Gabi, Eu e Meu Cunhado

Um conto erótico de Alyne Limma
Categoria: Heterossexual
Data: 30/11/2017 17:42:06
Nota 10.00

Oláá meus leitores amados!

Um pouco afastada, mas sempre que posso estou aqui com vocês.

Para aqueles que ainda não me conhecem, sou Alyne, gaúcha,18 aninhos, até pouco tempo atrás era bobinha e achava que tudo relacionado a sexo era errado, até que virei uma putinha (na cama).

Tenho mais ou menos 1,70 de altura, morena, coxas grossas, pele bem branquinha, bundinha empinada, seios pequenos e durinhos, bucetinha pentelhuda e segundo me dizem: uma carinha de safada!

Tenho lábios bem grandes, que alias fazem um boquete espetacular, adoro chupar e ser chupada, amo sentar num caralho duro e as vezes libero o cuzinho.

Alguns dias longe, mas proveitosamente pela sequência dos fatos, aconteceu algo no mínimo interessante e prazeroso, sendo assim, preciso compartilhar com vocês!

Esse relato, aconteceu a uns 5 dias atrás, minha irmã foi viajar, visitar uma antiga amiga do tempo que morava em outra cidade. Meu cunhado e eu, por motivos profissionais não pudemos acompanhar ela, então foi sozinha aproveitar as férias.

Minha mente tarada já pensava em quantas trepadas e chupadas no cunhado, então resolvi surpreendê-lo(sugestão de um leitor) e chamei Gabi para dormir em casa. Somos muito amigas, fazemos tudo juntas, sem e com maldade, tomamos banhos de piscina e depois trocamos de roupa uma na frente do outra, ou seja, temos muita intimidade, conversamos sobre tudo e casualmente nos pegamos.

Com frequência olhamos filmes pornôs e tocamos siririca juntas, ela tem um corpo muito mais bonito que o meu, magrinha, bucetinha muito pequeninha e lisinha, porém não pega ninguém, é extremamente exigente.

Gabi tem uma tara secreta pelo meu cunhado, então resolvi utilizar isso ao meu favor.

Durante a tarde, tomamos sol na beira da piscina, com nosso biquines atolados nas nossas bundinhas, tirando suspiros dos homens do condomínio. Voltamos para casa e ficamos esperando meu cunhado chegar.

Eu, como de costume , andava pela casa com a bundinha bem destacada, de shortinho bem curto e uma camisetinha sem sutiã. Gabi colocou uma sainha bem curta, várias vezes enquanto andava deixava à mostra a calcinha.

Muitas dessas vezes eu ficava toda excitada e cuidava para não dar muita bandeira.

Certo de que me comeria gostoso, chega meu cunhado em casa, olha e lá estava Gabi sentada no sofá com as pernas erguidas, estava de saia, então ele viu toda a calcinha dela, com a bucetinha saltada, percebi eu ele ficou hipnotizado com aquela cena. Tanto que Gabi percebeu, ficou vermelha e baixou as pernas, eu estava na cozinha preparando um lanche, mas de onde eu estava conseguia ver os dois, como eu estava na cozinha, resolvi fazer um bolo.

Rafael largou a pasta, sentou-se em uma poltrona e ficou mexendo no celular.

Gabi, toda envergonhada levanta vai tomar banho.

Sem pensar, Rafael só esperou ela entrar e fechar a porta do banheiro e foi disfarçadamente correndo espiar pelo buraco da fechadura, eu percebi e fui para o corredor para ver, a medida que ela tirava a roupa o pau dele endurecia, quando ela ficou só de calcinha Rafa tira o pau para fora (até então ele não percebeu que eu o espionava de longe), ele estava pronto pra bater aquela punheta gostosa, vi aquilo e minha bucetinha já molhou todinha, baixei meu shortinho, fiquei de calcinha ali no corredor mesmo, eu uma calcinha média no tamanho, ficava aquele triangulo na minha bunda, que ia descendo e atolava no meu rabão branquinho.

Enquanto espiava Gabi no banho ele batia aquela punheta gostosa, imagino que ela se lavava, passava a mão naqueles peitinoos pequenos, esfregava a bucetinha lisinha. E eu só olhando de longe e esfregando meu grelo, me deliciava esfregando minha buceta peludinha, siriricando muito. Eu estava adorando aquilo, gozei muito rápido quando ele deu um gemido baixinho, eu imaginado a Gabi lavanado aquele cuzinho. Rafa gozou e voltou para a sala, eu ergui meu short e voltei para a cozinha antes que ele notasse minha presença;

Então, já com Rafa na sala, fui me juntar a ele, sentei no sofá, e colocamos um filme esperando Gabi sair do banho.

