Namorada dominada pelo instrutor da academia - 2

Um conto erótico de Chifronésio
Categoria: Heterossexual
Data: 11/07/2019 01:35:18
Última revisão: 11/07/2019 02:09:44
Nota 9.78

Para entender melhor a história por favor leia o conto "Namorada dominada pelo instrutor da academia" antes de começar este.

Meu estado era catatônico. O instrutor comedor da academia tinha acabado de me mostrar um video da minha namorada, por quem eu sou totalmente apaixonado e planejava me casar, chupando apaixonadamente o seu cacete e bebendo toda a sua porra. Como se isso não bastasse ela havia me humilhado no vídeo, fazendo coisas que nunca tinha feito pra mim e falando que o meu pau parecia uma "minhoquinha". A cereja do bolo eram as minhas calças sujas de porra.

Marcão chorava de gargalhar enquanto apontava para a mancha de porra na minha calça. O misto de sentimentos em que eu estava era tão grande que eu não conseguia me mexer.

- Caralho, cara! Você ficou emocionado mesmo hein? Até chorou! Hahahaha! E eu nem te mostrei os outros vídeos! Vamos fazer o seguinte, me passa o seu whatsapp que eu te mando tudo que eu tenho da Julinha. - aquele filho da puta já tinha colocado apelido na minha namorada.

- Outros vídeos? - Foi o que eu consegui dizer.

- Mas é claro! Você acha que eu ia ficar só na chupeta com uma gostosa dessas? A safada dispensou o corno no final de semana e a gente fez uma putaria lá em casa tanto no sábado quanto no domingo. Aliás, na sexta mesmo ela veio pedir pra chupar minha rola de novo, olha só.

Ele me mostrou outra foto, dessa vez a Julia estava com o cabelo preso num rabo de cavalo, a boca aberta e a cara toda suja de porra.

- Foi ela que pediu pra gozar na cara dela. Essa mina é muito safada. Mas pela sua reação eu tô desconfiando que você já sabe disso. Você que é o chifrudo, não é?

Eu fiquei mudo, sem acreditar no que tinha acabado de escutar. Marcão riu alto e disse: - Eu sabia! Com essa cara de bundão tinha que ser corno manso mesmo! Mas não se preocupa não, eu já vou te mandar os vídeos da sua namorada levando rola, eu sei que você tá louco para assistir. Me passa o seu Whatsapp.

Gaguejando, eu passei o meu número para ele. Ele adicionou o meu contato e, alguns instantes depois, o meu próprio celular vibrou.

- Faz o seguinte, esquece o treino na academia e vai trabalhar só o braço em casa, você tá precisando! - Disse ele rindo e olhando para a mancha na minha calça. - Nada pessoal cara. Boa sorte! - Disse ele antes de sair do vestiário.

Troquei minha calça pelo short da academia e fiz o que o babaca do Marcão me disse, peguei minhas coisas e saí de lá. Chegando em casa a primeira coisa que eu fiz foi abrir o Whatsapp e Marcão havia me mandado muitas mensagens. Abri a conversa a primeira mensagens dizia "ta aí a sua puta" seguida por muitas fotos e alguns vídeos. Ele não me mandou nenhuma foto das que ela mandou para ele, tudo o que o Marcão me mandou tinha sido feito por ele próprio. Tinham muitas fotos dela chupando o pau dele: uma chupando as bolas com o pau dele apoiado em sua cara, outra com apenas a cabeça do pau na boca enquanto olhava para a câmera, outra com o pau na garganta até as bolas, entre outras. Até que finalmente apareceu uma foto da cabeça do pau na entrada da bucetinha encharcada de Julia. Resolvi passar rapidamente pelo resto das fotos até chegar no primeiro vídeo, que era igual ao que ele tinha me mostrado na academia. O próximo não tinha sido feito por um celular. Ficou claro que era uma câmera escondida pois parecia que tinha um pano cobrindo uma pequena parte da tela no lado esquerdo. Hesitante, apertei o play.

