SEXO NO MERCADO

Um conto erótico de jr
Categoria: Homossexual
Data: 22/10/2009 14:03:23
Nota 9.75

Sempre fui um menino espivitado, brincalhão, não me importava com nada, brincava o dia todo, era muleque mesmo, morava perto de uma fabrica de peças, era uma empresa grande e tinha uma quantidade enorme de funcionarios, local ótimo para brincar, na cabeça de um pestinha como eu, e foi numa dessas aventuras que começei a descobrir o que era sexo, pois devido a minha idade nem imaginava isso, so pensava em brincar, correr, jogar etc. , mais um dia eu passei pela cerca viva que dava para a fabrica e escondido começei a andar por lá, até que entrei em um galpão que parecia estar vazio, comecei a mexer nas coisa, peças, ferramentas, quando derrepente sinto uma mão no meu ombro, levei o maior susto, quando viro, me deparo com um homem alto vestido de macacão, era um dos funcionarios, ele me perguntou quem eu era, e como eu entrei ali, eu assustado falei que morava ali do lado e que tinha passado pela cerca, e estava só olhando, ele me pegou pelo braço e disse que a me levar para a segurança, eu começei a querer chorar e pedi a ele que me deixa-se sair, que eu não voltaria, mais o cara era um safado e falou para mim, não posso tenho que te levar para a segurança a não ser que, ai eu perguntei o que, se voce brincar um pouco comigo, e eu perguntei de que, e ele vendo que eu era esperto mais não tinha malicia falou, de marido e mulher, de casinha , e perguntou, voce nunca brincou, eu disse que sim ja tinha brincado, mais não da maneira que ele estava querendo brincar, eu nem imaginava, então eu disse que brincava sim, só que ele falou que eu ia ser a esposa, ja que eu era mais novo e ele ja adulto e que a mulher é sempre mais nova, eu falei que ta bom, então ele me levou para uma sala no fundo do galão, acendeu a luz, era um deposito, tinha umas caixas, uns sofas, uma mesa cadeiras e uma porçao de bagulho, roupas etc, ele falou para mim, vai arrumando a mesa que nós vamos comer e depois vamos namorar um pouquinho, eu falei ta bom, fui colocando uma toalha e ele saiu fechou a porta e eu pensei vou me mandar, mais quando tentei abrir ele tinha trancado por fora, não deu 2 minutos ele voltou abriu a porta, colocou a chave por dentro trancou tirou a chave e colocou no alto de um armario, não tinha como sair, ele touxe refrigerante e sanduiche e biscoito, enquanto ele colocava na mesa mandou eu preparar a cama para depois namorarmos, eu ajeitei o sofa-cama com uma manta que tinha colquei duas almofadas e ele falou para mim, vem ca sentar para comer um pouco,voce vai ter que ter forças para aguentar namorar comigo, eu fui, e quando ia sentar ele e puxou e fez eu sentar no colo dele, ele disse mulher minha senta no meu colinho, eu estava sentado, ele me deu um sanduiche, mandou eu ir comendo, enquanto comia, sentia ele me apertando, sarrando minha bunda, sentia uma coisa dura no meu rabo, não imaginava que era a rola dele, nem sonhava, era bobo mesmo em relaçao a isso, não sabia que o caralh opodia ficar tão grande e tão duro assim, sentia aquilo e achava esquisito e ele me fazendo mexer no colo dele, dizia, minha mulherzinha rebola no colinho do maridão, e eu comendo o sanduiche e rebolando, até que ele falou, pronto meu amorzinho vamos para cama namorar, eu levantei do colo dele, soltei o resto do sanduiche e fui em direção a cama, ele mandou eu deitar, e quando eu ia deitar ele falou, de bruços meu amor e me colocou com a bundinha para cima, e ele veio logo se deitando por cima de mim, senti o peso do cara, falei que ele era muito pesado, ele disse que a mulherzinha tinha que aguentar o peso do maridão e começou a me sarrar, cada vez com mais força, segurava nos meus ombros e forçava aquele volumão no meio da minha bunda, eu sentia cada vez mais aquilo quere entrar em mim com roupa e tudo, foi ai que ele disse agora minha mulherzinha vai tirar a roupinha para dormir, e saiu de cima de mim, eu disse que não, ai ele falou então vou chamar os seguranças, então cedi, fui tirando minha camiseta e tirei meu short, não usava cueca, então ele disse deita meu amor do mesmo jeito que estava, e eu deitei de bruços, ele me deu um beijo no rosto e falou, agora meu bem fecha os olhos para dormir, e eu fechei, enquanto isso ele tirava o macacão e a cueca ficando peladão, ai ele se deitou denovo sobre mim, senti aquele corpo peludo nossa ele deitou um pouco para baixo, para mim não sentir logo o rolão, então ele me deu um beijinho e falou continua com os olhos fechados meu amor e eu fiquei, só senti algo melando minha bunda, ele estava passando vaselina que tinha trazido quando foi buscar o lanche, eu perguntei a ele o que ele estava fazendo, ele disse que estava me preparando para namorar mais um pouco, eu disse que ja estava bom, que tinha que ir para casa, ele falou que logo eu iria assim que ele terminasse de namorar, então ele colocou a duas mãos para baixo deitado sobre mim abriu minha bundinha e subiu o corpo, senti algo rombudo encostar no meu cuzinho melado com vaselina, quando ele começou a meter, tentei tavar o cuzinho estava doendo, mais com a vasilina não teve jeito o cabeção da rola começou a me rasgar, eu tentava sair mais com o corpo dele sobre mim as mãos abrindo minha bunda a cacetona foi me arombando queria gritar mais estava sem forças , até que ele encostou os culhoes na minha bunda, soltou minhas nadegas que agasalharam os culhoes, me segurou pelos ombros e falou no meu ouvido, pronto amorzinho teu merido ja esta todinho dentro de voce, agora voce vai fazer seu homem gozar muito, eu comecei a chorar aquilo esta doendo muito e com o peso dele , ele fazia questão de precionar o caralho todo para dentro, eu sentia quase as bolas querendo entrar e eu dizia ta doendo muito para quero ir embora, e ele calma amor voce vai acostumar com o cacetão do seu marido, nossa como minha mulherzinha e apertadinha pequenininha, mais como engole o rolão todinho, que delicia, eu ali sentindo aquele trabuco todo fincado no cú, tudo doia, ardia, meu cu parecia estar rasgando, ate que começou a bombar bem devagar, se aproveitando o máximo do meu cuzinho apertadinho, puxava a caceta até o cabeção e metia tudo denovo bem devagar me fazendo sentir cada cm daquela rolona, o cara sabia meter, o safado foi metendo cadenciado devagar ate ver que meu cu ja estava se acostumando, se abrindo e então começou a socar forte, eu já nem me importava tudo ardia, eu mexia como ele mandava e ele socando, urrando, me chamando de putinha até que senti o corpo do cara todo tremer, e a cacetona ficar maior dentro de mim me fazendo gritar também, e ele gozou, gozou muito ,não parava de sair porra e ele bombando gemendo me chamando de amor da vida dele e eu ali arreganhado todo dolorido fudido, e agora sim entendendo o que era meter, fuder, pois estava todo fudido, ele saiu de dentro de mim ai que vi porque doeu tanto o caralho do cara era enorme, e mesmo que fosse pequeno era a minha primeira metida, ele mandou eu me limpar, pois descia porra perna abaixo junto com um pouco de sangue, que me assustou, mais ele disse que era assim mesmo ,por ser a minha primeira vez, e que ele tinha tirado minhas preguinhas, e falou que se eu contasse a alguem, que ia mandar os seguranças me prender e eu tapado acreditei, fui embora quase mancando devido esta com meu cu assado de tanto levar rolona. depois estive com ele denovo e outros funcionários mais isso é outra história depois eu conto.

