Lua-de-mel em meio as crises do casamento.

Um conto erótico de Queen
Categoria: Heterossexual
Data: 20/05/2012 16:46:56
Nota 7.33

Bom galeraaaaaaaaa... Andei sumida por uns tempos, mas aviso que já estou de volta.

É o seguinte, meu marido e eu, nós andamos um tempo com com problemas no nosso relacionamento. Não sei se foi devido ao estresse diário da parte dele ou da minha, pois além de trabalhar fora, temos 3 filhos, e eu particularmente me pego distraída demais, relaxada em relação a minha família.

Mãe,esposa,policial.... fica complicado,chegar em casa e ter ânimo pra fazer alguma coisa a não ser tomar um banho, dar um beijo em todo mundo e ir dormir.

Encontrei meu marido falando com uma mulher no celular: - Não, eu não posso ficar com você, eu sou casado!

Eu: - O que está acontecendo, Carlos? Quer ajuda pra provar que você é casado?

Carlos ficou parado com cara de paisagem, enquanto eu mais que depressa, arrebatei o celular de sua mão e desliguei.

Carlos: - Você não tem esse direito, o celular é meu, devolve!

Eu: - Huuummmm... O Senhor Doutor, agora quer me falar dos meus direitos... Vamos lá, prossiga!

Carlos: - Não amor, vc me entendeu errado. Eu não quero essa vadia que me ligou, aliás, ela tem me ligado várias vezes, só que eu ñ dou a mínima pra ela. Eu andei conversando com o Fernando (amigo dele) sobre o nosso casamento né amor, e ele não está tão bem o quanto deveria. Tenho por certo, que foi ele que deu meu número pra essa vadia, ela é amiga da esposa dele, ela disse que é médica e trabalha com a esposa dele. Eu resolvo isso, mas você está precisando cuidar mais de mim e dos nossos filhos Queen, não foi isso o que eu sonhei pra nós.

Eu: - Jura? O que você sonhou pra nós então? Já Sei ! Cozinhar, lavar,passar, e cuidar das crianças enquanto você trabalha para prover uma vida confortavel. Acertei?

Carlos: - Não dá pra conversar contigo mesmo, talvez se vc fosse uma médica, seria mais racional!

Eu: - Então vai procurar a médica, seu viado, filho da puta.... Vá agora, depois mando suas trouxas pra casa daquela pu..ra senhora que é a sua mãe! (Falei isso tirando a roupa pra tomar banho)

Carlos: - Para com isso Queen, você sabe que eu te amo, e não quero outra. Mas olha só... Olha como você está estressada! Você precisa ser mais maleável comigo, e com quem te ama, você não é mais aquela mulher com quem eu casei, e eu sei que ela ainda está aí, dentro de você e, é com essa mulher que eu quero viver eternamente. Do jeito que você está indo, eu não sei se consigo suportar mais um ano essa situação.

Eu: - Desculpa amor, eu reconheço que mudei bastante, não tenho dado a mínima pra você, pros nossos filhos, pra nossa família. Eu quero mudar mas ñ sei por onde eu começo, você sabe que eu deixaria tudo pra salvar a nossa familia, o nosso amor!

Carlos: - Então prova! Me chama pra tomar banho junto contigo, eu deixo tudo pra ficar com vc, eu desmarco todos os compromissos e fico contigo, vamos pra onde vc quiser.

Eu: - Claro meu amor, vem tomar banho comigo, e faça com que eu possa sentir que sou sua mulher de novo. Mas antes devo esclarecer que estou arrependida de tudo o que eu fiz ou falei que não te agradou, pois nunca foi a minha intenção machucar você com palavras,atitudes ou qualquer outra forma. Assumo o compromisso de mudar tudo o que está prejudicando a nossa felicidade em todos os sentidos, porque eu amo você e os nossos pimpolhos, estou disposta a fazer tudo diferente. Agora vamos tomar banho antes que eu comece a chorar aqui! (rimos bastante e fomos pro chuveiro)

Tomamos banho, nos beijando, nos acariciando, falando o que iriamos fazer um com o outro na hora H.

