Metrô lotado dá nisso

Um conto erótico de Safado de Sampa
Categoria: Heterossexual
Data: 03/07/2010 12:03:00
Nota 9.62

Olá, tenho 25 anos de idade,sou casado e tenho uma filhinha de quase 4 anos de idade,porém sou muito fogoso, gosto bastante de bucetas e não me contento só com minha esposa. No meu ultimo conto contei que me arrependi de ter traído minha esposa,mas tive recaídas e ultimamente só penso nas outras mulheres (minha esposa é ótima comigo,mas gosto tanto de buceta que quero muitas). Eu estou fazendo um curso de formação de vigilantes na Armênia e pego onibus perto de casa bem cedo para ir para a Pça da Sé e lá pegar metrô até a Armênia. No ônibus ás vezes acontece de eu encoxar alguém, discretamente sempre,claro, se eu percebo que a mulher não está gostando, eu começo a me afastar (não quero passar vergonha,é claro),mas se a garota está gostando (como ás vezes acontece),aí eu aproveito, ás vezes ela mesmo vem na minha frente,aí é pau no gato (ou melhor,pau na "gata").

Lá no metrô, ás vezes lotado, nessa quinta-feira mesmo (dia 01 de julho de 2010) ,para quem ler esse conto sabe que o metro tinha quebrado,eu estava esperando o metro na Sé, ouvi um segurança falando para o outro que um metrô havia quebrado na estação Vergueiro e tinha que ser rebocado (sentido Jabaquara-Tucuruvi). Então encheu muito o metrô. Enquanto isso,duas garotas conversavam ao meu lado, eu comecei a puxar asssunto e elas falavam cmg,sobre a demora e sobre a multidão que ia entrar no metrô,depois parei de conversar com elas. Uma tinha umas estrias na barriga e era "buchuda" (rsrsrs), mas usava um moleton e tinha uma bunda "comível", não era ruim não,era até bunduda, e era loura (eu prefiro as negras e depois as morenas, deixo as louras por ultimo,mas buceta oferecida eu não recuso), a outra era morena ,mais baiax que a outra,usava jeans, e tinha uma bunda redonda arrebitada, gostosa,e justamente nessa que eu "sem-querer-querendo" esfregava minha mão esquerda enquanto eu segurava minhas coisas.

Quando o metrô chegou, todos queriam entrar, eu sempre dando um jeito de ficar atrás delas,então passaram mais pra frente eu empurrando os outros pra ficar atrás de uma delas,acabou que a loura de calça de moleton ficou bem na minha frente,mas ainda a unica coisa que eu conseguia fazer era esfregar minha mão esquerda (que segurava uma bolsa com meus materiais do curso, e tbm meu caderno) na bunda dela, uma moça atrás olhava isso e depois esfregou a mão dela na minha,parecendo de propósito, empurrando mais minha mão na bunda da loura, aí eu com a mão direita fui envolvendo a cintura da loura. entramos no metró aos empurrões, eu fui indo e tava longe da loura,mas com mais empurrões,pois mais gente queria entrar no metrô,eu fiquei bem colado atrás da loura, e meu pau já estava muito duro,que nem ferro, latejando de tesão. Ela conversando com a amiga dela e elas falando alguma coisa comigo depois eu fingindo que estava prestando atenção, daí então com a mão direita livre, eu fui aos poucos (com a mão direita já aberta) passando na cintura dela, e na bunda, ela nem aí,parecia que tava gostando, quando a loura falou alguma coisa sorriu e olhou pra trás falando comigo, eu sorri de volta,mas nem prestei atenção no que ela dizia, fui com minha mão mais pra frente dela,até chegar na buceta dela por cima da calça. A amiga dela na frente dela olhou pra baixo, pra minha mão e fez um sinal de assustada e empolgada pra amiga dela; ainda a amiga da loura falou alguma coisa e a loura falou pra ela que não precisava segurar em lugar nenhum pq ela tava presa ali, e perguntou pra mim: "não é moço?",eu falei que sim e que eu mesmo nem conseguia me mecher. Daí a loura falou pra morena e pra mim que quando o metro tá mais vazio as pessoas ficam até pra lá e pra cá no movimento do metrô e nisso ela deu uma rebolada gostosa simulando que tivesse balançando, quase que eu comi ela ali mesmo quando ela fez isso.

