URSOS - Vol.5-"Nao precisa de pepino, você tem o meu pau agora"

Quando eu vi Marcão com o pepino na mão, eu sabia que não ia mais me controlar, o clima era descontraído para todos, menos para mim, eu ria junto com todos, até meu sobrinho estava rindo. Eu fiquei olhando Rafa bezuntar seus dedos com KY e socar no cu do Felipe, meu sobrinho gemeu, chupando o pepino, rindo pra mim, me provocando, me fazendo sentir fome.

Com seu cu lubrificado, ele deitou com as pernas abertas, meu Deus, que rabo, que cu delicioso, olhando nos meus olhos, ele socou o pepino, vi o legume entrando nele, meu corpo pulsava, quente, eu olhando, eu não brincava mais, estava sério, assistindo ele enfiando o pepino no cu, lembrei da cena do banheiro, ele delicioso, a perna em cima da pia, socando forte e pedindo pra eu meter. Eu encarava ele e olhava sua mão enfiando o pepino no cu, todos assistam, mas eu estava hipnotizado, ele gemia baixinho, me provocando, acendendo meu corpo. Mas foi quando ele falou que o bicho pegou.

—Mete tio- ele falou brincando comigo.

Eu me transformei naquela hora, arranquei o pepino com tudo, cuspi na minha mão, puxando ele pelas pernas, sem falar nada, sem pedir, sem me expressar. Soquei o pau no cu dele, puxando ele pelas pernas, enfiei com tudo, ele gemeu alto, eu não esperei mais nada, bombei, mas bombei pra valer, metendo como um animal, afoito, eu precisava daquele cu, eu precisava, metia forte, estocando furioso, eu não me controlava mais, não pensava em mais nada, eu só precisava comer aquele cu.

Todos assistiam em silêncio, o jeito que eu comia era bruto, Felipe gemia tão gostoso, ele me fazia querer enfiar mais, socar mais fundo, mais rápido, mais forte, meu corpo batendo de encontro ao dele, chocando com um barulho forte, eu enfiava, não parava, não queria parar, eu olhava a carinha dele, mordendo os lábios, gemendo, sentindo meu pau dentro dele, bombando, puxando suas pernas, seu corpo batendo no meu. Rafa me agarrou por trás, beijando meu pescoço, eu metendo sentindo as mãos dele no meu corpo, apertando meu peito, puxando meus pelos.

—Isso bandido- ele dizia- come nosso ursinho, come ele. Come pra eu ver.

Fer deitou junto ao Felipe, levantando suas pernas, mostrando seu cu para Marcão, ele cuspiu na mão e socou no menino com força, Felipe e Fer deram as mãos, meio que dando apoio um ao outro, enquanto os dois enfiavam as rolas fundo neles, metendo juntos, Rafa me agarrando, Fred Agarrando Marcão, os dois pedindo para que a gente fodesse os nossos ursinhos. A gente socava, metendo fundo, puxando as pernas, enfiando as rolas, os dois gemendo, se beijando, olhando para a gente, provocando, duas putinhas deliciosas. Gemiam, brincando com suas línguas, o cu de Felipe era delicioso, macio, quente, apertadinho, me levava a Loucura cada vez que meu pau se afundava no meio de suas carnes. Os beijos de Rafa, sua língua percorrendo minhas costas, eu queria aquele moleque pra mim, de qualquer maneira, por mais errado que fosse, eu queria aquele garoto na minha vida.

Trocamos de lugar, Marcão agora comendo Felipe e eu comendo Fer, foi difícil sair daquele rabo, mas se existe uma coisa que eu respeito é putaria.

Senti um vazio quando meu tio parou de bombar no meu cu, nem tive tempo de sentir saudade de um pau no rabo quando Marcão puxou meu corpo pra ele, socando com força, meteu, enfiando fundo no meu cu. Rafa agora agarrado no Marcão, brincando com seus mamilos, chupando seu pescoço, Marcão metia furioso, me olhava sério, com cara de macho dominador. Meu tio bombava no Fer que gemia gostoso, eu e Fer nos olhamos mais uma vez aquela noite, nos beijamos sentindo as picas entrando forte em nossos rabos.

Eu não resistia e olhava meu tio, mesmo que fosse Marcão o responsável pelos meus gemidos, eu observava o rosto dele enquanto ele metia em Fer, eu olhava nos olhos dele, sentindo ele socando em mim, mesmo que seu pau estivesse socado em outro cu, Era em mim que ele mirava, ele comia a mim com seus olhos, me dominando em silêncio, fazendo jus ao seu apelido de bandido. O vagabundo estava me comendo sem nem estar com o pau rasgando meu rabo. Eu rebolei sentindo meu corpo queimar, socando aquele pau no meu cu, imaginando tudo que eu já havia visto desde o início dessa fantasia louca do autor, desculpa pelo choque da quebra da quarta parede.

