Teu prazer, minha tara. Minha tara, teu prazer

Um conto erótico de Zandor
Categoria: Sadomasoquismo
Data: 08/02/2010 01:03:53
Última revisão: 08/02/2010 20:24:07
Nota 10.00

No fundo ela era apenas uma mulher, que se descobriu e foi descoberta, deixou nascer e crescer seus desejos inconfessáveis , os mais secretos, e que se entregou aos poucos a alguém que a tornou uma vadia, uma cadela, uma devassa,

Era uma mulher que precisava ter um Dono. Inconscientemente ela queria um dono viril e mandão, que lhe aplicasse tapas e palmadas e a subjugasse psicologicamente e ao mesmo tempo lhe cobrisse de beijos e carinhos. Socialmente seria uma pessoa. Entre quatro paredes ela se revelaria apenas a uma pessoa, como nunca se revelou a mais ninguem. Ao refletir sobre sua vida sexual, aos longos dos anos, começou a desconfiar de que só descobriria o verdadeiro prazer só se realizaria numa relação em que dor e dominação estivessem presentes, mas para isto precisaria encontrar a pessoa certa. Não que o que tinha experimentado até ali fosse ruim, não era isto.......mas ela queria mais......ela sabia que tinha mais para ser explorado e ela estava a procura de novas emoções.

E foi na net, quase que sem querer, que ela descobriu o homem que ela tanto queria e o mestre que procurava. Ela em seu dia a dia vive como uma mulher normal, mas quando ela se encontra com seu Dono, ela realiza seu lado submisso. Depois da primeira noite de amor, ela sabia que estavam abertas as portas do mundo de delícias que ela tanto desejava provar. Ela sabia que daquele momento em diante ela iria gozar, no sentido mais amplo da palavra. Aos poucos foi se descobrindo uma verdadeira cachorra, pensando em prazeres mais ousados, querendo curtir o peso de uma boa palmada na bunda. Sua tara é o estupro consensual, ser amarrada, ser vendada e depois levada para um lugar qualquer, sem ter idéia do irá acontecer depois.

Convidei-a para jantar. Combinamos de nos encontrar no restaurante. Queria ver os olhares dos demais homens quando ela adentrasse ao restaurante e se dirigisse ao meu encontro. Dei-lhe uma ordem.

- Venha sem calcinhas.

Ela chegou toda perfumada, arrancando olhares de admiração dos outros homens. Só eu sabia que estava sem calcinhas, só eu sabia que ela era minha putinha, para todos os outros do restaurante apenas uma bela mulher.

Pedimos as bebidas, escolhemos os pratos e falávamos amenidades. Até que em determinado momento, eu lhe ordenei: Masturbe-se! O garçom não desconfiará. Os clientes estão entretidos. Conversando em voz alta, nem vão perceber. Ela desceu a mão por entre as coxas e se tocou leve e profundamente. Ela gozou, ali, em público, na minha frente.

- Bote teus dedos na minha boca. Quero sentir teu gosto, cachorra. Ela, então, abriu bem as pernas, enfiou dois dedos o mais fundo possível e levou-os a minha boca para que eu degustasse daquele mel delicioso que é seu gozo.

- Minha putinha safada. Hoje quando chegarmos no quarto do hotel você vai tomar no cuzinho...Nada de pomadinhas, nem de cremes nem nada. Quero que você sinta dor. Sim vai doer. Meu pau vai te invadir com com violência. Quero que sinta a penetração de uma vez só. Que perca o folego, que grite de dor e prazer. Que goze, que sofra e que volte a gozar que sofre. Seus olhos azuis brilharam de forma faiscantes e o sorriso estampado em seus lábios deixaram escapar uma de suas frases favoritas: DEMOROU.....

Improvisei uma coleira com meu próprio cinto, em sinal de posse e coloquei em seu pescoço e a puxei rumo ao carro, para nossa volta até o hotel. No caminho, lhe provocava:

- Quero deixar marcas roxas em seu corpo para você saber que você tem Dono.

A resposta era um longo gemido e um profundo suspiro, seguido do DEMOROU permissivo e consentido.