Eu comecei então a esfregar mesmo minha mão na coxa dela, na bunda e depois fiquei só na virilha dela por cima da calça de moleton ainda,ela fingindo que nem tava percebendo,conversando com a amiga, então de repente meu coração acelerou bem mais,quando ela pra minha surpresa abriu as pernas levemente pra minha mão "sem querer" escorregar pra buceta dela,entre as pernas dela, eu ao mesmo tempo que estava doido de tesão estava assustado, e ficava olhando disfarçadamente pra todos os lados pra ver se alguem estava olhando,como não estava, só a amiga dela ás vezes que não fazia nada, então eu devagarzinho fui enfiando minha mão por dentro da calça dela, e comecei a esfregar a buceta dela por cima da calcinha, na virilha e fui descendo, quando cheguei bem na racha, a calcinha dela estava super molhada,ela olhou pra trás sorrindo e virou pra amiga dela e a amiga dela se aproximou e uma cochicou alguma coisa pra outra. A loura então levou a mão esquerda dela pra trás e começou a alisar meu pau por cima da calça e nem demorou já foi metendo a mão por dentro da minha cueca e me masturbando, eu nem pensei duas vezes e já enfiei minha mão por dentro da calcinha dela e comecei a bater uma siririca pra ela ali mesmo, o metrô ainda estava cheio,pois em algumas estações tinha enchido mais do que tinham descido gente, ja ia chegar a minha estação, eu com dois dedos dentro da buceta dela e ela com a mão no meu caralho,alisando e ao mesmo tempo levando a mão pra cima e pra trás,batendo uma punheta pra mim, ela fez uma expressão muito gostosa e parecia que tava gozando,de repente minha mão foi enchendo de um liquido , com certeza ela tinha gozado. Eu ainda alisei o grelo dela e tirei minha mão aos poucos,pq ja tava esvaziando o metrô e eu tinha que disfarçar. Ela também tirou a mão do meu pau e ficou apenas esfregando a bunda no meu cacete pelas nossas roupas mesmo,eu ainda passei a mão na buceta da amiga dela por cima da calça antes de descer, dei um beijo no pescoço da loura e falei tchau,elas duas responderam tchau e a loura falou "foi um prazer",eu disse, pra mim foi mais, e desci.

Durante o curso,eu quase não conseguia pensar em mais nada, e toda hora ficava excitado mas tentava mudar de pensamento,pois se eu levantasse ali,ia ficar com vergonha por estar com o pau duro.

Na volta pra casa, já depois das 18h,ao invés de pegar o metro direto pra Sé e pegar o onibus pra vir pra minha casa, eu parei na Sé, peguei a linha vermelha, fui até a estação depois da estação Santa Cecília (sentido Palmeiras Barra Funda) e peguei o metrô de volta sentido contrário (Corinthians Paulista Itaquera). O metrô nessa hora é super lotado, eu fui atrás de uma mulher mas só encoxei, e ela tava normal, não parecia que aprovava nem desaprovava,ela desceu na estação Sé e eu fui mais pra frente,ficando no meio. Na estação Sé ao mesmo tempo que desceram umas pessoas, nesse horário tem muitas pessoas,então entrou no metrô muito mais pessoas ainda do que sairam, e ficou lotado,eu fiquei atrás de uma negra deliciosa (do jeito que eu gosto), e ela com aquela bunda gostosa, grande parecia empinada para mim. Ela estava de calça jeans,então o metrô cheio eu fiquei ali curtindo até chegar na estação Brás,quase que gozei na bunda daquela negra gostosa.

