A obreira orando e eu encoxando

Um conto erótico de Encoxador C
Categoria: Heterossexual
Data: 21/04/2017 15:44:03
Nota 9.00

Olá, meu nome é (xxx) tenho 22 anos, sou evangélico e namoro. Já escrevi um conto de encoxada, mas esse será da melhor encoxada da minha vida rs. Fui recentemente em uma vigilia de uma igreja no sambódromo no Anhembi (SP) onde tinham milhares e milhares de pessoas, estava super lotado. Em certo momento da vigília era o momento da busca (oração e louvor) todos fecharam os olhos e começaram a cantar, louvar, dirigidos pela voz do bispo nos alto falantes e telões, então eu resolvi andar um pouco no meio da multidão, onde estava bem cheio vi muitas meninas e mulheres lindas, e decidi tirar uma casquinha, foi aí que comecei a encoxar... Onde via uma moça que me chamava atenção eu aproveitava o aperto da multidão e passava por tras, encoxando, mas a maioria não gostava e até abria os olhos pra ver quem interrompia seu louvor. Foi aí que já estava desistindo de conseguir uma boa encoxada, mas vi uma obreira, moreninha, uns 25 anos, cabelos pretos presos por rabo de cavalo, e uniformizada (O uniforme social de obreira mas com uma blusa preta) e perto muita gente, então fui passando por ali e quando cheguei por trás dela passei encoxando, mas a surpresa é que ela diferente das outras não abriu os olhos ou parou sua oração, então além de sentir o tesão de sentir o bumbum daquela obreira veio na mente o desejo de fazer de novo, então fiquei ali por perto, conferi que estavam todos de olhos fechados e passei de novo por trás encoxando ela, dessa vez segurando na cintura, e novamente não teve nenhuma reação, nem abriu os olhos. Meu coração acelerou, olhei para os lados e queria mais, esperei um minuto e passei de novo bem devagar segurando na cinturinha dela e ela nem sequer tinha curiosidade de abrir os olhos pra ver quem tanto a encoxava, nem parava o louvor, com os olhos cheios de lagrimas, e eu não acreditava naquilo, então olhei de novo pra todos os lados e vendo que todos tavam com olhos fechados comecei a aproveitar. Passei atrás dela de novo e dessa vez fiz questão de passar segurando na cintura e descer minha mão no seu bumbum, e ela imovel, continuei ali do lado e meu tesão já tava a mil, então aproveitei um espacinho atras dela e discretamente fiquei como se estivesse orando tb, mas colado nela, ela estava com as mãos levantadas e eu tb, fiquei atrás com meu pau já duro encostado no bumbum dela e ela nem aí, continuava a orar e as vezes ainda balançava seu corpo levemente para os lados na oração, e eu ali sentindo aquela gatinha se esfregando em mim. Depois eu fiquei um pouco do lado mas tive uma ideia, deixei minhas mãos abaixadas encostando na coxa dela, e logo minha mão direita estava repousando no bumbum dela, eu não acreditava no que estava acontecendo, eu com a mão bem leve, solta, passando naquele rabinho empinado da obreira, só aproveitando o balanço do corpo dela e curtindo aquela delicia, não queria sair mais dali, e o melhor de tudo é que ela com os olhos fechados continuava a não apresentar reação nenhuma. Depois disso ela deu só um passinho de nada pra frente mas praticamente continuou no mesmo lugar, pelo aperto das pessoas, e como já estava na metade do louvor eu olhei pro lado, vi uns olhares de longe mas não sei se eram pra mim, mas já não estava nem aí, tinha encontrado uma encoxatriz submissa ali que estava realizando meus desejos, então continuei a brincadeira do passar por trás.. Eu fingia que estava indo procurar alguem (Pra caso alguém com olhos abertos estranhasse eu passando tanto ali) e dessa vez passava por trás dela com vontade, segurei na cintura dela e passei forçando meu corpo contra o dela e bem lento, e mais uma vez me surpreendi que ela nada fez! Eu já estava tendo o sentimento de posse, e não tive mais medo, meu pau já não dava mais pra disfarçar de tão duro e cada vez crescia mais, ainda mais pq estava de calça social e ela tb por ser do uniforme, era como se tivesse sentindo ela de calcinha na minha frente, pq o tecido era bem fininho e ajustado ao corpo.. Então demorei um minutinho e ajeitei meu pau duro pra frente, por dentro da calça discretamente, meu coração acelerou e passei dessa vez com toda a ousadia, segurei na cintura dela encostei meu pinto no bumbum dela e apertei com força, nossa que gostoso, e saí pra não dar bandeira de que estava me aproveitando dela, mas a vontade era de ficar, principalmente por ver ela toda submissa como se nada tivesse acontecendo. Fiz isso mas umas 4 ou 5 vezes, não me cansava e parece que ela tb não, passava ja com meu pinto duro e bem grande, e ja chegava como namorado abraçando por trás, dava uma pressionada no bumbum daquela gatinha e passava bem lento, e ainda arrastava minha mão até chegar no seu rabinho e dar aquela acariciada. Nossa que coisa boa, não queria mais sair dali, fiquei com vontade de pegar aquela obreirinha ali mesmo, abraçar pela cintura e sentir muito aquele bumbum macio e gostoso, e sei que ela nada faria, não sei se por estar tão concentrada, ou por ter gostado (Sei que gostou pq era inevitavel eu não estar tirando a concentração dela rs) Então terminou a oração e eu sai dali, com o pau ainda duro e molhadinho de tanto prazer que ela me deu, ainda fiquei pensando o caminho inteiro que nunca encontrei uma mulher tão submissa a encoxada, e fui encontrar logo ali, aquela obreira moreninha, durante sua oração... Foi tão gostoso que só de lembrar ja fico louco de novo,e se tivesse mas dez minutos com ela acho que teria mais coragem e abraçaria ela por trás sem medo e até falaria algo no seu ouvido rs, mas não me arrependo, valeu muito a pena.


