Comí a vizinha e ela ainda apanhou do marido

Um conto erótico de Ivan
Categoria: Heterossexual
Data: 25/01/2014 12:28:07
Última revisão: 25/01/2014 12:38:45
Nota -

Escrevi um conto no diaComi a vizinha na cozinha dela) na qual aquele se repete nesse conto até o o 8º parágrafo(Explicações).

Tarde, por volta das 15 horas nova mudança chegando no cortiço, e como sempre eu de plantão, sem nada a fazer, pois trabalhava no período da manhã naquela semana. E para surpresa a mulher, uma loura estatura média( 1,60 em média), não malhada, corpo normal, sem gorduras perceptíveis, cabelos cacheados em cima do ombro, aparentava ter uns 24 anos. O marido, um senhor com rosto sério, aparentava uns 40 anos. E uma filha de uns 3 anos, branquinha, a muito parecida com a mãe.

Pra minha surpresa, eu já havia conhecido, essa mulher uns 10 anos atrás, em um comício no Centro da cidade, naquela época eu fiquei impossibilitado de ficar com ela, pois estava de trabalho. Depois daquele dia a ví mais umas 3 vezes na rua, mas não tive oportunidade nem de conversar, e logo não a ví mais.

No dia da chegada da mudança, ela me viu, e percebi que ela ficou meio desconcertada, e disfarçou, para que seu marido não percebesse.

Eu me empolguei, pois na hora pensei na possibilidade de pegar, e logo que no momento de descarregar a mudança, a todo momento que ela passava perto da minha porta, eu fazia questão de dar aquela famosa comida de olho.

A semana transcorreu, e ela logo se aproximou da vizinhança, e logo se juntou ao grupo das donas de casa que toda tarde ficavam conversando no pátio. E eu lógico, que quando tava no meio delas fingia, que nunca a havia visto antes e conversava de forma normal, e ela também fingia da mesma forma. Mas quando ela ia ao tanque lavar alguma coisa(Esse tanque ficava posicionado na parede do lado de fora perto da janela de báscula da minha cozinha), eu ficava do lado de dentro da cozinha, oculto de forma que outras pessoas não visssem e dava-lhes cantadas, apertava meu pau dentro da bermuda, e ela do lado de fora, aceitava numa boa.

Essa sedução durou em média umas 2 semanas, até que começamos a trocar bilhetinhos pela fresta da telha dos banheiros, usando uma cadeira pra dar altura(Os banheiros eram separados apenas por uma parede, eram coberto de Eternit e não tinha forro).

E nessa dos bilhetinhos marcamos um dia de nos encontrar no Centro da cidade. Ela esperou o marido sair para o trabalho, pegou o ônibus e rumou para o local, deixou sua filhinha na casa da mãe e logo as 13 horas no prego estava perto de um motel no Centro da cidade(Esse motel é conhecido, pois como não possui muito conforto, como estacionamento, ar condicionado, logo é muito frequentado por pessoas que quer dar uma rapidinha). Mas assim que me aproximei dela, ela logo disse que não podia demorar, pois seu marido chegaria do trabalho as 17 horas, e ela tinha que estar em casa, pois ela ciumento demais.

Então sem perder tempo a convidei pra entrar naquele motel mesmo, ela também não pôs obstáculos, e a passos rápidos, sempre olhando em vários sentidos, para ver se não tinha nenhum conhecido por perto, adentrou àquele estabelecimento.

No quarto jogamos um pouco de conversa fora, só pra deixá-la mais tranquila, ela falou sobre sua família, dizendo que havia ido morar com ele, pois tinha tido a filha proveniente de uma relação de adultério dele, e ele deixou a família dele, e resolveu morar com ela e a filha. Mas que ele era muito ignorante, ciumento em excesso, e discutia com ela até se a vesse conversando com outros homens.

Mas logo, comecei a abraça-la...beijando seu pescoço, e sussurrando no seu ouvido, sempre lhe acalmando, e nessas horas eu viro mutante(Fico com várias mãos-tipo caranguejo)pois minha mãos rodavam todo seu corpo ao mesmo tempo, e quando chegava na buceta dela, sempre alisava de forma mais forte sobre o short jeans que ela usava.