Terminado o banho, liguei pra delegacia e avisei que ñ iria mais voltar pro trabalho aquele dia, por questões pessoais!

Vamos buscar as crianças no colégio amor? Dispensar as babás? Vamos ficar nós 5 aproveitando o resto da tarde? Eu perguntei.

Claroooooooo que não! Disse Carlos.

Ai amor, faz isso com o papai não. Deixa eu curtir a minha mulher primeiro, nem que seja só por 1 hora.

Eu: - Você tem certeza que quer ficar comigo só por 1 hora? Pois eu quero muito mais...

Carlos: - Então vamos começar logo, porque vc terá muito trabalho para satisfazer seu homem aqui..Eu estou com todo o gás, neguinha!

Carlos me puxou, e deu-me um beijo de tirar o fôlego...Enquanto passeava suas mãos macias pelo meu corpo, sensação maravilhosa sentir o meu homem explorando o meu corpo, Carlos apertava o meu corpo contra o dele, e sussurrava coisas gostosas em meu ouvido, eu já estava ficando louca...

Eu disse: - Fala pra mim amor, o que você quer fazer comigo?

Carlos sem dizer uma palavra, fez sinal de silêncio pra mim... E voltou a me beijar, soltou meus cabelos que estavam presos com uma presilha, (para não morar durante o banho) e me acariciava toda, eu retribuía a altura... Deitamos na cama e continuamos os beijos, aliás, estávamos quase nos devorando pois o tesão tomava conta dos nossos corpos.

Com um movimento rápido e preciso, Carlos ficou por cima de mim, e eu senti aquela rola gostosa, me invadindo lentamente... Estávamos em completa sintonia, fizemos amor sem dizer uma palavra, ele me levava no ritmo dele, e eu fazia a mesma coisa, apenas gemidos leves de prazer se faziam ouvir, bem baixinho.

Ficamos fazendo amor por uns 40 minutos e meu marido gozou, deitou sobre o meu corpo e ficamos abraçados, fazendo carinho, estávamos ofegantes ainda... Na tentativa de relaxar, ficamos deitados abraçados, e alguns minutos depois, senti Carlos se encaixar em mim, e ficamos de conchinha, cochilamos enfim.

Acordei com o cheiro do perfume de Carlos, estava lindo o meu marido, de camisa polo, cueca, cabelo arrepiado, escolhendo uma calça pra ir buscar as crianças no colégio.

Fiquei o observando por aproximadamente 5 minutos, e senti um tesão enorme. Dei um salto da cama e o abracei enquanto ele estava de costas, ele foi virando e começamos a nos beijar, Carlos apertava minha bunda, mordia minha orelha, e falava: - Amor, tenho que ir buscar as crianças..Não faz isso comi..go.... puta que pari... aahh!

Eu já estava chupando o seu pau gostoso e cheiroso, e eu chupava com gosto, estava realmente decidida a beber todo o leitinho que o meu marido pudesse me oferecer, eu chupava gostoso, acelerava o movimento e depois diminuía quando sentia que estava quase gozando.

Fiquei fazendo isso uns 5 a 10 minutos, e eu ouvia o meu marido sussurrando: - Ai Queen... Que chupada gostosa amor.. Isso...Não pára.. Vou gozar...

Eu não parava, eu queria aquele leite todo, era questão de honra pra mim, beber toda a porra do meu marido... Chupei com força até ouvir: - Ai amor, estou gozando... Ahhhh... Ahhhhhhhhh

Bebi toda a porra dele, e não deixei cair nem uma gota,(até que ñ foi tão ruim) e olhei pra ele, ainda de joelhos e perguntei gostou amor?

Carlos: - Claro amor, mas..você me surpreendeu minha gostosa, é por isso que eu te amo e escolhi vc pra ser minha esposa.

