Transei com minha mãe na viagem

Um conto erótico de bagualxxx
Categoria: Heterossexual
Data: 04/04/2016 02:57:25
Última revisão: 04/04/2016 03:06:47
Nota 9.67

O fato que vou relatar é verídico, realizei a fantasia de comer a minha mãe... mas não foi facil, mantive essa fantasia por anos. Tenho 22 anos ( 1.80, atletico, moreno) e ela 50 (baixa, gordinha, morena, seios grandes, bunda media e pernas fantasticas). Tudo começou na puberdade, encontrava as calcinhas dela no banheiro e ao sentir o cheiro não resisti, bati várias punhetas. As primeiras vinham aquele pensamento de arrependimento e que aquilo não era certo, passava um tempo e não resistia..voltava a bater punheta pensando nela. A via constantemente pelada, ela gosta de dormir sem roupa e eu peguei esse costume desde a infância. Apesar disso nunca tentei nada..até o relato. Já a espiei transando três vezes mas isso irei relatar em outros contos.

Vamos ao que interessa...

Moro com três mulheres, minha mãe, avó e irmã (16anos)...eis que surge um feriado prolongado e vamos todos passar no interior(bem simples... como normalmente no nordeste).

Ficamos na casa de uma tia por não ter casa fixa no interior, minha avó dividiu quarto com minha irmã e eu com minha mãe. Até aí não estava gostando nada da viagem, pois preferia ficar na cidade curtindo as baladas.

Minha mãe estava empolgada pois gosta muito do interior, a noite vai chegando e todos os coroas da casa resolvem ir para uma festa de brega, eu não curto muito este estilo de musica e fiquei em casa vendo tv com minha prima. Nessa casa moram 3 pessoas, minha tia,tio e prima. Até aí nada acontece, até pensei em tentar algo com minha prima mas deixei pra lá.... a madrugada foi chegando e resolvi ir deitar. Não tinha rede e a cama fazia barulho, então coloquei o colchão de casal do quarto no chão, desliguei a luz e deitei, fiquei mexendo no celular.

Por volta das 2:30 da madrugada minha mãe chega, usava um vestido curto azul que deixavam suas coxas torneadas a mostra, foi para o banho e voltou só de toalha. Pude ver por causa da luz de outro cômodo da casa, quando ela voltou fingi dormir e ouvi trancar a porta. Estava escuro mas a lua estava cheia neste dia, clareava um pouco o quarto pelas brechas da janela. Eu estava deitado do lado da parede e ela deitou ao meu lado pelada, eu estava de cueca pois durmo assim quando não estou em casa.

Durante a viagem ainda não estava com essa ideia e tentar comer minha mãe, mas quando ela deitou pelada me veio o pensamento dela ter bebido bastante e além disso ela tem o sono pesado. Estava deitado de costas para ela fingindo dormir e não demorou muito para ouvir seus roncos (+- 10 min). Aí tive certeza que ela tinha bebido. Virei de frente para ela e para a minha surpresa ela estava deitada de barriga pra cima e as pernas abertas, aquela posição perfeita para encaixar o papai mamãe. Já tinha visto ela dormir assim algumas vezes antes na nossa casa. Meu coração acelerou na hora e o pau começou a subir ( é medio 17 cm e bem grosso, com as veias inchadas.. tipico de afrodescendente) tirei a cueca e tentei criar coragem, mas estava muito nervoso. Até que tive a ideia de que se ela acordasse daria a desculpa que estava indo para o banheiro mas por estar escuro tinha esbarrado no corpo dela sem querer.

Observava com a ajuda da luz da lua a buceta dela e via o quanto era volumosa, grande, gorda e carnuda, bem raspada e alguns pêlos brancos nas laterais da buceta. O tesão só aumentava e resolvi ir para o tudo ou nada, não poderia perder essa oportunidade, pois, já havia espiado ela transar três vezes.. com um cliente da loja que ela trabalha, com o chefe e com meu primo (irei relatar todos em outro momento). Pensei " agora é a minha vez!".

