Namorada dominada pelo instrutor da academia

Um conto erótico de Chifronésio
Categoria: Heterossexual
Data: 08/07/2019 05:42:24
Última revisão: 11/07/2019 02:14:00
Nota 9.67

Tenho 30 anos e namoro com Julia há 3. Ela tem 27 anos e é uma gata linda: 1,69 de altura, rosto angelical, olhos verdes, cabelos castanhos lisos, seios médios perfeitos e uma bunda linda e grande. Sempre senti ciúme das cantadas e dos olhares que ela recebe, afinal uma mulher linda como ela sempre recebe bastante atenção, mas nunca deixei transparecer com medo de que um confronto atrapalhasse nosso relacionamento. Eu não sou feio mas também não sou nenhum galã de cinema e sempre senti que namorava uma mulher gostosa demais para mim, e alguns caras que cantavam ela, na minha frente, fizeram questão de deixar isso claro. Eu nunca comprei briga, pois não gosto de arrumar confusão, e a Julia nunca me deu motivo para desconfiar de nada, mas eu sempre tinha a sensação de que algum dia ela poderia ser simplesmente roubada de mim.

Tínhamos acabado de nos mudar para um apartamento juntos, quando numa promessa de ano novo decidimos que queríamos uma vida mais saudável e, por isso, nos matricularíamos os dois na academia. Quando chegou março, em uma segunda-feira, finalmente resolvemos cumprir a promessa e fomos juntos á academia para o primeiro dia de treino. Combinamos de nos encontrar em uma academia da moda no final da tarde, após o trabalho. Acabei saindo mais cedo e cheguei na academia um pouco antes, pois não tinha mais nada para fazer. A recepcionista veio me atender e eu disse que iria esperar minha namorada, no que ela disse que eu poderia olhar as instalações enquanto esperava. Fiquei olhando, do outro lado da grade de alumínio, e reparando nos equipamentos e vendo as pessoas se exercitarem. A academia ficava num prédio de 3 andares e 1 subsolo, eu estava no térreo, onde ficavam as esteiras, bicicletas e outros aparelhos aeróbicos. Do outro lado do salão tinha um instrutor alto e musculoso, de cabelo preto, conversando com 3 mulheres na casa dos 40 anos que estavam usando o aparelho elíptico. Todas muito bonitas e bastante gostosas, provavelmente madames bancadas por maridos ricos. Elas riam e jogavam o cabelo, aumentando o próprio ego com a atenção do treinador.

- Esse aí é cachorro. - Disse uma voz ao meu lado. Era um cara que tinha acabado de passar pela catraca para sair da academia. - Prazer, eu sou o Carlos, você deve ser novo por aqui.

- Prazer, João. Sou novo sim, vou começar a academia com a minha namorada hoje. Promessa de ano novo. Porquê "cachorro"?

- Bom, se a sua namorada vai malhar aqui eu aconselho que você tome cuidado, o Marcão é uma lenda por aqui. O cara é um jumento, se você me entende, e não deixa nenhuma gostosa escapar. Ele vive mostrando os videos das gostosas que ele come. Uma vez ele fez um video dando surra de pau mole na cara de uma mina que tinha namorado e quase deu treta aqui, mas o corno ficou com medo e não fez nada. Aquela coroa que tá conversando com ele alí, a do meio - uma coroa ruiva bastante gostosa - é casada e ele me mostrou um video dele comendo ela na semana passada. Faz amizade com ele que ele te mostra os videos, o cara gosta de se gabar. Falou cara, a gente se vê.

Carlos saiu da academia e eu fiquei pasmo com o tanto de informação que ele me deu sem nem ao menos me conhecer. Logo depois Julia chegou e começamos a fazer a matrícula, quando terminamos fomos nos trocar no vestiário e voltamos para o salão para falar com os instrutores, já que nenhum de nós tinha feito academia antes. Julia estava muito gostosa, com uma calça legging cinza que realçava muito suas coxas grossas e sua deliciosa bunda. Na parte de cima usava um top preto que apertava os seios e deixava a barriga a mostra. Mais uma vez não consegui reprimir a sensação de não merecer ter uma namorada tão gostosa. Ela nunca tinha feito academia mas sempre praticou esportes e pratica dança há 10 anos. Eu por outro lado só joguei futebol na adolescência mas sou sedentário desde os 20 anos, sendo um pouco acima do peso. Entrar em forma realmente seria um desafio para mim.