Perguntei-lhe como estava se sentindo. Ela respondia que nunca tinha se sentido tão bem e que estava feliz e no seu devido lugar. De puta, cachorra, escrava, submissa. Ouvir isto dela me enchia ainda mais de tesão.

- Puta safada. Quero tuas taras safadas pervertidas, bem depravadas. Quero teus sussurros,teus gemidos e urros e os "ais" de amor...Seus gritos de prazer e gemidos enlouquecedores do tesão da dor.

- Meu anjo indolente, minha puta indecente. Quero você sempre afim de dar gostoso pra mim.Teu dono, teu macho, teu homem. Quero te fazer amada, ter seu gozo e sabor, te possuir com ardor e sem falso pudor.

- Ter seu corpo é fácil, sei onde moram teus desejos, sei onde buscar tuas dores e prazeres. Mas eu quero mais, quero tua alma; quero possuir teus anseios, tuas virtudes, teus medos. Quero antecipar tuas paixões, adivinhar teus encantamentos. Quero tua boca seca, teus olhos mareados,teu coração aos pulos, apenas com a lembrança do meu corpo nu sobre o teu, dentro do teu.

- Quero ser teu dono, tomar de assalto os teus desejos, inventar teu gozo, submeter tuas vontades, conduzir teus espasmos, libertar de você o desejo que sempre esteve lá, e você nunca viu.

Entramos no carro, tirei o pau pra fora e dei-lhe outra ordem: Chupa, cadela. Agora você vai engolir meu pau inteiro...quero sentir tua garganta, foder tua boca. Quero te sufocar com o meu pau, quero que perca o ar e o senso.Quero matar tua sede com meu leite, bebe meu anjo, se alimente com a porra do t

De joelhos sobre o banco do carro, sem se importar com quem passava ao lado, apesar do carro filmado, ela começa lambendo com calma e com vontade, primeiro a cabecinha. Depois enfia tudo na boca, sugando com fome e devoção.

Entramos no quarto nos agarrando aos beijos, como dois malucos, meu pau já querendo pular pra fora da calça. Ela se aproxima e começa a me morder, passando a mão em meu peito, depois me puxa pela mão, me levando para a cama, me empurra. Caio de costas e ali fico prostrado. Ela vem por cima e começa a rebolar roçando a bunda no meu pau, que a essa altura estava duro, depois volta e me beijar e começa a passar a mão no meu pau por cima da calça, nesse momento agarro sua bunda por cima do vestido, ela para de me beijar e me dá um forte tapa no rosto e diz, entre atrevida e ousada:

- Antes de você me comer, eu vou te usar.....agora você é meu brinquedo.

- Me chupa seu puto e só pare quando eu mandar.

Adorei a ordem dada e resolvi entrar na brincadeira dela. Ela me agarrou puxando meu rosto contra seu sexo, puxou sua calcinha de lado liberando uma bucetinha depilada e meladinha.

- Chupa meu puto.....chupa sua cachorrinha bem gostoso......chupa

Enfio a língua na bucetinha e ela se contorce toda, começo a lamber com vigor seu clitóris e enfio um dedo na bucetinha dela, ela da um gemidinho, olho pra cara dela e ela me dá mais um tapa no rosto.

- Tá gostando seu filho da puta??? Tá gostando???? então chupa mais, chupa cachorro...

Começo a lamber seu cuzinho, forço a entrada com a língua, e ela mia como gata no cio, meto um dedo em seu cu e continuo chupando e lambendo a buceta, movimento meu dedo em seu cu deixando-a doida, logo sinto ela se molhar, lambo todo seu mel, me deliciando com o gosto maravilhoso daquela bucetinha. Ela geme gostoso prenunciando a gozada.

- Me dá esse pau aqui meu macho.

Ela cai de boca no meu pau, abocanhando numa gostosa gulosa, tiro o pau da boca dela e dou um forte bofetão no seu rosto e grito: - Chupa com vontade sua putinha. Ela faz cara de safada e começa engolir meu pau, enfia até a garganta. Ela começa a lamber a cabecinha, depois engole e vem soltando aos poucos, até chegar na cabecinha de novo...

