Praticamente estuprada por um velho num corredor escuro e umido

Neste domingo estava em casa e minha mãe avisou que um amigo de familia iria visita-la e pediu para eu passar lá e reve-lo. Pra mim não tinha muito sentido pois eu era pequena quando ele frequentava minha casa mas para agradar minha mãe resolvi ir. Cheguei na hora do almoço, pra variar fui de legging preta que deixa meus quadris bem largos e minha bunda bem avantajada, apesar de ser um almoço de família fui assim pois depois eu queria sair e vai que eu encontre algum gostosinho para uma sexo basico descompromissado. Cheguei e estava apenas minha mãe e ele, um senhor bem de idade, cabelo branco, mas aqueles velhos fortes, ele me pediu dos pés a cabeça eu pensei na hora que velho safado, e fui cumprimenta-lo, ele me abraçou me agarrando com força e praticamente esfregou seu membro nas minhas coxas, era um volume grande, achei estranho mas fiquei levemente curiosa. Fiquei de pé ao lado dele, minha mãe finalizava o almoço no fogão, estava de costas para nós, e percebia que ele se ajeitava no meio das calças, dei aquela ajeitada na legging, aquela puxada sem dó para matar o velho do coração, depois sentei e fiquei conversando com eles, e voces, aqueles papos de velho voce se lembra disso, daquilo, daquilo outro. Eu mais ria do que falava, toda vez que me levantava ele me olhava, mas fiquei na minha.

Numa das recordações ele contou que dançávamos bolero quando eu era pequena, nessa hora me lembrei e falei que lembrava, e que agora entendi porque eu sabia dançar essas coisas, não tive duvida, coloquei um boleto no celular e chamei ele para uns passos, minha mãe ria fazendo comida, mas o velho safado colou em mim, e juro que senti seu membro endurecendo. Como assim um velho mais velho que minha mãe ficar com o pau duro desse jeito. Exalava um calor imenso e entre um passo e outro ele esfregava seu volume na parte de frente da minha calça, pressionando minha bucetinha, aquele velho estava me deixando excitada.

Ao final da dança dei aquele deixada de braço e minha mão deslizou por cima de seu volume, de fato era seu penis, que estava duro e era bem volumoso, sorte que minha mãe não se virou pois dava para ver claramente que ele estava de pau duro. Depois disso sai da cozinha, fui pra sala, So retornei quando o almoco ficou pronto. Almocamos e o papo era o mesmo, mas agora eu já não podia olhar para aquele velho com inocencia, será que alguem daquele idade consegue transar? Fiquei na minha e nos meus pensamentos. Mandei whats pra uma amiga contando que estava excitada e curiosa por um vovô, ela me encorajou disse para eu ir em frente e contar depois como foi. Acabamos o almoco e fomos para a sala, ele se sentou no sofa de dois lugares, eu tirei meu tenis e meia e deitdei no outro sofa de barriga pra baixo com a bunda virada pra ele, minha mae ficou na cozinha arrumando e passando um cafe, eu estava ali meio sonolenta, olhando pra tv e curiosa com o que o velho faria. Dali do sofa ele falava com minha mae mas eu podia ver que ele olhava para minha bundona e acariciava seu pau por cima da calca. Juro que minha vontade era de baixar minhas calca ficar de quatro e ver do que o vovó era capaz, e se ele enfartasse? rs

Quando ouvi minha mãe vindo para a sala me sentei. O assunto voltou aquela velharia, era quase 15hs e eu estava prestes a sair, nisso o telefone tocou e minha irma avisou que estava indo la almocar, mas eu disse que não podia esperar, perguntei se ele estava de carro e ele disse que não, perguntei se ele queria carona e ele aceitou. Ficamos mais um tempo ali, ate que levantei, ele se despediu da minha mãe e como combinado fui dar uma carona para ele. No carro ele disse que eu podia deixa-lo no ponto de onibus, mas eu insisti em levar ate a casa dele, ele disse que era um pouco longe, em Diadema, coloquei no Waze e dava 20 minutos. Fomos ate lá, No caminho o papo comecou a esquentar ele perguntando de namorado e eu disse que os homens de hoje são muito fracos, não querem nada com nada, não aguentam mulher com desejo, até falei que no tempo dele deveria ser bom pois eram homens de verdade, e ele so concordava, ate comentei que na idade dele devia ser mais sossegado, ele disse que não, que ainda era ativo, mas que havia perdido a esposa e nem sempre tinha com quem se relacionar, ficamos mudos nessa hora.