Os instrutores estavam todos em outros andares e por isso tivemos que esperar um pouco, e enquanto esperávamos o celular de Julia tocou. Era a mãe dela e ela pediu licença para atender. Enquanto Julia falava com sua mãe surgiu um instrutor que não era o Marcão. O instrutor me explicou meio de má vontade algumas coisas e me mandou começar o condicionamento físico com exercício aeróbico na esteira, já que eu estava muito fora de forma.

Enquanto eu caminhava na esteira, vi de longe o tal Marcão aparecer e logo se aproximar da minha namorada. Eles conversaram e ele, absurdamente simpático, foi extremamente atencioso com Julia, ensinando inclusive como fazer o alongamento. Apesar de ser dançarina, Julia ouviu atentamente todas as instruções, e não se mostrou incomodada quando ele tocou nas suas costas em em sua coxa para mostrar a posição correta. Era evidente que ele estava tirando uma casquinha dela. Após o alongamento ele a levou para fazer bicicleta e ficou observando ela fazer por trás, com a desculpa de corrigir o posicionamento e dar instruções, mas na verdade ele estava secando sua bunda. Olhei para os bebedouros e as coroas que estavam conversando com Marcão mais cedo olhavam para Julia com cara de inveja.

Depois de 20 minutos eles subiram para o andar de musculação, mas eu ainda tinha 30 minutos de esteira. Quando finalmente pude subir para fazer musculação, ví Julia do lado oposto do salão em relação aonde estava o equipamento que eu iria fazer. Ela estava fazendo agachamentos segurando pesos ao lado do corpo, e o filho da puta do Marcão estavam segurando em sua cintura enquanto ela fazia os movimentos. O resto da sessão de malhação se deu comigo observando minha namorada ser apalpada de forma velada pelo instrutor sem mostrar nenhum tipo de incomodo. Coincidentemente meus exercícios aconteceram sempre distantes dos dela.

Acabamos quase ao mesmo tempo, depois de 2 horas, mas ela foi rapidamente para o vestiário sem falar comigo. A impressão que tive foi a de que ela se esqueceu de mim. Depois de me trocar, saí do vestiário e a vi na catraca da academia conversando com Marcão com o telefone na mão, sorrindo muito e passando a mão no cabelo. Ele se despediu dela com um beijo no rosto e se afastou vindo em direção à porta do vestiário, enquanto Julia sentou em uma cadeira próxima á entrada.

Ao passar por mim, ele falou: - Opa, não tinha te visto por aqui! Bem vindo, novato! Aqui você vai deixar de ser um frango e vai ficar monstro! Você vai conseguir faturar uma gata como aquela lá que tá sentada na recepção. Mas tira o olho que aquela aquela alí já tá no meu papo, depois que eu pegar eu te mostro o video e te dou umas dicas! Tamo junto! - Após dizer isso ele deu um tapa forte nas minhas costas que quase me desmontou.

- O..Obrigado! - foi o que saiu da minha boca. Ele entrou no vestiário, gargalhando.

Eu fiquei atônito, pensando se aquele diálogo tinha mesmo acontecido enquanto andava lentamente até a recepção onde estava minha namorada.

- Oi amor, como foi seu treino?

- Foi ótimo! - Ela disse naturalmente, como se não tivesse me ignorado durante todo o tempo. - O treinador é muito bom! Gostei muito dele! Ele até me passou o whatsapp para me dar umas dicas de quais suplementos tomar!

- Que legal! - Eu disse, tentando esconder o meu desconforto com a situação. - Fico feliz que você gostou!

Por algum motivo não consegui contar sobre o diálogo que tive com ele.

Ela sorriu, me deu um beijo, e fomos abraçados até o carro. No caminho para a casa fiquei em silêncio quase o tempo todo, pensando no que tinha acontecido na academia. Minhas inseguranças estavam vindo à tona e eu fiquei pensando se ela não estava dando mole demais para aquele cara. Foi quando Julia disse algo que me chamou a atenção.

- O Marcos é muito atencioso mesmo. Já está me dando dicas de alimentação e suplementos pelo whats. Que fofo! - disse ela, teclando no celular e rindo.

- Ele parece mesmo ser um bom profissional - Eu respondi, sem conseguir expôr meus verdadeiros sentimentos. Julia passou todo o caminho rindo e teclando com seu novo instrutor de academia, sem lembrar da minha existência.

