Minha Vida de Corno VII - A Chantagem final

Um conto erótico de Reinaldo
Categoria: Grupal
Data: 18/11/2013 15:40:24
Nota 7.00

Continuando...

Fiz o que ele pediu, e estando novamente de costas ele mandou meu marido abaixar a calcinha bem devagarzinho para minha bundinha ir aparecendo aos poucos, meu marido se abaixou em minha frente e foi tirando lentamente a calcinha e eu se apoiando em seus ombros levantei a perna para que ele a tirasse totalmente, fiquei ereta novamente e seu Antonio mandou dar uma viradinha para ele ver agora todo o material que seria dele a partir daquele momento, fiz como ele pediu e ai veio nova ordem:

- Isso agora fique de quatro como uma boa cadelinha para que possa ver seu cuzinho e sua bucetinha.

Com lágrimas nos olhos fiz como ele pediu e meu marido também chorando abaixou de vez a cabeça, mas ai foi a humilhação fatal para meu marido, o Sr. Antonio rindo falou:

- Agora você corninho, tira a roupa, quero ver você de pica dura quando eu arregaçar sua esposinha.

Meu marido relutou em tirar, mas seu Antonio rindo deu a ordem novamente. E não tendo como recusar, meu corninho ficou de costas para ele e ficou pelado, e ai veio a nova ordem para virar de frente, porque ele queria ver como meu marido era um bom corninho manso e ficava excitado por mostrar a esposa nua.

Quando meu marido virou, o Sr. Antonio caiu na risada e falou:

- Tem mesmo de ser corno, com uma piquinha dessas que é menor que meu dedo, e o pior, como pensei esta durinha por ver a mulher se mostrar, e deve ser viado também, porque preferiu me mostrar a bundinha antes de mostrar o pauzinho.

- Porque o choro garanto que no final o corninho terá gozado muito e a Drª irá adorar e pedir mais, e você seu corninho traga sua esposa até mim e me peça para fudê-la.

Meu marido me pegou pela mão e levou até ele e falou:

- Ela é sua.

-Não assim não, peça direito como um bom corninho obediente.

- Toma pode comer minha esposa.

Eu falei para você pedir.

- Está bem, por favor, coma minha esposa, meta com ela, faça o que quiser porque ela agora é toda sua.

- Isso assim mesmo, e já que você me pediu para comer ela, como um bom corninho obediente, tire minhas calças e veja o que a espera.

Chorando e cabeça baixa meu marido foi até ele e soltando a cinta, abaixou suas calças, e ia saindo, mas ele falou para tirar também a cueca, o que foi muito difícil porque ele estando excitado a cueca não passava ai meu marido teve de enfiar a mão por dentro da cueca para soltar, quando ele arregalando os olhos olhou para mim assustado, não entendi, o Sr. Antonio apenas deu uma gargalhada, mas quando ele abaixou a cueca quem levou um susto fui eu, não conseguia parar de olhar, e o Sr. Antonio segurando aquele monstro falou:

- Eu te prometi que iria te arregaçar, agora você acredita? Venha até aqui que agora vai começar a festa, ajoelhe aqui e cheire meu pau, sinta o cheiro do macho que vai lhe arregaçar, isso, agora cheire o saco, e passe a língua, assim, que delicia, agora chupe.

Comecei a chupar enfiando o que dava na boca, mas era muito grande, deveria ter mais de 25 cmt.

- Isso chupa meu pau, sempre sonhei com isso, meter em sua boca, sempre soube que você era uma putinha gostosa, isso chupa que vou gozar dentro dela para depois você beijar o corno de seu marido.

Ele passou a socar cada vez mais rápido e gozou um litro de porra em minha boca e fui obrigada a engolir tudo, ele só tirou o pau de minha boca quando não havia mais nada, só quando estava limpinho.

- Agora vai lá e dá um beijo nesse babaca para ele saber qual o gosto de um verdadeiro macho.

Obedeci e fui beijar meu marido, ele tentou virar o rosto, mas o Sr. Antonio o mandou beijar, ele me olhou suplicante, mas não teve jeito, teve de sentir o gosto daquele português asqueroso que ria de nossa humilhação. Ai me pediu para ir para nosso quarto, quando lá chegamos ele me abraçou e se deitou comigo na cama, e me obrigando abrir as pernas passou a lamber meu grelo, no começo senti nojo, mas conforme ele ia me lambendo eu ia me acendendo, e quando o fdp enfiou a língua em minha amiguinha não agüentei e soltei um gemido e dei um leve rebolado, ai ele passou a meter e tirar a língua com uma velocidade incrível: me levando a loucura e mesmo me segurando tive meu primeiro orgasmo da noite e dei um urro que meu marido se assustou, mas ficou quieto em seu canto, e o português percebendo meu gozo aproveitou e continuando a me chupar enfiou um dedo em meu cuzinho, com isso passei a rebolar gostoso tendo outro orgasmo, ai meu marido não agüentou e falou:

- Neide isso não estava combinado, você iria fazer só por obrigação, não era para você ter prazer.

