Eternos Apaixonados Cap.7

Um conto erótico de Gustavinho
Categoria: Homossexual
Data: 12/03/2017 19:36:16
Nota 10.00

Cap.7

TRILHA SONORA: Sinto - MESA

Ele olhou nos meus olhos, e sorriu.

-Eu estou falando sério ! Eu gosto de você ! – eu ouvi tudo aquilo como se fosse um sonho... Entretanto não demorou muito para o meu sonho se esvair... Eu comecei a estranhar, por algum motivo aquela reação... E no meio de toda aquela alegria, uma faísca de razão veio na minha mente. E eu acabei desconfiando daquela desculpa...

-Porquê você só está me dizendo isso agora ? Teve tanto tempo...

-Eu só percebi mesmo isso esses dias... Antes eu não entendia... Eu tinha medo de você dizer que não sente nada... Mas, quando aconteceu aquilo no quarto, eu percebi que tinha chance.

- Eu não sei porque mas não consigo me convencer – sim, aquilo sempre foi o que eu quis ouvir. Mas depois de tanto tempo dele falando que gostava daquele rapaz, e de ter visto ele daquela forma, eu não conseguia me convencer... – eu quero uma prova... Uma prova que você gosta mesmo de mim... – falei, me soltando dele, e começando a andar para longe dali.

Não nego, durante os segundos que me afastei dele, um impulso quase que incontrolável de voltar e acreditar piamente no que ele havia me dito tomou conta de mim. Entretanto eu me mantive firme... Eu realmente queria ter certeza do que ele sentia... Eu não queria estar com alguém que não gostasse realmente de mim. Por mais que eu gostasse muito daquela pessoa.

TEMPO DEPOIS

Passei algum tempo longe dele. Não foi muito tempo. Mas era o suficiente para que eu sentisse falta dele. Para que o meu corpo sentisse falta da voz dele... Eu era completamente apaixonado por aquele rapaz, agora tinha plena ciência disso.

-Você vai ficar até quando aí nesse quarto ? – minha mãe perguntava.

-Não sei... Uma hora eu levanto – falei, enquanto mudava o canal da TV com o controle remoto...

-Eu vou precisar sair ouviu bem ? – falou ela, enquanto eu apenas olhava para a TV – tem uma pessoa aqui que quer falar com você – imediatamente quando ela falou isso, atraiu a minha atenção e me fez olhar para a porta. E me surpreendi, quando vi ele entrando pela porta.

-Oi... Eric... – imediatamente quando ele entrou, me sentei na cama e olhei para ele, sem saber o que fazer.

-Ryan ?! Que surpresa... – falei eu, com um sorriso contido – o que você está fazendo aqui ? – vi minha mãe sair e fechar a porta em seguida.

-Vim aqui para conversar com você... – falou ele, se aproximando de mim e sentando-se na cama – estava olhando um álbum de fotografia antigo, que estava lá na minha casa...

Imediatamente ele me deu o álbum, e logo eu me lembrei do mesmo... A mãe dele vivia colocando fotos nossas ali. Abri a capa mais uma vez, como já havia feito diversas vezes. E não demorou muito para eu ver diversas fotos nossas. Algumas mais antigas, outras mais novas. Mas eu conseguia me lembrar perfeitamente de cada uma daquelas ocasiões que eu vivi ao lado dele.

-Você lembra desse ? – falou ele, apontando.

-Lembro... Foi numa vez que a gente foi no circo com a minha mãe... – falei, olhando pra ele.

-E desse aqui – naquela foto, nós já estávamos um pouco mais velhos. Já éramos adolescentes. Já andávamos sós. Tínhamos ido ao cinema, e tiramos a foto.

-Também lembro... Lembro até do filme... A gente riu pra caramba nesse dia...

-Pois é – falou ele, sorrindo... – sabe, esse tempo que eu fiquei longe de você, eu fiquei pensando, em tudo o que aconteceu... Em porquê eu acabei fazendo aquilo na minha casa, e porquê eu sinto tanto ciúme de você com outras pessoas...

-Ah é ?

-É... E eu acho que me enganei por muito tempo – falou ele, se pondo de pé para olhar a janela do quarto.

-Como assim ?