Ela mama e baba no meu pau. O tesão é demais e quero meter naquela bucetinha, pego ela no colo e me deito na cama, ela encaixa o pau na bucetinha e vai descendo, engolindo todo meu pau, ela começa a cavalgar como uma doida, gemendo muito, eu dou-lhe um tapa no rosto:

- Bate cachorro, bate na sua putinha bate....

Me agarro nela e começo a chupar e morder seus seios sem me importar se está doendo ou não, agarro forte sua bunda, ela me unha as costas e grunhe feito um animal no cio.

Dou lhe mais um tapa, gritando:

- É isto que você quer cachorra???? É isto é ????

Puxo ela contra meu corpo e começo a movimentar meu quadril rapidamente fazendo um vai e vem frenético, enfio um dedo no seu cuzinho e beijo sua boca, chupando sua língua.

- Seu puto...Fode meu cu, me arromba toda, me rasga com seu pau, arromba a sua putinha, vem, me fode!!!!!!!! Você prometeu agora eu quero.......Vem, me fode toda meu macho.....Sou tua, faz o que quiser de mim, de meu corpo,...me dá teu gozo, teu prazerfode tua mulher fodeSuas palavras me deixam ainda mais doido, boto-a de quatro e dou uma lambida no seu cu, babando bastante, ele pisca de tesão, coloco meu pau na entradinha e ela abre as nádegas para facilitar a entrada e começa a rebolar até a cabeça entrar.

- Vem meu macho me mete tudo em mim, me rasga.Jorra teu leite no meu cuzinho, goza em mim filho da puta.....goza na tua fêmea, na tua cachorra, na tua puta, seu safado....

Eu meto tudo numa estocada só, ela urra de dor e prazer, começo a fazer o vai e vem, entrando nela com força, agarro seus cabelos, puxo com força chamando ela de cadela, batendo na sua bunda e metendo sem dó, arrombando seu cuzinho como ela tanto queria

Ela gemia, gritava e rebolava totalmente ensandecida. Tinha gozado dando a bunda. Ela que a principio não gostava de sexo anal, agora já estava gozando pela bunda a safada. Acelerei os movimentos e enchi seu rabinho de porra. Gozei. Foi muita porra naquele reguinho. Mas não tirei o pau logo, fiquei metendo devagar e bem lentamente até meu pau amolecer. Ela se virou e começou a lamber meu pau, deixando o limpinho. Depois veio até minha boca e me beijou gostoso me fazendo sentir meu próprio gozo junto a sua saliva.


Este conto recebeu 0 estrelas.
Incentive Zandor a escrever mais dando dando estrelas.
Cadastre-se gratuitamente ou faça login para prestigiar e incentivar o autor dando estrelas.

Entre em contato direto com o autor. Escreva uma mensagem privada!
Falar diretamente com o autor

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
LIz
19/02/2010 16:35:15
Você sabe fazer uma mulher gosar... Uma delícia!
08/02/2010 22:48:08
Muito bom teus contos, leio com um tesão indescrítivel. Vc é um dos meus autores preferidos. Continue a nos brindar com seus contos deliciosos