Eu: - Então amor, se prepara porque vai ser assim todos os dias!

Carlos: - Eita mulher gostosa! Amor você é demais, se eu pudesse ficaria aqui te cobrindo de beijos agora, mas temos que ir buscar as crianças no colégio, lembra? Bem verdade que eu queria ficar aqui, e fazer amor com você até a rola ficar doendo (risos)...

Eu: - Não amor, vamos buscar as crianças e fazer uma brincadeira com elas aqui em casa. Só pra compensar o tempo que fiquei em falta com eles.

Tomei um banho, e vesti uma roupa bem básica porém chique, e fomos saímos do quarto.. Ao chegar na sala, pergunto a empregada se precisa comprar algo, se está tudo ok, etc.. Ela disse que não, e queria falar comigo!

Eu: - Carlos meu amor, vai indo buscar as crianças, que eu vou ao mercado com a Ana, comprar o que está faltando, e aproveito pra comprar umas guloseimas para as crianças.

Carlos ficou chateado, me deu um beijo bem gostoso, e foi...

Eu: 5 minutos Ana, pra vc estar no meu carro, de calça jeans e camiseta por gentileza, nada de uniforme..

Ana: Sim senhora!

No carro esperando Ana, recebi uma mensagem do Carlos, com a foto que ele tirou das crianças um dia desses... Parei e fiquei pensando no quanto eu havia me afastado da minha família.

Ava e Enzo estavam crescidinhos e o meu Benjamin, sem palavras.. estavam crescendo sem a atenção da mãe e isso eu ñ aceitava.Quase chorei no carro, mas me controlei!

Ana chegou e saímos rumo ao mercado, no caminho puxei assunto:

- Então minha filha, quer conversar comigo não é?

Ana: - Sim, senhora!

Eu: - Comece a falar minha flor, sinta-se a vontade.

Ana: - Sim senhora, sabe o que é doutora? Eu quero demissão, eu ñ quero mais trabalhar na casa da senhora!

Eu: Como é? Não entendi! Você quer demissão porque criatura de Deus? Não gosta de trabalhar pra mim? Não está satisfeita com seu salario? O Carlos tratou vc mal? Ou foi eu?

Ana: - Não é nada disso não, doutora. É que eu não..

Eu: - Você não....? Pode falar, não vou ficar chateada com você, eu gosto de você pra caramba!

Ana: - Eu não aguento ver o Doutor Carlos chorando pela senhora! Ele fica chorando pelos cantos, olhando as fotos do casamento, olhando as fotos da senhora, olhando a aliança dele.. Eu o acho muito bonito e não sei mais o que sinto por ele, antes era uma admiração enorme, hoje é um misto de pena e atração. Eu estou sendo sincera com a senhora, acho que vocês deveriam se entender, porque eu sei que o sentimento que existe entre os dois, é verdadeiro e puro.

E é por isso que não quero mais trabalhar com a senhora, porque eu estou confusa em relação aos meus sentimentos, eu não sei qual será a consequência da minha atitude,mas prefiro falar a verdade.

Eu: - Menina....poucas vezes me senti assim, nua e sem graça!

Mas isso é novidade heim, o Carlos chorando por mim...Porque ele chora por mim, ele comentou algo contigo? Será que ele ta doente? ou meus filhos? porque ninguém me conta nada?porque diabos ele chora, menina, responde!

Ana: - Com toda a sinceridade, ele chora quando as crianças perguntam se a senhora vai chegar pra brincar....

A senhora tem tudo o que uma mulher sonha ter. Um marido lindo e dedicado, 3 filhos maravilhosos, uma carreira profissional brilhante, alem de ser muito bonita. Mas acho que a senhora deveria dar valor as pequenas coisas da vida, eu queria ser a senhora!

Eu: - Mas como você não é EU, você continua trabalhando lá em casa, pelo menos até achar outra para te substituir!