Mas antes que eu pudesse responder o Sr. Antonio sem parar de meter agora um dedo em meu cuzinho e outros dois na buceta falou:

- Eu sabia que a Drª é uma “excelente profissional”, nunca me enganei com a aparência de uma mulher, pelo jeito que geme e rebola deve meter bem pra caralho, assim Drª geme gostoso e mostra para seu corninho que você é uma “boa profissional”, pede para eu lhe passar a vara, pede para ele ver.

E não agüentando mais falei:

- Vai seu português safado mete em mim, me come, me arregaça com seu cacete, puta que pariu que dedos gostosos, vai tira e mete seu pau.

Ele se ajoelhando no meio das minhas pernas e se deitando sobre mim, falou:

- Corninho vem aqui e põe meu pau na buceta da sua mulher.

Meu marido veio e pegando a pica do Antonio colocou bem na portinha de minha buceta, ficou segurando na posição e seu Antonio começou a meter, me arrancando um orgasmo atrás do outro só de sentir aquilo entrando em mim, comecei a falar:

- Aí que delicia, há quanto tempo não sentia um pau de verdade dentro de mim, isso mete devagar, com calma, deixa eu te sentir, isso afunde e fique só rodando lá no fundo, ai corninho isso que é pica, não essa minhoquinha que você tem no meio das pernas, aiiiiiiii que deliciiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiaaa. Vai meu macho mostre para esse corno como se come uma mulher. Estou gozando, continuaaaaaaaaa, maisssssssssssss, nossaaaaaaaaa.

Gozei como nunca e ele continuava duro dentro de mim, me virou de quatro e continuou a bombar e alisar meu cuzinho, devagarzinho acabou enfiando um dedo em meu cuzinho e passou a bombar mais forte em minha buceta e a enfiar mais o dedo em mim, depois acabou enfiando mais um dedo e passou a massagear meu reto, quando ele sentiu que eu estava mais relaxada acabou enfiando os dedos até o fundo de meu cuzinho, vendo que já estava laceada, tirou o pau da buceta e direcionando para meu anelzinho passou a enfiar, Foi quando falei:

- Vai devagar que o do meu marido é muito pequeno e fino, esta bem fechadinho, vai com calma para não machucar, aiii ta doendo, tira um pouco, tiraaaaaa.

Foi quando ele não agüentando, mais meteu com tudo até o saco ai gritei que devem ter ouvido lá na esquina:

- Não, nãoooooooo, aiiiiiiiiiiiiiiiiii seu filho da puta estourou todas minhas pregas.

Em vez de tirar ele me segurou firme pela cintura e ficou parado bem lá no fundo esperando eu me acostumar com a invasão, quando parei de gemer ele começou bem devagar a vir até a portinha e tornar a meter, e a falar:

- Rebola minha putinha, rebola no meu pau Drª, mexe essa bunda gostosa para seu corninho ver, que cuzinho apertadinho, sempre quis meter nessa bundinha, eu sabia que esse cuzinho ainda ia ser meu, esta tão apertadinho que esta esfolando meu pau, vai corninho entra em baixo e veja como se come um cuzinho, e aproveite a chupe a buceta dela para sentir o que meu pau fez.

Meu corninho entrou em baixo e começou a lamber meu grelo e com isso o saco do Sr. Antonio passou a bater em seu nariz, e seu Antonio falou:

- Isso lambe bem essa buceta, enfia a língua e arranque meu sabor lá do fundo, veja como virou um bucetão arregaçado, isso aproveite e cheire meu saco, sente o cheiro do macho que agora é dono de vocês, e vai comer sempre essa putinha metida.

- Isso mete, vai até o fundo e volta, me arregaça já que esse babaca não dá conta só faz cócegas, me fode, aiiiii que deliciiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiaaaaaaaaaaaaa, se soubesse que você era tão bom já teria dado para você há mais tempo, chupe meu grelo seu corno bicha, me faz gozar pelo cu, ai mais rápido estou vindo, vai soca mais, com forçaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa, aiiiiiii que deliciaaaaaaaaaaaaaa estou gozandooooooooooooooooooooo.

E ele vendo que eu estava gozando também urrando inundou meu reto de porra e ficou parado lá no fundo só pulsando o pau, esperou amolecer um pouco e tirou me deixando acabada em cima de meu marido, só que no tirar acabou entrando na boca de meu marido que estava aberta me chupando, e a porra começou a escorrer e melar toda a cara dele, o Sr. Antonio falou:

- Já que você já sentiu meu gosto agora aproveite e limpa todo meu caralho com a boca, isso assim, vai chupando, puta que pariu que boca gostosa, até parece a de sua mulher.

Ai tirou o pau da boca dele e mandou ele me deixar limpinha, o que ele acabou fazendo. Após isso meu marido não sabia onde enfiar a cara, ai o Sr. Antonio falou:

- É Drª Neide, você é muito gostosa eu sabia que você era mal amada e ia ser minha, era só forçar um pouco que a Srª ia mostrar como é uma “boa profissional”, uma puta de primeira, e o Sr. ficou bravo naquele dia, mas acabou me dando sua mulher e ainda chupando meu caralho, na próxima vez quero comer os dois e para finalizar vamos tirar uma foto da putinha na rua.