Comecei as investidas deitado de lado de frente para ela. Estiquei o braço por cima da sua barriga e toquei a "testa" gorda da buceta da minha mãe, deu pra sentir os pêlos espetando meus dedos pois ela raspava com barbeador. Com a mão tremendo de nervoso acariciei seus lábios vaginais, estavam secos.. e ela ainda roncando e respiração normal. Cuspi nos dedos e levei de volta para onde estava, na tentativa de deixar úmida, deslizava os dedos pra cima e pra baixo na raxa da buceta sem enfiar. Até que de repente ela para de roncar, tiro a mão rapidamente e fico imóvel de olhos fechados, com o coração quase saltando pela boca com medo de ser descoberto,afinal, tinha tocado a buceta da propria mãe.

Após um ou dois minutos ouço de novo os roncos e de olhos fechados resolvo abri-los lentamente, ela estava com as pernas mais arreganhadas e com uma das mãos em cima da buceta. Eu havia tomado coragem e iria comer ela ali mesmo, peguei a camisinha na mala que estava proximo ao colchão mas não abri, deixei num canto. Enquanto eu deixava a camisinha do lado do colchão vi ela tirar a mão de cima da buceta ainda dormindo, ajeitei meu corpo entre as pernas dela com cuidado, sem toca-la, tipo quando fazemos flexão e fiquei pincelando com a cabeça do pau ainda sem camisinha a entrada da buceta, estava mais melada que na primeira vez que passei os dedos, fui descendo a cabeça do pau na raxa da buceta até que sinto um calor envolver a cabeça do meu pau e melar ele. Inacreditável, eu estava com a rola, mesmo que só a cabeça, dentro da buceta da minha mãe. Fiquei com o corpo parado e que ela parou de roncar e deu um suspiro longo( os mesmos suspiros altos e longos, sem gemer que ela dava quando a vi transar nas outras vezes). Tirei o pau da buceta rápido com medo dela brigar mas ao mesmo tempo estava decidido, abri a camisinha com cuidado e vesti meu cacete. Voltei para a mesma posição e deixei a cabeça do membro na entrada da grutinha da minha mãe. Forcei e ela suspirou fundo, o meu corpo tremia e decidi ficar parado por alguns instantes para ver a reação dela. Continuou parada com as pernas arreganhadas e eu entre suas pernas,apoiando uma das mãos no colchão para não toca-la. Forço o corpo pra frente e sinto meu cacete duro e grosso ser engolido pelos lábios gordos da buceta. Era quente, macio, molhado e apesar dos lábios gordos apertarem meu cacete ele escorregava com facilidade. Quando iniciei o vai e vem os suspiros se tornaram constantes, Ela não se mexia mas parecia gostar daquilo, a sua buceta sugava meu pau até o talo. Em movimentos lentos e contínuos conseguia enfiar meu caralho inteiro deixando só o saco do lado de fora. Estava em êxtase, que buceta gostosa ela tem! Com a "ajuda" do nervosismo demorei a gozar. Comi a buceta da minha mãe por cerca de 20 a 30 minutos, os mais felizes da minha vida. A buceta dela pulsava e já sem medo eu brincava com a buceta dela, tirava e colocava inteiro, esfregava entre os labios da buceta e ela apenas respirando fundo. Num determinado momento enfiei o pau inteiro e encostei minha cintura na dela, ela arreganhou mais as pernas como se fosse colocar em volta da minha cintura, foi então que deitei por completo por cima do corpo dela e aumentei as estocadas, metia com vontade, no quarto só se ouvia o barulho das estocadas, o saco batendo na buceta dela, os suspiros dela e os meus. Minha rola ia e vinha sem o menor pudor, ela estava dominada pelo macho tarado que havia concebido. Senti sua buceta piscar e apertar meu pau, sinal de que estava gozando. Não demorou muito para que eu gozasse dentro de sua buceta com a camisinha. Fui no banheiro me limpar e veio a sensação de arrependimento, mas satisfeito. Voltei para o colchão e ela estava deitada de bruços, quando sentiu que deitei e fiquei de lado pra ela ficou também de lado e encostou a bunda no meu corpo, abracei por trás e dormi.

Quando acordei fingi que não aconteceu nada e ela o mesmo, não sei se ela estava bêbada ou realmente viu tudo aquilo e consentiu. Mas foi uma experiencia ótima. Durante o dia vi ela se reclamando para minhas tias que estava com a buceta assada. Nunca toquei no assunto com ela e nem irei, mas se tiver oportunidade irei comer de novo, afinal, buceta é bom..mas buceta de mãe é melhor ainda!

