Comi o cu da minha tia, mas meu tio me pegou e...

Um conto erótico de Nuber
Categoria: Grupal
Data: 25/11/2014 07:26:04
Última revisão: 05/01/2015 08:21:11
Nota 9.28

Logo após completar 16 anos aconteceu uma mudança em minha vida que fez com que tudo passasse a ser completamente diferente.

Vitor é meu nome e apesar de minha mãe ser uma mulata, minha pele é bem branca por causa de meu pai ser loiro de olhos azuis.

Meus cabelos são cacheados quase loiros e tenho um corpo bem legal porque sempre gostei de nadar e vivia dentro das piscinas e das lagoas da região onde morava com meus pais.

Mamãe trabalhava como cozinheira em um restaurante e meu pai depois de um acidente que o deixou incapacitado para o trabalho vivia de sua aposentadoria. Era uma vida difícil, com poucos recursos e só não era pior porque tínhamos casa própria e não pagávamos aluguel.

Sexo era só as punhetas diárias no banho antes de dormir pra relaxar bem gostoso.

Meu pau tinha um tamanho razoável comparando com os dos amigos quando ficavamos pelados no vestiario após os jogos de futebol.

Tinha vários paus menores que o meu e o que se destacava bastante no meu corpo era uma bunda grande que herdei de minha mãe mulata.

Os amigos tiravam uma com minha cara comentando que eu tinha bunda de garota, mas nunca sofri nenhum “assédio” por causa desse meu “atributo” indisfarçável.

Foi então que após 10 anos quase sem dar noticias tio Marcos irmão de minha mãe, veio nos visitar e durante uma semana que ficou em nossa casa tornou o ambiente divertido com seu bom humor e alegria contagiante.

Tio Marcos também era meu padrinho, tinha 38 anos, casado, uma filha de 17 anos, era mulato como minha mãe e tinha um corpo perfeito com músculos muito bem definidos.

Ele então contou que tinha duas grandes academias de ginástica na cidade onde morava e pelo jeito estava muito bem de vida.

Durante nossas conversas tio Marcos perguntou senão queria continuar meus estudos em sua cidade já que naquela pequena cidade onde morava não tinha como fazer isso. Quando troquei idéias com minha mãe a respeito ela disse que já que o tio estava propondo ajudar-me com certeza isso seria muito bom e devia aceitar a sua oferta e depois de três dias viajei com ele.

Durante a viagem perguntei se minha tia e minha prima não iriam achar ruim de eu ir morar junto com elas e talvez atrapalhar a rotina que estavam acostumadas tio Marcos brincou dizendo que depois de ter conversado bastante comigo durante aqueles dias que ficou em minha casa ele resolveu me fazer o convite porque tinha certeza que não iria ter nenhum problema e que não era pra ficar preocupado com esse tipo de coisa porque tudo iria acabar dando certo. Tio Marcos comentou que tanto ele quanto sua esposa Hilda e a filha Monica eram pessoas bem diferentes das outras em matéria de comportamento, mas certamente logo iria me adaptar ao jeito deles.

Quando chegamos fui recebido com abraços e sorrisos e logo percebi que meu tio tinha feito igual minha mãe, também tinha se casado com uma loira e sua filha Monica era até parecida comigo pela cor da pele, os olhos esverdeados e só os cabelos que eram bem lisos, certamente freqüentava um ótimo salão de beleza.

A casa do meu tio Marcos ficava no terreno ao lado de uma de suas academias e era extremamente confortável e espaçosa além de ter uma linda piscina e no quarto que me foi oferecido tinha TV e banheiro privativo. Tudo estava sendo bem melhor do que imaginei.