O video mostrava um quarto, a vista lateral de uma cama, cabeceira para o lado esquerdo, um armário ao fundo e o que parecia ser a porta de entrada do quarto no lado esquerdo da tela. Após alguns instantes de quarto vazio, entram pela porta Marcão e Julia se beijando. Ela estava andando para trás enquanto ele apertava sua bunda fortemente com as duas mãos a empurrando com o corpo em direção à cama. Ele a empurrou até que ela caísse sentada na cama, e em seguida tirou sua camiseta exibindo seu torso musculoso. Os dois estavam vestidos com roupa de academia e a Julia estava vestindo a mesma roupa com a qual saiu "para ir à academia" no sábado à tarde: Um top branco e uma calça legging rosa.

- Deixa eu ver essas tetas.

Ela tirou o top, deixando seus seios à mostra. Ela olhava pra ele com um olhar de tesão e submissão. Ele se aproximou, pegou as mãos de Julia nas suas e colocou em seu abdômen definido.

- Hmmm, gostoso! Você me deixa louca! O que você tá fazendo comigo? - Disse ela, antes de começar a beijar o tanquinho de Marcão.

- Nada que você não queira.

Julia foi beijando o tanquinho de Marcão descendo em direção a sua pélvis, e então passou os dedos pelo elástico da calça de tactel e a puxou para baixo, relevando o enorme volume do pau de Marcão preso pela cueca. Ela abaixou as calças até os joelhos dele, que se afastou um pouco e fez um movimento com as pernas se livrando da calça. Ele se aproximou novamente e prendeu os cabelos de Julia na mão fazendo um rabo de cavalo, enquanto ela passou a beijar sua rola por cima da cueca. Ela dava uns apertões na rola dele com a boca e Marcão gemia de prazer. Foi então que Julia prendeu a cueca com os dentes e se ajoelhou no chão, liberando a rola grande que, em um movimento natural, se apoiou em seu rosto.

- Isso, chupa gostoso vagabunda. - Disse Marcão quando minha namorada começou a massagear suas bolas com a boca. Julia chupou vagarosamente cada uma das bolas antes de subir pela vara dando chupadas na parte de baixo. Ela envelopou a cabeça com os lábios abrindo a boca ao máximo, segurou na bunda de Marcão e então começou a mamar. Ela começou mamando devagar, de olhos fechados, gemendo enquanto saboreava a rola grande de outro homem, mas logo Marcão tomou controle e acelerou a chupeta, forçando cada vez mais rola dentro da boca dela até meter na garganta. Ele bombava forte, chamando minha namorada de puta, boqueteira safada, entre outras coisas. Marcão tirou o pau totalmente babado da boca de Julia e esfregou em seu rosto, antes de dar um tapa, que a fez soltar um gemido gutural, e enfiar a rola de novo em sua garganta.

Eu não estava reconhecendo minha namorada. Quer dizer, era a mesma pessoa, mas com atitude totalmente diferente. A gente fazia sexo com uma certa frequência, mas ela nunca se mostrou tão depravada comigo, muito menos submissa. Nós transávamos em média 1 vez por semana e o sexo era bem simples, e era sempre nos termos dela do jeito que ela queria. Agora ela se mostrava uma puta submissa que gostava de apanhar, mas eu tenho certeza que terminaria comigo na hora se eu me mostrasse violento de qualquer forma.

Marcão acelerou o ritmo das bombadas e urrou, cravando o rosto de Julia em sua pélvis. Ele segurou a cabeça dela por um longo tempo enquanto jorrava porra diretamente dentro de sua garganta. Ele soltou sua cabeça e ela saiu do pau arfando forte, a cara toda molhada de baba enquanto lágrimas escorriam por sua bochecha. Surpreendentemente, depois de um boquete tão intenso, o pau de Marcão parecia não ter sido afetado, permanecendo em pé e rígido. Ele então pegou Julia no colo como se fosse uma boneca e a atirou na cama de barriga para cima.

