Meu tio pro Natal

Um conto erótico de Typenaughty
Categoria: Homossexual
Data: 08/01/2017 03:39:46
Nota 8.89
Assuntos: Gay, Homossexual

Olá a todos, eu sou o Bruno, 24 anos, 1,84 de altura, magro mas bem definido, 70kg, morador do interior de Sp, sempre soube que gosto de garotas, mas também me sinto atraído por outros caras apesar de por medo, recusar as propostas em quase todos os casos. Bom, vou contar a vocês como foi que tive um dos melhores finais de ano dos ultimos tempos.

Final de ano, ficou combinado que a familia toda se reuniria para o Natal e Ano Novo no rancho do meu pai, por ter mais espaço, ser na beira do rio e etc... O problema até então é que já fazia um tempo que ninguém pisava por lá e, como meus pais estariam trabalhando e só eu de recesso no trabalho, sobrou pra eu ir antes e colocar tudo em ordem até todo mundo chegar. Minha mãe cheia de grilos de me deixar sozinho la encheu as ideias do meu meu pai ate que ele pensou em chamar pra ir comigo meu tio João, (Homem branco, 41 anos, meio bronzeado do sol, 1,80 de altura, magro também, cabelos castanhos curtos sinalizando uma calvice, meio pinta de cowboy por ser engenheiro agrônomo e fama de ter comido metade da cidade, mas nunca tinha me chamado a atenção) recém separado, chutado de um casamento de 20 anos, e estava meio que enchendo o saco na casa de outra tia, ele me ajudaria também com as tarefas.

Apesar do meu tio João ser bem próximo de nós, eu fiquei meio frustrado com a ideia, gosto muito dele, mas ele é aquele tio que faz as piadas do pavê ou pa cumê nas reuniões de família, além do que já tinha me imaginando tranquilo e sossegado tirando uns dois ou tres dias no rancho sem precisar usar roupas ou talvez convidar alguém mais interessante pra ir junto... tudo iria por agua abaixo só para ficar trabalhando, pensei. Liguei para meu tio, que ficou combinado de partirmos pro rancho no outro dia pela manhã.

Na manhã seguinte, acordo com meu tio batendo às 6:45 na porta do meu quarto, já me esperando enquanto meus pais saíam pro trabalho. eu meio sem acreditar que ele tinha acordado tão cedo, saí do quarto de cueca mesmo, cumprimentei ele e disse que depois de tomarmos o café, colocariamos tudo na caminhonete do meu pai que ficou comigo e ja saíamos. Durante todo o café, percebi que ele me dava umas boas secadas, fingi que nao tinha reparado. Ele devia estar estranhando porque eu geralmente não fico sem camisa em casa, quem dirá de cuecas andando pela casa com "visitas", mas até então, eramos só nos dois em casa, homens, e com uma certa intimidade, já que era comum falar algumas putarias e até trocavamos uns pornôs pelo whats e tals, mas nunca passou disso.

No caminho para o rancho, uns 40 minutos de estrada, ele me contou que já tinha mais de um mês que ele não dava uma boa foda, porque pensava ainda na ex. Disse isso esfregando forte o pau por cima da bermuda jeans que ele usava, deixando eu ver um volume bem legal ali no meio, eu disse pra ele se acalmar, porque com certeza as mulheres da família trariam amigas para as festas, ele só riu.

Chegando lá, me acomodei no unico quarto com ar-condicionado, arrumamos a casa por dentro, almoçamos e à tarde só ficou para cortarmos a grama e limpar a área e quiosque da churrasqueira. Fiquei com a grama, e ele terminando de colocar alguns alimentos na geladeira, e eu cortando grama de botas 7 léguas, shorts e um chapéu de palha para proteger do Sol. No Final da tarde quando eu ja estava recolhendo o cortador, percebi ele me observando, veio perto me chamou de gato de botas, me deu um tapa na bunda meio que um apertão e começou a rir, eu dei um soco nele, empurrando pra longe, percebi o que estava rolando e só pra provocar tirei minha bermuda ficando só com uma cueca branca corri pro rio me refrescar, quando saí ele só ficou me olhando meio que babando toda a transparência da minha cueca, até que subimos para a casa.

Tudo correu bem até à noite, no banho ele trancou a porta do banheiro enquanto eu, depois dele tomei banho de porta aberta mesmo só pra provocar. Já tinha sacado qual era a dele, quando João veio me perguntar se podia dormir comigo por causa do ar e tal, respondi que sim, mas que eu ia dormir pelado, ele rindo me chamou de puto safado.