Eu imaginava tudo o que eu já havia visto, desde a trepada dos dois, a Saliva escorrendo da boca do Tio Ben até seu pau pesado, e o pepino, o pepino socado no meu rabo, eu me senti fodido, em todos os sentidos.

Rafa olhava nos meus olhos com um cumplicidade máxima, ele sabia o que eu sentia, no fundo dos meus olhos ele viu a mesma submissão que ele tinha com aquele macho, nosso bandido.

Gemi avisando ele, me deixa viver isso, ei preciso desse macho, me deixa me fuder, ficar na merda como você, esse pau vale a pena, esse cuspe vale a pena. Ele olhou, nos meus olhos, e disse, vem comigo, eu te ensino a ser uma putinha pra ele. Fechamos o acordo ali, visando o bem do único que importa nessa história, o nosso macho.

Eu socava forte, muito forte, eu usava toda a minha força, socando naquele rabo, enfiando meu caralho naquele cu e olhava fundo nos olhos do meu sobrinho, eu metia pra ele, em outro, enfiando naquele cu que eu jamais vou esquecer. Eu já estava louco, obcecado, eu vou ter ele para mim, eu pensava. Louco, doente. Mas ele também estava, rafa também estava, nos três esquecemos que existiam outras pessoas naquela orgia, ali, nos três decidimos nos amar, decidimos com olhares. Em silêncio.

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
01/06/2018 03:00:32
Essa valterso nao gosta denada mas ler tds os contos..cara chato
09/07/2017 05:55:00
MARAVILHA, APESAR DE NÃO GOSTAR DE SURUBA.
08/07/2017 22:37:44
Que fodaaa

Online porn video at mobile phone


cavala prica contos eróticocontos eiroticos leilapornhomen andando com um plugue anal atolsdo no cucontos a punheteira do papaixvidio atolo a sobrinhaincesto com meu vô contossogra mijona contosvídeos tratantes no ônibus Conto erotico polpinhas bundaloiras do cu melozo cavalgando na pica grossa e granderelatos erotico cherando a cueca do paidaniloprsvideo deputariacontos corno grupalcasada Seduzi o garoto do pau grande contos eroticosconto erotico sexo com vizinho velhos coroa grisalhocomi a xana zeradaxxxvideos cunhada espeou sua irmã sair pra provocar .comimagens e videos de coroas tesudas metidas no sexo kente ate esporrar fora e mostrando a cona inchada com labios longoscontos eiroticos leilapornler contos eroticos menagequal sao sinal quando mulher gosta ser encoxadacontos amante da professora casada e ninguem sabeFime gey roludohomoprazer.blogspot.com.brfotos porno ebano e marfimconto erótico f****** com cunhadomeu corninho eu quero uma pica gozando dentro de minha e meu céuwww.contoerotico.pai e filha a prendendo a dirigividioporno/fodanaconstrucaominha esposa cavalona e meu tio cacetudo 8eu tava tomando banho e meu pinto tava duro minha mae rabuda chegou e eu fudi elacontos casada pedifilacontos eróticos chorei mais aguentei a rola enorme do velho Beneditomulheres sexo com monstrosrancou sangue do cu do novinho conto pornoconto eróticopai colocar velho pra chupá buceta da filhanovińhas xvideo gozando sem fazer parulhocontos namorada com amigo no churascotem lebica olaine 2017 pra comigo outra mulher por celularas mas gostozas di chortinhoirmalouca pra perdero cabaco pro irmarContos de marido fazendo esposa cadela confessar traiçãocontos eróticos paifinge dormundo fudendo filho e filha. virgemcontos picantes incesto mininha e menininhocontos eroticos gloryholeC v menina 7 sedo xupada abuçetameu macho negrao comedor de casal bipassivo contos erotico.chegou em casa filha foi pro pagode e genro ve mae coroa dormindo e vai elamesmo mete a peca filme pornomulequespauzudoCala a boca poies estava com sim quando me falou da lanferirsexo novos banho conhadas nuasa xaninha da verinhacorno levou esposa pros caminhoneiros foderem contoMENINA FASENDO VIDEO MOSTRANO A BUNDA ENORME E DURA conto erotico huntergirls71video baixou a blusa e mamou nos seiosconto siririca na despedida de solteiraveterina fode cachorraocontosContos de putaria de novinha dando para o cara da rola cabeçuda sem o noivo percebervídeo de pornô transando com a ponta dele tequingofaite pornôconto esposa esta dando pra um pauzudo escondidoXVídeos estragadinho em ônibusgozando e arfando de prazer no cu xvideosMe come,me chupa todinha,me xingacontos de seco com meu tio aiii gostoso metiiicontos eroticos maduras peludaAliviando os funcionarios contos eróticosfizemos sexo bi com um estranho contoconto erótico mulher casada f****** com cunhado YouTubenora safada pega sogro bateno punheta xvodeo