Amor ou ilusão - 25

Amor ou ilusão – 25

Meu nome è Flavio sou atendente de callcenter, moro sozinho e sou homossexual. Minha vida anda um pouco turbulenta, depois de anos sem me apaixonar por homem algum por conta de uma péssima primeira experiência me encantei por Alexandre que parecia um príncipe encantado, atencioso, carinhoso, bonito e bom... um pouco reservado, quanto sua vida na cidade vizinha. O que me dizia ser apenas trabalho por ser la a sede da imobiliária onde ele trabalhava se mostrou ser mais que isso. Meu ex namorado mantinha um relacionamento com o dono da imobiliária descobri e rompi com ele que não aceitou muito bem.

Por um pouco mais de um ano eu praticamente morava com Alexandre em meu apartamento que foi chegando de fininho e quando percebemos estávamos dividindo a cama, os afazeres, menos é claro quando ele ia para Dois Irmãos. Agora voltei a morar sozinho, para minha surpresa uma antiga amiga voltou para a cidade trazendo com ela um primo e que primo. Isso tem me ajudado a esquecer meu ex embora não sei se devo me envolver com outro alguém. Essa minha amiga me ajudou muito no passado ela e sua família já que fui expulso de casa pelos meus próprios pais, mas como dizem que o mundo da voltas recentemente apareceram em busca de ajuda. Minha mãe descobriu estar com leucemia e precisa de um transplante para uma tentativa de cura da doença e como sou seu único filho a chance de eu ser compatível é maior que a de um desconhecido.

Acordei me sentindo um pouco melhor que nos dias anteriores, fui direto para o banheiro tomar um bom banho já que estava todo suado. Fui tomar café e surpresa o pão de forma tinha acabado. Detesto quando isso acontece, mas é a vida e la vou eu comprar o pão.

Estou voltando para meu condomínio quando escuto alguém gritar meu nome e quando me viro para ver quem é nossa é ele e estava... ufa! Correndo com um short bem curto preto daqueles com pequenos cortes nas laterais, sem camisa todo suado Biel vinha correndo com seus cabelos dourados esvoaçando com o vento.

_ Bom dia Flavio! Pensei que acordasse mais tarde por isso nem te chamei para dar uma corridinha.

_ Geralmente acordo, mas hoje despertei mais cedo e foi bom porque estava sem pão.

Disse mostrando o pacote de pão ao meu mais novo vizinho de apartamento.

_ Eu gosto mais do francês e como acordo cedinho era eu o encarregado de comprar pão la em casa. Não trouxe hoje porque já compramos um monte de coisas ontem e não sei onde é a padaria mais próxima aqui.

_ È na esquina de baixo, ali esta vendo aquele comercio pintado de vermelho?

Disse eu apontando enquanto Biel chegava mais perto de mim e mesmo que todo suado seu cheiro estava muito bom. Era diferente do cheiro de Alexandre que era algo mais amadeirado, era um cheiro com notas mais refrescantes geralmente preferidas por quem faz esportes.

_ Há sim não tinha reparado, por conta das arvores.

Disse Gabriel a poucos centímetros de mim com aquele sorriso lindo, apesar de uma respiração um pouco ofegante por conta da corrida.

_ Vou subir e tomar café me acompanha?

_ Tem café fresco la?

_ Na verdade vou passar agora.

_ Melhor ainda, amo café feito na hora, gosta de queijo fresco?

_ Amo!

_ Levo o queijo e você faz o café.

_ Combinado! Kkk E a Sara?

_ deve estar dormindo, disse para eu não a acordar antes do meio dia, aquela dorminhoca!

Não tinha se passado um mês se quer que eu tinha terminado com Alexandre e eu já estava com outro homem tomando café em meu apartamento. Estava me sentindo um Angelo, mas se bem que eu não tinha feito nada.

_ E então café aprovado?

_ Humm delicia! Já pode ate casar!kkk

_ Acho que vai ser meio improvável, mas agradeço o elogio.

_ Improvável? Porque? Um rapaz bonito como você, educado, independente, prendado, não vejo porque seria difícil para você encontrar uma boa... quer dizer um cara de sorte.

Continuamos a conversar enquanto eu lavava a louça do café. Biel sentou se no sofá e dividia sua atenção entre a tv e eu. Largadão todo esticado no sofá, sem camisa, braço no encosto, vez ou outra uma coçada no saco, aqueles pelinhos loirinhos se escondendo no calção...

Arrumei todo o apartamento ate que Biel disse que iria para o seu, pois precisava fazer algumas coisas. Agradeceu o café e se foi, mas logo nos encontramos novamente agora com Sara que veio almoçar e depois fui trabalhar.

