J e J – meu irmão, meu amor meu macho.

Um conto erótico de Mrpr2
Categoria: Homossexual
Data: 28/01/2014 16:55:09
Nota 9.15

Meu nome e Jair tenho um super irmão chamado Jairo que sempre cuidou de mim. Minha mãe é mãe solteira o que fez com que Jairo cuidasse mais de mim, pois ela precisava trabalhar. Meu irmão esquentava a comida, tomávamos banho juntos e íamos para a escola onde sempre aparecia alguém querendo me bater e meu irmão me defendia. O tempo passou Jairo arrumou trabalho e eu já com 18 anos no ultimo ano do ensino médio. Minha mãe trabalhava a noite eu fazia a janta esperava meu irmão chegar, jantávamos e eu ia para a escola. Jairo sempre me aguardava chegar da escola para dormir.

Jairo e muito bonito forte naturalmente, encorpado, moreno, 1.80 de altura, ele não gosta de pelos então raspa tudo em todos os locais e me ensinou a fazer também. Ai como eu gostava dos nossos banhos juntos depois que crescemos paramos, mas eu sempre arrumava um assunto para conversar com ele enquanto Jairo tomava banho aquilo me fazia bem eu gostava de vê lo nu com a água percorrendo seu corpo. Quando minha mãe não estava em casa ele ficava só de cueca o que me deixava super excitado. Eu como Jairo sou moreno, também sou encorpado e bundudo, modéstia parte tenho um bundão muito bonito e cochas grossas lembro quando meu irmão me ensinou a fazer a barba e depois quando me ensinou a raspar o resto axilas peito púbis saco a bunda fiquei com medo e ele raspou para mim. Me apoiei nas parede do banheiro empinei bem a bunda e Jairo raspou a partir daquele dia ficava aguardando ansioso o dia que ele novamente tocaria em minha bunda quando eu fiquei mais experiente em raspar os pelos ele pediu para que eu o raspasse a bunda pois apesar dele conseguir fazer era mais seguro se outro fizesse como era linda sua bunda não tão grande como a minha mas muito atraente, mas a parte de Jairo que mais me chamava atenção era seu pau moreno era grosso ficava me imaginando chupando mas ate então o maximo que havia acontecido era eu pegar nele duro. Jairo era muito carinhoso comigo e atencioso aquilo me encantava, mas por ele ser meu irmão e por medo de perder seu carinho não tentava ir alem. Jairo sempre me contava de suas ficadas o que me deixava com ciúmes e excitado ao mesmo tempo. Queria ser feliz ter e dar carinho a alguém então achei melhor investir em outras pessoas.

Conheci um rapaz da minha idade e marcamos um encontro, estávamos caminhando conversando e ele me pediu um beijo disse que no meio da rua eu ficava sem graça ele então me chamou para um beco meio receoso eu fui. Estávamos em pleno beijo quando escuto meu nome:

_ Jair!!! O que você esta fazendo?

Era meu irmão o rapaz percebeu que meu irmão estava nervoso e saiu correndo.

_Vamos conversar em casa moleque.

Jairo não disse nada ate em casa chegando lá primeiro verificou se nossa mãe estava em casa, pois era domingo. Confirmando que ela não estava Jairo me disse um monte de coisas do tipo que não esperava isso de mim, bem que minha mãe me avisou que eu estava te mimando demais, comentários na rua, ele ate desconfiava, mas nunca imaginou que eu ficava de esfregação com macho pelas ruas. Chorando rebati que nunca tinha feito isso e só aconteceu aquele beijo eu ainda era virgem e ate aquele beijo foi o primeiro de minha vida e só não havia acontecido antes porque quem eu amava não percebia meu amor e eu tinha medo de me declarar abertamente.

_ Quem? Quem e esse cara? _ Perguntou Jairo. Não respondi e fui chorar em meu quarto.

Ficamos algum tempo sem nos falar, nossa mãe perguntava o que tinha acontecido e Jairo olhava para mim e respondia que não estava acontecendo nada. Estava muito triste com aquela situação então resolvi conversar com Jairo e jurei que nunca realmente tinha tido nada com ninguém novamente ele me perguntou por quem eu era apaixonado abaixei a cabeça, Jairo se aproximou e me disse que não faria nada contra essa pessoa e dependendo ate tentaria me ajudar, pois ele não se importava em eu ser homosexual apenas não queria que eu corresse risco pelas ruas, nem me envolvesse com qualquer pessoa.

Nos reconciliamos porem Jairo mudou um pouco comigo, não abria mais a porta do banheiro para conversarmos, não ficava mais apenas de cueca quando estávamos a sos e calor alem de ter diminuído os carinhos de abraços e beijos que me dava no rosto, na cabeça, me entristecia com isso porem estava preparado para o pior ate que foi melhor do que o esperado.