Logo quando percebi que quando eu passava pela buceta dela, ouvia lhes gemidos, então passei a enfiar o dedo entre as pernas dos short, e alcancei a sua buceta, que já tava molhadinha, e ela nessa hora aumentou de forma nítida os gemidinhos, não mais aguentando coloquei ela deitado sobre a cama, despí-lhe suas roupas e as minhas, posicionei ela de pernas abertas, aproximei minha boca e iniciei uma deliciosa chupada na sua buceta úmida. De vez em quando eu prendia de forma suave seu grelo com meus dentes e com a ponta da língua eu acariciava forte a parte que ficava presa , aí ela se contorcia, gemia alto, e apertava minha cabeça contra sua buceta, e prendia minha cabeça com as pernas. De repente ela me tira dessa posição rápido e fala:

- Desculpa, ninguém nunca chupou minha perereca, eu não aguentei tanto prazer, e acho que até fiz xixí.

Então a deitei na posição tradicional, abdome pra cima, pernas abertas e erguidas, e comecei a pincelar a cabeça do meu pau na sua buceta, de forma que quando chegava na entradinha sempre colocava a pontinha da cabeça dentro e dava uma esfregadinha. Ela se mexia, se apertava e gemia gostoso.

Até que não aguentando mais segurar, eu fui entrando bem devagar, e sentindo o calor daquela buceta grande, inchada, e com um pouco de pelos louros.

Iniciei o tradicional vai-vem, sempre fazendo questão de fazer de forma circulatória(Rebolando), logo percebi que ela estava tendo o ápice do prazer mais uma vez, e eu não consegui mais segurar e explodi em gozo dentro de sua buceta, pois eu não estava usando preservativo, e ela não havia feito questão(Mas nunca deve deixar de usar preservativos, exceto os cônjuges fixos). Fiquei uns minutos dentro dela, parado, sentido o calor de sua buceta, e dando espasmos de gozo, podia sentir sua buceta contraindo e apertando meu pau.

Logo caimos exaustos um ao lado do outro. Conversamos rimos um pouco, de repente ela se levanta e disse que já estava atrasada, nos vestimos e saimos. Na rua esperei ela pegar um ônibus antes do meu, pra não chegarmos juntos.

Quando eu cheguei em casa, o marido dela já havia também chegado na casa deles, e ouvia eles discutirem, ele sempre perguntado onde ela havia ido, e ela sempre dizendo que era na casa da mãe dela. Ele não acreditava, e pelo barulho, parece que estava jogando alguns objetos no chão. Eu do outro lado, estava trancando de medo de ela não aguentar a pressão e falar a verdade.

No outro dia, ela apareceu no pátio com alguns hematomas no braço, e infelizmente eu percebi que ela havia sido agredida pelo marido, e pra piorar, uma de nossas vizinhas sempre ficava jogando indiretas, dizendo que sabia por que ela havia apanhado, e desconfiava de uma pessoa.

Um pouco tempo depois mudamos daquele local, e nunca mais a ví.

ESSE CONTO É REAL, VERÍDICO, ACONTECEU A UNS 22 ANOS ATRÁS.

Nosso e-mail é: [email protected]

Sex log é: sexlog.com.br/herivan2009

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.

