Sendo escravizada 2

Um conto erótico de {Joana sex 09}_Sr Alberto
Categoria: Sadomasoquismo
Data: 18/11/2009 21:03:29
Nota 8.00

Após ter sido violentado pelo Sr. Alberto fui levada para uma suite com banheiro, a coleira que estava no meu pescoço foi substituída por uma com cadeado e com uma guia que ia até o banheiro e bem próximo a porta, onde tinha um portinhola por onde recebia as refeições, as janelas eram escuras não conseguia abri-las e não tinha nenhuma noção se era dia ou noite, minha cama era um pequeno colchão que só me cabia com as pernas enroladas não dava para me esticar, recebia minha alimentação e água em um comedouro de cães o que me deixava humilhada. Todos os dias Mia e seu capanga me banhavam e mantinham a depilação, eu era lavada no quintal da casa como uma cadela, alem do banho era feita lavagem anal todas vezes. Introduziam em meu anus uma borracha e eu tinha que segurar a agua até que fosse levada para me aliviar e se eu deixa-se escapar apanhava. Dias se passaram não sei quantos não tinha noção de tempo, ate que Mia apareceu e disse que iria me preparar para meu Senhor.

Fui levada a outro quarto com um banheiro grande, e um banheira onde estava preparado um banho para mim, tudo parecia maravilhoso apesar de esta presa, sentia saudades do meu senhor, não conseguia ter rancor nenhum sentia que a paixão que eu tentava esconder estava cada vez mais aflorada, muitas vezes me achava louca por estar amando aquele homem. Despertei dos me pensamentos com a voz de Mia que havia me deixado na banheira falando rancorosamente: “-Não sei o que o senhor Alberto viu nessa ai, meu treinamento foi muito mais doloroso e sofri muito, a unica coisa que deixa que façamos e alimenta-la e banha-la como uma cadela.” Então escuto a gargalhada do Pablo que diz “ Você era uma puta de verdade e continua sendo a cadela do patrão que agora esta te usando para preparar a sua verdadeira mulher, essa será especialmente tratada, terá que aprender ser sua escrava e além disso sua esposa e mãe dos seus filhos por isso o tratamento e diferente, com você ele não queria uma esposa mais uma puta pra dividir com os outros.”

Logo depois da conversa os dois entraram no banheiro e me retiraram da banheira fui seca pelo Pablo dava para ver o seu prazer a me tocar. “-Você e linda pena que o patrão não deixa eu me aproveitar de você como faço com a Mia; só posso te preparar para os seus desejos. E agora irei te preparar para ser servida como aperitivo.” Fiquei apreensiva o que ira acontecer. Me colocaram um sinto com um tampão que minha vagina ficava intocável a não ser o clitores que ficava livre e meu cuzinho também. Um macacão de couro vermelho, botas até o joelho e uma mascara que só deixava minha boca livre onde foi colocado uma mordassa que deixava minha boca aberta. Não via nada e só escutei quando Pablo avisou para Mia se trocar para a recepção. E avisar ao Patrão que eu estava pronta.

Fui levada com dificuldade pois era difícil andar sem ver nada, senti quando fui colocada em uma especie de banco, me deitaram de barriga pra baixo era uma posição que incomodava muito e fui presa pelos braços, pernas e pescoço, foi sussurrado no meu ouvido “- Não se preocupe sua virgindade estará preservada, ela e minha e só eu irei tira-la”, reconheci a voz era o senhor Alberto, meu coração desparrou e ele continuou: “-Você confia em mim?” Acenei que sim com a cabeça, não dava pra falar com aquela mordassa. “-Agora você será o aperitivo para alguns amigos que jamais saberão quem você é se prepare para virar a putinha da festa, isso é para você aprender não me rejeitar e ser totalmente submissa a mim”. Eu não podia responder muito menos, ter alguma reação só balancei a cabeça concordando. Comecei a escutar passos e comprimentos e escutei quando alguém elogiou. “- Hoje temos duas putinhas; esta melhorando meu amigo”. “-Elas são todas nossas” Percebi que não estava sozinha. Fiquei com medo e muito curiosa, escutei o barulho familiar do chicote, e não foi em mim as chibatadas escutei os gemidos de Mia. Derrepente senti alguém tocar meus seios e apertar com força e torce-lo, senti algo gelado tocar o bico do meu seio, uma dor o atravessou só depois vi que era um piercing com a letra a me foi colocado, lembrei do tatuador daquela manhã. Algo foi introduzido violentamente no meu cuzinho sem nenhuma lubrificação, comecei a sentir choques e uma ardência que me fez chorar e as lágrimas molhavam a mascara; muitos risos eram dados e vários comentários, escutava os gritos de Mia ela estava sofrendo muito, e eu não sabia por que. Senti o plug ser retirado e um pênis me invadiu como se eu fosse um objeto de prazer, outro bico do meu seio foi apertado com algo gelado, achei que iram me furar novamente, mais era um pregador de metal que ficou por muitos dias depois daquela sessão e choques percorriam meu corpo partindo dali. Alguem colocou seu pau na minha boca e a fudiam como se fosse meu cuzinho...Me sentia humilhada e sofria muito com tudo aquilo, mais o prazer invadia meu corpo e acabei gozando, senti meu sinto de castidade se encharcar. Foi sussurrado no meu ouvido por uma vos desconhecida. “Sua puta gostosa já teve dois paus em você?” Fiz o sial de não com a cabeça e queria falar mais continuavam a socar o pau na minha boca me fazia engasgar. “Então agora você será possuída por duas rolas”...