Eu desci na estação Brás e fui direto pro metrô que vai pra Calmon Viana (que não tem nada a ver com o meu destino,que já tinha acabado na primeira vez que passei pela estação Sé e desci pra pegar a linha vermelha), então enquanto o metrô não chegava, foi juntando cada vez mais pessoas, eu vi uma garota que parecia ter uns 20 anos com saia rodada,tipo lambada, e já fui aos poucos disfarçadamente ficando perto dela, quando o metrô chegou, para quem conhece já sabe como que é, empurra-empurra de um monte de gente pra conseguir lugar sentado,ja que o metrô lá é vazio,pois é de lá do Brás que ele parte pra Calmon Vianna. Eu esperei muitas pessoas entrarem (tem muita gente que se machuca nesses empurrões, fora uns dias atrás que eu fui numa aventura tbm de encoxadas lá e tinha dois caras saindo na porrada do outro lado do setor que eu estava,eu estava num lado e eles do outro lado brigando,daí eu já até avisei os policiais que estavam lá e perto de mim, e tbm já tinham outros indo pra lá),mas continuando, eu fui entrando com os empurrões, daí "sem querer" e por pura "coincidência" (até parece , né?), eu consegui ficar bem atrás da amiga da garota de saia, a amiga dela usava uma calça jeans colada e tinha uma bunda grande e redonda, eu fiquei atrás dela curtindo ali e ela parecia que tava gostando,mas eu queria é a de saia. Essa de saia tinha uma bunda grandinha tbm e arrebitada, bem empinadinha chamando eu,rsrs. Aos poucos eu fui indo pro lado, o metrô andava e balançava muito,eu ia cada vez mais indo pro lado,um ou dois caras olhavam aquilo e não esboçavam nenhuma reação, eu consegui ficar do lado dela e ela com a mão esquerda abaixada segurando alguma coisa ás vezes encostava a mão ou parte do braço (ou ante braço?) no meu cacete já bem duro, daí ela começou a deixar a mão ali parada no meu pau e ficou esfregando, enquanto isso ela conversava com uma amiga dela que estava do meu lado (eu estava entre as duas,mas só que um pouco mais pra trás), fui indo pro lado direito e ela veio pro lado esquerdo,deixando meu pau bem no meio da bunda dela, que delicia era aquela bunda grande e empinada.... Fui curtindo e quando vi que eu tava bem preso e seguro pelas pessoas ao nosso redor, então eu não ia cair, deixei minha mão direita descer e disfarçadamente, olhando fixo pra frente, sem chamar a atenção (tinha alguem na frente dela tbm de costas,então não poderiam ver,então aproveitei), coloquei a mão primeiro por cima da saia dela,ela deu uma olhada rapida pra trás, nos meus olhos,eu a encarei e ela com um sorriso malicioso virou pra frente novamente e depois continuou conversando com sua amiga,como se nada tivesse acontecendo. Eu então, entendi o recado e ja fui metendo a mão por baixo da saia dela,ela empinou mais a bunda deliciosa e percebi que ela usava uma calcinha minuscula, levantei a saia dela um pouco e ela nem aí, abri o ziper da minha calça e fiquei com o pau pra fora só com a cueca impedindo de eu encostar meu pau nela,fiquei esfregando meu pau através da cueca naquela bunda deliciosa, veio a proxima estação e encheu mais de gente, daí eu fui mais pra frente,mas sem empurrá-la muito, ela veio pra trás e a pressão na bunda dela foi maravilhosa,quase que gozei...

Esfreguei um pouco minha mão na buceta dela (tudo,virilha e na racha e nas cochas) pela calcinha dela, um fio dental minusculo,parecia que não tava usando nada, e nem demorei muito ali,pois ela mesma pegou na minha mão e levou pra dentro da calcinha dela, a buceta dela tava encharcada,comecei a esfregar tudo, o grelo dela era grandinho e tava duro (pra quem não sabe, a mulher estando excitada, o clitóris aumenta de tamanho e fica mais duro,igual o bico do seio endurece tbm) e ela estava assim, eu enfiei um dedo e fiquei batendo uma siririca pra ela,ela rapidamente já foi metendo a mão no meu pau por dentro da cueca,nem (não sei com que rapidez ela fez,mas foi muito rapido,ela só enfiou a mão pra trás e meu pau que tava pela cueca na bunda dela, ela conseguiu tirar ele pra fora - eu ajudie um pouco - e ficou batendo uma pra mim e alisando a cabeça do meu caralho). Ela não aguentando mais ,virou a cabeça pra trás e eu levei a minha pra frente pra ela falar no meu ouvido: "enfia em mim,não aguento mais", então obedeci sem lembrar de nada, nem da camisinha (nem ia dar pra por mesmo,haha),e enfiei naquela buceta melada e quentinha, agasalhei meu pau naquela gruta quente e molhada... Ela rebolava,ainda mais com o balanço que dá o trem, gozei dentro dela rapido, tava super excitado,ainda mais com o que aconteceu de manhã,e não aguentei, ela tbm pareceu gozar,apertou minha coxa (pela minha calça) forte e deu pra ver ela fechando os olhos,a amiga dela olhou pra baixo no sentido do meu pau e arregalou os olhos e balançou a cabeça,como se falasse que eramos loucos,e estava certa, pois estavamos doidos de tesão. Quando fiquei ali depois de gozar e ela tbm, eu esfregando a buceta dela,então tirei o meu caralho pra fora e guardei-o, um cara do nosso lado esfregava o pau dele e estava olhando pra nós, mas disfarçou quando eu olhei pra ele (eu sem graça,mas a excitação era maior que a vergonha na hora, até tinha esquecido que tinham pessoas a nossa volta).