O fim do ano era de muito calor e logo de cara já percebi que naquela casa ninguém se preocupava muito com roupas e gostavam mesmo de ficar bem à vontade e no segundo dia quando acordei de manhã e fui à cozinha sentindo o cheiro de café encontrei tia Hilda apenas com um shortinho de malha de babadinhos que além de deixar as popinhas da sua bunda grande completamente de fora estava totalmente atolado no rego. Com certeza ela usava aquele tipo de roupa pra dormir e quando ela se virou e me viu, deu um sorriso e me cumprimentou dizendo bom dia sobrinho querido. Se o shortinho que tia Hilda usava mais mostrava do que escondia a camisetinha que fazia parte do conjuntinho era mais escandolosa ainda e seus seios enormes siliconados pareciam que iam saltar pra fora e mal tampavam os bicos espetados naquele tecido bem fininho e então ela mandou me sentar e terminou de preparar o café com uma naturalidade incrível. Tia Hilda estava quase nua na minha frente e quando se sentou na cadeira do lado, pelo vidro transparente da mesa vi perfeitamente que o shortinho entrou na racha de sua bucetona e não teve como controlar minha ereção e meu short bem larguinho estufou a frente por completo. Tomei o café sem falar quase nada, mas de rabo de olho sempre dava uma olhada no corpão da minha tia. Os pelinhos loiros da pele descoloridos davam um toque ainda mais especial em suas coxas grossas e quando ela se levantou pra pegar um copo de leite e voltou a se sentar na cadeira o short entrou ainda mais entre os lábios de sua bucetona e uma parte dela apareceu diante de meus olhos ávidos.

Em seguida me levantei, fui pro meu quarto com o coração batendo forte e em segundos estava no banheiro batendo uma punheta pra tentar abaixar meu pau. Depois que gozei fiquei preocupado que tia Hilda notasse minha taradice e falasse alguma coisa pro meu tio, mas na hora do almoço senti que estava tudo normal e fiquei despreocupado.

Se minha tia Hilda não se preocupava em ficar com o corpão à mostra, minha prima Monica também fazia o mesmo e passei a vê-la transitando pela casa apenas de calcinha e soutien e ai a coisa pegou fogo de vez. Meu tesão foi a 1.000 e passei a bater punheta varias vezes no dia, meu pau ficava duro a todo instante olhando os corpos da minha tia Hilda e da prima Monica na piscina com seus minúsculos biquinis. Não demorou muito pra perceber que a tia Hilda era bem tarada porque quando tio Marcos chegava em casa ela já o agarrava e rapidinho o levava pro quarto. Eles faziam muito barulho transando e também notei que nem se preocupavam em fechar a porta do quarto.

A curiosidade de vê-los fazendo sexo era muita, mas eu ficava na minha com receio de me criar problemas.

O que me chamou muito a atenção foi quando tio Marcos após chegar da rua todo suado pelo calor tirou a roupa ao lado da piscina ficando completamente nu e pulou dentro d’agua. No time de futebol onde jogava na minha cidade tinha cois caras que tinham uns paus bem grandes e eles se vangloriavam dizendo que tinha 20 cm, mas com certeza o pau do meu tio Marcos era bem maior que os deles. Era mais comprido e bem grossão e apesar de ter visto apenas por alguns segundos também era bem cabeçudo. Com certeza o que tio Marcos tinha entre as pernas era o motivo principal dos gritos e gemidos de tesão da tia Hilda quando ele comia a bucetona dela.

Fiquei por perto olhando meu tio nadando dando braçadas fortes e logo ele saiu de dentro d’agua se sentando na borda da piscina e sorrindo olhou em minha direção dizendo:

-e ai Vitor... não quer dar uns mergulhos... pra dar uma refrescada?

-não faz nem uma hora que sai de dentro dela... já nadei bastante hoje tio!

-já que você esta por perto... faça um favor pra mim... pegue um copo de suco de laranja na geladeira... coloque umas pedras de gelo... pra ficar bem gelado!

Trouxe o suco de laranja que tio Marcos pediu e apesar de tentar não reparar naquele caralho enorme de vez em quando dava uma olhada rápida e não tinha como não imaginar como aquele membro descomunal ficaria quando completamente duro.