Este conto recebeu 0 estrelas
Estamos testando um novo formato de votação. O ranqueamento será feito não mais pela média, mas apenas pela soma das notas oferecidas. As notas também serão apenas de uma, duas ou três estrelas. Isso deve evitar que haja quedas repentinas do ranking por conta de ataques por alguém que queira manipular os resultados. Se tiverem dúvidas, .

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
11/09/2019 14:17:52
Olha cara que oportunidade deliciosa sim.. ainda mais todo mundo de olho fechados concentrados e só voce e ela na safadeza..que delícia..

Online porn video at mobile phone


negao colocou td o pau de 45 centi na loiraxxvideo porno brasileiro novinha chora ao ter q fd cm varios depois q perd apostanovinha perdendo a virgindade para soltinho*pode estora bolinhas que parecem espinhas na bunda?*SOU CRENTE Fui encoxada no ônibusirmam fraga seu imao tocando punheta ela nao resiste do pra eleXVIII minha mulher com negaonó do cachorro incha zoofilia dicasvixxi encoxadasbolinei amigo ate ele mi dahttp://contos eroticos rasgaram minha buceta e meu cu branqueloxvideo sexo na praia de nudismo abricoacachorro estorou a bundinha da gostosa de minisaianao sabia q seu pau era tao grosso assim meu cu ta doendo xv incesto evangelicacesto de calcinhas sujas de gostosastravestis bem dotado sendo errabados realmaninhas Taubateana xvideosXVídeos Everton você aguentarcontoerotico.com/ tirei as pregas da novinha de inze anos"corpo da minha professora"ver só putinho brasilero se cumendo gemendo muintocontos saunas velhos chubbys gaysfada do sexomulher deu o cu que choroconto punheta no provadorabaixa vidio de mulhe de camizola provocante2 parte de eu minha amiga e o pai dela conto herotico helena e renataconto chupou minha bucetinha e pigou vela relato erotico meu filho gosa nas calcinha minhasencontramos nossos vizinhos na praia do nudismo conto erotafilhado acaricia madrinhaele pedi caga pramim gata pornofilho da pica informo fudendo a buceta da mãe gostosaxvideo nigro xxxvvnPorno gratis xvideos marido rebita a bundalesbica adora colocar omega grelo de buceta com fosse pirupornôcom professora selvagem regaça o pau do alunoporno mulheres q bota sainhas curtinha para pega onibus lotado sopara ser fufidaconto erotico gay viado desobediente tem que tomar na caracontos eroticos guricontos de cornos com tio velho pauzudo e comedor super canalha rAssiti pono meu pai mim comer e meu irmao tb eróticopunhetá p gostosa dormindo ŕuivaprica cavalavideo cazeiro novinha levando pica do painho em baixo da cobertacontos eroticos gay piscina eu e meu amigohttp://transei com mecanico gay contos eroticos gayPorno contos pais e maes iniciando suas meninas no incesto com carinho e muito gozohttp://comto erotico muler casada gostosa no onibus lotadoxvideos coroa engoliddo potracontos eroticos mamae dondocaCai debocanomeu buset setaovirgem celada goza no dedo xvidiocontos meu filho estrupo,meu cu finju dormiTema VampiroCasa Dos Contos Eroticos zdorovsreda.ruvideos de sexo fodi ela de ladinho ela fechava as pernas e gemia muitoAliviando os funcionarios contos eróticosmilicos pauzudos de saojosedoscamposeu no sor caderante queria espermentar sexo com um caderantepasando mao nas polpinhas d tesuda e erguendo p cimasexo com tapas na cara.puxau de cabeloscão mete ate o talo na bucetinha de uma virgem q fica grudado na buceta dela e ela tenta tirarcontos incestos mãe mais lidos 2017Contos erotico de estuprada em assaltoxvideos.com novinho.comda.comroka gostosaxnxx porno gey contos eroticos novinho pegando priminho no riachocostos eroticos madrasta come cu de enteado com pintomulheres tocam siririca com a calçinhadentro. da bucetaxx pornô quero ver minha vizinha casada bençãonovinha dopada tem c* arrombado que sua colega bota pornôcomeinha buceta to com tesãox videos padrastro fodení enteadacontos-esfregando na bundinha da netinha