Chegou na estação USP Leste e tanto ela quanto eu, nos arrumamos e ficamos só colados,ela virou pra trás,agora o corpo inteiro e me abraçou,como se fossemos namorados e nos beijamos. Ela anotou o número de telefone que eu dei pra ela (falso,afinal de contas, se ela telefonasse pra mim,ia ser treta aqui em casa né? dependendo do que acontecesse, minha mulehr poderia ver,hehe). Ela desceu numa estação lá qualquer ,nos beijamos mais uma vez, e ela com a amiga dela desceram,quando a amiga dela passou por mim pra sair, ainda passou a mão no meu pau e deu uma apertadinha sorringo maliciosamente, eu desci na estação seguinte, e peguei um metrô de volta pro Brás, depois pra Sé, e finalmente peguei o ônibus pra minha casa. Pensando na cena, meu pau duro, tinha bastante gente no onibus,mas eu nem quiz saber de nada mais,já estava satisfeito, só na horas de descer do onibus que eu encostei um pouco numa mulher morena de cabelo liso e branquinha, bem bonita. Ela olhou pra trás e não fez nada, mas mesmo assim eu não abusei, e vim embora pra casa. Outro dia vi uma coroa de saia rodada, bem curta,estilo lambada e de decote, seios e bunda enormes, fiquei com muita vontade de comer ela,mas só pude ficar olhando a safada,que sentou de frente pra mim,com amigas dela, e eu olhava na cara de pau ela de pernas abertas (não escancaradas,mas dava pra ver a calcinha branca dela, que parecia ser pequena), e ela ficava sorrindo com malicia, mas quando ela desceu na mesma estação que eu,a amiga dela ia pro mesmo lado que eu e eu fiquei feliz,mas ela e outras amigas falaram que não era por ali,era pra o o utro lado pra pegarem sentido jabaquara (ah,eu estava na hora na linha vermelha,pois fui tentar encoxar algumas garotas,não tive tanta sorte e tinha ido embora),daí ela foi embora e eu fiquei encarando,ela não olhou pra mim, mas isso já fazem uns dias,foi antes dessas aventuras que lhes contei.

Hoje cedo fui fazer exame de sangue, pois tranzei com a gostosa sem camisinha,o que não sugiro pra ninguem, não quero transmitir doença pra minha esposa,claro. Gente SEXO SÓ COM CAMISINHA,ok? Vlw ae e depois conto mais aventuras que venham a acontecerpras garotas que tenham aventuras de encoxadas e tenham gostado, me falem: [email protected]

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
11/07/2019 08:31:33
Eu Queria ter essa coragem vejo cada uma no metrô .... Muito bom esse conto
20/01/2019 15:04:15
Menino, você gosta mesmo de encoxar. Pegar transporte público é mesmo um prazer, procurando tuas parceiras de rala rala. Imagino como deve ser, fazendo durante um trajeto com tantas pessoas em volta. Rs. Agradeço tuas leituras nos meus relatos. Beijos da Vanessa.
20/01/2019 04:09:27
muito bom votado dez
05/01/2019 17:43:44
Nossa, não perdeu tempo querido. Deu para entender a cabeça dos homens que nos encoxam. Eu mesma, por morar perto do centro, sempre pego os coletivos lotados. Via de regra, alguém se encosta ¨acidentalmente¨. Pena que o trajeto é curto e não dura muito tempo. Rs. Se tu não tiveres preconceitos, dá uma lida nos meus. Nota dez e beijocas.
20/08/2018 10:55:57
Bom até.
uem
24/10/2016 21:56:48
delicia seu conto
06/11/2015 01:21:59
27/08/2012 11:53:21
que tesão muito bom seu conto
23/03/2011 12:03:05
gozei aqui feito um dois lendo essas presepadas suas aí kkkkkkkkkkk
23/03/2011 12:02:18
pô muito louco seus contos... curti pra caralho e num é q é uma boa idéia?
04/07/2010 02:13:41
Até que é uma boa idéia né? hehe.
03/07/2010 23:54:36
Gostei, vai contando mais dessas suas aventuras de encoxadas, mas para a proxima leva logo camisinhacolocada.

