ESSAS ADOLESCENTES DE HOJE - 1

Um conto erótico de valeriobh
Categoria: Heterossexual
Data: 29/04/2013 07:37:02
Nota 8.83

Se dizem que a primeira impressão é a que fica, jamais me interessaria pela Suelen, a menor aprendiz que foi trabalhar na minha seção. Não sei se foi pelo broxante uniforme ou pelo cabelo preso que era obrigada a usar, ou o conjunto de tudo, mas é fato que ela não me chamou a atenção. Aliás, custei quase um mês para aprender seu nome. Ela entrava quase que diariamente na minha sala para trazer e levar documentos, tirar xerox e outras tarefas, e o máximo de falávamos era um “bom dia e obrigado”, ainda mais que sentia nitidamente que ela tinha medo e/ou vergonha de mim, tanto que dificilmente me olhava nos olhos. Talvez fruto da sua personalidade, ou da fama de chefe exigente que eu tinha. A coisa começou a mudar quando eu sai mais cedo e a vi em pé numa parada de ônibus. Usava uma calça jeans de cós baixo, sapatinho de salto e blusa justa de malha que realçava o par de seios. Seus longos cabelos negros e soltos emoldurou o bonito rosto juvenil, que sobressaiu pela maquiagem sexy que usava. Havia mudado de patinho feio para um belo cisne. Não sei como, mas o fato foi que instintivamente parei o carro, desci o vidro do lado do carona e após falar ou “oi”, perguntei pra onde ela ia. O local onde estudava nada tinha haver com meu trajeto, e após dizer que também iria pra aquele lado, ofereci-lhe carona. Surpresa e receosa, Suelen só abriu a porta do carro quando tornei a insistir. Ela agradeceu e permaneceu imóvel e muda durante boa parte do trajeto, só respondendo as perguntas que fazia. Aos poucos ela ficou mais relaxada e passou a olhar maravilhada o painel do meu carro importado, cheio de luzes, botões e o cd payer que tocava Pink Floyd. Quando finalmente ele tomou coragem e perguntou qual o nome do perfume que eu usava, respondi oferecendo meu pescoço para que ela sentisse mais de perto. Quando ela se aproximou virei meu rosto e encostei meus lábios aos dela. Ela rapidamente virou o rosto dizendo que havíamos chegado ao colégio. Parei bem em frente à entrada, e praticamente todos os alunos olharam e viram Suelen sair sorrindo. Ao chegar em casa toquei uma bronha pensando naquele menina que deveria ter a idade da minha filha (16), e só consegui dormir após meter “de ladinho” na minha esposa imaginando que metia na buceta da Suelen. Mal acordei e soquei outra punheta no banho só de pensar logo iria me reencontrar com a ninfetinha. Dispensei o terno e vesti uma roupa mais jovial, achando, no meu íntimo, que deixaria de aparentar 45 anos para aparentar 30. Como não vi Suelen na sala de apoio, chamei minha secretaria dizendo que precisava da menor aprendiz para separar uns documentos, quando ela me informou que Suelen não estava e que tinha sido chamada pelo RH, porque a iriam substituí-la por um rapaz. Pra não dar bandeira, perguntei se o serviço dela estava agradando, e quando a secretaria disse que sim, que todos gostavam dela, mandei que ligasse pro RH e que mantivessem Suelen conosco. Menos de uma hora depois Suelen apareceu na minha sala com um grande sorriso no rosto, agradecendo por ter intercedido em seu favor. Assim que me levantei ela se aproximou de mim e me abraçou. Como ela era bem mais baixa que eu, ela envolveu os braços na minha cintura, enquanto meu pau endurecia perto dos seus seios. Acariciei e despreendi o cabelo do coque, deixando os cabelos soltos como havia visto no dia anterior. Ela me olhou assustada, mas logo se tranqüilizou ao ouvir que eu gostava dela daquele jeito. Já mais segura, ela deu um passo pra trás e olhando nos meus olhos perguntou de que jeito mais eu gostaria que ela ficasse. Falei a primeira coisa que me veio à cabeça e quase sussurrado disse “sem esse uniforme feio”. Ela sorriu, mordeu os lábios, e lentamente passou a retirar o uniforme. Logo surgiu um par de seios cobertos pelo sutiã branco (cobertos porque não precisavam ser seguros) e quando a calça foi ao solo, o tecido também branco