No dia seguinte mal consegui trabalhar, pensando no que tinha acontecido na academia e ansioso para o que veria mais tarde quando voltasse lá. Algumas questões pairavam na minha cabeça: qual seria a reação de Marcão ao descobrir que Julia é minha namorada? Isso iria impedi-lo de continuar tentando seduzi-la? Para piorar tudo, aconteceu uma coisa que foi crucial para o desenrolar dos fatos, meu chefe me disse que eu teria que fazer hora extra pelo resto da semana para cobrir as funções de um funcionário que acabara de ser demitido. Era aceitar calado ou ser mandado embora também. Eu não poderia ir à academia com Julia.

Mandei mensagem para Julia avisando que não poderia treinar com ela, e ela pareceu aceitar tranquilamente. Porém minha cabeça não parava de pensar no que poderia acontecer entre ela e Marcão, já que o próprio personal trainer com fama de comedor havia me dito que comeria a minha namorada e me mostraria o video depois, apesar de não saber que estava falando da minha namorada.

O dia demorou demais para passar e quando minha jornada de trabalho de 10 horas finalmente acabou fui correndo para casa. Julia estava no banho, devia ter chegado da academia há pouco tempo. Quando ela saiu, estava super contente, e passou um bom tempo falando como o Marcos era bom e atencioso, a auxiliando nos mínimos detalhes a fazer os exercícios. Antes de dormir, ela me deu um beijo e disse que estava cansada da academia, antes de se virar e dormir.

A semana foi pesada eu trabalhei muito, chegando sempre tarde e cansado em casa. Julia aparentou ficar mais distante a cada dia, perdendo o interesse em conversar comigo sobre os treinos ou qualquer outra coisa. Quando eu chegava em casa e ela estava acordada, sempre estava no celular conversando com o desgraçado do Marcão. Ela ia dormir sem interagir muito comigo e em um dos dias nem ao menos me deu boa noite.

Na sexta descobri que na semana seguinte iria passar a trabalhar em um novo horário, tendo as manhãs livres e trabalhando durante a tarde e à noite. Isso era péssimo pois meus horários iriam sempre se desencontrar com o de Julia e eu quase não iria vê-la, eu iria chegar em casa do trabalho por volta de meia-noite e ela acorda muito cedo para trabalhar. Porém ela não pareceu preocupada quando eu contei isso, fazendo uma cara de paisagem que eu não pude decifrar. Era como se ela tivesse ficado satisfeita com a situação.

No fima de semana eu não tive nenhum pique para ir treinar, pois estava muito cansado por ter feito jornada dupla durante toda a semana. Julia por outro lado fez questão de ir treinar ficando quase 6 horas fora de casa tanto no sábado quanto no domingo. Quando chegava em casa do treino, ia direto pro banho e passava o resto do dia quase sem interagir comigo, dedicando a atenção totalmente ao celular. Ela ia direto no banheiro e dava risinhos enquanto mexia no celular. Quando eu perguntei o que a estava entretendo tanto ela fechou a cara e desconversou com frieza.

Segunda-feira chegou e eu estava enlouquecendo com os meus medos e inseguranças, por tudo o que estava acontecendo. Julia saiu cedo para trabalhar, e na metade da manhã resolvi ir malhar para ver se espairecia os pensamentos. Quando eu entrei na academia, vi Carlos, o cara do primeiro dia, que me viu e logo veio conversar comigo.

- E aí cara! Pensei que tinha desistido! Bora treinar cara! Tem que ficar monstro! Aliás, o Marcão fez uma nova vítima! É uma mina nova que acabou de entrar, e parece que ela tem namorado! Eu to te avisando cara, toma cuidado com a sua mulher! Se der mole é capaz do Marcão passar a pica nela! Hahahahaha! É brincadeira cara! Mas você leva na esportiva né?

- C-Claro... é só brincadeira. - Eu disse sem jeito, com um sorriso amarelo, mais uma vez sem saber como reagir.

- Agora é sério, depois pede pro Marcão te mostrar as fotos, a mina é uma gata!

Fiquei mudo com aquela informação, minha cabeça foi a mil ao ouvir aquilo. Será que era possível?

Quando entrei no vestiário, Marcão estava lá, amarrando os sapatos. - Esse filho da puta passa o dia inteiro aqui? - Pensei.