Mais um dia eu acordo cedo, perdi o sono não sei porque abro a janela do meu quarto e vejo la fora ele correndo Gabriel, lindo uma boa imagem para começar o dia. Tomo meu banho e já estou de saída quando a campainha toca.

_ Esta de saída?

Pergunta Gabriel sem camisa vestindo apenas uma calça jeans segurando uma camisa na mão, ao eu abrir a porta.

_ Vou ao medico porque?

_ Esta passando mal? Precisa de ajuda?

_ Não, estou bem vou fazer uns exames, mas e você, precisa de ajuda?

_ Na verdade preciso sim, você sabe passar roupa? Porque eu não sei e a Sara...

_ Já sei vem eu passo para você.

_ Não vai te atrasar?

_ Não se eu passar agora, vem entra!

Rápido passei a camisa, lembrei um pouco de Alexandre com suas camisas sociais.

_ Vai com essa camisa e essa calça?

_ Vou, porque?

_ Talvez fosse melhor usar tudo social ou menos formal. Desculpa estou me intrometendo.

_ Não, não me ajuda é para a entrevista de emprego e minhas calças estão um pouco amarrotadas essa era a melhor.

Espera um pouco. Abri o guarda roupa e tirei uma calça preta social que encontrei depois que mandei as coisas de Alexandre embora.

_ Experimenta.

_ Ficou um pouco grande, mas...

_ Eu ajeito.

Me agaixei e dobrei as pernas da calça para dentro dei alguns pontos rápidos e pronto estava perfeita. Olhei para cima ainda enquanto arrumava e que visão maravilhosa eu tive, mas logo voltei a mim afinal já ia me atrasar.

_ Nossa cara valeu mesmo, nem sei como agradecer!

_ Vai e arrasa na entrevista!

_ Pode deixar valeu mesmo!

Biel foi saindo, mas de repente voltou e me assustou ao me dar um forte abraço e um beijo no rosto. Foi bom carinhoso e me peguei pensando nisso por várias vezes enquanto ia ao médico no ônibus.

Fiz os exames, o doutor me explicou um pouco sobre a doença, eu quis saber mais sobre o procedimento do transplante, sobre sequelas, o que poderia acontecer com o doador e quem receberia, ele me explicou, mas disse para eu ter calma que iriamos fazer os exames para verificar a compatibilidade não era certeza que eu seria compatível e mesmo que fosse ainda teria que avaliarmos minhas condições clinicas. Aquele era um importante, mas apenas o primeiro passo disse o médico.

Depois dos exames fui direto para o callcenter, pois não compensaria ir para meu apartamento e de la para o trabalho. Acabei por encontrar com Alice e Joshua namorando e aproveitei para colocar a conversa em dia.

_ Falou com o Angelo?

Perguntou Alice.

_ Já tem um tempo que não falo com ele, como ele esta?

_ Acompanhando a avó, ela ainda não melhorou e ele esta dizendo que esta vivendo um inferno na casa dele.

Disse Alice.

_ Os irmãos dele não aceitam ele ne?

_ Os irmãos dele são uns animais, nem parece que foram criados juntos. E agora estão aproveitando.

_ E como vai com a volta da Sara e aquele primo gato dela?

_ Esta ótimo, bom os dois estão com um pouco de atrito porque você conhece a Sara ne? Não é muito chegada em trabalhos domésticos e nem muito prendada e o Biel...

_ Hummm Biel já cheio das intimidades.

_ Não tem nada haver amiga, tomo mundo chama ele assim.

_ Todo mundo é? Sei...

Fiquei todo vermelho sem graça enquanto Joshua e Alice ficavam me zuando.

Eu estava entrando quando no corredor ouço alguém chamar por meu nome quando me viro para ver quem é já sinto logo um abraço apertado e um beijo em meu pescoço, aquele cheiro refrescante invade minhas narinas, aquele corpo quente firme me apertando contra o dele.

Continua...

Autor: Mrpr2

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
14/08/2019 18:49:49
Continua logo
13/08/2019 08:23:22
concordo com o valerso. amar sempre
13/08/2019 02:47:09
SÓ ESPERO QUE O DONO DESSE BEIJO NÃO SEJA O RETARDADO DO ALEXANDRE. NEM QUERO MAIS OUVIR FALAR EM ANGELO. SE ESTÁ SOFRENDO É PORQUE MERECE POR TER FEITO O QUE FEZ. ESPERO TB QUE FLÁVIO NÃO TENHA MEDO DE AMAR NOVAMENTE. NÃO É PORQUE NÃO DEU CERTO COM UM TRASTE QUE TODOS OS OUTROS HOMENS SERÃO TRASTES COMO ALEXANDRE FOI E É.
13/08/2019 02:39:56
Esse Biel perdeu o encanto rápido pra mim. O moleque não sabe fazer nada! E o Flávio ainda da uma de empregadinha pra ele. Broxante isso. Beleza nenhuma compensa preguiça e inutilidade.
12/08/2019 19:02:38
Fico na dúvida se não é o Bosta do Alexandre ou 😈😈😈😈 o Biel tentação 😈😈😈