Jairo namorou com uma garota a algum tempo no começo fiquei enciumado, mas nada eu podia fazer, eles brigaram e meu irmão ficou alguns meses sem ninguém e diferente das outras vezes ele não saia para encontrar ficantes e como ele era bem fogoso peguei por diversas vezes ele na punheta de madrugada, porem fingia não ver, durante o dia quando estávamos em casa ele aumentou as idas ao banheiro.

Depois que meu irmão descobriu meu interesse por garotos não mais pedi para ele me depilar a bunda, mas os pelos já estavam me incomodando peguei uma aparelho de barbear e fui para o banheiro, meu irmão viu e como eu estava demorando bateu na porta para saber se havia acontecido algo. Disse que estava tudo certo, mas como eu continuei lá dentro ele insistiu então disse que estava tentando depilar a bunda, mas estava com medo de me cortar e com vergonha dele. Jairo disse para eu parar de bobeira que poderia me auxiliar, deixei ele entrar Jairo passou a espuma em minha bunda o que me fez arrepiar todo acho que ele percebeu e demorou mais que das vezes anteriores neste processo. Passou a lamina e depois disse que iria conferir passou sua mão em minha bunda e seus dedos em meu rego impossível não se excitar, Jairo passou mais uma vez e desta vez colocou seu dedo na portinha do meu cu começou a enfiar e parou.

_ Desculpe Jair não sei o que me deu.

_ Não foi nada a culpa e minha eu que não devia ter te chamado.

Sai e fui para o quarto me trocar, Jair foi atrás de mim e disse que ele era e continuaria sendo meu irmão e eu sempre poderia contar com ele acontece que ele estava a um tempo sem mulher e acabou se excitando, mas que não aconteceria de novo.

Uma semana depois Jairo chega em casa tarde da noite bêbado ele nunca tinha feito isso, minha mãe acorda assustada Jairo começa a falar um monte de coisas e peço para minha mãe ir dormir na casa da irmã dela minha tia que ficava a umas duas casas a frente da nossa que eu cuidaria do meu irmão. Jairo me diz que não sabia mais o que fazer que não conseguia tirar minha bunda de sua cabeça que aquilo era errado pois eu era seu irmão, eu pedia para ele se acalmar e falar baixo pois já era tarde da noite consegui tirar a garrafa de sua mão e o levei para o banheiro ele era mais forte e não queria entrar então briguei com ele falei o mais forte com o maior tom de autoridade que tinha ele se assustou pois nunca tinha me visto falar daquela forma. Comecei a tirar sua roupa e ele a se excitar, me virei para ligar o chuveiro e Jairo me abraçou por trás, sentia seu hálito com cheiro forte de cerveja seu cheiro de suor, seu corpo quente e principalmente seu mastro duro em minha bunda. Tentei dizer para ele parar mas ele me virou e me beijou, perdi minhas forças ele me dominava, arrancou minha roupa me colocou apoiado na parede usou um champoo para lubrificar minha bunda e me penetrou, tentei sair pois doeu muito era minha primeira vez ele estava bêbado e não controlava muito a sua força, ele vendo que eu tentava fugir me imprensou contra a parede e enfiou tudo que ainda não tinha entrado começou a meter de forma descompassada doía muito mas ao mesmo tempo eu comecei a me excitar aos poucos o tesão foi tomando meu corpo, meu irmão já metia com mais ritmo e foi ficando gostoso.

Jairo sentou no vaso e me mandou sentar em seu cacete. Sentei e comecei a rebolar ele todo suado me beijava, apertava meu corpo e me mordia logo senti sua porra quente me invadir goze forte em seu peito chegando a ir porra em seu rosto que eu lambi.

Jairo e eu tomamos banho juntos mamei muito em sua vara aquela noite, dormimos pelados na mesma cama. No outro dia conversamos e a partir daquele nos transávamos praticamente todos os dias às vezes mais de uma vez sempre que minha mãe não estava ou já havia dormido.

Minha mãe faleceu 3 anos depois, Jairo se casou e eu fui morar com ele e minha cunhada. Hoje eles tem 3 filhos, eu trabalho pela manha e cuido dos meus sobrinhos pela tarde e minha cunhada o inverso. Jairo e eu continuamos a transar ele nunca permitiu que eu namorasse, sempre fica nervoso quando alguém menciona que devo encontrar alguém minha cunhada sempre dizia isso no começo, mas agora ela nem toca mais no assunto. Nunca disse abertamente sobre eu e Jairo a ninguém, mas algumas vezes creio que minha cunhada sabe de tudo ela era bem mais ciumenta no começo agora já não esta tanto às vezes ela me olha com uma cara muito estranha principalmente quando briga com meu irmão.

Já pensei em procurar outra pessoa para mim, mas tenho medo de Jairo fazer alguma coisa, eu amo ele gosto de transar com ele é muito gostoso, gosto muito dos meus sobrinhos acho que não conseguiria ficar longe deles. No fim acho que me acomodei com esta situação, dividir meu macho, meu irmão, meu amor com outra pessoa, viver sobre o mesmo teto e cuidar de seus filhos não sei se existem outras pessoas nesta mesma situação não sei por quanto tempo mais isso vai continuar só sei que por enquanto essa é a minha vida. Sou Jair tenho 35 anos, moro com minha cunhada, meus três sobrinhos, amo muito e transo com meu irmão.