da calcinha denunciou o estado de excitação da ninfeta, dando pra ver a mancha úmida na região da racha da buceta. O mundo pra mim era somente aquilo. Sem ao menos trancar a porta da sala, suspendi a garota e a coloquei deitada em cima da mesa, pouco importando os documentos que ali se encontravam. Estava tão afoito que praticamente rasguei a calcinha e logo me deparei com a mais bela buceta que havia visto. Estufadinha, fechadinha e com pelos bem aparados. O ligeiro cheiro de mijo inebriou ainda mais meu tesão. Chupei da buceta ao cu como se aquilo fosse a ultima coisa que faria no mundo, e quando meu queixo já estava dolorido, ajeitei a rola pulsando na xoxota e firmemente empurrei até o fundo da gruta, gozando em menos de 30 segundos, inundando seu útero com gala. Somente nesse momento é que voltei a calma e ainda com a rola dentro dela passei a beijar-lhe a boca enquanto liberava os seios, para em seguida também os chupar. Meu pau voltou a endurecer e dessa vez consegui meter com mais calma, levando a putinha a novo orgasmo. Quando estava quase gozando, retirei a rola de dentro da xoxota e a aproximei da boca da Suelen, lançando o primeiro jato no queixo e os demais direto na língua e garganta. Quando ela estava lambendo e chupando a cabeça da rola foi que percebi uma pequena mancha vermelha na base da pica, e ao olhar pra xoxota dela, vi que saia um fluido rosado, uma mistura da porra e do sangue do cabaço que havia estourado. Somente então caiu a ficha. Não só havia tirado a virgindade de uma adolescente, como havia transado com minha funcionária na mesa de trabalho. Dava assunto pra divórcio, demissão por justa causa, processo, e ainda por cima havia risco da gravidez. Rapidamente entreguei um lenço pra que ela se limpasse e se ajeitasse, mandando que nada comentasse e que retornasse quando todos tivessem ido embora. Fui até a farmácia e comprei duas pílulas do dia seguinte e preparei um discurso, que ia do pedido de desculpas até a entrega de uma quantia de dinheiro pra compensar a perda da virgindade. Assim que todos foram embora a porta se abriu e Suelen entrou já vestida de gatinha adolescente, dessa vez usando minissaia jeans, blusa babylook e resteirinha. Também havia se maquiado. Um tesão de garota. Me aproximei dela um tanto sem graça e quando fui iniciar o discurso decorado, ela me empurrou sentado na poltrona, logo sentando no meu colo e beijando minha boca com paixão, deixando todo meu rosto borrado de batom. Esqueci tudo o que tinha pra falar e acariciando as coxas dela percebi que estava sem calcinha. A putinha havia voltado pra novamente meter comigo. Como ela não se colocou na condição de uma adolescente de 16 anos seduzida por seu chefe de 45 anos, decidi entrar de vez naquela relação, e logo estávamos os dois nus e nos beijando e lambendo com volúpia. Coloquei Suelen de quatro e passei a meter na sua xoxota e vendo seu cuzinho piscando pra mim, passei a enfiar o polegar melado com seu próprio gozo. Sentindo todo meu polegar dentro do rabo, e já antevendo o que iria ocorrer, ela virou a cabeça pra trás e com a voz inebriada apenas pediu que colocasse devagar. Imediatamente retirei a rola e após cuspir na olhota, fui empurrando a pica até romper a inicial resistência anal. Com a cabeça alojada no cu, fui lentamente empurrando até encostar o saco na sua bundinha arrebitada. Meti com cuidado até gozar novamente dentro dela. Nos limpamos no banheiro e novamente vestidos (ainda sem calcinha), mandei que engolisse os dois comprimidos e lhe entreguei dinheiro para que fosse ao salão e depilasse totalmente a buceta e o cu. Tornei a deixar Suelen na porta da escola, e antes de sair ela chamou sua prima Ana e me apresentou. Ana era uma loirinha tingida, com cara de funkeira piriguete, porém bonitinha e gostosinha, e logo disse pra Suelen que não haveria aula naquela noite. Suelen se virou pra mim e perguntou se eu tinha horário para chegar em casa, e após dizer que não, convidou a prima pra sairmos os três. ([email protected])


