Diário da Naylle - selinho forçado.

Um conto erótico de Naylle
Categoria: Heterossexual
Data: 17/03/2011 20:11:41
Nota 9.78

Aos 13 anos, eu e umas amigas resolvemos "fugir" e ir numa festinha.

Na casa da Bia, nos arrumamos e tentamos beber. A mãe dela estava bêbada e não viu quando saimos vestidas como vadiazinhas.

Meus olhos claros tiveram maior destaque quando abusei do lapis preto. Os meus labios carnudos estavam pintados com batom escuro. Blusa de alcinha mostrando um pouco a barriga, sem sutiã, saia jeans curtinha, calcinha de lacinho lateral, meias coloridas acima dos joelhos e tênis.

Quando cheguei na festa, vi o cara + lindo do mundo. Olho azul, pele levemente bronzeada, cabelos avermelhados num moicano discreto, corpo malhado, 1.75 + ou -, sorriso largo e aparelho nos dentes. Passei por ele, qe não me olhou, fiquei decepcionada.

Já estava bêbada, quando o Rick, (moreno claro, 25 anos, 1.90 de altura, bombado, simpatico) insistiu pra qe eu fosse ate o quarto da irmã dele, escolher um CD pra animar a festa.

Assim qe a porta fechou, ele me agarrou, me beijou e foi me empurrando pra cama. Mal conseguia respirar.

Os beijos eram bons, + os amassos... péssimos.

Como estava 'altinha', simplesmente acabei apagando, dormindo, enquanto ele apertava os meus seios como se fossem massinhas de modelar e lambia o meu rosto.

Quando abri os olhos tinha um mega pau pertinho da minha boca. Me assustei e sentei. Ao olhar pra tras, ele punhetava aquele pauzão qe tinha com certeza no minimo 22cm.

Resolvi correr, + como estava tonta por ter levantado rapido e por ter bebido alem do qe deveria. Assim qe dei os primeiros passos, acabei caindo de joelhos.

O Rick veio correndo, eu achei qe iria me ajudar + logo ergueu a minha saia e tentou me dar uma enrabada.

- Sua cadela. Vem qe vou fuder sua bucetinha, depois vou arrombar seu cu e vou gozar la dentro. Vou te fazer cagar porra!

Meu Deus! Oq eu estava fazendo ali? Hoje eu dou risada quando lembro da ultima frase, qe coisa + idiota pra se dizer a uma garota qe vc mal conhece e ta tentando convence-la a transar. + na hora levei um susto, queria chorar.

- Vem qe eu te arregaço, putinha gostosa.

E se me pegasse me arregaçava mesmo, o pau era imenso. E eu era só uma menina de 13 qe aparentava ter uns 16 anos, e tinha quase 1,60 de altura.

Abaixei a saia, sai correndo e chorando. Quase cai da escada e esbarrei no cara lindo.

Ele me segurou pelos braços e me deu um sorriso magico qe quase me fez esquecer o Rick, aquele filho da puta.

- Calma gatinha. Vai acabar se machucando.

Quando olhei atras dele, o Rick descia as escadas, sem camisa e com um volume ainda grande na calça.

Sai correndo. Não sabia oq fazer, então sai andando sem rumo. Quando uma mão tocou o meu ombro, meu corpo gelou inteiro de medo, só fechei os olhos e não consegui me mexer.

- Não pode sair assim, gatinha. Vamos ate o meu carro qe te dou uma carona.

Era o lindo, como fiquei aliviada. Falei qe não podia ir pra casa e não sabia das minhas amigas. Ele sugeriu qe esperassemos minhas amigas no carro e depois ele nos levaria em casa.

Ele pegou um pano e secou minhas lagrimas e limpou minha maquiagem qe estava borrada.

Não me lembro como, + nos beijamos muito. E logo meu banco estava deitado e ele quase encima de mim. Não sei se apaguei de novo ou se só não lembro como tudo começou.

Ele beijava minha orelha, chupava o meu pescoço, mordia o meu ombro e mamava os meus peitinhos. Instintivamente minhas pernas se abriram e ele se encaixou no meio delas. Pouco tempo depois, o pau dele já estava pra fora pincelando a minha buceta molhadinha.

Com muita calma, ele esfregava o pau em mim e ficou todo melado. Com os dedos ele afastou os labios e colocou o pau na entradinha.