Online porn video at mobile phone


ver vidos de coroas bem gg de shotinhocontos eroticos me fodram sem o meu namorado percebercontos eróticos de estrupo entrepadrinhos e afilhadaconto "duas virgens" enteadanòvinhá brasileira da bucetinha carnuda ê peitão na siriricá porno.xxnovinhasconto erottico ela me shantageoulevando a cunhada para tomar injeção no bumbumx videos gay amigo me ensabuou por dentroxvideomamae sozinha em casamulher derramando enfiando um copo de cachaça na buceta"mete só um pouquinho"putariabrasileira metendo o dedo ea rola na prima que geme com tesaoa minha mae obrigou meu padrasto tira a minha virgindadecontos novinha corno gang putinha forçadacadela com a vargina enchada e zoofilia comexvideo oadrato olha etiada domino i depois comi elapapai da pica grossa tirou meu cabacinho e eu gozei gostosocontos eróticos chorei gritei esperneei mas aguentei tudo no c*xxxvideos bafo psi comendo sua filha escondidoXVídeos gay com truculênciacontos erodicos com fotos descobri meu vo e viado e cornovidio socro depila a buceta da nora no banheiroJackson goiaba XVídeos gaySo grafida sendo encochada no trem xvideo comcrentinhas encochadasmulher no cio prática zoofilia com cachorrada da rua contos zoofiliapeu novinha colocou na sua buceta na portunha em pe e gozouapica tatoda no cu da brasileira e ela pedi maisimagens de conto de peguei meu filho cheirando minhas cuecasxv.ogenrro.cl.endo.asografreiada do carro picao entrou xvideosx videos pornô negão da piroca muito escrota mete na safada muoto fortecoroas. de shortinho mostrando os. beicinhos. da chanaContos eroticos irmã gêmeadoidinho pra comer o c****** da Silvanaconto gay o marrento do bairrovideo fazendo dp pra sartisfaze o maridocontos eroticos gay o doce nas suas veiaspornô com duas vinha beijadoo pai dançandoporno tia da um tapa na cara do sobrinho ele estupra ela brutalmente violentada pelo sobrinho na cozinhaassistente de palco do programa vai para o teste do sofa pornocasadoscontos-escrava dos/marginaismenino novinho q gozar grita Aroldocontos eroticos dei oedra a um noiada pra fuder coroa rebolando igual cobra debaixo do maridoUm hétero machista e homofóbico apaixonado por um índio 4minha mãe tomando banho e eu não resisti e entrei dentro do banheiro e forcei ela fazer sexo.videos porno caseiro a garotinha dormi e o padrasto gozou no seu cuzinho nxvideo pagevidio d sobrinha mostrando metade d polpinhas p tio n fazendax sobrinho de cachaça pra tia e depois chupo cu delacontoerotico eu,namorada, minha mae e tio jorgeporno gratis xvideos pai abriucaminho.pro.filhoele só quer comer a bunda da nequi.ha safadinhaporno filha tarada69Conto gay novinho crentemulheres na cama peladas uma ensima da outra peladas apertando a bumda da outracu de mulatas novinhas piscando xvdelcontos eiroticos leilapornconto erotico mulher vira escrava sexial por chantagemfotos de pauzudos de cueca na carmacasa dos contos gay incestos meu senhorfotos de bailarina safados fudendo dancando balé pornodoidopapai super dotadoxvidiosfui me depilar no salão e ganhei uma chupadavizinho come novinha seios inchafos sexo selvagem conto exoticoavelhinha mas em gra çada de zendo que era so cu no seu vestido dela kkpornodoido quando mamae nao esta em casa. eu fodo assim com papaizoofilias pai estuprando filha enquanto ela dorme profundamentepornodoido negao mendigo com branca grátisconto erotico cinta ligas putacache:O6GiaR9Gb0sJ:zdorovsreda.ru/texto/20180120 enteada flagra transa de adoria participargenrro foi no banheiro mijar e mexeu no sexto de roupa e pegou a calcinha suja da sogracontos eroticos..minha prima me fez virar viadooooesquece o Paysandu virgindade da filha bem novinhapadrasto veio do nordeste xupano bucetona da intiadao garotinho do semáforo contos eróticos reaiscanto erotico comi miha sograesposa vadia de shortinho curtinho batendo punheta p outro ba frente do cornox vidiu pono negau turado uma loira insima da cama ela gritado eo negau.garadoContos zoofilia d mulhers q se engataram com cachorro na posisao papai e mamaeAliviando os funcionarios contos eróticos