Que isso moleque

Um conto erótico de Juliana sapeca
Categoria: Heterossexual
Data: 27/08/2019 22:54:38
Última revisão: 10/09/2019 21:02:57
Nota 9.78

" Depois de ler não esqueça de deixar um comentário, eu adoro ler todos"

Olá tudo bem, me chamo juliana, tenho 30 anos, sou morena, olhos castanhos, 1,70 de altura, 60kg, tenho seios médios, redondos e firmes, moro na região sul do brasil. Certo dia algumas amigas do meu local do trabalho, Vitória, Shaine, Jessica, decidiram fazer uma festa para sair da rotina, convidaram várias pessoas, inclusive colegas do trabalho.

A festa seria realizada na casa da Vitória, por causa do espaço e lá tinha de monte, porem na festa tinha muita gente, amigos(a) pessoas delas, etc... Eu para a festa coloquei um macacão que possui alças, que possui um belo de um decote indo até a altura do meu umbigo, sem sutiã isso fez mostrar de leve meus seios principalmente as laterais pois o macacão que usava tapava apenas os bicos dos meus seios que as vezes mostrava se olhar bem de perto dá para ver.

A Festa estava muito animada vários homens bonitos e as amigas do trabalho estavam só para dar um perdido pois algumas delas tinham namorado. Vitória ao me ver veio logo me cumprimentar.

- Tá linda Ju, que decote é essa menina, alguns conhecidos estão babando, venha vou te apresentar a casa.

Ao passar por alguns homens alguns assobiaram e começaram a disser para vitória:

- Me apresenta a amiga, Vi.

- Ela não é para teu bico. Respondeu a vitória dando risada da situação saindo dali indo me apresentar a sua casa e no caminho rindo dizia:

- Hoje vou tirar a pepeca da miséria. Eu a mesmo tempo perguntei:

- Mas e seu namorado?

- Ele não está comparecendo e não tem tempo para nada, foi por isso que fiz a festa para poder dar um pouco com quem sabe.

Horas depois só tinha sobrado eu e Vitória e as outras amigas Shaine, Jessica já tinham arrumado companhia e estavam de saída em direção ao motel. Vitória ficou um pouco triste por não ter arrumado ninguém para poder curtir um pouco, não sei como não arrumou pois é branca, tem 27 anos, tem cabelos encaracolados todo vermelho e tem um corpo lindo com um par de seios fartos de dar inveja.

Vitoria tinha bebido algumas cervejas e estava maluquinha doidinha para transar, pegamos algumas cervejas, sentamos na frente da sua casa e começamos a beber e a conversar contando das nossas aventuras, com quem transamos, em que lugares, etc... porém não percebemos que na casa ainda tinha algumas pessoas que começaram a fazer barulho que vinha na cozinha, rapidamente fomos ver quem estava ali pois até aonde sabíamos estávamos sozinhas e chegando lá nos se deparamos com dois convidados mais especificamente dois moleques.

- Que vocês estão fazendo aqui. Perguntou Vitória

- E que estávamos olhando um filme no quarto e não vimos a hora passar.

Eu olhando a cena percebi que um dos moleques não parava de olhar para me decote e Vitória percebeu, rindo ela disse:

- Você nunca viu um decote moleque ou melhor um par de seios, sabendo de quem você é filho tenho certeza que já.

Então pensei por que não curtir com os moleques e aproveitar a noite, mas como iria fazer isso e se fizesse a Vitória teria que participar pois tinha certeza que ela iria adorar pois estava afim de dar sua buceta. Olhando para algumas coisas em sua cozinha percebi que tinha um barulho e disse sem pensar.

- O Vi sabe jogar barulho, o que acha de jogarmos algumas partidas tomando cerveja, já que nossa noite acabou.

- Claro Ju, vamos sim.

Pedi para os moleques ajudar a recolher algumas coisas que tinham ficado no pátio por causa da festa e colocar para dentro, ao terminar de recolher as coisas convidei eles para entrar para dentro de casa pois iriamos jogar baralho. Fechamos toda a casa e sentamos na sala para jogar, Vitória tinha acabado de tomar banho e estava com o cabelo ainda molhado colocou um vestido todo floreado e sentou no chão ao lado de um dos moleques e disse:

- Ju não te apresentei eles, esse no meu lado é Douglas e esse moço que está no seu lado é Júlio, moram duas quadras daqui.

Olhando para eles disse:

- Prazer meninos.

Douglas era franzino, legitimo moleque, Júlio, magro, era alto apesar da sua idade era novo, tinha quase 1,90 de altura, porem já tinha ouvido falar do pai de Júlio pois a Vitória dizia que ele fazia um sexo delicioso e quem ficou com ele sempre quer bis. Depois de apresentarmos começamos a jogar e já estávamos na segunda partida então percebi que estava dando sono na Vitoria e foi aí que percebi está na hora de mudar e ir mais a fundo nisso.