Chegamos na casa dele, na verdade ele mora nos fundos de uma casa, como se fosse uma pensão, ele disse que morava num quartinho bem simples, eu disse que isso não importava e que ali ate lembrava uns lugares da infancia, ele disse que era parecido, entao falei que estava curiosa em ver. Parei o carro, era uma quebrada, rs. Na rua não tinha ninguem porque o tempo tinha virado, no final da rua uns meninos soltando pipa, descemos, ele abriu o portao da frente, a casa parecia não ter ninguem, dai ele me disse que nesse horario estao na igreja, fomos entrando ate chegar num corredor bem estreito e sem acabamento, ele indicou para eu ir na frente, não sei porque mas fiquei com um tesão louco, parei no meio da caminhada naquele corredor estreito, escuro umido e sem acabamento, aquela parede toda no cimento e com pedra, no que eu parei ele continuou vindo, ele simplesmente encaixou seu pau duro na minha bunda, e falou filhinha que bundão gostoso deixa o papai brincar nessa bunda, eu tinha que aproveitar mas antes de entender e responder ele simplesmente me prensou contra a parede mal acabada, abaixou minha calca quase que a forca e foi enfiando seu membro, a calcinha que ele nao havia baixado travou seu pau, mas nao demorou dois segundos ele simplesmente afastou e cravou seu pau em mim, foi inevitavel gemer, mas loco ele tapou minha boca, com uma mão tapava, com a outra abria minha bunda e metia com força e fundo, seu pau era grande e grosso e realmente me preenchia inteira, meu rosto estava quase se arranhando naquela parede, meus bracos me protegiam, eu tive um curto circuito de pensamento daquela hora, o velho entao falou algo tipo ha quanto tempo não fodo uma buceta, e começou a gozar, achei que naquela hora ele ia morrer, mas que nada, seu pau simplesmente não amolecia, e ele continuava a meter sem dó, ele era muito forte apesar da idade, tirou seu pau de dentro da minha buceta e disse que agora iria comer meu cuzinho porque mulher bunduda tem que dar o cu gostoso, e foi forçando, mas na posição que estávamos tava difícil, eu falei pra ele calma, disse que podíamos entrar no quarto dele e fazer com calma, inclusive um anal, mas devagar, ele foi me soltando, virei e ele falou para a filhinha entrar, e veio me dar um beijo, ai coloquei a mão, eu disse sem beijo. Uma coisa é dar para um velho de costas, sentir seu tesão, outra coisa é beijar um encarando.

Subi minha calça, o velho guardou seu pau duro e melado. Ele foi na frente, quando ele começou a destrancar a porta dele corri para fora da casa, entrei no carro e fui embora.

[email protected]


Este conto recebeu 0 estrelas.
Incentive brunabrazil a escrever mais dando dando estrelas.
Cadastre-se gratuitamente ou faça login para prestigiar e incentivar o autor dando estrelas.

Entre em contato direto com o autor. Escreva uma mensagem privada!
Falar diretamente com o autor

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
26/12/2018 19:56:58
Somplemem excitantes você é demais seus contos me deixa com muito tesão linda
26/12/2018 08:46:40
Muito muito excitante!!
12/11/2017 14:16:42
Que tesãoQuero um vovô assim
27/09/2017 12:04:02
Vc acabou afinado pro velhote bem safada heim deixou ele na vontade de lhe arrombar o cuzinho ....kkk .... nota 10
26/09/2017 16:53:48
Cacete... muito loko... e nós homens achamos que nós é que decidimos alguma coisa! Relato show, Tesuda vc, fiquei curioso pra saber sua idade...