- Fala brother! - Disse o instrutor ao me ver. - Pensei que tivesse desistido! Ainda bem que voltou, quanto menos frangos no mundo, melhor! - Ele me disse com um sorriso insuportável na cara.

- Aí, chega aí cara, preciso te mostrar uma coisa. - Me disse Marcão, gesticulando com o celular em mãos para que eu fosse até ele.

Meus pensamentos se esvaíram e eu fui em passos erráticos até o lado de Marcão.

- Lembra daquela gostosa que eu falei que ia comer? Tá feito. - Ele desbloqueou a tela e abriu o whatsapp. Na primeira conversa logo reconheci o nome e a foto de minha namorada. Tinha 5 mensagens não lidas e a última era uma foto. Para minha angústia foi justamente no nome de minha amada que o desgraçado tocou. - Essa putinha aqui é muito safada. Se liga nesse rabo.

Meu coração parou quando ele abriu uma foto que Julia tinha lhe mandado. Era uma foto tirada do espelho, na nossa casa. Ela estava de costas com a bunda empinada e olhando pra trás, sorrindo. Julia tinha mandado muitas fotos recentemente, e ele foi passando. Algumas fotos eram só dela com roupas apertadas e em poses provocantes, empinando a bunda. Mas também tinham fotos dela de calcinha e sutiã, mostrando a bunda de fio dental e dos seios. Numa ela apertava o seio com o antebraço enquanto mordia o dedo ao mesmo tempo.

A essa altura meu coração batia rápido e forte, fazendo doer minha caixa toráxica.

- Cara, essa é a putinha mais top que eu já comi, a mamada dela é sensacional.

- O quê?! - Eu disse quase gritando, não conseguindo conter minha consternação. Estranhamente, meu pau estava duríssimo, formando uma barraca na minha calça.

- Qual foi rapá? Ta emocionado? Hahahahahahaha! Fica tranquilo que com o treino certo você chega lá também - Disse ele, debochando do meu estado. Marcão me olhava com cara de deboche e eu tive a impressão de que ele sabia muito bem que Julia era minha namorada.

-Se liga. - Disse ele, saindo da conversa com Julia e abrindo um grupo logo abaixo que se chamava "MACHOS ALFA". - Olha como ela gostou de babar na minha rola. - Dizendo isso, ele subiu a conversa e abriu numa foto que fez meu coração parar de novo. Na foto uma linda garota de cabelos castanhos, de olhos fechados como se estivesse em transe, lambia o maior pau que ja tinha visto até então, enquanto uma mão segurava seu cabelo num rabo de cavalo. Era a minha namorada Julia, pagando um boquete pro Marcão.

Não sei quanto tempo eu fiquei olhando aquela foto, incrédulo, com meu pau latejando na minha calça. Meu coração doía no peito, minhas pernas ficaram trêmulas, e eu me perdi em um transe vendo a imagem do amor da minha vida babando no pau enorme de outro homem, que me mostrava a foto como se debochasse da minha cara.

- Essa mina é classe A, cara. - Disse Marcão, me tirando do transe. - Foi muito fácil. Quinta-feira de manhã eu mandei uma foto do meu pau pra ela, como quem não quer nada, disse que foi sem querer e ela caiu direitinho. Durante o treino ela ficou se esfregando em mim então eu decidi que já tava na hora de botar ela pra mamar. Ela mamou como se a vida dela dependesse disso cara, foi um dos melhores boquetes da minha vida. Coisa profissional. Peraí, vou te mostrar o vídeo.

Como se a situação não pudesse ficar pior, Marcão tirou da foto e deu play num video que estava um pouco abaixo na conversa. O video foi feito pegando ela de perfil. Ele estava deitado no banco de trás enquanto Julia, que aparentemente não percebeu que estava sendo filmada, estava de 4 entre suas pernas, descendo e subindo lentamente com a boca no seu pau. Seus lábios carnudos engoliam obscenamente a cabeçorra vermelha, se esticando ao máximo. Ela descia vagarosamente, até a metade do caralho, que parecia ter mais de 20 centímetros e era assustadoramente grosso, antes de subir novamente para respirar e lamber a parte de baixo. Ela deu leves beijos pelo caralho descendo até parar em suas enormes bolas, dando um beijo de língua demorado em cada uma. Julia lambia e sorvia aquele caralho gigante como se aquilo fosse tudo que ela mais queria na vida, e eu não conseguia evitar sentir ciúme já que nas poucas vezes que chupou meu pau ela jamais demonstrou o menor entusiasmo, parecendo querer terminar logo. Eu assistia a tudo calado e atônito, inebriado pelos sons molhados da chupada e pelos gemidos que minha namorada dava com a boca cheia de rola. Marcão chamava ela de puta no video, perguntando se ela estava gostando.