Meu tio me levou pra conhecer as academias e então quando me perguntou se tinha deixado alguma namoradinha na minha cidade resolvi abrir o jogo e comentei que ainda era completamente virgem e só ficava mesmo nas punhetas e ele então sorrindo disse que quando começasse a transar ia me tornar um tarado como todos na família. Dei um sorrisinho e fiquei de boa depois de ter me aberto com meu tio.

Durante nosso passeio em suas academias repletas de aparelhos de todos os tipos dava pra ver que meu tio com seu corpo perfeito todo malhado era muito assediado pelas mulheres. O safado colocava uma camiseta regata colada ao tórax e um short de lycra bem justo que delineava com perfeição o contorno de seu caralho enorme e se mostrava um macho sedutor e quando algumas mulheres mais assanhadas chegavam nele dando beijinhos ele já as abraçava deslizando suas mãos fortes pelos corpos delas deixando-as excitadas.

Passei a ir todo dia pra academia pra aprender e também ajudar no que fosse possível e também pude ver que tia Hilda também adorava ir a academia com seus shorts cavados minúsculos e toda safada fazia exercícios nos aparelhos deixando os homens de boca aberta quando olhavam para seu corpo espetacular e voluptuoso.

E foi então que um dia ao procurar meu tio em seu escritório pra conversar quando abri a porta encontrei o taradão pauzudo comendo minha tia debruçada na escrivaninha e a safada rebolava cheia de tesão sussurrando:

-fode sua esposa puta seu safado tarado... mete com força... arregaça minha buceta... seu safado... ahhh... que caralho gostoso... ahhh... que delicia... mete meu macho... fode sua puta tarada... ahhhh... quero gozar gostoso... me fodeeeeeeee seu cachorro safado!

Quando vi o tamanho da rola do meu tio entrando e saindo com força da bucetona tesuda da minha tia é que pude perceber que ele parecia um cavalo de tão grande que era. Ele socava até o talo segurando tia Hilda pelos quadris e a putona jogava o corpo pra trás pra sentir por inteiro aquele caralho quase negro que a fazia sentir muito prazer.

Meu tio estava quase de costas para mim, mas minha tia percebeu minha presença ali na porta, mas a safada não tava nem ai e depois de trocar alguns olhares comigo a putona gemeu mais alto gozando gostoso rebolando como uma louca espetada no caralho enorme do tio Marcos que dizia todo macho:

-rebola mais sua cachorra safada... só minha rola pra matar esse tesão sua puta tarada... fica mostrando o rabo e a buceta pros machos da academia e depois quer gozar gostoso... sua vadiaaaaaaaa... vagabunda... tarada... toma... toma... toma... engole minha pica sua cachorra!

Sai dali e fui pra o banheiro bater mais uma punheta deliciosa gozando mais uma vez.

Todo dia no café da manhã meu tesão ficava a flor da pele olhando o corpo voluptuoso da minha tia que adorava me surpreender com suas ousadias e dois dias depois que a assisti dando a bucetona pro meu tio quando cheguei na cozinha a encontrei nuazinha e fiquei parado na porta admirando sua beleza e ela quando me viu sorriu dizendo:

-Acho que depois que me viu transando com seu tio no escritório não preciso mais colocar roupa perto de você... adoro ficar nua dentro de casa depois de tomar banho... acho que meu sobrinho querido também prefere que eu fique assim não é?

Quando ela se virou de frente pra conversar comigo pude ver em detalhes sua bucetona bem cheia minha ereção foi imediata e meu short estufou no ato e só balancei a cabeça dando sorrindo e concordando com o que ela tinha dito e ela bem safada veio até mim e me puxando pelo braço me encostou na pia e me abraçando sussurrou nos meus ouvidos:

-meu sobrinho safadinho não pode me ver que já fica de pau duro né... seu safado! Teu tio me contou que você ainda é virgem... é verdade?

-sim... sim... eu... eu... nunca transei... eu... eu...