Antes de dormir começamos a assistir TV no quarto, sentados em colchões no chão, ele de samba canção dava pra ver um negocio bem grande balançando ali, enquanto eu só de calção disfarçava uma ereção que começava a dar sinal de vida. Ele começou a beber, até que me perguntou se eu não tinha nenhum filme pornô pra gente assistir, nem respondi nada, liguei meu note na tv do quarto, apaguei a luz, deixando só a da tv, e a putaria rolou solta na minha coleção de filmes. Depois de uns 10 minutos vendo ele gemendo baixinho chamando as moças dos filmes de gostosas e safadas, me perguntou se eu me importaria se ele tirar o pau dele pra "bater uma", respondi com um "Manda ver aí" tirando o meu calção todo.

Quando olho pro lado, ele com um pau enorme na mão, apesar de branco, o pau dele era mais escuro, depois fui saber que eram 22cm, retinho, não era muito grosso, mas tinha uma cabeça vermelhona que era enorme, o meu pau com 19cm parecia bem menor perto dele, que tem um saco bem firme com umas bolas enormes, deu água na boca; Quando falei pra ele:

_Rapaz!, agora eu sei porque ela te largou, olha o tamanho desse caralho! não é qualquer um que aguenta não! deve ter arrebentado meio mundo! kkkkk...

ele responde:

_ É, mas o seu também não tá muito longe do titio aqui né!, além do mais, na seca que eu to agora, aceito qualquer um que cair aqui. To explodindo de tesão, quase implorando por uma fodinha...

Disse isso chegando mais pro meu lado e segurando firme com uma mão o pau na minha direção, a outra mão passando na minha coxa, dando uma risadinha bem sacana. Eu entendi o recado, segurei no pau dele e ele fechou os olhos gemendo meio alto. Caí de boca nele, mas mal conseguia botar a metade na boca, lambi ele inteiro, lambi toda a barriga dele, chupei os mamilos, chupei as bolas grandes e raspadas até que depois de uns 10 ou 15 minutos de boquete meu maxilar ja estava quase dando câimbra, comecei a lamber o cuzinho dele, que tinha pelos bem aparados e ele não se opôs, deixou eu até colocar dois dedos. Depois disso ele pediu pra me comer, disse que sim, mas pra ir devagar, afinal eu quase nunca era penetrado, ainda mais por aquele calibre.

Deixei ele sentado e fui tentando sentar em cima, mas tava difícil, não entrava de jeito nenhum até que fui na minha mochila e peguei um tubo de KY anestesico que eu tinha levado pra não deixar em casa com o perigo de alguem descobrir, lambuzei o pau dele todo e meu buraquinho tb, que na primeira tentativa ja começava a receber aquela tora adentro. Quando ja tinha passado um pouco da metade, ele me coloca de frango assado e começa a enfiar bem de vagarinho, centimetro a centimetro eu sentindo ele me invadir com uma maestria invejável. Instantes depois ele ja estava tirando tudo pra fora e colocando pra dentro denovo, nem parecia que tinha aquele tamanho todo. ficou nisso um bom tempo só saboreando meu cuzinho e gemendo putarias, depois alternando bombadas bem firmes e rápidas quando parou dizendo que não queria gozar agora, abaixou minhas pernas, lambuzou meu pau de Ky e começou a cavalgar em cima.

Confesso que me surpreendeu a facilidade que ele sentou no meu caralho, que tem seus 19cm e grossinho, ele já tinha experiência no assunto e me mostrou isso rebolando na minha pica bem rapido e gostoso com bastante maestria, dizendo que queria meu leite no rabo. alguns minutos depois, não conseguia mais segurar por muito tempo as reboladas do safado do tio João e enchi de leite seu cuzinho.

Quando terminei de gozar, ele me virou de bruços no colchão e com a facilidade do KY ao nosso favor, ele começou a bombar de novo, mas dessa vez bem forte e metendo sem dó nenhuma por trás de mim. Eu sentia o suor dele escorrendo pelo meu corpo até que ele já meio exausto de tanto foder se deitou em cima de mim meio que se jogando mesmo e só mexendo os quadris bem forte começou a gozar, lambendo minha nuca e orelhas me chamando de gostoso, que eu era o sobrinho que ele sempre quis ter. Deixou seu pau dentro até amolecer e sair sozinho por completo de dentro de mim, se deitando ao meu lado para dormirmos.

No meio da noite acordo com ele se roçando em mim na posição de conchinha, com a mão na frente me batendo uma punheta, quando vejo o pau dele em riste de novo, começo a posicionar na minha entrada e ele sem cerimonia bota tudo pra dentro, fazendo umas bombadas bem firmes, colocando tudo até o talo e esperando alguns segundos para repetir,uma delicia! fiquei de quatro pro meu tio João que ficou louco, esfolava meu cu como se fosse a ultima foda da vida dele, me dando tapas na bunda, com direito a gemidos fortes e altos, ate gozar forte dentro de mim pela segunda vez na noite. Depois disso ele ainda me chupou até beber todo meu leite pra dormirmos felizes da vida.

No outro dia, ainda transamos o dia todo em casa, no banho de rio, no gramado até quando nossa família começou a chegar no começo da noite.