- Ahhh! Tá gostando, putinha? Tá gostando de mamar no meu cacete?

- hmmm-huummm - Respondeu ela com a boca cheia, fazendo que sim com a cabeça.

- Meu pau é melhor que o do corno do seu namorado? Ahn? De qual você gosta mais?

- *Ploft* Ele nem se compara... *slurp* Perto do seu o pintinho dele parece uma minhoquinha. Eu odeio chupar ele, mas eu amo chupar o seu pauzão, to apaixonada por ele. *Slrrrp*

Meu coração gelou. É impossível descrever a sensação. Minha namorada que eu tanto amo estava me humilhando enquanto se dizia apaixonada pelo pau gigante de outro cara, que esta se divertindo me mostrando o vídeo da traição.

- Presta atenção agora, brother. Olha como essa mina nasceu pra chupar rola, ela é uma boqueteira perfeita.

No video Marcão pegou Julia pelos cabelos, fazendo um rabo de cavalo, e começou a controlar a chupada, fazendo ela subir e descer no seu caralho com mais velocidade. Julia permanecia quase sempre de olhos fechados, como se estivesse em transe, abrindo-os vez ou outra para olhar diretamente nos olhos do filho da puta. Ele tirou o pau e, segurando-o pela base, bateu com força com ele na cara dela várias vezes. Logo em seguida ele deu um tapa de leve no rostinho dela e a pegou de novo pelo cabelo, reiniciando a mamada.

- Vai, quero ver você engolindo mais, tenta relaxar a garganta - Disse ele, forcando a cabeça dela lentamente contra sua pélvis. Quando ela engasgou e tossiu ele disse: - Calma, respira pelo nariz, abre a garganta.

Ele forçou mais, e o pau foi entrando mais um pouco, lentamente. A cara de Julia estava vermelha, lágrimas escorriam pelo seu rosto, mas ela não reclamava, estava totalmente submissa a ele, coisa que ela nunca foi comigo. Ela engasgou de novo, e ele deixou ela respirar.

- Seu safado, assim você vai me matar! Eu não consigo, seu pinto é muito grande! - Ela disse, rindo, para em seguida dar um beijo molhado na cabeça do pau.

- Consegue sim cachorra, é só relaxar a garganta. Eu vou te treinar e logo você vai estar engolindo tudo.

Ela retomou a mamada e ele voltou a forçar seu pau na garganta dela, mexendo os quadris vagarosamente enquanto puxava sua cabeça. Pouco a pouco ele foi fodendo a boca dela, até que ela engoliu quase tudo, deixando uma pequena parte do pau de fora. Ele gemeu alto e disse: - Isso! Que delicia! Tá quase lá, falta pouco!

Vi, paralizado pelo tesão e pela humilhação, como aquele maldito pouco a pouco treinou minha namorada para engolir seu pau por completo, fazendo-a encostar o queixo nas bolas e afundar o nariz em seu púbis.

-Ahhh! Isso! Eu disse que você ia conseguir! Puta safada!

Ele começou a bombar na garganta de Julia, aumentando a velocidade aos poucos, até que anunciou: -Isso, continua safada! Vou gozar! Vou te dar meu leite quente! Abre bem essa boca! Língua pra fora!

Quando estava pra gozar, Marcão tirou o pau da boca de Julia, que abriu a bem boca e pôs a língua pra fora, olhando nos olhos dele. Marcão começou a punhetar seu pau e gemeu alto antes de soltar incontáveis jatos de porra farta diretamente na língua e para dentro da boca de Julia.

- Toma! Bebe o meu leite, putinha! Toma tudo!

Julia, com cara de êxtase, engoliu em várias tragadas toda a porra de Marcão, coisa que nunca tinha feito comigo, antes de lamber e limpar toda a rola apaixonadamente.

Então o vídeo acabou.

Marcão começou a gargalhar alto na minha frente e, ao olhar para baixo, eu entendi o motivo.

Eu tinha gozado nas minhas calças.