- Vou colocar só a cabecinha, minha linda, relaxa, tá!?

Eu estava adorando. Ele colocava e tirava, aquilo foi me dando um tesão, e senti escorrer tesão ate o meu cuzinho.

- Não to aguentando, deixa eu por tudo? Só uma vez, deixa eu provar essa bucetinha gostosa.

Tava tão afim, pensei "não da nada, qe se foda, ou melhor, qe ME foda". Estava me preparando, quando falei:

- Naylle.

- Oque?

Ao perceber, qe nem meu nome ele sabia, desisti.

- Meu nome... é Naylle!

- Muuito prazer, gata, Cadu!

- Ainda sou virgem e não to preparada.

Ele endoidou. Falou qe ia com carinho, qe ia doer um pokinho + qe depois parava. Tentei tira-lo de cima, não consegui.

Aos poucos fui sentindo o pau dele entrar, não tava doendo. Ele me dava beijos cheios de tesão e eu pedindo pra parar, qe eu não ia dar. Tava bom, ate qe o pau não conseguia entrar.

- Gata, não fica brava. Eu quero o seu selo. Depois eu te recompenso. Se prepara qe vai doer um pouco.

Comecei me debater, falei qe não + ele não ia parar. Eu tava com tesão, queria um pouco + não ia dar.

Senti uma estocada qe deve ter estourado o meu cabacinho, ardeu d+ e ele deu um longo gemido, o corpo dele tremeu.

O pau continuou lá dentro, parado. Pedi pra ele sair, qe tava doendo e ele falou qe já ia ficar bom. O porre ate passou com a dor. Eu queria ir embora e comecei chorar.

O pau dele entrava e saia arrombando a minha bucetinha apertada e ate então virgem. Tava ardendo muito e o Cadu enquanto metia fazia carinho no meu rosto, enxugava novamente as minhas lagrimas.

Eu tava torcendo pra qe ele gozasse logo e pra qe me deixasse sair. Então senti uma estocada forte seguida de varias metidas rapidas e profundas. Ele me segurava pelos ombros com força e empurrava meu corpo pra baixo, ele apertou forte e deu um gemido alto no meu ouvido. Os movimentos foram parando aos poucos.

Senti a porra quentinha escorrer quando ele tirou o pau ainda meia bomba todo melado.

Ele tava todo carinhoso, ate me beijou + não retribui, estava triste e me sentia muito mal.

O paninho qe ele usou pra limpar a minha xotinha ficou melado de porra e um pouquinho de sangue.

Minhas amigas não demoraram, o silencio predominou durante todo o caminho.

Quando desci, dei tchau de longe e ele me pediu pra esperar. Se aproximou e me beijou de um jeito tão gostoso e nem parecia o idiota de minutos atras.

O meu coração amoleceu, ele se desculpou e marcamos de conversar. + esse já é assunto pra outro conto, bem + gostoso - pelo menos pra mim.

BeijinhuS

.NAY.


Este conto recebeu 0 estrelas.
Incentive Naylle a escrever mais dando dando estrelas.
Cadastre-se gratuitamente ou faça login para prestigiar e incentivar o autor dando estrelas.

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
27/07/2013 12:24:14
nossa, me senti provocada Esse Cadu me lembrou um personagem que adoro e isso me fez sentir-me na histório. Parabéns, escreve muito bem quero ler o proximi
06/05/2011 13:04:03
oi Naynossa menina vc escreve muito bemme responde......quem sabe posso te fazer gozar gostoso com mibnhas fantasias...
06/04/2011 06:55:11
Vou virar seguidor da Naylle, que talento! "Como ela" fez bom comentário sobre meu conto ("Chifre, com chifre se paga", curioso, eu acessei seu nome e encontrei pérolas que escreve. Gostaria de estabelecer contato/intercâmbio:). nota dez!
25/03/2011 19:57:26
Bom , faltou mais ação mais... 8,0
18/03/2011 16:58:23
que delicia. me imaginei te fudendo gostoso dentro do karro + sem te fazer chorar, hehe. mto bom!
18/03/2011 16:00:36
muito bom. Excitante pela...naturalidade, sem ser vulgar. gostei
18/03/2011 08:05:58
muito bom...
17/03/2011 23:16:33
valeu , gostei mto. meu msn me add