- O que acha mudarmos um pouco, quem perde tem que pagar uma prenda, mas tem que fazer sem enrolação.

Ela ao ouvir aceitou jogar algumas partidas mesmo com sono aceitou, na primeira rodada acabei ganhando e pedi para os moleques dançarem e Vitória também nada demais. Na segunda partida a Vitória ganhou e pediu para os moleques buscarem uma cerveja e já para mim disse:

- Quero que você rebole para os moleques.

Eu então como uma dançarina de funk comecei a dançar rebolando meu bumbum, os moleques sentados olhavam fixos para meu bumbum e Vitória percebeu e eu também, rebolando comecei a me aproximar deles até parar poucos centímetros na cara deles. Douglas soluçava, porem Júlio colocava a mão na boca querendo esconder seu babado que escoria no lado da sua boca.

Vitoria ria ao ver a cara deles, logo começamos a jogar, Douglas acabou ganhando e olhando para mim falou com um tom sarcástico.

- Quero que você beije a Vitória.

Eu então me aproximei dela, sentando no seu colo delicadamente senti suas mãos percorrer meu corpo até me abraçar e olhando nos seus olhos comecei a beija-la de língua como legitimas namoradas, porem nossos beijos se transformaram em amassos e por alguns segundos esquecemos que os moleques estavam ali, uma das suas mãos percorreu os meus seios apertando os mesmos até que paramos de nós beijar e olhando para o Douglas disse:

- Não duvide de mim moleque.

Logo começamos a jogar novamente e Vitória ganhou:

- Quero que vocês meninos tirem sua bermuda e a Ju tire seu macacão.

Júlio rapidamente olhando para Vitoria disse:

- Eu estou sem cueca tia.

Ela rindo da situação disse:

- Tô nem aí se você está ou não, a Ju está sem sutiã e mesmo assim vai tirar.

Douglas todo animado tirou sem culpa, mas Júlio meio tímido e com vergonha tirou e quando tirou a surpresa, o moleque estava de pau duro 19 cm mais ou menos roliço e cabeçudo e Vitória ao ver isso ficou surpresa e disse:

- Que isso moleque, isso é todo seu, as meninas devem ficar doidas.

Douglas ficou meio constrangido ao ver aquela situação, mas começou a colocar pilha e disse:

- Agora é sua vez Ju.

E no estante momento comecei a ouvir tira, tira e sensualizando comecei a tirar e logo meus seios apareceu totalmente durinhos ficando apenas de calcinha. Vitória ria olhando para os moleques, segundos depois começamos a jogar e dessa vez acabei ganhando, era a minha vez de dar o troco.

- Quero que você de aquela rebolada no pau de Júlio e quero que você beije os seios dela moleque, você Douglas...

Quando iria falar o que Douglas iria fazer, uma voz o chamava surgindo da frente da casa, era o pai dele dizendo para vir para casa. Na hora pensei acabou a brincadeira pois o momento tinha esfriado, mas minutos depois estávamos somente eu, Júlio e Vitoria e olhando para eles disse:

- Bora terminar a brincadeira.

Vitoria relutou dizendo já era tarde demais e que estava com sono, então olhando para ela disse:

- Nada disso Vi, vamos terminar a brincadeira, se você está com vergonha está na hora de deixar a vergonha de lado, olha para mim eu estou pelada aqui na frente do moleque.

- Ok tudo bem, vamos lá. Disse a Vitória indo em direção a sala ficando no meu dela.

Júlio sentou no chão se escorando no sofá e eu logo sentei ao seu lado fazendo o mesmo. Vitória começou a rebolar no meio da sala vindo em direção ao moleque que olhava com seus olhos arregalados, nem piscava e dava sinal que estava gostando, pois, seu pau crescia novamente, tanto eu como ela percebemos isso. Com suas mãos começou ergueu seu vestido mostrando sua calcinha que estava ensopadinha de tesão e por um breve momento deu para ver sua buceta, era incrível, bem carnuda ou melhor um belo bucetão que o Júlio não tirava os olhos. Vitória então se aproximou ficando bem perto dele, o rosto de Júlio ficava na altura da buceta e de uma só vez deu uma sentada violenta no colo do moleque que fez ele virar os olhos de tesão e gozar instantaneamente e disser:

- Há, há....

