Minha Mãe pagou a conta do meu pai transando no presidio com um traficante

Um conto erótico de Marrom gostoso
Categoria: Heterossexual
Data: 24/07/2017 16:42:53
Nota 10.00

Dando continuidade ao conto anterior peço que leiam para entender este melhor,os 3 traficantes vagabundos chegaram e pularam o murro e estupraram minha Mãe e minha irmã que tinha completado 18 anos dois dias antes e tudo só aconteceu porque meu pai tinha um debito de drogas e não conseguia pagar. Meu nome é Max, atualmente tenho 28 anos, sou moreno, meio magro e tenho 1,63 metros de altura, portanto meio baixo, sou viciado em sexo e adoro mulheres rabudas. Vou contar a todos como essa tara que tomou conta da minha vida e nunca vou esquecer.

Depois daquele dia com muito medo que eles voltassem Eu minha Mãe e minha irmã, fomos embora para casa dos meus avós em um outro bairro vizinho e bem menos perigoso, quando tudo acalmou falamos sobre o acontecido, algumas coisas foram reveladas tipo, só descobrimos que minha irmã não era mais virgem no estrupo e também sobre uma tatuagem que ela tinha no bumbum tudo foi motivo de discussão, claro depois foi resolvido até porque se ela ainda fosse virgem o vagabundo que iria ganhar o cabaço dela e a dor tinha sido maior.

Quando minha irmã falou que tinha me olhado com o pau duro enquanto era estuprada, minha Mãe disse que Eu era apenas um adolescente e a sena tinha sido muito forte pra mim. Logico também falei que talvez se estivesse vestida com uma roupa mais descente tudo aquilo talvez não tivesse acontecido, depois entramos em um acordo que o grande culpado era meu Pai que estava envolvido com traficantes.

Depois desse dia ficávamos trancados dentro de casa sem se quer pisar os pés na Rua meu pai sabendo do acontecido estava escondido não se sabe onde, Eu não conseguia tirar aquela sena da minha cabeça de ver bem de perto as duas sendo violentadas até passei a procurar na internet para ver se olhava as fotos ou os vídeos que tinha feito no celular do estuprador, minhas procuram foram em vão não encontrava só outras senas relacionadas, passei a tocar punhetas com frequência pensando no rabão da minha irmã.

Após um mês veio a noticia que meu pai tinha sido preso por roubo e trafico de drogas, não sabíamos se era bom ou ruim, pois caso caísse na sela dos traficantes rival poderiam matar ele, Minha Mãe então resolveu fazer uma visita a ele só quinze dias depois dele preso, como rotina toda quarta-feira era dia de visitas e sempre ela ia fazer uma visita e levar algumas coisas pra ele.

Quando tudo já se parecia calmo tanto eu como minha irmã já estávamos vivendo uma vida normal, minha Mãe chega de uma visita do meu pai chorando ele já estava mais ou menos com 5 meses preso. Ficamos apreensivos e querendo saber o que tinha acontecido, logo pensei o pior que tinham matado meu Pai na cadeia, minha avó tentou acalmar ela que não parava de chorar ela fez uma água com açúcar e quando minha Mãe pode falar veio à bomba e ela disse;

- Aquele vagabundo maldita hora que fui visitar aquele canalha na cadeia, ele me falou que um tal de SAPO que está preso e é o chefe do trafico na Região ordenou a ele que no Próximo Sábado que é dia de visita intima eu teria que está lá para transar com ele e caso não fosse todos nós pagaríamos caro.

Minha vó falou que iria ligar para policia e acabar com essa safadeza de uma vez, mas minha Mãe falou pra ela ter calma eles eram perigosos e já sabiam onde estávamos morando, ela falou pra minha avó;

- Mãe deixa comigo Sábado vou fazer o que ele quer! Não vou lhe colocar nessa ok.

Todo tormento tinha voltado na minha casa, Quando minha mãe deu uma saída corri em sua gaveta de calcinhas e vasculhei para saber quantas tinhas e qual ela iria vestir para o traficante. Conferir umas 10 calcinhas normais e 3 fio dental que talvez eram pra noites de amor com meu pai. Quando deu no Sábado da visita intima minha Mãe tomou um belo banho e foi se arrumar, vestiu um vestido preto bem curto que diga se de passagem a deixava mais jovem com as belas pernas que ela tinha e uma cavada nos seios que realçavam seus seios que não eram pequenos e uma sandália meio salto cor de ouro, botou um batom meio leve e quando minha irmã olhou disse; “Mãe a senhora tá linda nesse vestido”.