Tia Hilda rapidinho tirou meu short e pegou no meu pau duro como aço e comecei a suar e ficar ofegante e senti que ia gozar. A safada sabendo o que ia acontecer se ajoelhou diante de mim enfiou meu pau inteirinho na boca e com apenas tres mamadas dei um gemido alto e comecei a gozar um monte na boca quente da minha tia que sem deixar escapar uma gota engoliu tudinho minha porra quentinha.

Quando saiu a ultima gotinha de porra a primeira coisa que me veio a cabeça foi a preocupação de meu tio pegar a gente ali na cozinha fazendo sexo e todo nervoso disse:

-tia... e o tio... e se ele chegar e pegar nos assim?

A safada então tirou a boca do meu pau e sorrindo disse:

-pode ficar tranquilo meu sobrinho safado... teu tio já saiu logo cedo... relaxa que a coisa vai ficar mais gostosa ainda... to louca pra tirar essa virgindade do meu sobrinho taradinho... adoro jovens de pau duro por minha causa... agora que você já gozou e ta mais calminho vamos pro quarto... a tia vai fazer você gozar mais gostoso ainda... seu safado!

Quando entramos no quarto tia Hilda em segundos se ajoelhou na beira da cama olhou pra mim e sussurrou bem safada:

-me pega assim safadinho... come meu cuzinho bem gostoso... soca esse pau no cuzinho tesudo da tia... mete com força... você já me viu foder... sabe como eu gosto... soca bem gostoso... quero meu cuzinho cheio de porra do meu sobrinho virgem... fode meu cu safadinho!

Tia Hilda de 4 com aquele rabão maravilhoso era tudo que podia querer e sem titubear encaixei a cabeça do meu pau no cuzinho da tarada e soquei com vontade e passei a meter do jeito que ela queria. Apesar de ter gozado a poucos minutos não consegui me controlar por muito tempo e depois de alguns minutos gozei novamente dessa vez no cuzinho quente e apertado da minha tia tarada safada que rebolava como uma louca e gozou dando o cuzinho pra mim.

A safada me levou ao banheiro, tomamos banho e toda safada já pegou meu pau com a boca e em poucos segundos o fez ficar duro novamente e toda safada cravou suas unhas na minha bunda fazendo com que meu pau fosse bem fundo e a putona até lambia meu saco com a ponta da língua com ele todinho na sua garganta e então ela tirou por instantes e sussurrou:

-goza de novo meu safadinho... quero sua porra virgem na minha garganta... enche minha boca de porra... goza meu cachorrinho! Ahhh!

Nem sei como saiu mais algumas gotas de porra no meu terceiro gozo em menos de 30 minutos, mas meu corpo tremendo como tivesse levado um choque encheu de leitinho a boca tesuda da minha tia que engolia e lambia meu pau bem devagar e só após a ultima gotinha é que fui perceber que minha bunda estava ardendo demais e senti que as unhas da tia tarada tinham penetrado em minha pele bem fundas e saíram algumas gotas de sangue que escorreram pelas minhas coxas. O prazer foi tanto que nem me preocupei com isso e sorrindo ela disse que da próxima vez iria tentar não apertar demais, mas toda safada disse que provavelmente isso seria difícil de acontecer porque ela comentou que quando senti o primeiro jato de porra na garganta o tesão dela vai 1.000 e adora fincar as unhas no bumbum dos machos só pra mostrar que quem manda era ela. Definitivamente tia Hilda era uma maluca tarada e muito deliciosa.

Quando perguntei sobre as safadezas daquela família tia Hilda sorrindo bem sacana disse que logo eu iria acabar descobrindo tudo e que não devia se preocupar com isso e que era pra relaxar e gozar gostoso.

Realmente a coisa era bem mais quente do que podia imaginar porque três dias depois quando minha prima Monica apos ter voltado de uma excursão, tinha acabado de chegar em casa e a vi completamente nuazinha entrando no quarto do tio Marcos e quando cheguei mais perto já escutei risinhos e como a porta não tinha sido fechada por inteira pelo espelho enorme do guarda-roupas vi minha querida prima deitada em cima do corpo do meu tio dizendo:

- papai... eu tava de saudades de você... a excursão foi muito legal... me diverti muito... mas... senti muita falta do meu papai tarado... eu cheguei de madrugada... achei que você ia no meu quarto dar banho em mim do jeito que gosto... você foi muito mau com sua filha putinha!