Online porn video at mobile phone


contos eiroticos leilapornmulherer pediu mais piroca mais nao rinha mais e endiou a mao ate o corovelo pornoeu quero ver as feirense mais peladas dando e gemendo e gritando gostosoconto erotico gay negao dominador gosta de maltratar viado brancoContos50 cm minha picahome. bateno. earola no. cu. delapornodoido com gay selvajem fazendo malvadezaconto coneu o cachorro a força conticos erodicos gays entre entre desconhecidosmulheres que se arependeram de ter dado pro negao do penis gigantesamba porno mulher vai mexe seu cunhado dormindo sono profundox vidio de pornó de 2viado dando cu pro otrinovinha indecente nao aquento me ver so de cueca pornohomem de canastrão chegando em casa de mulher querendo dar a b***** delabuctao tod c gazandAliviando os funcionarios contos eróticosneguinha tirou a calsibha filsinho e gosoufodeno a parideiraxvideosmãe com gravidinhacadê aquelas gostosas de fio dental roxinhomenino novinho q gozar grita Aroldodepiladora pega cliente com pau enormePORNOVIDEOCURRAPapai goza na minha boquinhaconto gay ele se revoltou e tomou todasespiabno a irma troca de roupa e tranza com ela porno.doidoimagens de amiga gostosa so de sutian e causinha no quarto nxnnpornô grátis sobrinha Fala tio sua pica não vai caber na minha b********contos eiroticos leilaporndeu o cuzinho pela primeira vez e pede poe devagar porque ta doendocontos eiroticos leilaporntarada nuonibucontos erotico papai minha amiguinha q vc arregaça ela tambémcontos eróticos putas da rua"atolado no meu cuzinho"conto gay o meu sonho de consumoxvideos de puta arrolbadaContos tetas bicudas e sem sutiãvixxi encoxadasAssiriricas mais loucascontos eroticos cunhado barulhando a cunhada casadacontos eroticos de homens que gosta de leite materno e chupar bucetamulhe trazando com dois hemcontos sexo gay mendigoscontos eroticos minha esposa ficou excitada quando viu o negao pauzudoprima de pijaminha curtinho vai dormi com o primo mais novo e fuderamfotos de mulher lefa e que aquenta fuder com pic grande da cabeca grossa e a mulher peituda e deramando leiteporbodoido varias enfermeirassamba porno mulher vai mexe seu cunhado dormindo sono profundouolcomo o penis penetra o anuscontos eroticos dei a buceta e o cu no jogo verdade e consequenciamulherzinha gostinho se exibindo na praia só de biquínicontos comi dona maria casadaContos eróticos de sogro e noramulhe.michando.eigual.homem.que.tem.um.grelao.que.prece.uma.rola.que.ela.bati.punheta.igual.homem.e.goza.espurrando.porra.fota.xivide cavalo gozando dentro demulevídeo vídeo da Mônica e balançando a bundinha com toalhaconto erotico enteada safada assediandosó bundas gostosas deitada no MXquem foi marido de gêmerbaixando GTA tomando banho no banheiro tocando siririca eu não aguentei e ajudei ela comendo elaminha mulher deu praia tambabaconto erotico gay macho dominador gosta de maltratar viadohomem fode a buceta dabesta i goza jemendoconto erotico viadinho de shortinho e calcinha com mendingocontos eroticos meu tio me comeu a forca e eu gosteiesposa de biquini com amigos contoconto erotico talitaincesto pai filha eroticos peludo bigode contosmoças peladas passando pote de margarina no cu e na buseta gostosopai fas.fihinha goza primeira ves putariabrasileiracontos como meu amigo comeu minha esposaencoixo novinha de pau torto e gozaxvdio dar mulher resem casada quise fuder com seu marido so que ele nao de conta do recodo e ela dexou ele dormindo fudeu com outro"felipe e guilherme - amor em londres"como e bom ter um comedor sólido e um marido viadorealizei minha fantasia com meu tio e seu amigo negâoXVídeos deflorou o c***** da loirinha que ainda tava nascendo pentelhoxvideos rolas chapuletadascontos eróticos de zoofilia com entiadasnovinha gritano gostozo paicontos eróticos gay o tratador de cavalocontos eroticos estupro de novinho gays com os colegas da escolaconto erotico de brotheragemwww.com lesbicas pedindo pra a outra morde o pigelocontos eroticos incedto padradto e intesdaeu quero ver uma mulher virgem sendo e******** pelo seu cunhado ela topadaas mais gostosa do faice fodendo con cu buceta carnuda tambemirma ver a outra de calcinha e quer chupar elavídeo de sexo amador caseiro você quer me comer você quer meter é devagar meu com calma é assim não aqui mede a gente ser pinto grandecontos erotico esposa submissaGol contos eróticos Prima com primo gordinha gostosaas siriricas mais escandalozaspaguei para tranzar com a noivinha evangelica contos