Ana: - Sim, senhora.. Vamos comprar logo as coisas!

Liguei o som e coloquei minhas musicas eletronicas, como sempreee, e fui cantando durante o percurso, até que chegamooos!

Estacionei e entramos no mercado, encontrei logo de cara o médico que atendeu minha filha lá em Sauípe... Nos cumprimentamos e eu percebi os olhares dele para Ana e disse q ela era minha secretária particular, e era como uma prima pra mim. Deixei eles na fila, e fui comprar as guloseimas para as crianças. Vamos a lista:

-Leite condensado OK

-Jujuba OK

-Chiclete Ok

-Marshmallow OK

-Nescau 2.0 (meus filhos exigem 2.0)

-Cerejas OK

-Batom garoto OK

-Doce de leite OK

-Beijinho OK

-Doritos nacho OK

-Pastel de frango,queijo,presunto OK

-Coxinha OK

-Torta de côco OK

-Pirulitos OK

-Balas de amora OK

-Um pai e uma mãe mais presente na minha vida F.V (faltou verificação)

-Uma mãe que cuide de mim F.V

Foi a lista que encontrei na geladeira, presa com um imã, minha filha de 6 anos que fez. Para os dois últimos itens eu deixei um recado desaforado...

" Os dois últimos itens, você pede pra puta que te pariu comprar, e cuidado com a resposta mocinha!"

Fui passar as compras e a Ana me disse que o Átila(médico) a convidou para sair, e ela disse que não dava pra ir.

Eu: - Mas por que você fez isso?

Ana: Doutora, eu só tenho dois pares de sapatos, 3 calças jeans, uma sandália, e umas 10 blusas.

Eu: - Jura? Menina, por que você não me falou isso antes? Vamos resolver isso quando sairmos daqui!

Que situação caótica dessa jovem, passamos as compras, e fomos pro carro... fui direto pro shopping com Ana.

Escolhemos umas roupas, uns sapatos, e umas bolsas, e também umas semi-jóias. Lembrei de comprar algo para os filhotes, lembrei do Carlos, mas ñ lembrei de mim.

Bom, fomos embora logo depois das compras, e ao chegar em casa, meus bebês já estavam lá, e meu marido estava fazendo vitamina de banana para eles, dei um beijo nas crianças que estavam assistindo filme, e fui correndo pra cozinha dar um amasso no meu maridão, ficamos namorando um tempinho, Carlos estava com fogo e eu também.

Ana estava no quarto dela, eu tive que pedir pra ela ficar com as crianças enquanto, eu ia tomar um banho rapidinho.

Carlos ficou na sala com ela e as crianças, depois de uns 2 minutos, Carlos invadiu o quarto, trancou a porta e foi pro banheiro atrás de mim. Ele entrou no box de roupa e tudo(ele nem lembrou que ainda estava de roupa), e foi me beijando, me apertando, me chupando... Eu comecei a tirar as roupas dele, quando ele estava nú, eu pude perceber que o meu marido é lindo demais (risos) todo branquinho, depilado, barriga definida,peitoral, bundinha saliente,braços fortes que me envolvia, me apertava com força, e me fazia suspirar por beijos e afagos do meu homem.

Terminado o banho, voltamos para o quarto, e enquanto eu tentava vestir uma roupa, Carlos me agarrava, estava me deixando louca. Eu vestia a calcinha, ele tirava, eu vestia uma blusa ele tirava, eu me enrolava na toalha, ele tirava, até que ele me jogou na cama e caiu de boca na minha xota, Carlos me chupava com força, ele estava com sede do meu mel, ele estava louco, chupava gostoso, enfiava um dedo, depois outro, depois outro, e foi fazendo pressão dentro, eu gozei feito louca na mão e na boca do meu macho, depois de ter gozado muuuuuitas vezes, a minha xota estava intocável, e eu estava cansada, eu queria ficar deitada, meu grelo estava enorme, inchado, e eu sentia um desconforto quando fechava as pernas, mas eu tinha que ir ficar com os meus filhos lá na sala e ele também.