Tio Marcos estava nu também e seu pauzão já estava completamente duro e minha prima se esfregava naquela rola como uma cadelinha viciada e ele todo macho a segurava pela bunda fazendo-a rebolar em cima dele e todo safado disse:

-sua putinha safada... garanto que deu essa bucetinha pra um monte de rapazes na excursão... te conheço sua vadiazinha... só que agora que chegou em casa ta querendo pau de macho de verdade né cadelinha... pede com vontade... senão não vou te foder sua putinha!

-seu safado... adora fazer sua filhinha de escrava sexual né seu tarado cachorro... sabe que adoro ser uma putinha submissa... então... por favor... come sua filhinha puta... tô louca pra sentir esse cacetão na minha bucetinha apertada... os meninos que me comeram... só tinham pauzinho... só o cacetão de meu papai tarado é que faz gozar gostoso... fode minha bucetinha papai... come sua filhinha tarada... ahhh!

Monica então se levantou e colocando uma perna de cada lado do corpo do tio Marcos encaixou aquela cabeçona enorme e brilhante na entrada de sua bucetinha que parecia ser tão pequena e foi soltando seu corpo bem devagar até agasalhar por inteiro aquele monstro dentro dela e gemendo toda tesuda começou a cavalgar deliciosamente espetada naquele macho que a fazia gemer loucamente.

Minha prima parecia estar ligada no 220 v porque parecia uma louca subindo e descendo seu corpo espetada naquele pauzão grossão que a levava ao delírio. Ela gritou gozando como uma cadelinha no cio e desabou em cima do corpo do tio se convulsionando por inteira.

Tio Marcos então se recostou na cabeceira da cama e colocou a filha de joelhos entre suas coxas e todo tarado disse:

-chupa meu pau putinha... quero gozar nessa boquinha linda... engole minha porra sua putinha safada vadia... faz teu pai gozar gostoso!

Monica caiu de boca no pau do pai e mamando como um bebe esfomeado logo recebeu o primeiro jato de porra na garganta e como sua mãe também era uma boqueteira fantástica e engoliu tudo sem deixar nenhuma gota escorrer. Logo em seguida vi que ela ia sair do quarto e então fui pro meu quarto com meu pau parecendo que ia explodir e em seguida bati uma punheta e gozei como um louco.

Minha prima Monica era bem mais magra que a mãe, mas tinha uma bundinha arrebitada que seria perfeita rebolando na minha pica e comecei a imaginar um jeito de comer o rabo da safada!

Não demorou muito para que descobrisse que meu tio Marcos era um tarado fodedor que além de ter comer a propria filha também comia as secretárias da academia e algumas periguetes que davam mole. Tia Hilda também era uma vadia que gostava de colecionar rapazes jovens e a safada gostava mesmo de dar o cu pra todos, menos para o pauzudo do meu tio. Nunca peguei ela sendo enrabada por ele.

Minha prima apesar de novinha e ter uma cara de santinha também era uma puta bem safada porque dei um flagra nela sendo comida por um negão enorme que tinha ido fazer limpeza na piscina. O negão tinha uma rola tão grande quanto a do tio Marcos e a vadia ficou de 4 na cadeira da piscina e o pauzudo socava aquela picona negra na bucetinha branca dela sem dó e a vadia gozava que nem uma cadela no cio.

A safada percebeu que eu estava assistindo atrás de uns arbustos e depois que o negão foi embora ela toda sacana veio falar comigo pedindo pra não contar nem pro pai e pra mãe o que ela tinha feito na piscina e todo safado já intimei a vadia dizendo que era louco pra comer o cu dela e a putinha pra me ter nas mãos já me levou ao quarto dela e soquei naquele cuzinho delicioso e gozei como um cavalo.