Júlio tinha gozado e tinha molhado ainda mais a calcinha da dela, seu pau rosava a bucetinha dela que rebolava em seu colo e no mesmo momento levantou do seu colo tirando seu vestido e sua calcinha mostrando sua bucetinha carnuda e seu belo corpo todo branquinho. Quando mostrou seus seios fartos o moleque ficou mais doido ainda e ainda em pé olhando bem para os olhos do moleque começou a beija-lo suavemente, com suas mãos começou a massagear seu pau como se estivesse se preparando para sentar naquela vara linda, porem eu estava louquinha para sentir cada centímetro daquele pau na minha buceta, mas aquele momento era deles e não queria atrapalhar.

Vitória envolvia o moleque nós seus beijos, porem com sua mão ajeitou seu pau na entrada da sua bucetinha e foi soltando seu corpo de leve, sentando no seu colo enquanto sua bucetinha engolia por inteiro o pau de Júlio. Com o pau enterrado na sua buceta começou a rebolar delicadamente que logo aumentou o ritmo começando a cavalgar freneticamente naquele pau subindo e descendo, dava para ouvir estalos quando a Buceta dela engolia todo o pau dele, era incrível.

- Era isso que você queria né, moleque? Perguntou a Vitória.

Eu ali no lado apenas assistia toda a cena até que Vitória levantou deitando no sofá abrindo bem as suas pernas mostrando para ele toda sua buceta carnuda e com suas mãos massageava seu corpo e seus seios e olhando para ele disse:

- Venha moleque espero que eu não me arrepende, já que não consegui pegar seu pai pelo menos peguei o filho e pelo jeito você é igual ao seu pai.

Júlio então se ajeitou entre as pernas dela e seu corpo logo veio por cima começando a beija-la enquanto sua mão ajeitava seu pau na entrada da buceta dela e de uma só vez enterrou seu pau na buceta dela fazendo ela gemer e disser;

- Que isso moleque?

Porém começou a meter forte, ela sentia cada metida que o moleque dava, cheia de tesão, gemeia muito. Logo Vitória o abraçou e cruzou suas pernas no seu corpo e o moleque sentiu que estava seguro aumentando o ritmo das suas metidas na buceta dela enquanto uma das suas mãos o abraçava.

Era incrível ver aquilo pois o moleque sabia que estava fazendo de homem tímido se transformou em homem de alfa. Logo Júlio começou a aumentar o ritmo típico que iria gozar e Vitória gemia e dizia ao mesmo tempo.

- Goza na minha buceta moleque, goza.

A buceta de Vitória engolia o pau de Júlio com muita vontade e não demorou muito para Júlio gozar quando gozou deu um belo de um urro enterrando seu pau na buceta dela e Vitória abraçou ele forte para que cada gota do esperma do moleque ficasse dentro da sua buceta. Por alguns segundos ficaram grudados até que Vitória disse:

- Caramba moleque você é melhor do que seu pai, caramba...

- Obrigada, tia. Disse Júlio.

Eu praticamente estava sobrando e olhando aquela cena juntei as minhas coisas e quando estava fazendo isso Vitória começou a fazer um boquete para o moleque e ao terminar de juntar minhas coisas fui para o quarto da Vitória dormir, quando apaguei a luz logo comecei a ouvir novos gemidos vindos da sala e eu sabia de quem era. No outro dia acordei pelas 9:00 da manhã e ao ir na sala eles estavam fazendo o maior sexo e eu ao ver aquela cena disse:

- café da manhã.

Vitória cavalgando olhou para mim rindo disse:

- Para não perder o costume, usar o máximo esse moleque.

Eu então fui na cozinha fazer café para logo depois ir trabalhar.

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
13/09/2019 11:33:25
Caramba, muito bom! E muito bem conseguido e de onde resulta uma boa história, com um português razoável. Terá continuação? Aguardo.
08/09/2019 13:18:14
Show de bola.
06/09/2019 21:12:34
espero algum dia conhecer vc
06/09/2019 21:12:19
pena que ele não pegou você...
06/09/2019 21:11:56
que moleque de sorte ele jamais vai esquecer
06/09/2019 21:11:34
linda...
06/09/2019 21:11:24
continue....
06/09/2019 21:11:10
adorei parabéns
03/09/2019 14:24:07
Moleque bom kkkk... bom conto....leia os meus também
29/08/2019 01:43:24
Queria ter a sorte desse moleque
28/08/2019 18:59:28
Ótimo conto gata q tal deixar seu contato no próximo relato ou me mandar pelo meu email:
28/08/2019 10:18:20
Bela história, parabéns
28/08/2019 10:03:18
Delícia de conto Passa lá no meu perfil e comenta lá também
28/08/2019 07:41:56
Muito bom