Como pensei o Sr Alberto me prometeu que iria perder a virgindade com ele. Fiquei perturbada e senti quando outro homem subiu em minhas costas e foi encaixando seu pau junto com o outro que já rasgava meu cuzinho e começou a socar sem dor eu chorava muito tentava gritar para pararem e não conseguia, senti vários paus se reversar dentro de mim e fui tendo prazer e dor. Um prazer maravilhoso até que senti eles me lambuzarem com sua porra e gozar nas minhas costas e boca..., não tenho noção do que aconteceu com Mia e quanto tempo durou a sessão. Seu Alberto chegou perto de mim e disse: “ - Como você se comporta bem minha putinha, acabou a festa mais vocês irão ficar ai assim até amanhã, te amo... Me beijou e partiu, adormeci naquela posição e acordei com o Pablo na manhã seguinte me soltando e depois vi a Mia amarrada ao meu lado...

Continua...

Bj

Joana

email: [email protected]

Por favor me escrevam.


Este conto recebeu 0 estrelas.
Incentive Joana Sex 09 a escrever mais dando dando estrelas.
Cadastre-se gratuitamente ou faça login para prestigiar e incentivar o autor dando estrelas.

Entre em contato direto com o autor. Escreva uma mensagem privada!
Falar diretamente com o autor

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
19/11/2009 20:23:13
Regular. Pecaste pela falta de detalhes na sua participação como masoquista, e pouca intimidade com teus algozes. SrGreg ()

Online porn video at mobile phone


conto erotico meu mestre mijou em.mimporno gratis moça sendo agarrada apód sair do banhoguri ñ aguentou pau grande, contosminha mulher fodemdo com e olhando para mim com cara de safada gemendo gritando e chamando dizendo ta bom corno corninho ta vendo tua mulher semdo comida fudidacontos gay um anjo em minha vida parte 14sogra en siste para o geiro comele em vidio pronocasadAde viado com vaxorocontos erotico casada puta na faveladosmulher com aberada da buceta toda esticada pra filha vertio tira vingidade denovinho dormindocontos eroticos desabafando uma história real deu para chefe do pau grande para ser promovidaxvídeos galega mostrando coxas com penugem de ouro por cima das coxaspapai tirou sangre do cu da filinha peituda ponucontos de sexo depilando a sogracontos eróticos comi a sogra a noitexividio deita vo come teu cuporno doido gemendo uma loira 👱 pornodoido meu pai me consola depois deu chorarconto erótico com irmão cavaloWESLLEYWEST-CASA DOS CONTOS EROTICOScontos eroticos sentei no colo do pirralhocontos erotico de puta dando da a buceta pro mendigoler contos eroticos de padres reaiswww vovo adora minha rola preta e chora guodo boto no cu dela porno .comxvideos encinando a sobrinha a dirigir sentou no colinho ai ja eraContos pornos-fodi a mendigayoutube porcas no cio fodendo com homem e gozando dentro delas videoscomo dói porra mas o hetero aguentou a pirocada no cuarebentandocu velinhascontos eiroticos leilapornpornor doido homem batendo poletacontos erotico,meu genro me enrrabou dormindoconto erotico passei a menina de calcinhacontos eróticos com Danielaconto gay contei pra ele que queria dar pra elecontoerotico eu,namorada, minha mae e tio jorgeAmigas safadas e putas relatos eroticosquero ver um filme pornô porreta Mel com muita mulher gostosa tomando no c* de calcinha de ladinhobeijar o pescoço e acarencia meu bumbum adoroconto erotico com marido velho coroa grisalhomotorista madura gostosa de van escolar adora dar a buceta e o cuzinho para alunos contos eroticosestupro esposa contos eroticosPeitao bicudo sendo chupado ebucetinha molhando search sexoasseste video de lesbica com lesbica fumando e tranzando ate gozaremvideo porno jotalhaoassistir vídeo A Escrava tem a bunda toda cortada com chicotewww.pornordoido..com/primeirafodaxvideo dificil pra vc lukafazendo sexo com gravidas enquanto elas dormian pornodoidomulher tira prega do cu do macho com straponContos eroticos de sexo com genrocontos eroticos cheirar calcinhacontos sou rabuda e trai contosvídeo pornô intrigada e padrastopegei minha cunhada xhmasterminha aluna trans (conto traveco)Feitichi d evangelica c homemcontos minha sogra anda de camisola coletanea dechupada no pau ate goza aboca cheia de porrazoofilia com animais iniciaçaomulheres lesbicas emcostamdo a bicetinha gosamdo e gemendocontos eroticos bricando com o irmao de seconde secondeconto erotocos minha mulher nao uza causinha nen sutianvídeo pornô intrigada e padrastoMulhe cazada nau reziste tramza com u mecanicomagrinha damdo pra quimze negão com pauzao de mei metro de coprimentocontos eangelica enlouqueceu com linguadacunhado comendo o bucetao da cunhada de frango assadocasada.comcrente dando pro.comvelho.contocontos picantes de amor gaysmulher faze do sabao segano boceta da outaxvidreo neta nuaposicao frango assado putaria brasileira pra salvar no celulargorda casada com3 na suruba meninos contoelicarlos2010como me tornei travesti contoprica cavalacontos eros chule do pintorensinei meus filhos a transaremai ta doendo maninho.comConto erótico sololupusporno gay derramou agua na calçaxvideocaraspegandoairmandaoutraxvideoconto gay meu irmãocexo arobandimulher com aberada da buceta toda esticada pra filha ver