Carlos: - Amor, você está me deixando louco. Eu não consigo parar de pensar em você, eu estou igual a como eu estava logo quando casamos. Eu não me concentrava em nada, só pensava em chegar logo em casa pra foder todinha até o amanhecer, lembra como ficávamos, arrasados no dia seguinte? Eu sentia tanto sono no trabalho,mas ficava aceso, e quando chegava a hora de vir pra casa, eu já estava a ponto de bala(risos).

Ficamos conversando agarradinhos, fiz um boquete gostoso, ele gozou na minha boca, eu bebi todo o leitinho dele, e ele ficou louco quando me viu bebendo tudo, puxou-me pelos cabelos, deu-me um beijo e disse: - Eu te amo gostosa, vamos pra sala, antes que eu te amarre aqui no quarto e faça sexo selvagem contigo até amanhecer!

Rimos, vestimos uma roupa e fomos pra cozinha. Resolvemos esconder doces pela casa e fazer charadas com as crianças. Conseguimos, e ficamos brincando até umas 21 hs com as crianças e comendo guloseimas, depois damos banho neles e colocamos pra dormir, o Benzinho só quis dormir la na nossa cama..Levamos.

Umas 23 horas, Carlos levantou-se e carregou o Benjamin que já estava dormindo e o levou pro quarto dele.

Quando voltou, Carlos tirou do bolso da calça jeans que ele estava usando quando foi buscar as crianças, um par de alianças novos, e disse: - Será que esta mulher, sem maquiagem,despenteada,cansada e linda que está deitada na minha cama, aceita se casar comigo novamente?

Eu fiquei sem graça, e o coração estava disparado... achei que fosse infartar... É lógico que eu disse um SIM bem GRANDEEEE.

Ele guardou as alianças e disse que queria renovar os votos do casamento, deitou-se ao meu lado, e me abraçou, ficamos agarradinhos, e dormimos.

Acordei com a chuva batendo na janela, fui correndo fechar a janela do quarto das crianças, o Enzo estava acordado, deitei com ele na cama e fiquei fazendo cafuné, conversando, até ele dormir... estava tão quentinho que eu quase fico la também (risos), o Ben estava inquieto na cama, fiz um carinho, deitei com ele, aqueci o meu bebêzinho, e a Ava estava respirando com dificuldade, nariz entupido, e estava bem quente. Fui buscar um remédio e acordei ela, dei o remédio, ela me abraçou e pediu para que eu ficasse dormindo com ela, lógico que eu fiquei, e falei que nunca mais eu ia sumir, que todos os dias eu iria colocá-la na cama, contar historia até ela dormir, ela me deu um beijo, me abraçou forte e disse que me amava mais do que tudo.

Nessa hora eu chorei, mas ñ deu para perceber pq estava um pouco escuro, pois eu ñ acendi a luz do quarto, somente um abajur...

Quando ela dormiu, vigiei eles por uns 10 minutos, e fui pro meu quarto... Carlos me agarrou debaixo do edredom e ficamos nos beijando, trocando carícias,ele me dizia coisas lindas e românticas, foi tirando a minha camisola, e me chupando, mamava em mim como um recém-nascido mama o seio da sua mãe, eu alisava seus cabelos enquanto ele fazia isso,e soltava leves gemidos para ñ acordar as crianças, Carlos estava eufórico, ele queria mais e mais, e eu também. Eu gozei em sua boca, e ele subiu, e me penetrou, foi rebolando e socando a pica na minha xota com força, com bastante força, e me chamava de gostosa, de doutora, de mamãe putinha, de amor, e eu estava louca, eu mandava ele ir com força, me deixar arregaçada, e ele estava a todo vapor, parecia um touro no cio, eu ja havia gozado várias vezes e ele ainda não tinha gozado nenhuma, ele então me pediu pra comer meu cuzinho.