Online porn video at mobile phone


Xbideo maoseiFilme de porno garoto batendo puhentaXVídeos mulher que fica enfeitada com travesseiro e dá uma estudadacomi a puta do meu tio a forca contoasistir menina sai para tomar uma mas ela e violentada no fukrebentado o cabaço com cacetudocunhadinha linda gostosa me dando o cuzinho e gritando de dor e tezaochorei na hora pau entrou xvideocontos sexo gay faculdade roludomae icestuosa desabafo de maeEsfreegando a pica na maninha inocenti contos eroticcosbucetinhaa. pequi nininhaquero ver aqueliqui nuaimagens mexedinho fazendo sexo e de biquinimorena rabuda foi tomar engesao e se esfregou no medicocontoseroticos/comadre rabudaSou coroa casada os mulekes rasgaram minha calcinhavideos porno de crente lombuda com vestido trasnparenteconto erotico sinhazinha arrombada por negro escravoContos. Desde pequena ja pegava no pau do meu tio..novinhas que gostan de fica só de shortinho para ecita pailevei minha mulher para engravidar do caminhoneirofemera gorda. sexo traficanteconto erotico funk pelada MemAma mamei gota gostei mais agora eu to em outraxvideo homem erra o buraco e toma empurraonegão barbarizou a novinha de bruçosgemendo que vai cagar enquanto toma pica no cunovinha panhando o cachorrinho pra lammber sua bucetinhaporno mãe. axô que. só geicontos erotigos desenhos comendo a fazedeira do bumdaofoto de novinba de bucsta arreanha amostrando o cabaçodiguinho eroticocontos gays de incesto cnn-maduro comendo menino afeminadocontos novinha corno gang putinha forçadatia viu o ..neto pelado e xipou rlecontos eiroticos leilapornpeitos bicudos xhmsterxxvibeo com a calsa apertada fudeno com novinhoo pai embebeda a mãe e tira a virgindade da novinhaMiguel e Vinicius:Entre o céu e o infernoO Riquinho e o Favelado conto gayconto eurotico academia com o menino bundudocache:v4Hbz9COzM8J:zdorovsreda.ru/texto/2016021014 conto gay contei pra ele que queria dar pra elexnxvidio minha mae chupo meu pau com camisinha .compica pequenina geyMulher.firgem.perdemdo.ocapasoprica cavalaconto erotico gay pedreiro e o meninogemeas identicas dando a bucetinha pra um taradinhocomendo as coroasde shortinhoxvideopistoludo pondo tudo no cuzinho da coroa e marido filma ela gemendo e fechandoroludo comendo cu de coroa e tem pau cagadoconto erótico lambida na buceta calcinha de lado língua tremeuconto erotico gay com amigo velho coroa grisalho do trabalhoabusando sarrando a coroa velha contoberoticoporno-casados-fas-porno-pelo-buraco-da-paredemeu tio comeu minha bucetinha virgem parte 2 contos eroticosnegoes pirocudo enpurrando na potrinhaCriola virgem da o cu com medo pro tioencanador comeu a cliente a forca e ela gostouContos eroticos na casa da minha amigavideos de ninfetas transando com irmai anbos osdois novinhosconto erótico de familiamulheres da bunda grande dando cu de bruço pro kid bengalaobrigacao mulher tira roupa e abre as pernas conto eroticoarromba meu c* que é para quando o c**** chegar em casa meu c* tá toda arrumadinha XVídeosxvideos fudenu ir critanto fode meu porra com amigo to meu maridocontoerotico eu,namorada, minha mae e tio jorgexvídeosbuceta da linguonaCONTOS EROTICOS CASAIS PUTA CORNO PALAVRÕES ESCADALOS XVIDEOScachorro engatado homen eterotarada nuonibuvideos gratis porno para ver agora mulheres levando encoxada no onibus ficou louca de tesao e levou o cara pra cadameu sogro e um cavalo pornoContos eroticos bofinho machinhorecebendo leitnho na. xota porbodoidodando pro garçom no banheiro ponodoidominha mãe me surpreendeu contos de incestoConto erotico com penis pequenoconto chupei meu avô cadeirantewattpad enteado gay adora chupar a rola do padrasto musculosonovinha 18 aninhos foje pra cama do papai pra trepaxnxx porno gey contos eroticos novinho pegando priminho no riachoporno brasilero ela queria fujir de tanta fodanao cnseguioconto de meninas sendo aronbadas por pauzudos e chorando muitowww. xvidius casal na vara de um amigo meu que eu mandei fude minha esposa na minha casacontos novinha dando cu para o pedreirovideo viuva custou a dar a bucetamovimhas fazendo sexo com seus avo tirando as suas roupas vídeo pornô da raçavigia arrombando o c* de uma novinha no orfanatocontos eroticos menina foi brincar na casa da amiga e pai comeu amquinha