Quando era noite, Rafa me disse que não iria dormir direito pensando numa coisa que havia visto momentos antes, perguntei o que era, ele me disse que tinha visto a Gabi tocando uma siririca junto comigo no quarto dele a algum tempo atrás, pois em seu quarto havia uma câmera, pela qual nos viu(história contada num conto anterior), então me confessou que havia espiado ela no banho mais cedo (nem imaginava que eu tinha visto tudo), disse que nunca tinha prestado atenção e, Gabi, mas que aquele dia que viu ela com a buceta bem aberta, segurando sua cueca, ficou de pau duro e tocou uma punheta.

Então confessei o que eu tinha feito, que eu tinha visto tudo e que aquilo fazia parte de um plano para ele comer nós duas juntas. Ele riu e disse que já havia reparado várias vezes nos olhares da Gabi e que seu pau ficará duro ao olhar para ela.

Assim que terminou o filme, Rafa foi para meu quarto, logo nós duas fomos, ele se escondeu no armário e ficou lá espiando a gente, assim que entramos,comecei a puxar conversa sobre sexo, Gabi começou a se excitar e nos beijamos loucamente, as mãos começaram a acariciar, quando dei por mim estávamos peladinhas, nos agarrando. E o Rafa espiando. Ela me beijava, abria minhas pernas e me masturbava, eu com o dedo enfiado na sua xoxotinha, estavamos gemendo de tesão. Então Gabi me chupou deliciosamente e depois me mandou chupar chupar sua pequena bucetinha, a safada rebolava na minha língua, esfregando seu grelo na minha cara. Ela mamava em meus peitos e enfiava os dedos na minha buceta peluda.

Depois de fodermos com com os dedos e línguas, gozamos muito, meu mel se misturava ao dela, estávamos completamente melecadas de gozo. E o Rafa no ármário acompanhando tudo.

Quando estávamos deitadas, todas lambuzadas, Rafael saiu de dentro do armário, Gabi ainda tomada de tesão, assim como eu, nem tentou se esconder, apenas abriu as pernas e chamou o Rafa. Rafa notoriamente estava de pau duro só de ver a imagem da Gabi arregaçada esperando por ele.

Então falamos para Rafa foder nós duas com força

Rafael se aproximou da cama onde estávamos deitadas e com a ponta dos dedos foi nos tocando devagar.

Gabi tremia só de sentir a mão do Rafa nela, ele tirou o pau para fora, a putinha se ajoelhou no chão e começou a chupar aquele rola grossa, hora chupava Rafa, outra se virava e lambia minha buceta. Ela abria bem o pau do Rafa e engolia bem a cabeça, enquanto isso eu siriricava olhando para a bundinha da Gabi.

Logo invertemos os lugares, eu chupava o Rafa e ela tinha a visão da minha bunda, ela tocava siririca e encostava a cara na minha bunda.

Rafa nos colocou em pé de costas para ele, esfregava o pau em nossas bundas, sempre que sentia meu pau na sua bunda, Gabi rebolava gostoso.

Gabi deitou no sofá e abriu bem a xoxota, eu coloquei minha xotinha na sua boca, deixando a bucetinha lisinha só para

Rafa, ela enfiava a língua e mordiscava meu grelo, ela gemia com o pau do Rafa na bueceta e eu lambuzando a cara dela com meu melzinho cheiroso.

Depois que ela me chupou bastante, deitei, abri as pernas e Rafa encaixou seu pau na minha buceta, como o Rafa me come sempre, seu pau entrou de uma vez só e sumiu dentro de mim, ele socava que eu sentia as bolas batendo na entrada da minha xota.

Gabi olhando aquela foda, ficou em pé sob nós e colocou a bucetinha na boca do Rafa, logo acabou gozando na boca dele, que engoliu cada gota do seu gozo, eu apenas gemia sentindo aquele cacete me arrombar.

Meus gemidos eram enlouquecedores, logo Gabi já estava toda acesa de novo. Gozei olhando para a carinha de putinha dele me olhando.

Rafa com sua tora dura, saiu de cima de mim, deixando minha buceta arrombada para ela lamber.

Sentei no outro lado da cama e fiquei olhando e alisando meus pentelhos.

Rafael comeu Gabi de novo, como se fosse um cachorro fodendo uma cadelinha no cio.

Ela tinha tanta vontade de dar para ele que urrava de prazer (desconfio que era a primeira vez que ela fodia numa pica tão grassa). Ele continuava bombando na minha amiguinha magrinha e eu quase gozando outra vez.

Quando ele sentiu que ia gozar, pediu para as duas abrirem a boca, então colocou sua pica em direção aos nossos rostos e soltou jatos de porra na nossa cara. Gabi se assustou, mas relaxou e deixou a porra escorrer no seu lindo rostinho.

Depois de gozar, Rafa ainda voltou a bombar minha buceta, que estava toda gozada, enquanto eu beijava a boca da Gabriele, sem me importar com a porra que escorria em seu rosto. Rafa me fodeu até gozar de novo, dentro de mim dessa vez.