Tudo caminhava maravilhosamente bem comendo o cu da minha tia e da minha prima e meu tio parecia que não se importava em repartir a esposa e a filha comigo até que fui surpreendido de uma maneira completamente inesperada.

Estava dormindo em meu quarto completamente nu quando comecei a sentir um tesão incrível e apesar de estar ainda naquele estado de sonhando acordado senti uma mão apertando meu pau e foi então que depois de alguns segundos naquele torpor delicioso é que me dei conta que eu tinha um pau enorme e duro deslizando no rego da minha bunda e quando me dei conta e tentei levantar da cama senti as mãos enormes do meu tio me segurando e sua voz firme nos meus ouvidos dizendo:

-fica quietinho meu sobrinho... não adianta querer fugir... não vou deixar... se tiver que usar a força... acho que você vai se arrepender... fica quietinho e relaxa... você ta gostando muito... seu pau ta tão duro que não tem como querer me enganar... ta gostando de sentir um pau de macho roçando nessa bunda gostosa que você tem... relaxa seu safado... você andou comendo minha esposa e minha filha... agora vai levar o troco... vou comer teu cuzinho bem gostoso... adoro bunda grande e empinada que nem a tua... relaxa meu sobrinho... se tiver que ser na marra... vou te comer do mesmo jeito... vai ter que dar gostoso... sinta meu pau como ta duro de tesão por esse teu rabo!

Eu não conseguia articular nenhuma palavra e só sentia meu pau duro na mão do meu tio me punhetando e seu pauzão cabeçudo todo babado deslizando no meu reguinho e apesar de querer levantar dali e fugir daquela situação não consegui esboçar nenhuma reação e tio Marcos já me alisava todo e sussurrava nos meus ouvidos:

-rebola no pau do teu macho safado... eu sei que você ta adorando... teu pau ta duro que nem aço sentindo minha picona no reguinho e tocando no teu cuzinho... vou adorar enrabar você... se entrega que vai ser mais gostoso... vou fazer você gozar bem gostoso!

O safado com seu corpo forte colado em minhas costas me fazia sentir um calor indescritível e quase sem querer meu corpo se entregou timidamente e minha bunda começou a rebolar sentindo aquele pauzão enorme e quente roçando gostoso. Tio Marcos sentiu que já me tinha em suas mãos e todo tarado puxou meu corpo de encontro ao seu e deixou a cabeçona babada do seu pauzão bem na portinha do meu cuzinho virgem e completamente tarado mordeu de leve minha nuca e sussurrou:

-goza na minha mão meu putinho... goza que vai ficar mais gostoso... prometo que você vai adorar que eu seja teu macho... goza putinho!

Comecei a gozar copiosamente e meu tio pauzudo já dava umas fincadas no meu anelzinho que já tinha se acostumado com o calor e o prazer que aquele pauzão cabeçudo me proporcionava e então tio Marcos pegou toda a porra do meu gozo em sua mão e lambuzou todo meu rego e quando me dei conta a cabeçona daquela pica majestosa melecada com meu sêmen lubrificava meu anelzinho totalmente e ela pulou pra dentro do meu cuzinho. Dei um grito me sentindo rasgado ao meio, mas tio Marcos não deu a minima e socando e tirando bem devagarzinho aproveitando minha porra pra lubrificar tudo enfiou até o talo no meu cuzinho. Me senti sem ar e quase nem consegui respirar e Tio Marcos gemendo de prazer sussurrou:

-calma meu putinho... meu pau ta todo dentro desse cuzinho gostoso... relaxa que você vai ser comido por inteiro... vai gozar no pau do teu macho... rebola no meu pau putinho safado... ahhhh... que cuzinho gostoso... ahhh... rebola safado... da esse cuzinho pra mim!