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
04/04/2016 11:17:19
Fiquei com a rola dura, queria fuder sua mãe também, só que eu ia meter no cuzinho dela!
04/04/2016 09:43:08
Gostei, senti o maior tesão. Vc escreve muito bem!
04/04/2016 05:34:44
Se ela fica de ladinho aproveita e come o cu dela

Online porn video at mobile phone


o negao fode o cu do moreno porque ele tava cantando na piscinaminha tia viu meu pau eretomae.minto.safada.e.bunduda.fodendoescrava sexual virgemporno penis grotesco baixar video curtoGt25 fode menina nuasxvideos espiando safada beibedolMulher fasendo croche e dano cu pornoconto erotico patrão e empregada e esposaJojo tpdinho bundao gostosoxvideosgranfina xvidiiscontos casada da o cu pro cão e o marido participa comendo tambemse basear pornô pai pega filho com a filha transandosobrinhogostoso ficando no colo do tio sozinho em casa dando o cugozou na calcinha e ela vedtiuVer contos eroticos de pai comendo a buceta virger da filhatravesti comendo novinhamae chupou o pau do filho gayrelatos de homens e mulheres praticantes da lactofiliaContos eroticos de podolatria com fotos desejando chupar os pes bonitos de primas inocenteContos eróticos tia de olho no sobrinhoposicao papai mamae ponodoidovendo o servente no banho e fico louca com o pau grande delecontos eroticos com cumdre transando com cumpadreConto enteada apaixonada pelo padrastoBriga de buceta q buceta bateno puetalesbicas incesto contos consoleconto erotico huntergirls71pornomulher so de fio dental fininhaconto gay o nifeto do meu maridoinsesto com vovozinhas no porbodoidocontos eróticos Esposa e uma proposta indecente mulher tcheca dando a buceta pro enteado comercontos de incesto cumadreelq sentou ebsima do meu pauSexoanalsemdorso tia gostoza da bandas grandes dormindo que acorda trazendo com sobrinhoso contoseroticos completos no sofa do padrinho maria alice deu ate o cuzinhocomo fazersrxo pinto vibradorxvidio mim mostrano a bucetaxxxvides.com meu amigo enquanto jogamos video game ele vai fodendo minha maecontos eróticos esposa com papel higiênico na calcinhagrêlinhos lindosContos eróticos procurando aventura no clube de campocontoseroticos/mulherdopastorCarnavalnazoofiliaporno pai brincando de fazer cocegas na filhaContos eriticos putinha do meu cunhado bem dotado parte3Viadinho Aieee Contos Eroticosnovinha espia negao pisudo fudendo sua mãe pornonovinha tentou correr mas ele puxo e empurro no cu dela no xvidelcontos gay babydool maeXvideos as panteras ligou pro marido pra falar q ia dar pra outrocontos eróticos amadores traiçãofotos de bailarina safados fudendo dancando balé pornodoidocache:wNACedYikXQJ:gtavicity.ru/texto/20170544 conto erotico iniciando viadocomendo coroa. cabelo vermelho puta fasendeiramenininha da raça negra bem novinha batendo punhetas com bastante bontade e chupando o titioCONTO EROTICO: MINHA TIA TURBINADAxvdnovinha nao aguentou tres negaocontos eróticos bolinando e fudendo com minha cunhadinha novinha novinha e virgem encinando ela fuder gostosocontos eroticos entre irmas e irmaos de montes claros mgquero ver cestinha nua trepando gemendo e chorandoxvideo novinha gostosa tesão daquela P9pedindo colo para o papaixvideos.comEla me contou rebolou gostoso no pau do seu amante,confesso.meu cachorro lambe minha caucinha nas minnha coxasXVídeosgarota lindas de olhos verdesxvideos caseiro emfermera mindando banho eainovınha sendo comıda por um negao jumentoConto erotico pagou com a bundaabaixar tema vendo o primo transando com boneca inflávelpornomenina bofinho pegando uma morena gostosaPornos traição consendida 2018conto erotico velha casada banca negao pirocudo hq pornode a gangue dos monstrosMeninos batendo bogueti Conto erotico loira aos grios e choros numa foda relvagem com super dotado metendo forte com forcaMamae me pegou comendo minha irmã caçula contos19 redação do c* e o negão enfiando a picacontos eroticos menage bicontos eroticos iniciando menininhas