- Agora é a minha vez. - Disse ele enquanto a despia de sua calça. Ela estava usando uma pequena calcinha preta que eu adoro, que fica enfiada na bunda. Ele a virou de bruços e deu um tapa forte em sua bunda, a fazendo gemer. Sua mão ficou marcada na nádega esquerda, que ele apertou com força enquanto mordeu a outra. Então ele afastou sua calcinha e e começou a lamber a buceta dela, que gemia de olhos fechados. Ele ficou lambendo a xota e o cuzinho nessa posição por um bom tempo, dando tapas em sua bunda vez ou outra, até que a virou de barriga para cima novamente e retirou sua calcinha. Ele a deixou na posição de frango assado e a puxou para a beirada da cama, antes de ajoelhar no chão a voltar a assediar a buceta de minha namorada, a bucetinha mais linda do mundo na minha opinião.

Marcão chupava com gosto. Eu sempre gostei de chupar, e me esforço bastante para agradar sempre que o faço, mas a verdade é que as habilidades e técnicas de Marcão eram invejáveis. Ele lambeu toda a xota por um bom tempo, sua língua grande o ajudava a cobrir uma boa parte da buceta, antes de começar a chupar o grelo e enfiar primeiro um, depois dois dedos dentro dela.

Julia gemia alto enquanto Marcão chupava sua buceta com vontade. Incansável, ele manteve o ritmo até que a respiração de Julia começou a ficar errática, até que ela berrou e explodiu eu um orgasmo, trançando os dedos nos cabelos de seu comedor. Julia permaneceu por um tempo respirando fundo na mesma posição, em um estado de transe, enquanto Marcão se levantava e começava a esfregar a rola em sua bucetinha que estava um pouco inchada e totalmente lambuzada.

- Chegou a hora, tá preparada, safada? - Disse ele.

- Sim! Mete logo esse pauzão em mim, por favor! Eu não aguento mais esperar!

Marcão não perdeu tempo e forçou a cabeça, que entrou com certa facilidade devido ao estado de lubrificação da buceta de Julia após a tremenda chupada que levou. Ela deu um grito enquanto ele deu um longo gemido gutural.

- Ahhhh! Que delícia de bucetinha apertadinha! Gostosa! Vou te mandar pro seu namorado toda arregaçada!

- Ai, sim! Faz o que o frouxo do meu namorado não consegue! Me come gostoso com esse pauzão! hmmmmm! Isso!

Ele enfiou lentamente, mas sem parar, metade do cacete nela, que gritou e disse: - Calma! Vai devagar!

- Eu to indo devagar.

- O seu pinto é muito grande! Eu não to acostumada!

Ele parou de meter e deixou o pau dentro para ela se acostumar

- Que delícia! É a bucetinha mais apertada que eu já comi! Gostosa!

Depois de ficar um tempo parado dentro dela, chupando os seus peitos, ele voltou a mexer o quadril, e dessa vez ela gemeu de prazer. Pouco a pouco ele meteu o cacete inteiro dentro dela, até as bolas, e eu confesso que eu achei que isso não seria possível. Ele acelerou as estocadas e ela começou a gemer alto, espumando no pau dele.

- Toma minha vara, vagabunda! Era isso que você queria, não era?

- Sim! Desde que eu vi esse pauzão eu não consegui parar de pensar nele! Me fode, gostoso! Me come com esse pauzão!

Ele deu um tapa na cara dela e falou: - Geme, vagabunda! Geme na minha rola! De quem é essa buceta?

- É sua! Ela é sua! Eu sou toda sua!

Mais um tapa

- E o frouxo do seu namorado?

- O meu namorado é um corno! Um corno chifrudo! Você que é macho de verdade!

Marcão acelerou o ritmo, fazendo Julia gritar de prazer. Por um tempo ele meteu forte nela, o volume dos gemidos e das batidas do saco dele na bunda dela era alto. Pouco tempo depois, o corpo inteiro de Julia enrijeceu e ela gozou forte gritando ainda mais alto. Sua pernas tremiam de prazer.