Protestei mas ele falou que só iria me comer de novo se eu concordasse, e foi o que fiz. O que acabou mesmo acontecendo, agora o Sr. Antonio me come toda semana.

Agora que estou sozinho, gostaria de encontrar uma mulher que topasse ser minha companheira para repetirmos tudo que vivi com minha ex-esposa, meu e-mail é [email protected]


Este conto recebeu 0 estrelas
Estamos testando um novo formato de votação. O ranqueamento será feito não mais pela média, mas apenas pela soma das notas oferecidas. As notas também serão apenas de uma, duas ou três estrelas. Isso deve evitar que haja quedas repentinas do ranking por conta de ataques por alguém que queira manipular os resultados. Se tiverem dúvidas, .

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
16/01/2014 04:15:29
Nya muito bom nota 10^^
18/11/2013 19:31:58
Entendi...comentei uma coisa no outro conto totalmente fora do que deveria ser.

Online porn video at mobile phone


gorda bundona caida gozando na frente do cornocasa dos contos gay acampamento com Rafael e pai perto da Cachoeiraxchamester vovôzinhoabusei de um casal de novinhos ingenuo contos eróticoseuconfessomadrastamachos da periferia marentos na punhetao pinto do meu filho e maior do do pai rele contos eroticoscontos eróticos virgindade com o porteirohttp://comto erotico massagista erotica colocando dedo no cú da menina virgemvidio mulhe deixado gozadetroContos eriticos .como virei escrava do vizinhonegaopornos de cornudos a serem enrrabadosConto erotico sou madura e consolo lesbicacontos eroticos menino esfolo minha esposaSodomizando mãe e filha contoscontos negao jumento dilacero meu cuputa com bitola para arreganha o cucontos erodicos de primos sendo extrupado pelo lekcontos ela falo chicao nunca dei o cu pra pau grossosou amante d minha cunhda contoporno gay derramou agua na calçaporno gay com agente peniteciario sarados e gostoso"menos apertado" gay contocontos eroticos mulher dopada e fudidacontos de namorada no churrascocomebuceta irma outra irma prexaperdendo a virgindade com um gigolo com muito tesao no paucontos eróticos barraca do beijoporno a coroa gostosa gemendo e usando fantasia bem radianteCasa dos contos eroticos paguei pra deflorara filha do caseiro primos flagrados fofemdo no porao da familhasafadinha em cima da cama com hugo e cunhadofilmes pornodoido marido vendo sua esposinha novinha e loirinha sendo arregacada pelo negrao pe de mesadeu o cu si arenpendeu pornoisso viadinho filho da puta tem um cacetao bem pra vc tomar no cu gostosogravida com a buceta gosmentaXvidio minha conhada so usa curtinhominha irman adora pagar cofrinho xvideopadrasto fazendo xvideo com inteada as 6h da manha a Mae no quarto dormindocontos lesbicos com buceta greluda encaixada na outra at gozar gostosohomenscacetudosdesaojosedoscamposxvideos negueo dotado comendo bebadasxvideos indigestos estrupadasvideo porno inedito de mulher gozando descontrolada no vibradoreu, minha namorada, minha namorada e meu tioconto erotico gay con padre gostosoconto erotico gay viado submisso vira femea do negaodago do r**** gostosa de short curtoirmãtocaiairmãoaniversario dele,entao dei minha buceta de presente.contos de incestocontos eu e minha esposa demos carona a dois homem e meterao a pica nela..negao rasgando com o cu da brasileira ela chorando e critando bedindo papa papaperfume de cueca empinando a bunda para trás homem de cuecaxsbideos masturnando na frente da priminhaContos Eroticos de inseminação crentinha no portao querendo darXVídeos b******** garotinha se coçando toda com vontade tesão por mão abrindo as pernasvídeos de lésbicas ipinotizando meninas novinhas para transaxvideu mae safada seno comida afossa pelo o filinhoporno namorada nao gue da cu mai eu votetacontos eróticos no YouTube deixei meu filho me comermegao gpsano n poetacasadoscontos minha sobrinha branquinhahistorias eroticas vi meu sobrinho bem dotado descabaçando o cu da minha mulhervidio disexe porno yotubenovinha loirinha de onzeanos bucetinha enxadinha transando com papaimarido sai e mulher transavcom sogroConto erotico apartamento 703 contos eroticoscontos eiroticos leilaporncadelas gozando no pau contocontos eróticos publicadosprimeiro menage femininoXvideo difutibolx vidios branqinha cabelopretoyeezus ana casa de contos eróticosvídeo de homem sendo estuprado no quartel brechando a b*****contos eroticos de lua blanco e arthur aguiarporbaixogordinhascontos eroticos strip poker com minha namorada e cunhadaXVídeos padrasto batendo p****** sendo assim sendo trocados pela bocacontos eiroticos leilapornboquinha lizinha vidiocdzinha quer ser empregadinhaContos eroticos iniciei dois garotos quando fui a praia e meti