Este conto recebeu 0 estrelas.
Incentive valeriobh a escrever mais dando dando estrelas.
Cadastre-se gratuitamente ou faça login para prestigiar e incentivar o autor dando estrelas.

Entre em contato direto com o autor. Escreva uma mensagem privada!
Falar diretamente com o autor

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
04/01/2019 00:02:16
Muito bom
23/01/2016 02:33:06
Seus contos , QUASE TODOS, merecem 10, puta que o pariu!!!!
23/09/2015 11:26:53
Saudoso de seus contos (tenho-os em coleção guardados). São claros e objetivos e gostaria de novamente ter a oportunidade de ler seus contos. Um abraço.
17/03/2014 10:27:50
Cara..perfeito.
03/01/2014 00:23:53
Cadê você ? Desistiu, morreu, tá em cana ? Dê noticias, please.
17/07/2013 20:02:34
Isso e um conto? Era para ficar com tezao? Cara vai escrever comedia, romance ou qualquer outra obra pq essa ta pessima na boa sen zuera leia o seu conto e ve se te da tezao acho que lendo esse conto seu pal nao sobe nem com viagra kkkkkkkkk
21/06/2013 11:04:54
Oloco cara, vc deu nota 6 no meu conto... bom, eu tenho o costume de retribuir as notas q ganho entao... nota 6... qualquer coisa me manda e-mail
08/05/2013 15:52:04
Hummmm... Adorei, tio... Quero a continuação!!!
02/05/2013 17:33:52
Que venha logo a continuação!!! 10!!!
29/04/2013 16:10:20
Muito bom!!! Espero ansioso pela continuação.
29/04/2013 13:57:12
Cara de sorte..muito bom.
29/04/2013 13:21:43
Começou bem, estou esperando a continuação. Abraços, e nota 10, p variar.

Online porn video at mobile phone


 Mãe e filha dandoxvideo o presente de aniversário do papai filha fica brava ao levar gosada dentrobuceta lagar pelo jeguecontos aiíiiii hum aiaiaXxvidios meninas bem nobonha no cio loca pra fodercontos eroticos curiosaxisvedeo mae bebaa cadela aguenta meu pau todinho zoofiliamunita gozadaxvideos novinhas de shot jogando bola sabaocontos reoticos/lambemo o co da sobrimha de nove anossogra deu mochila a sogra e a buceta para o genrofoto da buceta peluda sogra dormindo xnxx.com enquadrinhoxvidio puta lizinha mininhanovimhas sem pentelho.ma.bucetimha damdo pra un mendimgo o rabimhominha sogra e esposa no canil fodeno com todos cachorro grande conto eroticoConto erotico sou madura e consolo lesbicaprica cavalaconto gay novinho de tramandai.rshistorias olaine de comtos encantadosenfermeira peidorreira batendo p******Contoerotico Professoragozadadei o cuzinho meladinho contosdotadao gozando dentro do amiguinho dengozocontos eroticos "escrava" "trapos"zairense fodendo com cavaloxvideo guete bei galacontos eróticos novinha casada com negao no baile funkhomem com tesao a cordano com a cabesa do pau toda meladainversao sex zoofilia contoscontos eroticos minha cunhada nao era nada do que eu imaginava.tia gostosa na chácara das demais por sobrinho ele não aguenta de tanto tesãocontos eroticos certinha à putacasa de contos eroticos, cadela no ciocontos eroticos despedida de solteiraponoxvideo pingelo mermelhobaixar video de pai louco de cachaça come flha novinhamodelos piricudoscontos de homem que puxa e mama os mamilos enrijecidoseuconfessosogracrentes infieis dando cu para cacetudoporno pai entrega a filhinha virgem para o agiotafoto de mule mo penuacao nuaSoquei fundo o consolo na mamae gostosaempurando o gatilho no prikito delavideos porno vai mete essaa lingua chupaa pra me fz gozar em csprima entra atras do sofa agarra prim meter no cuzinhoCorno submisso limpando porra da buceta da esposa apos a saida anoite de vestido curtocontos eroticos dando seios pra mamarmeu genro quer comer meu cucontos eroticos incesto a ceguinhasondei meu pai no banho contos eróticos gaypornodoido mae muito encitada violado o seu filholindas nalvinhas 1000fotostarados fazendo gang gang coletivo com esposa puta italiana do cornosexonaul brasileirovideo pornotirando peos en el bañocomtos eroticos de mulheris que gostom de dar o cucontos eiroticos leilapornirmao.ingravidando.irma.metendi.na.buseta.sem.camlsinhamarido o patrao molsta a esposa dele e fode o cu dela ela chora muitocontos o pecado de uma casadavideoxxx contos eroticos tia bunduda madura ganhando leitinho do sobrinho.sessentona ruiva baixinha muito gostosa fodendo de tardexxvideos coroas morenas peladinha deitada de brussoConto virei mulher paivideo porno amor virei corno que deliciawww.enteada pinoti.xvideosFutebol dos Heteros ? OU Nao ? cap 28xvideos dandara vc anittaConto erotico feirantecomo meu tio roludo e comedor comeu minha esposa novinha 1 contoscontos eroticos d noiva putinha d tio coroa pirocudo e primo noivo corninho mansoO doce nas suas veias - (Capitulo 2)-zdorovsreda.ruporno gey contos eroticos ferias c coleguinhatathy ellen contosmulheres agachadas com buctao reganhadoporno com mãe e filha bucetudas de guaianazesContos porno com motoristairma esta lendo livro começei a lisar ela ate comer o rabo dela pornocontos novinha safadadesde berço