Online porn video at mobile phone


narrativa da primeira vez chupando um pau e engolindo o gozovidios de sexo de casais e namoradas aliciadas no cinema eroticos e parceiros fingi nao veBuceta cazera chote curtoTa tarada roludo vendo novinhas com cálcinhas melecada contos eroticos pastor faz irmãzinha chorar com pau grande no praboContos eróticos mulher do pastor dominou e humilhou minha esposacontoerotico eu namorada mae e tiocomeu o cu da filha do patrão novinha de17 pornodoidomarido vendo amolecer comida no Motel com dois homens bem-dotadosler contos eróticos primo com prima gordinha gostosa d********* para o primo bem dotado história reala minha mae obrigou meu padrasto tira a minha virgindadecunhadinha dando de shortinho bem curtinho São Paulo com a cunhada Patrícia de mim gostosinhovidios travestir com rola geande grisa bonitaincesto com meu vô contosmenina fudedo com xortiu de dormicomendo debrinha com abuceta defora e gozei dentrox video mulher fudendo uma rola grossa e garecontos porno fui obrigado a pagar a apostamenininhae gueyzinho xvideogarotas punhetando incesto onlinepretinhamagrinha dando pro titioXvideos as panteras ligou pro marido pra falar q ia dar pra outrocontos eróticos amadores traiçãoporno filme grande que demore😉😉Conto tenho orgulho de ser bundeiraContos eroticos gay pegando no pau do meu irmao por cima da toalha dpois do banho na beliche xvideo chapeuzinho Vermelha no bosquecontos eiroticos leilapornbrincando escanchada contos pornoconto erótico de menino chupador de pau dos amiguinhosconto erotico vizinha me pediu q eu cuidasse da sua filhacontei pro meu marido que ele não dava no couro por isso que é corno contos eroticoscontos eroticos o nascimento dos peitinho da maninhaestupro esposa contos eroticosNegro comeu gay na roça de salvador conto eroticofodendo a comadre contosMACIEIRA SEXO PORNOLer contos eroticos de transei com minha cadelacontos de sexo depilada na praiaXnxx grisalhos negros pau de cavalo arregassando buceta das loirasmulher esfregano boca da buceta na cabeça da picavideo de sexo e porno comendo mulheres escodido porbaxo do vestidoporno criamca. di. 7 do abuceta pormo piqitocomeinha buceta to com tesãoVidios porno mulher centa na agua friaHomem com pau grosso descabaça a filha dormindo contos eróticosconto erotico padastro humilhameu bundao esta seduzindo meu filho filmeMeu cão ralf me comeu contocontos erótico menininha na torcida minha tia safada dando em cimademim pornofime de porno mae e filhatrazano no banheromulher casada se ensinuando para negao ate ele nao resistircoloquei um fil dental e dei meu filho video pornoConto erotico vizinha carente peituda amamentandocaseiro homem sai e o jardineiro come cu da mulhermulheres que se arependeram de ter dado pro negao do penis gigantexnxvidio minha mae chupo meu pau com camisinha .comfotos contos eróticos lidos corno bixcideo tiacrente encoxadacontopenisgrossoxvideoa aventuras anal gay sexo anal ate goza dentro no pelo anal gayvide pono pai fendo afila tomando bainocache:qdA4C-nsN0AJ:zdorovsreda.ru/texto/201403719 ninfeta safada gostando de ser espiada no banho e provocatirei a virgindade dela contos eroticos de lesbicascontos eroticos "escrava" "trapos"eu fui encoxada pelo meu sobrinho tarqdoEnpregada sendo encoxada por trs de sainhaporque quando fico peto da minha amiga eu fico coms calsinha toda molhadinhaquando amosao tola pirocao no cu com forca e te machuca porno++o++encanadormulher com mulher tomando banho nua mostrando o bichão tabacãorelatos de minha sogra e muinto greluda e pentelhudairmsa emcoxada no banheiro pelo irmaoconto erótico fui obrigada a f**** minha irmãzinha novinhame fode seu desgraçadoxxvidio casada do jorroxxvideo asistir homem corendo a cabessa na buceta da mulhercentei no colo de papai senti sua pica na minha bucetinhaconto erotico gay viado submisso vira femea do negaofotos d negros com o pinto d fora agarando com as maos peladosConto erotico- mete seu pauzudo, come a sua mae putaxx videos lesbicas en fando amao no do amigoxxvide pono gratis gemo e gritanoGozei na buceta da crente velha contosx videos. Voyer . Sexo. poe so a cabecinha senao eu gozomarisa quis transa cm negal cacetudoestrupando enpregada amarada na camaputaobucetaoestrupadaporladraoXVídeos vestidos para Cilenecomi o cuzinho do valentao a forca contosvideo das dançarinas mais gostosas fudeno subino e descenoxvideos gay dando pro bebinho novinho da ruaconto gay ele se revoltou e tomou todasirma punheta toma leitexvideo prima soltinho cultoxvido molhe faz morido trasa com ela e a amegraXxvido forçanda