Eu deixei, e ele foi enfiando devagar, eu ja estava de 4, e rebolava na pica do meu homem gostoso, ele estava num vai e vem gostoso, até que anunciou o gozo, e foi acelerando os movimentos, eu pedia pra ele gozar pra mim, chamava ele de cachorro, gostoso, etc... Carlos gritou: - Quer porra, então toma, minha puta gostosa.. tomaa porra no cú.. ahhh ahhh.

Pronto, ele gozou! Um alívio, e alegria tomou conta do meu ser, e eu estava precisando dormir para amanhecer disposta, fui ao banheiro me lavar, e voltei pra cama, ele me abraçou, e ficamos dormindo de conchinha.

Quando amanheceu Carlos veio com a conversa de bebês, disse que estava com saudades de ter um bebê em casa e etc...

Eu fui logo dizendo: - Amor, pára tah?! O Benjamin está com 3 anos, ele ainda é um bebê!

Carlos: - Ah amor, Benzinho já vai fazer 4 anos. Além do mais a nossa meta é de 8 filhos!

Eu: - Pera lá meu filho, 8 filhos não! Eu nunca concordei com isso, eu sempre quis formar uma família, mas 8 filhos é quase um time de futebol, e esse negócio de ter muitos filhos é de outra época, onde não existia tv e mulher não podia trabalhar!

Carlos: - Porra Queen, você tinha que estragar o meu dia? Você é muito chata... estava tudo maravilhoso, e logo no café da manhã você vem destruir tudo! Já que você não quer, eu dou um jeito de ter meus filhos.

Eu: - Jura? Vai dar um jeito é? Espero que não apareça nenhum moleque aqui na porta, pedindo leite e dizendo que é seu filho. Você é todo besta, pra você é simples ter um filho. É só chegar, gozar e pronto...engravidei!

Você não imagina como é estar grávida!

Carlos: - Claro que imagino, já engravidamos 2 vezes..Eu quero te engravidar de novo minha gostosa.. você fica muito mais bonita quando está grávida, e mais atraente depois do parto. Você não imagina o quanto eu fico louco quando você está de resguardo!

Eu: - Carlos já pagou as faturas dos cartões? Já pagou o colégio das crianças? Tô pensando em fazer uma piscina aqui em casa, as vezes fico preocupada com as crianças no rio, e quero também instalar aquecedores aqui em casa, no quarto das crianças e no nosso também, o que você acha?

Carlos: - Está bem, você decide tudo isso. Mas já que você não quer falar sobre o assunto agora, depois conversamos melhor. Enfim, hoje é sábado você vai trabalhar? Espero que não!

Eu: - Lógico que.... Não, amor hoje eu vou ficar aqui contigo e curtir minha família... Esse frio que está fazendo, com essa chuva, só dá vontade de ficar em casa não é?

Carlos: - Você tem razão amor, vamos ficar aqui agarradinhos, assistindo filme e comendo pipoca(odeio pipoca), tomando chocolate quentinho...

Eu: - Não há nada melhor do que a minha família.

Carlos:- Já que as crianças não acordaram ainda, vamos ficar lá na cama fazendo preguiça? Estou com frio amorzão, vamos ficar lá no quarto!

Eu: Lógico, amor vamos sim, eu estou tão cansada, preciso descansar um pouquinho!

Fomos pro quarto, e ficamos lá conversando, assistindo filme, e acabamos cochilando. Quando acordamos, as crianças estavam acordadas e a Ana me perguntou se deveria ir jantar com o Átila (médico) e eu disse que sim, é claro! Ficamos conversando com nossos bebês e eles forma para a nossa cama, ficamos os 5 deitados assistindo lá no quarto.

Levantei e fui fazer um bolo de chocolate beeeeem gostoso, feito isso, deixei assando e voltei pra cama.