Meu tio era um tarado sedutor e logo eu dava e rebolava como uma puta naquele pauzão que ardia como louco, mas me dava um prazer que nunca achei que pudesse existir e não demorou pra que ele me colocasse de bruços e passasse a me foder com força e todo tarado me dava uns tapinhas no bumbum dizendo:

-rebola putinho... assim... safado... nasceu pra dar o cu pro tio... cu gostoso... que sobrinho mais safado... goza de novo com meu pauzão atolado nesse rabo... seu safado... goza que vou encher teu cu de porra putinho gostoso... ahhhh!

Quando senti o primeiro jato de porra dentro de mim meu corpo começou a tremer e me convulsionei por inteiro e gozei como uma puta levando pau no cu. Que delicia era sentir um macho gozando dentro de mim e me entreguei por completo gemendo sem pudor e pedindo pra meter com força no meu cu. Deiiiii e gozei muitooooooooooo!

Passei 3 dias dormindo de bruços e sentando de lado, o tarado do meu tio deixou meu cuzinho virgem completamente arrombado e ardendo bastante. Achei que nunca mais ia querer que aquilo acontecesse novamente, mas quando acordei sentindo novamente meu tio me encoxando na minha cama meu corpo se incendiou novamente. Quando a cabeçona do pauzão do tio tocou no meu anelzinho ainda um pouquinho dolorido ele piscou como louco e quando ele todo tarado sussurrou nos meus ouvidos que tava doido pra me enrabar novamente empinei minha bunda e todo tesudo sussurrei:

-aiii tio... também to doido pra dar pra você de novo... devagar por favor... ainda tá doendo... seu pauzão é muito grande... mas... me comeeee!

Tio Marcos não tava nem ai e encaixando aquele pauzão enorme no meu rabo socou firme até o talo e apesar de alguns gritinhos logo eu rebolava como uma puta e passei a ser comido do jeito que todo viadinho tarado gosta, com força e sem dó.

Gozei com meu pinto completamente mole e o gozo foi ainda mais intenso do que da primeira vez.

Tio Marcos passou a me comer sempre que tinha vontade, o safado dizia que adorava comer cu de viadinhos tesudos que adoravam pau grande como o dele e disse que dei pra ele mais fácil do que ele imaginava.

Tudo ficou bem mais gostoso depois disso e na próxima vez eu conto pra vocês as loucuras que aconteceram naquela família!

[email protected] MCP1 hhhhhhhhhhhh6655

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
30/05/2019 07:31:13
Muito bom
20/11/2015 23:54:30
muito bom seu conto parabens - vi ele no perfil shortinho como favorito e gostei muito
Uke
08/07/2015 05:33:15
Hmmm dlc gozei 3 vezes com esse conto
30/12/2014 16:16:17
Me apresente esse seu tio...gostei
27/12/2014 10:37:31
Q família louca da porra
16/12/2014 11:04:13
Muito bom conto. Não deixe de postar. Leia o meu, você vai gostar.
14/12/2014 23:28:55
Que familia tão gostosa , desinibida e sem preconceitos. PARABÉNS, ADOREI.
14/12/2014 18:35:05
maravilhoso
14/12/2014 14:45:29
Muito bom!
09/12/2014 16:52:49
O moleque tomou no cu achando que estava metendo, kkkkkkkkk... Muito bem escrito.
05/12/2014 09:54:54
Delícia de conto. Você deve ser um tesão de viadinho.
26/11/2014 11:06:43
O conto foi bem escrito, mas duvido que vc comeu a tia e a prima, desde o inicio direcionou o conto para, no final confessar que tinha dado o cu para o tio. Nota DEZ.
25/11/2014 16:06:22
Grande demais kkk
25/11/2014 12:54:51
Excelente!
xs
25/11/2014 11:25:23
muito show. gostaria de ter um tio assim.
25/11/2014 09:52:56
Hum muito bom seu conto..continua a nos deliciar com seus contos