No meio da semana ainda conseguimos dar algumas escapadinhas, mas depois das festas acabamos nos distanciando, voltei pro trabalho, ele também, mas espero que nossas festinhas continuem! depois que descobri o garanhão que o João é, não quero mais ficar sem! he-he...

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
09/01/2017 02:55:49
Muito tesão man ❤😉👏👏👏👏👏👏
08/01/2017 23:23:12
Uau!! Adorei. Q dlç...gozei gstz aq. tmbm já tive uma experiência com meu tio. Se puderem, dêem uma lida e deixe seu comentário! Abçs... casadoscontos.com.br/texto/
08/01/2017 17:06:30
Porra, conto do caralho. Gozei muito !!! Parabéns.
08/01/2017 11:59:58
CONTINUE.
08/01/2017 05:19:28
POXA QUE PENA QUERIA VER UM RELACIONAMENTO SÉRIO ENTRE ESSES DOIS. CONTINUE.

Online porn video at mobile phone


contos eróticos condolos e vibradores participameternos apaixonados cap 7 conto gayarrobadapoumponexvidores arega jogocontos eiroticos leilapornperdi minha virgindade com meu cunhado ele mim fez gozar de tanto tesao desabadaDesamarrar corda mordaça contoeroticoabaichar o Homens com penis enorme gosso grande dotadao..com pirses na cabesa..dos palzudo.porno. cazano muita no vinhaconto erótico kombi sitioContos levei um tora preta gozou dentro meu marido adoroucontos eiroticos leilapornporno mhnha mae e irma sao putas 1 contoxividio deita vo come teu cuconto anal veridico negroTheo eTonnynovinhos com tensão na cabeça da pica e batem puetawww.xvideos.com menor na hidromassagem delicada sozinha na banheirarelaro erotifo mae bucetuda e filho pau gigant..doidinha pra meter com velhodepiladora brasileira nao aguentou ver a pica duraMulherez arregassano o cutia acorda sobrinho e recebi gozo na bocaconto gay afeminado cabeleiro fio dental negrominha sogra um pecado de mulher contoscontos eiroticos leilapornS-&-w- Casa Dos Contoscontos eróticos de meninas de 25 anos transando com cachorro com calcinha preta com lacinhos vermelhosxv novinha brinca com cachorro e fica agarrda na picaContos eróticos de incesto entre familias aonde todos mamam e foden em todas as posiçoes possiveis e de todo o jeito em orgiasaminha filia gostosa e cochudapeituda das tetas rosadas amamentandox videos lavei o cu pro meu primorelatos sou safada. e nem meu irmãozinho nao escapou demiKadu p********* pegando as neguinhaporque tem mulheres que sentem prazer ao ser.penetrada com o.dedo no anusConto erótico interacial largando o esposo para viver com amante negrocontos porno gratis estupro sadomasoquismo submissãovidios pono sohentecasa dos contos esposas pagando a divida dos cornos enroladosbaixinhas Vitinho pequeno batendo siriricacontos erótico provoque meu padrasto mostrando minha bucetinhaViadinho Aieee Contos Eroticosmeus amigos me comiambuceta rruivaenfregando o pau duro na bunda dentro do onibus cheioRasguei a buceta da mendiga com a mao contosmenina joga poloaquatico pra ser encoxadafotos de pauzudos de cueca na carmacontos eróticos comi a sogra a noiteconto erotico tirei o cabaco da patricinha na marrasubrinha da buceta em chada gozando no pau do tiovídeo pornô menina branquinha não se Intimida com tamanho do pau no Galegãopornodoido lesbico fretando na mesa de jantarmulher de corno lavano carrocontos eróticos um velho me estrupoupamico ma forretas sex traza sexmeu padrasto me estrupo ranco meu cabaco eu gosteimeu genro deixa minhas calcinhas encharcadas de porravídeo de sexo com mulheres acorrentada em senzalaas pornoVideo do zapmulher escovando dois denteXVídeos novinha chora com a pomba no c* que a lágrima desceEu quero assistir vídeo de pornô de mulheres de corpo estrutural gostosa bundona com sono televisãocontos eroticos virei corno contra minha vontadebaixar video de fode da muher maraviharvídeo pornô caseiro rapariga tira camisinha do r$ 500xvideo casero so no cu de entiada bunda grandecontos eróticos gay fui transformado em putinha e fizeram dupla penetração no meu cuzinho e me arrombaramcontos eiroticos leilapornordenhar teta porno contoconto erótico gaay sonbra de gaelcunhadinha dando de shortinho bem curtinho São Paulo com a cunhada Patrícia de mim gostosinhometendo de lado e goasano na portinha da bucetaHomem transando ate o talo tirinhamohamed elatar punhetandoconto pornpai comendo filha e a sobrinhavídeos insistoporno Brasilxvideo Dois Idiotas na nega nega já solta espermatozóide