As crianças estavam acordadas ainda, resolvi fazer o almoço... arroz,purê de batata, feijão básico,macarrão, e frango a milanesa. Quando terminei de fazer o almoço, as crianças estavam dormindo em suas camas já, e Carlos foi me ajudar na cozinha... mas acabou que não me ajudou, só ajudou a tirar minha roupa. Ana tinha saído, pois era a sua folga, estava só eu e Carlos acordados, e bem acordados. Eu queria fazer amor com meu marido, em todos os cômodos da casa, mas tinha medo das crianças acordarem e ver uma cena constrangedora.

Mas não resisti e me entreguei, deixei que ele me conduzisse, ele me abraçava, me beijava, massava aos mãos na minha pernas, levantava elas, apertava minha bunda, mordia minha orelha, tirou toda a minha roupa, e ficamos totalmente nús.

Carlos estava de pau duro, e estava muito gostoso com cara de tarado, foi na geladeira e pegou leite condensado, me lambuzou todinha e ficou me chupando, depois foi a vez de chupá-lo, e fiz com muito prazer, até ele gozar na minha boca. Ele colocou minha perna sobre a mesa e foi me fodendo, eu sentia a pica dele me deflorando toda, a xota e o cú, estava uma delícia, eu não queria parar, eu gemia de dor e prazer, e meu homem também, ele gritava, urrava, gemia muito, e bem alto..me falava sacanagens, e eu retribuía, Carlos estava gozando dentro da minha xota, e eu não havia tomado remédio...

Eu avisei: - Amor, não goza dentro porque eu não estou tomando remédio....

Carlos: - Ah pretinha, já era, gozei dentro... Vai se lavar correndo, tira o máximo que você puder.. toma o remédio agora.

Deixei pra lá, e continuamos a nossa sacanagem na cozinha...

Após gozar juntos, várias vezes, fomos pro quarto e ficamos deitados, depois terminei de fazer o almoço, e cochilamos até as 12 hs, depois acordamos, tomamos banho, e fomos acordar as crianças também, pois estava na hora do almoço.

Depoooooois tem mais contos.. Tem a festa em que renovamos os votos!

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
05/06/2012 17:04:35
Ai que bom que você voltou, estava preocupada. Pensei que tinhamos nos abandonados. Como sempre seus contos fantasticos.. Bjs
21/05/2012 22:55:15
Oi minha querida,estava sentindo falta dos seus contos e achei super delicioso esse conto,aliás,todos são ótimos. rsrs.Bjks e aguardo mais contos seus...
21/05/2012 08:47:04
Oi Théo, obrigada pelo comentário querido... Ao contrário de você, existem pessoas recalcadas e invejosas que acreditam que eu fantasio as coisas... Infeliz de mim se não fosse realidade os meus contos!

