Minha próxima história das três barangas com que pratique scat vai ser o última parte, mais pretendo escrever outro contando o dia que eu pratiquei a primeira vez. Na última parte desse conto aconteceu com a Carla, uma bêbada casada, tbm foi ótimo mais não tanto como esse, até lá espero que gostei pq pra mim foi mágico.

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
Ddd
16/08/2019 05:49:50
Tu é um cara muito sortudo amigo! Achar mulheres que topem realizar seu fetiche é coisa rara e tu achou 3 no seu trabalho! Você deveria ter tirado fotos sem o rosto dessas delicias do seu trabalho, delas caçando, ou ter filmado sem mostrar seus rostos pra repassar pra quem curte scat como eu apesar de nunca ter praticado mas ter ainda a esperança de achar uma dessas. Se quiser trocar idéias, meu email é fotosevideos422 @gmail.com um abraço.
14/08/2019 07:01:20
Scat é bom demais.
12/08/2019 22:35:36
Curti muito a experiência galera, se alguém quiser só falar sobre o assunto de scat ou praticar esse um sexo sujo, ou só cagar me chama lá

Online porn video at mobile phone


contos eróticos técnica de enfermagem pegando carona com colegaconfesso que esse moreno é deliciosoxvporno de novinha de dezeseis anosde vestido trazandochantagiei a freira contoNegao esculachando com moleque gostosoxvideos disfassando siriricavídeo da pelada gostosona morena aquelas bem gostosa e morena e bem gostoso se tu não fazer carvãoconto erótico velho vizinho me arrombouquero ver lindas travestis entrando em enormes rolas ate gozarem nelas videos boas fidascontos eroticos casada deu pr o marido e o filho dls tbmcontos eróticos de presídiosdei pro entregador contosporno gostosona negona estrupada brutaenteMenina nova de causinha tolada na buçeta xsvidiocontos eróticos com mulher gostosa de Biguaçu Santa Catarinabuceta cheia de muxiba da sograContos eróticos flaguei o pastor arrombando minha linda noiva santinhaporno nuhers sen lenitecontos eiroticos leilapornxvídéo homem agarrar a mulher com outro homem e pegar o cu delecontos gay femea do irmaocontos eiroticos leilaporngarrafas decoradas com aniandranunca vi vm macho gosar tanto assim dentr da buceta da minha mulhe de buecta arregacadamarido realiza sonho da esposa ser fudida por uma fila de homems pauzudos e grososcontos de sexo depilando a sogramotorista olha do retrovisor do onibus coroa pagando calcinhao pedreiro me comeu a forca!!contos eroticoscontos eiroticos leilaporncontos enrabado na prisãoContos eroticos perdendo minha virgidade gostoso aii mete vai mete nessa bucetona vaisou evangelica casada mas adoro da o cu pro meu visinho que vivi me comendoContos eroticos : transei com a cavalona loura da xotona peludaxvideos com pomba gira brasileiros encorporadasx video subrinhaolhando o titio roludocontos minha esposa quando me liga e porque sou cornocontoeroticopirralhocontos eroticos o carroceiro e as enteadasconto erotico titia camisinha engravidarvideos de pivetada fazendo fila pra fuder pretinha safadaxvideotiagostosabaixar cintura para trás mexe a cintura brava agora dá uma rodadinha mexe o bumbumperereca da ebteada contoscontos de esposa piranha corno manso esculachaDocontos eiroticos leilapornporno gay pai malhado e i filhocontos de incesto filho arma um sequestro pra mae rabudachule contosexo pornô grátis o filme mete a rola na mãe chupa a b***** fofinha dela gostosa e ela goza gostoso na língua da filha sozinha g*************xexeca mais gtz e peludinhaxsvideo caronasporno com novinha de saia curta limpando a casa e o irmao dela pousado na bunda delacontos eróticos so sai se euver estabundonameninas caipirinhas lindas com a buceta encharcada de tesao metendo muito paus grandesesposa trai o esposo na fantasia c mularo de 1:90vídeos demulheres e fiado o dedono prigito ponodoidopai vai no quarto da filha gostosaxxvideoX porno ceducindo vidraseirocasal praticante de zoofiliaconto erotico huntergirls71xvideos muitos homens batendo punetagozando1metro debtro do cu@nubianinfa.comsilicononadas trepandoencanador do pau cabecudo comendo o cu da dona de casameu marido viciou em porra de machocontos eroticos padrasto chupador ds buceta c xixiNegrinho do cabelo ruim bem pretinha metendo muito com muito fogo na periquita no pornô brasileirocontos eroticos cuidando da cunhada com a perna quebradasexo ruiva nu riuhttp://mefaz gz gostosogozada no cu com recuada gayencochador penetra em mulhercontos sexo com garçom em moteisassistir filme completo de chupada de bucetas bem fortes adoroooolesbianismo entre evangelicas pornodoidofazenda 2018gostosa se masturbano e gemendo em empregada gostosa foi faxina e levantou o rabo do meu lado ou do rabo gostoso delayahoo relatos de no cu quem levou uma gozada dentro do cuFoda agressiva ponodoidosou mulher vou confesa que que dormia com meu primo e dei pra ele quando senti que ele tava de pau duro e eu logo mi exciteiFudeno a buceta da filha no mato escodido pro pai pono caseirocupabuceta e leva rolada