Quando ela saiu disfarcei um pouco e fui ver qual das calcinhas tinha escolhido para se entregar para o traficante, procurei uma por uma e justamente estava faltando uma vermelha fio dental de renda creio que a menor que ela tinha. Fiquei com tesão em saber que minha Mãe tinha se arrumado toda e colocado um fio dental tipo uma PUTINHA para o traficante.

Fui tomar um banho e bati uma punheta pensando nela, minha cabeça não pensava em outra coisa, esperei ela chegar e quando entrou já não tinha batom na boca e ansiosos para saber as novidades ela falou que iria tomar um banho primeiro, pra meu azar minha Mãe não deixou eu ouvir e se trancou no quarto com minha irmã, esperto rapidamente corri para a janela do quarto e ouvir isso acompanhe;

- Mãe fala logo como foi?

- Filha horrível! Pensa em um lugar onde as mulheres são tratadas como um Lixo, todas são colocadas em uma Sala revistadas e só entra 20 de cada vez as outras ficam aguardando a troca a cada 45 minutos, depois elas perguntam qual é o nome do preso e levam agente para outra sala de espera só depois como se agente não fosse ninguém entregam uma ficha com o numero do quarto onde o preso já espera por nós, lá dentro é tudo apertado deve ser 2 metros de largura por 4 de comprimento e uma pequena cama de solteiro.

- Nossa Mãe que horror e aí?

- Filha nos fundos do presidio tem uns alojamentos cada um numerado e todos bem vigiados, quando entrei no quarto minhas pernas tremiam... Acho que fui a ultima a entrar.

- Meu Deus Mãe!

- Ai filha! Quando entrei o filha da puta já estava só de cuecas e me puxou pra dentro e fechou a porta.

Ouvir aquilo pra mim mexia mais ainda com minha cabeça meu pau já latejava, em seguida ela passou a narrar tudo que aconteceu dentro daquele quarto da penitenciaria.

- (SAPO) Vamos filha da puta não temos todo tempo do mundo, acha que temos tempo pra namorar é... Vai logo tirando a porra dessa roupa.

-(Mamãe) Filha ele já foi tirando sua cueca o cara parecia mesmo um SAPO de feio, ele era meio gordo ou forte sei la, mas ou menos 45 anos e grosseiro.

- (SAPO) Olha o que temos por aqui uma vadiazinha até gostozinha!

- (Mamãe) Ele me beijou filha com aquela boca suja passando a mão em todo meu corpo, tirou meus peitos pra fora e mamou como um animal feroz, em seguida me colocou de joelhos e mandou chupar aquela rola que não era grande mas era grossa que parecia um pepino. Tudo muito rápido o tempo era curto, ele me colocou de joelhos na cama com a bunda virada pra ele e disse:

- (SAPO) Hum olha só como a PUTINHA já veio prepara pra fuder... Vou meter muita rola nesse CU.

-(Mamãe) Filha ele já colocou minha calcinha pro lado e meteu o dedo no meu Cuzinho o cara era grosso mesmo, logo em seguida deu dois tapão no meu Bumbum e enfiou dois dedos na minha buceta.

-(SAPO) KKKKK A cachorra já tá com a buceta babando querendo rola né... Assim que eu gosto de PUTA molhadinha.

- (Mamãe) Filha eu tenho uma facilidade muito grande de lubrificação e ele já pincelou seu cassete na entrada da minha vagina e meteu de uma vez, passando a da fortes estocadas como um cão feroz. Eu ouvia vários gritos que vinham dos quartos ao lado, nunca vi nada igual filha fui humilhada ali dentro o safado metia forte e ainda passou a meter também primeiro um depois dois dedos ao mesmo tempo no meu CU.

- (SAPO) AHAHAHIIII PUTA safada a partir de agora vai ser minha sempre que eu quiser aquele corno do seu marido até que tem uma mulher safada sabia!

- (Mamãe) Filha como o tempo já estava bem avançado já devia ter uma meia hora ele sem piedade tirou da buceta e enfiou no meu CÚ com violência, ficou mais um dez minutos até gozar.

- (SAPO) Vai Porra abre esse CUZÃO que vou descarregar leite nele... Ahiiii Caralho!

- (Irmã) Mãe que nojento! A senhora deve tá acabada.

- (Mamãe) É filha quando terminou tem uma luz que fica amarela significa que tem 5 minutos finais quando ela fica vermelha temos que sair imediatamente. Graças a Deus que ela tinha amarelada só deu tempo de me lavar em uma pequena pia e me arrumar, sem antes ele me passar umas tarefas.