No final olhei para Gabi, toda arregaçada, com porra escorrendo da sua boca, no seu rosto um olhar de satisfação.

Levantamos e fomos todos tomar banho, enquanto Rafa e eu nem acreditávamos no que havíamos feito.

Realizei meu desejo de sexo a três e presenteei meu cunhado com uma novinha gostosinha.

Espero ter novas histórias em breve para contar.

Beijinhooos amados!!

E-mail para contato: [email protected]

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
02/12/2017 07:45:47
Amei seu conto e quero ler todos outros e com fotos caso o tenha. Adoro filmar e fotografar esses melhores momentos. Caso interessar é só retornar:
01/12/2017 18:33:05
Muito bom vc é muito safada Gozei muito lendo esse conto Parabéns linda.
01/12/2017 05:48:17
Ótimo conto ,agora quando sua irmã voltar da viagem você tem de articular pra seu cunhado arrombar as três juntas..fica aí a dica sua puta gostosa.
30/11/2017 21:25:20
Muito bom comer duas putinha juntas
30/11/2017 18:37:46
http://kxcontos.blogspot.com.br/ novo site galera! Visitem! contos e muita putaria
30/11/2017 18:33:26
Nota dez.
30/11/2017 18:31:59
30/11/2017 18:31:37
Delícia as duas
30/11/2017 18:31:08
30/11/2017 17:58:01
Essa Gabi é uma safadinha gostosa como vc Alyne delicia

Online porn video at mobile phone


contos de corno amates bemdotado rasgado a bucetinha da mulhe na frente do maridocontos eroticos sogra acaricia genro por baixo da mesa na hora do jantarX.videos.com novinha apertada não aguentou o peu do novinhodei o cu pro diretor gay contospadastro de 35cm de pica no cu da intiadameu amigo me punehtoumulher fazendo vídeo pornô na gritalhadaconto anal veridico negrotira A roupa vou te estrupar no pornocarolzinhanasurubacarol novinha e so quer usar chortinho socadofiume porno garoto senti tezao pela crentinharevesando no cu da gravida pornoraffa_ka maromba safadocasa dos contos gay incestos meu senhordocenandacontos eróticos da esposa pegou a amante na cama e castigoutio violeta sobrinha xvidiofodie cusao do meu entido bundao pornomulher branquinha r***** com a b***** grande espelhinho pretinhoporno. mineiro. mae. e. filho. trezeno. escomdido. do. paiminha mãe deu cu p um cavalo contos xivideo porno novos negau gosou detronovinha indecente nao aquento me ver so de cueca pornogenro chupador de perecaxvideofiadotodos os vilões em um só corpo versus Goku com cabelo azul ninguém trisca nelegaranhão paquerou a minha mulher e levou para o motel vídeo pornô cornosencocho a irmanzinhabeceta melecada fazeno barulinho fudenopenis fino pode sastifaze uma mulheContos crossdress a apostanegro escravo fudendo filho do patrãocontos eroticos dei oedra a um noiada pra fuder biombo banheiro xupa casada videocontos incesto mae gtsespeando o primo tomar banho e se da mal e estruprada pornodoidoconto erotico - como me tornei amante de um haitianobaixar vídeo de sexo de cachorro e mulher ponto comxvideos com fuzilera novinharelato de siririca com barulhinhoirmao comendo irmao enguanto dormia porno gai xvideos 10Xisvidio fez mamae grita pedindo nao faz issokero ver mulher kevandi maozada na bucetaesses irmaos tem uma ligacao muito forte pornodoidohomens nú decuéca punhetaxxvideo n paguei tive dar cu eterogayeu quero ver a coxadinha acaba com a pica para fazer encostando nas mulher de calça compridaxxvideo filha fazes faxina no quarto dopaiMiller tair marido com ladrão em casa phornoxvideos com gringa gie nao paga alugueuConto erótico bricadeiras eradas com o painovilhas darno o cu sexocasada qui aforao pauzudodei minha buceta no reformatório Contos eroticos , o sobrinho do meu maridocontos euroticos trai meu marido com o meu chefe na festa da empresa para ser promovida fotos imao come a bucetinha da irma na bricadeira acaba comendo a irma x videos mulher lammbendo o cusinho do homemsex araminhamarido narrando edposa batendo uma p dotadosafadas brasileiras vantage de muito trepadas porbodoidopatrao tirando virgen dade da inpregada sAfada x vidio bucetanuacam esc no banheiro da idosa flagra ela na siririca beSou coroa casada os mulekes rasgaram minha calcinhacontos comi o cu da minha madrinhaesposa do corno adora se exibir sem calcinha pro encanador so pra ele ñ resistir e fuder a safadaFilme porno o dono da sinzala comendo as escrava tudo uma por umacdzinha virei empregadinha de um senhorNovinha negra tentol fugir do sexo anal quero ver moças de 18 anos de baby doll bem curtinho dentro de casa em movimento