Online porn video at mobile phone


gostosa so de calcinha arretando o cinhado so de cuecacontos erotico de puta dando da a buceta pro mendigomulheres do peitinho durinho se masturbando Marquinhos gostosapornô com magrinhas bem branquinhas e Dalvinhapunheta apos encoxada em onibuscontos eróticos menina se abrigou da chuva e foi fudida pelo cãoxvidios geys pegando priminho pre adolesentesXVídeos dando em espera e gostosa queimadinha tirando a roupaconto gay internatoconto erotico mulher drogadacrente curiosa pede para casado fuder seu cu primeira ves quis pica xxxvnwwwxvideo pai gosa forte reladovelho trado tezudo a foder na conas pelufas e tezudas cheio de esporranovinha distraída de shortinho folgadinhos sentou de perna abertaboyzinha comer na casa do vizinho rola rolaponto não. quebrau. cabaso da vigeeu quisesse eu comprava cunhadopomba gira centando no. meu pauvidio de sexo munhe da ocu sem camisinha que senti a porra espiralprica cavalaeu gostaria de ver a mulher o cavalo dando chuchadaeu encontro meu genro me pegou à forçacoisa bramca bem groso saindo da nuceta sai so quando coloco o dedofilme de pornô mulher se masturbando e metendo a mão quero ver o filme agora filme quero ver agora filme de pornô metendo a mão aguardando né tá na mão transando ela se masturbandoxvideo negao amasa a xota da novinhastomou comprimidos de tesao e ele tesou forte mulher pornozdorovsreda.ruxisvideo mamaes xmamaes lesbicazando na sobrinhaxvideoafeminado sendo fodido churrasco por padrastoXvideos gostozura bbw safadaimagens de vaginas troxudasdepoimento de mulheres q pegaram negao dopadohomens com ginecomastia deixando a mulher mamar pornôconto gay contei pra ele que queria dar pra elegts de fio dentau mostrando ha bucetinha na webivisitando sogro doente sexo quentexvidiossexodormindoprica cavalaSexo com aprima no casamento da minha maexvideovó que confessa que adora chupar o pau do seu netotravesti branquinha e e s branquinha e rosada tranzando na xçcamaXvideobibapaus mostruosos gosamdo nas bucetadeu quero mais homem pelado no da cabeça da rola bem folgado lonax vídeos a empregadinha galeguinha u vei comendo nu so facontos calcinhas no cesto sujaContos erotico fazendeira nova seduzindo o caseiro bem dotadorapas bunda linda dando cu de brusuWww.xvideo homem goza dentro da nininha muito novinhaapanhar de chinelo pai contocontos eiroticos leilapornAliviando os funcionarios contos eróticosver video d travesty cendo enrabada por pica de 30sentimetroscontos eroticos menina aprontandopornoloiravidioXVídeos que dia para minha esposa enfiar o biquíni na b***** e assanharam os outros homens na praiaguei dando cu p avestraz s zoofiliaFotos de gostozinha braquinha nua caio no zaphomem pega mulher sozinha no meio da rua e transa com ela e faz o regaço a b***** dela pelo XVídeosfrutaporno mulher de quatro com estocadas firme e forteGalaxia no cacete todinho dentro da b***** da mulhercontos eroticos rra movinha dei para meu irmao cabaçox vidios completo mae patendo uma puenda por filhomenino cumedo sua tiacache:FXezWFwrF6IJ:zdorovsreda.ru/texto/2014021511 bucetas gostozas gozando gostozo na cabesona rombudafilme pornô mulheres se beijando solteira mas não carregando não aguenta pau grandepau encapado pra esposa timidajapinha colegial dano o cu parra rrola giganteXVídeos a mulher do meu amigo passa uma chuvinha na minha casa e pede para mim chupar b***** delapornodoido genicologista safado com a paciente inocente japonesacontos eroticos vividos por mulherescontos eroticos comi minha irmazinha tati.comacompanhante trasando com intiado no hotelestragaram#calcinharosaconto mulher casada fode com flanelinhas roludoContos eroticos gravida evangelicaS-&-w- Casa Dos Contosseduzida por um estranho contos pornogay bebezão putãoruanito fumando em uma garrafaconto porno cunhada ivonetecontos eroticos dividavamos ver se vc aguenta minha pica toinha ate no talo na sua buceta virgem sexogarota novınha do momento buceta peluda foto de sexocoroa mais safada q conhesogozada no cu com recuada gaycontos eroticos freirax vidios pornos amadora nefinhas gravida fudeno com seu machoPauzundo entrando ate talo na buceta contoscasa d contos tava dormindo o cachorro me comeu e ficou grudadomulher sadica conto eroticolesbicas com grelo muinto grande transandofiho pega mae rabuda sem caucinha de saia na cozinhaimagens mexedinho fazendo sexo e de biquini