- (SAPO) Olha aqui filha de uma PUTA se os policia te perguntar quem tú é fala que é uma garota de programa, outra coisa sempre que eu quiser vou chamar, vai ser minha PUTINHA a partir de agora, tem mais todo mês vou te passar um numero que você vai ter que colocar 50 reais de credito e bico calado certo... Caso contrario toda tua família vai morrer! Agora vai e espera o comando.

Certo é que minha Mãe ficou refém do crime e as tarefas foram cumpridas a risca todo mês ela colocava os créditos no celular que ela tem o numero e sempre que convocada ia nas visitas intimas, o tal de SAPO comandava todo quarteirão da penitenciaria.

Passamos a conviver calados e meu tesão era grande cada vez que minha Mãe era chama para as visitas intimas o certo é que longe do meu pai ela passou a se arrumar melhor e cuidar dos cabelos. Terminado a conversa rapidamente sair e fiz de conta que não sabia de nada. Aguarde continuação.

FIM

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
25/07/2017 11:54:58
continua

Online porn video at mobile phone


ainnn amor sexocontos eróticos fiz sexo por acaso com minha tiavidio porno piqueno conhadacontos eróticos gays cracudoBUCETINHA QUENTINHA, protegendo com sua BUNDA MARAVILHOSApornocontoincestosestupro esposa contos eroticoshomen andando com um plugue anal atolsdo no cuvideos porno eu estava dormindo e ele chupou a minha bucetinha e eu noa acordeidesde pequeno bato punheta na frente do meu irmaocavalona da buceta desmarcada no pornodoidocorno .amigo do negao dotadaocontosvideo meteu ate otalo no cu e o corno so olhando ela debrucoxvideos paacas.com.pecontoerotico namorada e mae putas do tio jorgewww gostosas do zaptkXVídeos Everton você aguentarcontos eróticos dei uma lambida na xota da minha irmãmenorzinha.esguinchando.muito na.rolacontos de travesti depiladoragordinleitorcontos gay trombadinha casa dos contoscomendo uma bunďa lisinhaporno chantageada para fazer programa contomulheres bostas scatgordinha novinha nua torturada escravizada andando bem devagarinho E aproveitando que minha irmã está pelad bota pau no cu dela YouTubexnxx porno gey contos eroticos novinho pegando priminho no riacholiberei minha esposa pro cara estourarPrima da o cu para o primo que tem um pau que mede 26cmconto de estrupo bem excitante entre novinho da família chorando com a pica no ci apertadomulheres com bundão gozando formatacontoerotico eu,namorada, minha mae e tio jorge2 mulequis regaca a buceta da novinha branquinha tesudaas b********* fininha e g****** jato de gala em vídeoconto erotico calcinha aparece da minha mulherContos de cochoro que estorou o cabaco da donacontos de mae.putona tarada pela rola do filhofoto de mule mo penuacao nuaeu nunca eu tinha fundido o cu virgem da minha esposa eu fundendo sua buceta ela gozo ela ficou de quatro eu comecei a fuder sua buceta ela gozo eu meti minha língua no seu cu virgem ela ficou excitada ela disse pra mim eu quero dar meu cu virgem pra você conto eróticoeintiada transano con seu padrasto ei vido caserovelhas com ocu frocho peida demas dando o cluxvideos nããooocontos eroticos meu pai fez eu dar pro meu tioconto erotico velho taradoxsvideo Historias e relatos reais esposa pega marido dando o cu pro negraorapas bunda linda dando cu de brusux videos gay amigo me ensabuou por dentrocontos bdsm enfiei uma agulha nos meus seiosnnncontosestrupada cagando filmewww. pornodoido lesbicas pretas beijos c salivavelhofudendocomsobrinhatortura porno linguada no clitorisxvideos clube das mulheres subindodo escadaconto sexo perdendo virgindade pro caminhoneiroconto de safada meu padrasto gostoso fudeu meu cu guloso eu pedia mais mete fode mair me fode gostofotos os penes mais maneru do mundo pornirmão descabaçando o cu da irmã pela primeira vez na pontaPorno en t re s o gro e no ra conto eroticoSou mulher casada meu compadre me fodeuboa foda nos adoramos nos amarconto erotico no cinemaAutor do padre. Não é. Homem contos. Eróticosminha espoza uza caucinha enormiContos erotico minha filhinha mim shopou no banhocontos shortinho da mamaemeu primo e eu na resistiu e comeu o bucetao da minha tia contocunhas de mini saia safadasconto gay barraca armadaconto erotico/gay asistindo percy jacksonconto comi minha sobrinha na pescarianovinhobonitinho de quatro pede rola grossano cupornodoido mulher mais velha fica adimirada com o tamanho da pica do negaoela gozou mas eu nao parei de chupar a buceta dela