Online porn video at mobile phone


minha mulher e os gemeos bem dotado contos e entai eroticosjantar em familia mulher senta no colo do marido e começa a transar sem a familia desconfiar pornoconheci uma bichinha com bundinha arrebitada e comiOLHA AMOR, TÔ CHEINHA DE PORRA DE OUTRO MACHO.comendo traveco na casa abandonadacontoerotico com mulher casada e negroconto erotico eu, minha namorada, minha mae e meu tiocuiadia de xortiu d dormi d regataCacetes gossostravestis dominadora fez homem casado virar mulherzinhacontos eiroticos leilapornxvidios de magras novinhas nova firgen estrupadanovinha paitihafiz minha esposa chupar seu pai enquanto fodiamosvendeos Ian pega sogra nua no quartono quarto podolatria xvídiogostoza madano goza nabucertapornota doendo gosa logoconto erotico gay dei sonifero pro meu filhinho e comi elecontos eiroticos leilapornconto erótico evangélica bunduda virgem e o mecânicoFiquei toda arregaçada com o pedreirocomo faser chortinho de praiaxvideo porno gay guarda chama prisoneiro pra tocar punheta até goztravicante levo novinha no casaFotos de surubas com comtosme tornei amante do meu paiwww.xvideos festas esposa branguinha mini saia preta corno manda amigo da drnks e sexovídeo da Sarinha do homem lambendo pequena mulher a mulher lambendo o pau do homemvideos porno tio estrupando a sobrinha no cu er na buceta agoca com seu iaoxvideos rolas chapuletadas gozandocontos eroticos minha esposa ficou excitada quando viu o negao pauzudomulher pelada ao fundo som de colerinhacoroa aproveitando do novinho dotadppornô amador conto erótico de mãe divorciadametendo de lado e goasano na portinha da bucetacontos eroticos sou casada e chupei o pau do negao pelo buraco da paredeRelatos de novinhas brincando de pique escondesogra convense a filha virgem perder cabaso .com seu maridomolequeputofissurada em ser chupada na buceta contomãe fraga tiu abuzedo da sua filhaincesto com meu vô contosmeu marido broxa contoxividio doi de mais meu cucontos eróticos reais nnnnegao Arobando o viadinho xx videosXVIDEOIRMAPUNHETAxvideos mulhe está tomando um banhozinho e aí aparece um homem eai eles se comecache:bXi9Mcaf17gJ:http://zdorovsreda.ru/texto/201603808+meu dogue meu amante chorei mas gostei contoconto prazer de receber uma punhetinhadois paus no cu do viadopornodoidoxvidios a mae meteno mas u filho madano ele goza detoXVídeos mulher melancia na calcinha e outra no varal para secarmultidão contos eroticoscontos eroticos gay o doce nas suas veiasassistir uma piriguete trepando pela primeira vez coleirinha e virgemestragaram#calcinharosafilho fas mae aregapapai e filhinha parte3Patro com tesao molesta empregada dormindo,xvideoscontos eróticos, fatos veridicos com bem dotadoxisvido cruzametoContosporno natieli gozando na pica grossa do negao pauzudocontos eiroticos leilaporn"atolado no meu cuzinho"rapaiz d cueca xvidiocheirei a bunda da gorda conto eroticoas panteras filmes porno a cordano minha intiadaXVídeos cara empurrando a rola na b***** da nega e saindo pusContos eróticos transando com o genro e a diaristacontos porno gratis estupro sadomasoquismo submissãovideo de homens que ficaram garrados depois que homen enfiou o pinto e seu saco dentra do cu de homen porno e ficaram grudadosConto hotwifeconto erotico,podolatria no pet shopirma disse q n cu n e pecado incestocontoseroticos/comadre rabudabdsm humilhaçao extrema contoContos eroticos flaguei minha mae dando pro caseiro e tambem quizNoviha cemtano no carahaonovinha cumessando a nacer peito vasendo boqueti xvideogozei na boca no caminhaogozando. no travesseiro e virando os olhinhos xvideo,comquequero tranzarboquetepornoirado com irma so de shartinho tocando teclado e acabo fudendo elamulher de caminhoneiro se masturba em casa sozinha contosxisvideo patra ve empregada no quarto peladinha e fodeas mas gostozas di chortinho