Apenas Um Ano - XIII

Um conto erótico de Omar Junqueira
Categoria: Homossexual
Data: 11/12/2016 02:03:12
Nota 10.00
Assuntos: Gay, Homossexual

*Narrado Por Omar*

Depois que deixei Felipe descansando, fui para o jardim ao encontro do meu namorado, de longe o vi sentado em um dos bancos, ele olhava o celular, estava com seu característico óculos escuro, fui me aproximando dele em passos lentos, naquele dia eu me sentia incrivelmente preguiçoso, mais do que o normal. Sentei ao seu lado no banco e o cumprimentei com um selinho, ele olhou para mim e sorriu, um sorriso lindo que me cativava. Ele tirou seus óculos escuros e olhou em meus olhos.

- Porque você não me contou sobre o Felipe – perguntou calmamente.

- Não tive tempo – falei

- Qual era a relação de vocês na fazenda? – Perguntou, o que ele estava insinuando?

- Nós éramos amigos e também ficamos algumas vezes – não tinha porque mentir.

- Deu para perceber que entre vocês tinha rolado algo muito além do que uma simples amizade – balbuciou – o jeito que ele te olha, a forma como ele fala de você – meu namorado podia ser qualquer coisa, menos trouxa, ele sabia de tudo muito antes de eu contar, ele é um ótimo observador.

- Mas agora tudo o que nós temos é amizade, pelo menos da minha parte sim, e pelo que Felipe me falou, pela parte dele também. – Era realmente verdade, Luiz Felipe não é mais que um grande amigo para mim.

- Eu acredito em você Omar, mas eu fico meio inseguro com ele aqui, debaixo do mesmo teto que você, ele é bonito, másculo e é uma boa pessoa, não sei se é só coisa da minha cabeça, mas eu tenho medo de te perder. – Falou com os olhos vermelhos, parecia querer chorar.

- Ei... não precisa ficar assim, você sabe que quem eu amo é você – falei

- Mas... você sabe, eu fiz aquilo com você...

- Pare Felipe – o interrompi – Aquilo é passado, eu esqueci no momento em que te perdoei, ou você pensa que eu vou querer me vingar de você? – Falei com um tom mais sério, Felipe ficou calado – O antigo Omar com certeza se vingaria, mas esse aqui, não, eu mudei muito e tudo isso graças a você e principalmente ao Felipe, que me aconselhou e me fez mudar a forma como eu via as coisas, agora você me entende porque eu estou fazendo isso por ele? – Perguntei.

- Porque ele esteve do seu lado quando você mais precisou – respondeu – E é por isso que eu temo, pois ele foi o que eu não pude ser, um amigo e companheiro de verdade – falou chorando.

- Meu amor – falei pegando em seu queixo fazendo ele olhar para mim. – Eu tinha todos os motivos para ficar com ele, mas sabe porque eu escolhi você? Porque quando a gente ama, e quando esse amor é verdadeiro, não importa o que a outra pessoa fez e não importa o que ela faça, você sempre vai perdoa-la, porque o amor é muito mais forte do que qualquer ódio ou magoa, porque quando você ama alguém de verdade não importa o que aconteça, você sempre vai ama-la independente de tudo – falei, eu nunca fui tão sincero.

Felipe apenas me abraçou, um abraço apertado e cheio de ternura, e é nesse abraço que eu sempre quero estar, é a sua boca que eu sempre quero beijar e é o seu corpo que eu sempre quero possuir, não importa o que aconteça é sempre ele que eu vou amar.

- Amor, depois do almoço vou levar o Felipe para fazer algumas compras, quer ir com a gente? – Perguntei animado.

- Eu adoraria, mas eu tenho que ir para casa depois do almoço, preciso terminar algumas coisas da faculdade, mas vou estar livre à noite, podemos fazer algum programa nós três – falou.

- E o Felipe vai ficar de vela? – Rimos – Vou tentar arrumar algum boy pra ele, assim a gente faz um programa de casais – e eu já sabia exatamente quem chamar pra conhecer Felipe.

...

Depois do almoço, eu e Felipe seguimos para o shopping, ele sempre reclamando dizendo que não precisava, mas eu nem liguei. Primeiro fomos nas lojas de roupas, compramos calças, camisas até cuecas, tudo era totalmente diferente do que ele estava acostumado a vestir, ele sempre usava com roupas de cawboy, agora ele estava mais parecido com um playboy mauricinho, tipo eu, mas ele adorou todas as roupas, mesmo reclamando sempre dos preços.

- Nossa, 300 reais numa camisa, com 300 reais eu comprava umas dez camisas na lojinha da dona Creuza lá da fazenda. – Eu apenas ria. – O seu pai não vai reclamar não Omar?

- Claro que não, fica tranquilo, que essa é só a primeira loja. – Falei entregando várias camisas e calças para ele – Toma, leva essas para o provador, é lá naquela porta ali – mostrei para ele e ele seguiu para lá.

...

Depois de algum tempo seguimos para a loja de calçados, onde escolhemos alguns de variados estilos, também compramos algumas sapatilhas e chinelos.

- Omar, as pessoas vão achar que nós somos loucos com esse tanto de sacolas – reclamou Felipe enquanto saíamos da loja.

- Relaxa, isso é normal por aqui – ri

- Tem certeza que isso tudo é necessário? – Perguntou.