-Eu sempre julguei a relação que a gente tinha como uma amizade muito forte. E o que eu sentia por você como uma amizade que nunca poderia ser quebrada... – falou ele, interrompendo a fala – acho que eu tinha medo de assumir pra mim mesmo a verdade e depois não ser a mesma coisa que você sente por mim... – falou ele, virando-se novamente. Pude notar um sorriso contido no seu rosto – a verdade que eu sou apaixonado por você a muito tempo... Só não conseguia aceitar e lutar por essa paixão... Tinha medo... Medo de estragar tudo isso. Toda essa amizade bonita que a gente tem... A verdade é que eu não conseguiria viver 1 mês longe de você Eric... Você já faz parte da minha vida de uma forma que não tem mais retorno... – vi lágrimas no seu olhar naquela hora.

-Você está chorando ? – falei eu, me aproximando dele.

-Não é nada... – falou, limpando os olhos – é só emoção... Emoção de enfim estar conseguindo dizer isso pra você... – ele parou por mais alguns instantes e olhou para cima – eu nunca me apaixonei de verdade pelo Samuel... Eu simplesmente achava ele muito bonito e... Servia como uma forma de esconder o que eu sentia. De correr menos risco de sofrer.

Meu coração aquela altura já havia saído do corpo. O sentimento aflorava dentro de mim. Vê-lo ali, daquela forma, se declarando, retirava de mim qualquer barreira que eu poderia ter. Era humanamente impossível resistir...

-Você pediu uma prova – falou ele, voltando a olhar para mim – eu não tenho muitas provas pra te dar, provas físicas. Mas tenho duas que eu acho que você vai gostar... A primeira, é isso aqui – ele caminhou até onde havia deixado a sua mochila. Pegou a mesma, abriu e tirou de dentro um caderno – acho que eu deixei grande parte do meu sentimento reprimido dentro desse caderno – falou, me entregando em seguida.

Eu abri, e logo vi que era um caderno de desenho... E me surpreendi com o que vi ali. Eu já havia visto aquele caderno nas aulas, mas nunca tive a curiosidade de procurar realmente o que ele queria dizer. E quando vi que ele estava cheio de desenhos de mim, me arrepiei.

-Eu passava diversos minutos das aulas, quando você não notava, desenhando você... Diversas vezes já fui pra aquele laboratório de química que você adora, só pra te desenhar... Eu não sei, sempre te achei muito bonito... Queria te levar comigo para os lugares de alguma forma. E a forma que encontrei foi esse caderno – via diversos dizeres escritos, como “Ele é tão bonito...”, “Que amigo lindo que eu tenho”... Meu rosto corou ao ver tudo aquilo – tenho outra prova também – falou ele, se aproximando de mim... Ele se aproximou, se aproximou, de forma repentina, me deixando atônito, e nervoso. Olhou nos meus olhos. Pegou minha mão, ergueu... E colou no seu peito... – está sentindo ? É o meu coração batendo... Ele só bate assim, quando eu estou perto de você

Continua

E ai ??? Gostaram ??? Comentem e votem por favor.

VALTERSÓ: Que bom que está gostando

Karol: Vou postando kkkk Só não posto com mais frequência porquê me falta tempo

Nada Contra: <3

Martines: E agora ?

SafadinhoGostosoo: Eric gosta do Ryan... Ele nunca ficaria com Samuel

P.G: E agora ?

Rogean: Que bom que está gostando <3

Ru/Ruanito: E agora ?

Beijos


Este conto recebeu 0 estrelas.
Incentive gustavinho132 a escrever mais dando dando estrelas.
Cadastre-se gratuitamente ou faça login para prestigiar e incentivar o autor dando estrelas.

Entre em contato direto com o autor. Escreva uma mensagem privada!
Falar diretamente com o autor

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
13/03/2017 03:32:33
Tenso
13/03/2017 00:50:55
Gostei!!!. Ansioso por mas aqui bjao ate mas
13/03/2017 00:14:17
DECLARAÇÃO DE AMOR LINDA. MAS... POR Q SERÁ Q VC TEM DÚVIDAS? SE VC TEM DÚVIDAS SINAL Q O PARCEIRO DEU MOTIVOS PRA ISSO?
12/03/2017 23:42:54
Amando!!
P.G
12/03/2017 23:03:55
Finalmente, que casal mais fofo, amo de paixão. 😍
12/03/2017 22:14:40
Caraca... Sem palavras!
12/03/2017 20:21:49
Amando o conto maravilhoso :)
12/03/2017 19:45:16
bom