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
12/07/2019 01:17:29
Que perfeito!!! Maravilhoso ser manso de uma putinha...
11/07/2019 16:12:13
Após ler seus contos, com todo o respeito é claro! Vc é um corno manso de vdd, nasceu pra isso... Muito putinha sua mulher, parabéns.... Eu tive uma amante bem parecida com ela.
09/07/2019 09:35:11
Parabéns pela excelente historia...nota 10
08/07/2019 08:46:34
Acabou? Ou terá continuação? Não há nenhum aviso quanto a isso. Muito bem contado,embora bastante previsível. Seria bom uma sequência. Terminar assim só com o boquete e sem outras interações,vai ficar parecendo só mais um relato de corno bundão.

Online porn video at mobile phone


Hem braco cm xvd pornoporne com malheibuceta da novinha tufadinha bucetao deitado de ladocontos eroticos o carroceirofudeu a cunhada madura gostosa cherando droga no quarto delasarrano e gozano geycontos eroticos minha irma e suas amigaspornodoido mulher mais velha fica adimirada com o tamanho da pica do negaocontos cuckqueanmelhores meninas de porno prima com avô de 50 citimetrowww.xxvideo lourinha calvolga corno verwww.xvideo.garoto fas sexo com propria tia virgepinto muito mais muito grosso mulher nao aguenta epede aregoXvidio minha conhada so usa curtinhocontos eroticos de casadas mae e filha mae meu marido tem um pirocao imenso e grosso ele me deixa toda dolorida e deseja comer nos duas juntas voce aceita maetirei virgindade da nossa empregada contoCelso Metendo em Cuzinhosogra fode c genro n dia d natalmyrtis sendo bolinada dentro do ônibusnovinha dando.uma segirada na piroca do primo no quartoFotos de sexo lesbico entre vilma e bettyxvidei sonovirxvideos cumendo a bucetinha apertada e peluda da enteada e ela chora de tao apertada que erMeu Padrasto parte-01 Autor Alex - Casa Dos Contospornô doido corno Deixou o cara comer sua esposa e seu cuzinho na sequêncialactofilia porno em sao carlos sppornô novinha sendo chupada tocando sola em cima surpreendido com pau grandex vidio comtos eroticos flaguei minha avófilmes de sexo so conegao do pal grande egrosso gosano dentro da buceta incha da negonacontos eiroticos leilaporncontos eiroticos leilaporncontos eroticos levei piça gg em todos os buracoscontos eiroticos leilaporncontoerotico eu,namorada, minha mae e tio jorgeeu confesso que paguei chupeta pro entrgadorpenis gigantao punheta boquetexvideo chiar a cunhada no banho e comendo nelamulhers com roupas detigrinhasgosadascontos eiroticos leilapornconto erotico sexo bruto com 2homemquero ver uma mulher metendo com o dedo e g****** e jogando para fora bastante pinicandocontos eroticos pagando a dívida a forçanovinha do canil conto eroticoa bundinha avanço preta gorda dos peitão gorda raboforcando o meio irmao a chupar mundobichaconto erotico minha esposa de babydollcontos eroticos minha madastrA kesbicio homem que estourou o cabaço de uma cabracontos eroticos..minha prima me fez virar viadoooonovinhareboa iotubeNinfeta ansiosa para exprimentar negão de pissa grande e grosso e fica toda arrombadasexopornodoido negao pica enorme grossa coroa sesual carentequero assistir peladinho de gostosinho é doidinhodoidoporno vrlho fudendo filha gozando dentrocontos mulher encoxada na borrachariacontos eróticos minha esposa me trai com um velho negaoContos titio sou virgem so se for no cuzinhoxvidiomulheres do olho puxadomeninas que amolece as pernas quando o pau entra na bucetinha delasvanessinha casada e putinha/quadrinhossonifero na tia evangelica contoContos eróticos de tulavideos porno meu vizinho é louco por minha bundaContos eroticos das mamae que ensina seu filhinho a namorarentrei no ônibus com meu marido quando eu percebi o cara colocou a mão por dentro da minha calça atrásrelatoeroticomorenacontoerotico eu namorada mae e tioconto erotico evanjelica comida por um velhopoi no meu cu tiohttp://quero conhecer adolecente para namoro com peitinhos novinhos e bucetinha lizinhaporno comendo cu de homêm de bùnda grandecorno sendo enrrabado contosRubia e beto-quase mulhercontos eiroticos leilaporn