- Claro! – Revirei os olhos para ele, quanta preocupação – anda logo, ainda temos que ir em mais um lugar.

- Onde? – Perguntou curioso

- No salão de beleza.

- Acho que não precisa, meu cabelo nem está tão grande, corte faz pouco tempo na barbearia do seu Claudio, lá perto da fazenda – falou em um momento nostálgico, acho que ele gostava mesmo de estar naquela fazenda.

- Claro que precisa, não vamos apenas cortar, vamos fazer alguns procedimentos para dar vida e hidratação nele, seu cabelo é bonito, porem mal cuidado – falei pegando em seu cabelo áspero e seco.

- Há... – pareceu estar com vergonha.

- Não fique com vergonha, tudo isso é para te deixar mais gato do que você já é – ele riu.

- Ok então.

Depois de subir uma enorme escada rolante, chegamos no salão de beleza, onde fomos recebidos muito bem pela atendente, deixei Felipe por conta dela e sai um pouco para dar um telefonema. Procurei pelo seu nome nos contatos, depois de alguns toques ele atendeu.

- Oi, Omar? – Falou surpreso.

- Oi Guilherme, como vai?

Continua...

Oi galera, tudo bem? Mais um capítulo para vocês, espero que gostem, tentarei postar o mais rápido possível, muito obrigado por ler, comentem também, pra mim saber o que estão achando. Muitos beijos

Email – [email protected]

Skype – lucas_sel

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
11/12/2016 12:15:54
Em capítulo Guilherme apareceu mesmo?
11/12/2016 12:14:25
Adorei o capítulo!
11/12/2016 08:34:22
muito bom
11/12/2016 05:50:31
muito bem, ansioso pelo proximo capitulo.

Online porn video at mobile phone


porno mulheres levam choques na buceta e se tremem todas com as pulsaçõessexo esposa trail marido na mesa do quiosquereal comendo buceta da roberta gordacavalo fudendo mulher com estorcada fortecontos de crossdresser forçadocontos eiroticos leilapornestupro esposa contos eroticosbrincando escanchada contos pornovideos di saia ma rua por baxosexo grátis pegei a cunhada coroa gostosa a forca em florianopolisguloza pede pra goza nabucertaliteralmente engatada com dogE MELHOR UMA PUNHETA BEM BATIDA DO QUE UMA FODA MAL DADAbucetinha apertadinho arregassano xvideopornodequatoconcha do gozando na boca do cunhado gayConto erotico anal com humilhaçao e cinto de castidade masculinavirei a cadela da turmaenteada madura mamou rola do padrasto contoseu confesso puta quer casa cornocontos comi a cunhadinha parte 2 bunduda virgem novinhana zoofilia as cadelas aceita ser fudidaConto erotico sou madura vadia e filhoolha meu pa ux videos gay caseiros atoladopaicomeu eu minha irmaamoxoxota gtacontos cu da tiacontoprimeirafodacontos pequenina e punheteiracontoerotico eu,namorada, minha mae e tio jorgejapinha colegial dano o cu parra rrola giganteXVídeos coletânea de mulher sendo agarrada no serviçoConto minha vizinha me falou que o marido não endurece maisporno menina virgem ser marturbado de calçinha de redinhapervertido passando a mao na bucetinhaFutibol dos Heteros ? OU Nao ? cap 28chupalano o cu da mulherinsesto com vovozinhas no porbodoidocontos eroticos gay de novinho sentei no pau grande e judiei delequero ver o vídeo de pornô a massagista dando a massagista dando massagem na coluna lombarxvideo de porno de quato agaradinho por trasContos eróticos emfiaram o braço na minha bucetonaconterotico o penis do ev irmaovideos desobrinhas.vagabunda dando a buceta pro tio roludo metecontos eroticos amiga apostando o cuChicão em mulher de 30 por trás gemendo e olhando para trásbaixinha casada dormino sem roupaconto sexo cheirando tenis do molequecache:PjjgrxSVmoYJ:zdorovsreda.ru/texto/2013011214 contos eroticos meninas de treze anos transando com cachorro com calcinha preta com lacinhos vermelhoquero ver uma b***** maior gostinho de mulher da bunda grande coxudapirocudo gozando dentropor tras da paredemulher com aberada da buceta toda esticada pra filha verTirei o himen da buceta da esposa do meu amigo sua buceta sangrou conto eroticohttp://porno contos eroticos meteu e gozou dentroporno-fodas no quarto e o vinnho malFotos de gostozinha braquinha nua caio no zappornodequatopornô novinha sendo chupada tocando sola em cima surpreendido com pau grandedei por meu vizinhoPorno gratis xvideos fogo cruzadoconfissões íntimas de Contos Proibidos 2018contos eroticos uma doce de cunhadapoxou a calcinha da gostosa fudeu com o dedo xvidionora de shorte mostra xotaqontos eroticos banho com minha irman mais velhaMulher gosando muco xvidiocontos eroticos gay o amigo do meu paicontos eroticos casadinha inexperiente seduzidaAS CARIOCAS PORNO VIOLENTO 2009fotos da coleguinhas com muita Pegação de um tempinho antes de transarcontos de insesto dei pro meu filho com o consentimento do meu maridocontos acampado co miha esposaela cagou no meu pau conto eroticominha cunha espero meu irmão sai e mim mandou ajudar a ela a apertar o sutiã e eu a cumei sexoa mulher e amante apertalas bolas porno