Autor: Mrpr2

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
27/05/2016 00:16:44
10
23/11/2014 04:05:30
EXCELENTE A QUALIDADE DESSE CONTO.
21/11/2014 23:58:40
Caramba
10/02/2014 23:21:52
Curti cara... parabens....!!!!!
29/01/2014 12:10:37
ola meu querido eu estou lendo seus contos hoje e já estou intimamente envolvido sentimentalmente.... eu concordo com o nosso amido dawsom .vc merece e tem mais é que ser feliz......e por favor ñ pare de contar os seus contos com o seu irmão Ok? e outro tbm abçs
28/01/2014 18:32:30
Cara quem somos nos para julgar alguem. Na minha humilde opiniao vc deveria continjar com o sdu irmao, se ele ti dar amor carinho atençao e uma familia nao procure ninguem la fora. Se vc for so vai achar ilusao em time qhe esta ganhando nao se mexe apenas recolkcamls algumas peças que estao faltando. Seja feliz como esta abraço.
28/01/2014 17:56:19
Mrpr2, você é um dos melhores autores da Casa. Fico simplesmente maravilhado com a facilidade que você cria histórias que prendem o leitor do início ao fim. Amo elas nesse estilo mesmo. As vezes chego a ler duas, três vezes suas histórias. Você é fabuloso! 10 pra você, querido!
28/01/2014 17:50:23
Seu conto é muito bom
28/01/2014 17:30:31
Gostei:) você podia fazer uma continuação:)
28/01/2014 17:29:32
MUITO BOM
28/01/2014 17:26:51
Bom!!

Online porn video at mobile phone


comend9a novinha gosrosa no matinhocontos eroticos com tapas e palavroes e sexo agressivoconto erótico gay amigo pretinho jeguerebentado o cabaço com cacetudocontos eiroticos leilapornamiguinhos emos loirinhos fazendo sacanagemtaubateana xvideossogra da cu p genro p nao engravida deleFiquei toda arregaçada com o pedreirover video porno mae gts malhando em casa sem calcinha seu pai vercontos incestuosos papai. trepando com filha casada e genro olhandoporno doido travetis fundenovirgemcasadoscontoscontos de incetos e orgias entre irmaos nudismo piscina em casaconto erotico gay cunhadostia marta safada deixa exfrega meu nesse raboContos eróticos gay quatro guri arrombaram meu cuHistorias erosticas baitola sendo enrabado pelo o padrasto e chorapau groso egosanoPorca reprodutoras buceta crandemarentinho querendo o cu do amigo yaho tias vocês ja imaginario trasando com sobrinhosNegro comeu gay na roça de salvador conto eroticovideo de sexo gostoso purro sexo mulher com doismulheres taradas po cachorroesb tarzaporno em familiacavalo tirando virjidade da potrinhaxvideo tadinha papai socou até a mão na buceta delasafadinha em cima da cama com hugo e cunhadoconto erotico velha casada banca negao pirocudotarado estorando boi no mato xvidio.comcontos as calcinhas da minha sobrinha branquinhaTHeo eTonnyxvideo vou contar como transei com minha inquilina da bunda grandechantageou a coroa para se dar bemmulheris malhaodo porncontos eroticos em navios mercantesContos pornos-estuprei minha sograpornodoidogarrafascontos meu marido e usa cocaína e pede pra eu chupar pau de outrocazal de namorados a faser sexoPica cabeçudas encaixando espertinho na xanarelatosacanamae pelada dando um cosenho pa amae dele parra trnza video pornonovinia alizando sua bucetiniameninas do volei abaichando chorts e mostrando a bucetaContos mendiga pornoMeu marido espera na sala enquanto sou arrombada na cama delefogosaloiraesposanovinha mostrando a buceta gozada com 10 picadinhos rabada bucetaas navia perdebi cabacochamou a enfermeira pra cuidar do marido e flagrou trepadarelato erotico/esposa e o velho zeladormarido gosta de ver sua. muler com outro pintudoo que singnifica a palavra merstubanoaprendiz do sexo porno falando palavroescomendo uma bunďa lisinhapornomulheres que urináofiquei de camisola e sem nada por baixo e levei varacontos de putaria sou puta do negao meu vizinho fez um buraco na paredematava aula para dá o cuprovoquei meu pai calcinhairmalouca pra perdero cabaco pro irmarporno++o++encanadorescravizada por chantagens contos eroticoscontos-esfregando na bundinha da netinhamulher casada realisando fantasia e fica com dois negrao dt youtubmulheres provocando pedreiros encanadores que vão receber suas casas de casadosvi meu genro transando contoconto erptocp gay paiqontos eroticos banho com minha irman mais velhaefiou a pica todinha no geysinho sem camisinha ele gostou