Online porn video at mobile phone


vidio de pono gya com tio com briquendo polo cu do seu afilhado mundobichafodendo gestantescobtoseroticos uma pequena apostamulheres que gostam de ser encostada no ônibus contoscontos eriticos inquilino quarto fundosgosou nuonibuPornor sobrinho passando ferias na fazenda da tia viuvaComo rankar um cabaco de uma gostosafoi pular carnaval com amigo levou esposa virou cornoviadinho fui tomar sorvete contos eroticosbussetas cuspindo porranando ta duendo nando ai minha buceta nando ceta poinhndo tudoVideo de porno com puta de 19 Anos video de 01h00videos novinha di saia porbaxo naruaZoofilia caes encangados em mulherescontos sadomazoquismo estupromenina dorme sem calsinha e leva puca cu virgemContos.fonados porno de cornovidio de pesouas transandoquando seu.comamigo nao te.comrespondovocê vai aguenta minha pica inteira vadia100foto cu e grelo peladapadastro de 45 cm no cu da intiada de 24 anosvidio porno de estrupo nas casas com taradodos comendo de bruso para a baixa no celulardei meu cu a primeira vez , nao parei maisnegona carvao trepando pornodoidobaixar vídeo de sexo de cachorro e mulher ponto comvideos de sexo enchendo de porra esperma semem dentro da buceta jovem gozando dentromeu dog gigante tirou meu cabaco chorei doeu mas contoCumendo rabo das laira rabuda"padre não é homem"desde pequeno bato punheta na frente do meu irmaomeu filho me faz de puta capitulo 8 e 9 relato eroticocontos eróticos comi o cu da minha netinha demenorcontos eróticos garotinho Netinho fudendo cuzinho do vovôdois dotado fetendo com forca e tirando sangue da bucetinha da moleca assanhadaxvideo casalkenteconto erotico sinhazinha arrombada por negro escravobritadeira sem limite xvidefotos de pau duro cabeçudovideos de porno doido com coisas indessemtecontos virgem amassosdona sia cazarao xvideiscondo o marido sai potrabalho pornocontos erotico cheirando calcinhas usadas da familiavideo cazeiro namorqda disendp e o cuzinho e so dele vide pornoxvidios outros purai favoritoscontos eroticos bucetinha deflorada a força no hospitalcontos bdsm escrava 24/7contos eroticos submissão cachorrinha dominadaxisvido filha bricano co paichupando a b***** da morena com uvafilme pornô lésbicas suando nariz na cara da outra Tirando catarrocontos eroticos sendo arrombada por dois machos que chupam gostoso minhas tetasvideos porno negao so os tapas estralandovedeo novenha linda da um cuzinho apertatenhoprica cavalawww.casadoscontoseroticos/tema/por que eu te amo amarreibaixar clip 16 .com porno mulher mini saia no metro mete a mao na calcinha delaxvideo.magrinha nao aguentou apica do negueo e gritou muito de dorcontos eroticos fui depilar minha patro q estava com a buceta e o cu peludo com fio dental atolada no cusurpreendi mamae a ser comida pela vizinha boazuda conhtovideo porno amor virei corno que deliciacagada chegei em casa tava minha mullher e minha enteada nua na minha cama sexi xvidopapai comendo rolinha xvideoesposa contesao napica do filhoXvideos pecavela bucetinha depilada da minha mãe contosincesto com meu vô contosbuceta virgem relatos descabacando as irmas gemeasEspirrando porra nas entradinhas das bucetas fada do sexopornodoido lesbico fretando na mesa de jantarGTA comendo na rua mostrando a bundinha calcinha vestidos aindacontos eroticos a crentinhaComendo minha cumade galega magrinha safadinha encuato o cupade trabalhar xxxvidiospornodoido se surpreendendo com pal do irmaopai rexha minha calcinha xvideoseu e meu irmao fomos brincar de medico pornodoidotarado nuonibuContos eroticos de esposa traindo marido com amigoconto anal feia bunda tanajuranovinha pergutou se podia guspir a porrasogra xuba a rola do genro ate gosar na boca delawww.mae nao aquento filho pausudo bocetao