Online porn video at mobile phone


tio chupando buceta contocontos eroticos aprendendo a dirigirconto erotico sou travesti e vendi meu cuXVídeos real amador verdadeiro marido chega em casa mais cedo ovo gemido da esposa e grava escondidocontos eroticos minha amiga travestris abuso de mim bebadacontos eróticos com pezinhos da tiaxvideomae eminhatiacontos erotico gay violentado lingerieintiadinha so vestidinho limpondo casa pornocoroa Dalvinha engolindo pica grandeavisinha gostosa de fildentaltia pasa de camisola perto do sobrinho e ele fica com tesaometendo de lado e goasano na portinha da bucetaComo se escreve “ manda video porno ” em inglesdei o meu curzinho com lubrificantes ao meu cunhado contos gayconto erotico peido e mijocontos gay baby doll rosaconto erotico chatagiada e obrigada a ser escravavideos mulher madura com vagina peluda cheia de espermaesposa de mente fertil pornoEm Família: Parte 1 Autor Sr G casadoscontosvideos porno homem brexa vizinha fudendo e depois fode ela pornodoidobranquelo come e chupa buceta da criuola escravanó do cachorro incha zoofilia dicasvídeos pornô brasileiros com mais novinha proibido sussurrando no escurinho comoso cu fudeno baitolapornodoidoesposavadiaflagrei minha patroa na siririca contosGays gostososcontosblog contos eroticos fui corno na despedida de solteiracontos erotico gay brincando de verdade ou desafionoite maravilhosa comi o cu dela finalmentefode_me mas esporra_te fora da conacontos eroticos meu avo me comeu a forca e eu gosteichulé da minha erman conto eroticogaranhao erra a buceta e enfia o pau no cu da egua e ela se rasteja de dorlevando pica do istrudor auto escola contoporno filio seu. vai xegaadvogada bem casada rabuda em viagem de trabalho é seduzida e fode gostosoxxxvideosporno no teto ou na pissinatreinando judo dando na empregada xvideoouvir contos eroticos narrados de gueis tranzando loucoso casero quer me engravidar contocoroa de camiseta de ceda gostosavideo porno mulher trai seu namorado em roki e corno liga bem na hora qe ela ta no escurinhoquero ver ofilmes pornos o irmao beijando muito a irma para foder ela a irma dos olhos azuiscontos eroticos namorado de mamãe tem piça ggconto porno apaixonado pelo meu primo brutamontesfudida pelo vigia da escola conto erotico teenriandragon contos eroticoscontos porno scat lesbiconora de shorte mostra xotano motel o bucetao virgem cheio de pentelhos da minha cunhada solteira coroa conto eróticomelhor punheta da minha vidaContos erôticos de garotas que foram abusadas no trêmContos eroticos elacareca peladagozei na boca no caminhaoxvideo do cunhado pecado a cunhadinha a fosa gozado dretro da boceta delaarregassano ocu dagostosaXVídeos pornô brasileiro sogra ameaçando genro para transar com ele filha escuta todos os diasx gay novinho novinho de menor perdendo o c***** lourinhocontos eróticos fui corno e escutei tudo atrás da paredepeguei meu amigo nu no quarto e batemos uma punhetaàs panteras só às madrastas safadas 2017pravideos roludos imagem nitidaXsvideos mulher chicoteando machowww.xvideos emprevisto pra foderver contos eróticos de vendi meu cabacinho para um cacetudoanjo discreto casa dos contoscomeu o cu da filha do patrão novinha de17 pornodoidoaliviava me tesao com o filho novinho da vizinharelato incestto engravidei do meu paicontos eróticos brincando cavalinho com a irmãaprendeu a gostar de pica com mulherxisvideo mae rabuda fode com finjo da cuXvideobibapornodoidocasal liberal cornocontos lactofilia com fotos ou videomenino de atrasou e pediu carona pra homem sarado na moto pornoContos incesto dei pro meu filho mesmo gravidawww.negao metie na velha porno.comhome tarado caucia gozada.irmã da bundona gostosa da sua rabetona prA seu irmão fazer um sexo gostosoxxvideosgarotinhas na praiaTranzacom.sandi.ejunirMulher andando de fildental arredor do homem ai depois o homem aranca no dente e gosa na buceta delacontos eróticos de i****** irmão f****** a b******** da irmã com sobrinha do ladovídeo pornô caseiro sabor chupança buchovideos dr sexo com pau de40cm anal