Marcão diminuiu o ritmo e continuou metendo lentamente enquanto Julia tinha espasmos pós-orgasmo. Lentamente ele tirou sua rola de dentro dela, e parecia que nunca ia terminar de sair. Marcão virou Julia de bruços e a fez ficar de quatro, mas ela desabou ficando com a cara no colchão e a bunda empinada para cima. Sua bunda é linda e ficou ainda mais deliciosa nessa posição. Ela era a mulher mais sexy do mundo vista por aquele ângulo.

Foi então que eu reparei que tinha colocado meu pau pra fora e estava tocando uma vendo minha namorada ter o maior orgasmo de sua vida. O ciúme era muito forte mas o tesão falava mais alto e eu não me importei de estar batendo punheta vendo um vídeo da minha namorada fodendo com outro, eu só queria continuar assistindo.

Marcão deu um tapa forte na bunda de Julia e começou a esfregar a cabeça da rola em sua buceta de novo, a fazendo gemer. Ele enfiou a cabeça e Julia levantou a cabeça e abriu a boca num gemido mudo. Ele a puxou pelos cabelos e meteu tudo com força, arrancando um grito de minha namorada. Logo o ritmo estava forte novamente e era alto o barulho da pélvis de Marcão batendo contra a bunda da mulher que eu amo. Ela gritava e gemia enquanto ele dava vários tapas na bunda dela, deixando uma marca vermelha.

Marcão então resolveu mudar de posição, e sentou na cama, de frente para a câmera. Julia veio por cima e ele a virou de costas pra ele, posicionando-a sobre seu pau. Eu tinha uma visão perfeita da bucetinha perfeita da minha namorada, que agora estava vermelha e inchada de tanto levar rola, até que ela pegou o caralho e encaixou nele, mordendo os lábios e fechando os olhos enquanto sentava no grande cacete. Tive uma visão privilegiada da minha namorada sendo arregaçada até o talo por um caralho enorme. Sua buceta esticou e apertou totalmente o caralho de Marcão, engolindo-o até que somente as bolas ficaram visíveis.

Marcão então segurou sua bunda e começou a foder sua buceta com força. Julia gemia de olhos fechados enquanto espumava no caralho enorme de seu comedor. Assisti minha namorada ser totalmente arregaçada até que Marcão gemeu alto e pude ver suas bolas contraindo e enchendo a buceta de Julia de porra.

Gozei e esporrei toda a minha camiseta. Logo que o tesão passou, senti raiva de mim mesmo por ter me masturbado assistindo a minha namorada me fazendo de corno.

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
19/07/2019 03:58:31
Pelo amor de deus continua kk
12/07/2019 01:51:52
Super ansioso pela continuação!!!
11/07/2019 18:04:37
Esse conto é igualzinho a um outro que já li
11/07/2019 16:26:33
Muito excitante... Parabéns pelo conto e pela bela mulher! Vc Isso é q chamo de um corno de vdd, parabéns!
11/07/2019 12:40:48
Que loucura em amigo... porém gozou gostoso...parabéns pela excitante história. .querendo mais
11/07/2019 12:35:39
Relato de muita intensidade. Vc contou a ela,ficou no segredo,ou o próprio Marcão resolveu falar a ela que vc sabe de tudo? Queremos saber
VIC
11/07/2019 10:07:02
QUE CONTO MARAVILHOSO...NOTA 10 COM LOUVOR
11/07/2019 08:57:01
Sensacional. Manda as fotos e os vídeos da sua Cadelinha pra mim.
11/07/2019 08:51:51
CONTINUAÇÃO JÁ
11/07/2019 05:24:39
Muito bom ,não vejo a hora de lê a continuação.
11/07/2019 01:52:17
Tua gata é o máximo, maravilhosa demais. Ser corninho é uma delícia.