Online porn video at mobile phone


Contos eroticos bofinho machinholevantou o vestido da coroa evagelica e passou a rola.comxvideo negras espiando upadrastox video acampamentomisteriocontos coxudame deliciei vendo minha mãe tomar banhoXVídeos aponta apostei com meu irmãonovinho cabaco de 15 menino sendo pego pelo tiozaocornolandia barbara costa bucetakero ver minha esposa dando a buceta cabeluda lurdes para o patraodupla de caralhudos rasgando o cuzinho no pornodoidosexo com as maos apoiadas no chao ela recebe uma delisiosa chapadaporno metendo de levinho atrasflagante de sexo com patricinha de carangolafamília sacana foto de homem chupando b***** de mulher chupando pinto de homem e mulher gritaXVídeos novinha Caboco apalpando o pau na goela da mulher e homem transandodeitei de conchinha com minha mae peitudavídeos virgens roçando a xota e esguichavam vadia dando o cu fechadíssimoxvideo morena chutinho na ruafazer downloader://xvideos.blog.br/negao-lhe-seduziu-apenas-pra-lhe-arrombar/conto erotico huntergirls71quero ver as novinhas do Nx dando a b***** seus cunhadosConjunto porno ardende bruno gozar tarde toda ao vivoo garotinho do semáforo contos eróticos reaisVoltei para casa toda arregaçada e cheia de porracontosgosandodentroPor Fovar ensine minha buceta desagradavel porn full video Mansinho shortinho atolado bunda corno contohomem nu da cu seminaristacontos da xana tia marta coroahistória real irmão bem dotado seduza irmãzinharevelação de filme pornô com minha mulher transa com meu jardineiromeu padrasto me pegou no colo contos eroticospalavroespornobrasileirasencostando de pe na parede e comendo o cudormiu na casa do amigogay contos eróticoe possível ter.orgasmo quando estiver engatado com cachorroContos eróticos encoxada gostinho contos eróticos menina no esconde escontemulher do bucetao paresendo uma jegonaconto erótico esfolei o cu e a buceta dela com raivaeu chorei pedi pra parar mas ele metia contorancou sangue do cu do novinho conto pornocontos eroticos barbeiro cortando cabelo de mulherXVídeos escaninho de vocêbelo sexo dormindo de conchinha com a tia so de calsinhaelementarians eroticocasadoscontos tio gilson seminarista promo gostoso me fudeu contos eróticos gayhttp://comendo a conhada virgementeada dorme bêbada chapada e padrasto quando a solidão na marraamarados com cordas e mulheres tatendo punheta ate eles gozar xvideosMIDINHOPORNOindiazinha dormindo deixa ser penetradaconto porno provoquei meu filhomulher que gosta de ser encostada no ônibus contosprofessora mulata fodenocom alunoMeu co ralf me comeu contocasos amad tira calcin pra irm gosa ponh casa favela cariocacontos eiroticos leilapornporno casa xeio de passarinhoscomi ocu da minha vo contoserma perde cadaco com o irmao pausudo no xnxx.comporno cazeiro mulher corno não aguentou cuzinho Fabiano xvideo. comhomenagem a cornodaputa xvideo a peidorreira bem gostosa de vestido curtomeninas buceta enfregão so de fiogravei a brexinha da safadacontos eroticos garantido trabalho do maridocasaraoxvideoscontos eroticos.eu deixo mas sò a cabecinhaXvidio brasileiro patroa de caucinha dando para ogarotovideos porno mulher aguentando dois paus de quase50 centimetropornodoido filiinho da mamãe Conto erótico tranzando gostoso com motociclista de hamburguervigem alilado bucetasconto gay o meu sonho de consumocontos erotico gay o nerdcontos eróticos deiminhabucetapromeu filho menor depois que cheguei daacademiacabalo na calor zoofiliagurias morenas dimemores lesbicas fodelevei minha esposa num glory hole conto realmãe e filha assistindo televisão e a filha com cobertor coberto por ela e ela fudendo e metendo o dedo no priquito debaixo do cobertor sem a mãe verwww vovo adora minha rola preta e chora guodo boto no cu dela porno .comcontos gays pique esconde no orfanatocontos esposas putas castigadas no cuxsvideo de porno itiada fudeno com padrastocontos eiroticos leilapornxvideos amiga derramou molho nela mesmacontos eroticos minha esposa gosta de aposta