Online porn video at mobile phone


gritin xvideosvídeos pornô de mulheres fazendo sexo com máquinas postiçaXVídeos loirinha Madame a Patroa e a Fazendeira conjunto E vai transarcontos de incesto dei pro meu sobrinhovideos porno com as bucetas mas aprrtada e q n quento kid bengalacontos eróticos de calcinhas no cestoFOTOS CONTOS DE SEXO DE UM JARDINEIRO PIROCUDO COM SENHORAS CASADAScontos eróticos xingando quando era enrabadacontos eiroticos leilapornxvideoAmiga Fica Olhando A Outra Fazendo Um Boquete E Acaba Dando Uma Mãozinha No Final XVídeos cuidadora se dando mal com as presasbotei meu dedo na buceta da mulher do amigovedeo novenha linda da um cuzinho apertatenhotraficante pausudo estourou o cuzinho da minha namorada na favela contoswww.xvedeo so gozadaia mais gotosaquero ver vídeo 2017 mulher pelada transando comigo numa na cama de box altonaxvideos calibrosasmeti a rola na maninha .a chuvaradavidio de peixe chupeteirocasada com homem do pinto pequeno arruma um amante na faculdade transando gostosocontos eroticos eu fui estuprada crente geme muitogarotocabelos grandes blusa pretaMinha cunhadinha viu o tamanho do meu pau e quis experimentarContos eroticos dormindo,contoerotico eu namorada mae e tiotenho 12 aninhos e adoro sentar no colo do meu padrasto so pra senti pau dele duro ate ja fiz ele gosar me rosando kk contos eroticosCrentinhas cabacinhoscontos eroticos me entreguei p meu genro k me fez d putabaixa videos de menina dano abuceta de perna a bertarcontoerotico eu namorada mae e tiocontos eroticos corno desde a lua de mel fudi ela e o namorado delacontos eiroticos leilapornContos eroticos picantes peguei minha irmã safada dando negão pisudo O verdadeiro marido Corno . . . Simplemente adora lamber o clitoris da esposa . . . Enquanto o amante dela enche sua buceta de Porravideos dr sexo com pau de40cm analFotos de mocinha empinando o cu para o negao de pau mandigoxxvideo vizinha veio estende roupan********* tomando esculacho de pica brutamonte da tardeentrei no ônibus com meu marido quando eu percebi o cara colocou a mão por dentro da minha calça atrásContos eróticos da minha noracontos eroticos meu enteado e sua maexvídio porno novínha espichano gozo"menos apertado" gay contopapo pijama asunto e puetanovinha parece um anjodando o cu fotosfiz uma foda bisexual com meu filho minha filha minha esposa meu caseiro sua esposa e sua filha contosmeu irmao despresa minha cunhada e ela da a bucetinha gostosa para mimnegao fudendo engenheiro na obramulheres relatando como e ser dominatrixSou coroa casada os mulekes rasgaram minha calcinhacontos eroticos minha madastrA kesbicixxx.travesti. bunda. melozaContos irronicos fodendo a minha namoradofui dormi com a madrinha contonovinnha gosando de calça soçial pretaxvidiobaixinha buceta apertadinha deixou gozar dentrocontos maesinha mw deu cuzinnhotirado cabaso.xnnvidio tirando cabaso.xnvidio.video porno transando mexendo se esfregando fazendo coceira dentropornoirado com mulher casada lesbicapaicomeu eu minha irmavideos eroticos comendo o cuzinho da mae ate ela cagaxvideo brasileiro onde tia dorme mais sobrinho na mesma cama nú acarradoscontos eróticos comi o cu da minha irmã novinha brincando de esconde esconde conto erotico namcazadas..trazas.moteu..baixadas.rjfilha a reda causilha e pai empura rolaO doce nas suas veias (Capitulo 17) Autor Vamp19deitei de conchinha com minha mae peitudamulher do Espanto dopando a mais gostosacontos eróticos de zoofilia com entiadasCuidando das amiguinhas da minha irma contosconto erotico velha casada banca negao pirocudonegra menina peituda e papaixvideoXVídeos Kiko Chaves Chiquinha e dona Florinda chorandoSarado labedo u copo xvidioconto erotico ela passou a lingua na.minha buceta do grelo ate o.buraco da.vagina e enfiou a linguanovinho roncano cabaco da novinhaenrolada na toalha pelada transou contos eróticosHistorias erosticas viadinho dano o rabo para o seu tio e choracontos eiroticos leilaporngostaria que você mandasse primeira foto do Biel batendo punheta peladominha esposa queria rola grande eu arumei ela quiz fugi eu segurei e mandei soca todoopai. comendo. afilha. virgemxxvideocontos gays o mimadocontos eroticos gay muito hormoniofolha da a buceta ao seu pai pra tira o seu cabaco205xvidiofùdendo minha irmã gostosagangbang silvio santos porno doidofotos bucetad testa de touroincesto sendo encoxada e rebolando gostoso contos pornocontos eróticos babá olhando só de short sem cuecaeu, minha namorada, minha namorada e meu tioNoviha cemtano no carahao