Online porn video at mobile phone


eu quero mulher tem pinto comendo viado que amanhece a tempinho comendo vi antes vídeo pornô vídeotravestidepiladoraele pedi caga pramim gata pornoConto erotico esposa nao resitiu o rapaz n casa da amigaxvídeosbuceta da linguonafui iniciada como cadela e gosteichule chuteira conto eroticoXvideos Lesbicas misturando com travesseiro kero ver mulher kevandi maozada na bucetaleitinho do titio contos inocentescalçinha ate amarotada na bucetaContos me assustei com a quantidade de porra que meu padrasto despejou no cu da minha mãeConto erotico minha esposa ruiva 8asistir sinlha dando aboceta para onegao escravobiquine mulher cazada safada.e asim na praiapiranhona de espartilho e cintaContos eroticos novinha o velho mr pegoamigo da bebida. meturado com sonifero porn gayconto eroticos viuvas taradascontoseroticos incesto brincando de casinha com a maninhaContos pornos-fodi a mendigaMamae me pegou comendo minha irmã caçula contostitio carinhoso com a sobrinha safadinhasiririca em horas inoportunasMulheres engatada e gosando com cachorros engatados nelas e um cassete enorme pulSando dentro da bucetinha ? era so a cabesinha mais ele empurrou a rola toda no meu cuincesto com meu vô contosperdendo a virgindade com um gigolo com muito tesao no pauomen a molese a mulher tirando o pau br afora ela nao aguenta pornofotos ato da novela a gata pauzudo picudosSofia esporrando na mão da mãeestrupadaporladraocontos eróticos Esposa e uma proposta indecente mulher chupando a rola da outra mulher as mulher que tem rola chupa rola cabimento e vigiandogozando dentro da buceta das lindonas nas baladasxvmeninasnovinhasassistindo filme porno mulher e se tosou todinhaconto erótico crente negragosando na cara da alemao no xisvidiogigantao arrastando o magrinho gayxvideo branguinhaa.18anosconto comendo cu na marra da santistasexotesaogostosoconto eróticos marido manda o cara irá cortar a forçajege tarado arromba tua dona apaixonado vidio pornoConto de zofilia de cachorro gosando dentro de mulheres e inundada a bucetinha de porra ? Buceta de egua agoentando pintao noxvidiocontos gays o mimadofudendo no maranaogaranhão paquerou a minha mulher e levou para o motel vídeo pornô cornoscontosdecornoseputas.blogvedeo de flha de shortinho no talo andando de bicicleta e pai.de pau durocontos de sexo com minha tia vaiiii tiaaadei pro entregador contosxvideo facilao liberou esposa eu extrupei ela a forçaContos comi a bucetinha virje da neta da pastora da minha igreja ela chorava muito eu meti sem doxvideo com os corno conformados vendo sus esposas sendo arrombadasxvideo do negao do zaisapaixonado pelo meu primo brutamonte melhor partesurfistas de rola durapraia tirando a roupaxvideoestrupa filha e confessa yotubenorinha ve o pau do sogro duro e faz sexo com elesessentona com corpo de quarenta fodendo em dia de vhubairma fasexi irmao pau gadecatucada vai sair com a buceta inchadapopas da casadaconto gay soqueivideos roludos imagem nitidaconto erotico viado afeminado chora na piroca do negao dominadorcontos eroticos cuidando da cunhada com a perna quebradaMulheres gozando grande qiantidade de melzimho xnxx.comContos eroticos caguei no pau dando o cuzinhocadê aquelas gostosas de fio dental roxinho pacote na frentexvideos velhsriasxvidos pono pai penga fila dominhoComtos erotica's ninfeta mestada adoramdolésbica com p********* chuchada na garotinha gostosaconto erotico sexo com vizinho velhos coroa grisalhofilme pornô mulheres se beijando solteira mas não carregando não aguenta pau grandevideo gta conaminha namoradaquero ver vídeo de pornô de mulher gostosa trepando dando a b***** até espumar de perna aberta até escorrer até babar a b*****Candeias...A Dança Dos Lobos (Romance Gay)Zoofilia franco e belinhaconto erótico menino bonequinhaconto erotico gay vaquejada cap