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
03/01/2011 14:14:47
Por Favor passe o nome deles e o endereço da fabrica pq estou loco por pau bem gostoso ja faz mias de 2 anos q ñ dou o cú
23/10/2009 11:00:37
adoro rolonas tb. Quem tiver uma precisando de um bom trato eu me proponho a aliviar a tensão.
23/10/2009 04:17:51
bom
22/10/2009 23:28:53
BOM
22/10/2009 16:52:18
Me passa o endereço dessa fábrica. Quero visitar este funcionário ... adorei!
22/10/2009 15:08:30
NOSSA

Online porn video at mobile phone


xxxvideos nao aguentou e deu uma boradinhaxvideo porno erotico esposa negra traino o marido ela dano o cuzinhocontos eroticos caguei no pauTirei o himen da buceta da esposa do meu amigo sua buceta sangrou conto eroticoxvidio veio chupando peito da novilnhavidio caseiro brasileiro rapais cheio de tesao pega sua cunhada resem casada so de calsinha na cosinha e mete a pikmae deita com filho ela nao resiste transaele goza na bucetacontos erotico amamentei dois garotosa empregada sai do banheiro nua para encabular ou encabular o dono da casanovinha engole pau do paulaovideo cooelho mamano no homemm zoofiliavadiacalcaconto porno amor em londres guilherme e felipesó bucetinha novinha na ommmmmnovinha fechar o olhos e faz biquinho pra levar gozada na caraconto erotico com velho e garotinhaa mulher dando furingo a mulher dando o cu para o homemcontos sexuais de traição de adulterio o socio do meu narido ta doido pra me comerDeixei minha muher dar pra outroxvideo nagao cumano novia sitioxvideo namorada cuida do namorado com o braco enfachadorelato esposa cincoentona timida primeiro amantex videos baininha de boateContos de marido fazendo esposa cadela confessar traiçãoXVídeos vídeo do ventilado botando a madrasta Xvídeo vídeo caseirocomtos eroticos flagrei minha entiada de quatro na cusinha de mini saia e com a calsinha enfiada na xana çoContos eróticos de sogro e norabaixa vídeo porno molhes ñ quenta rolar ir chorafilme porno filho da mae corno froxo ta cansado do trabalhoContos eroticos namorada sentido pinto grandexxx vídeos comendo uma morena caboca amiga da minha esposa ela tem uma enorme bucetaConto dei carona e o rabo para o meu genrocontos erotico de puta querendo rolahomem estrompa mulher virgem em videomae vadia segura as pernas da filhinha para o superdotado deflorarcontos de sexo com minha tia vaiiii tiaaabolonhesa fodendo porno doidocontos erotico fui levar a toalha para meu genro vi ele pelado nso resisticontos eróticos suportando três cacetes com carinho e amorExcitantes Contos Eroticos Contados Por Noivas pelos Seus Paes Padrinho Padre E Tiosmulhe.michando.eigual.homem.que.tem.um.grelao.que.prece.uma.rola.que.ela.bati.punheta.igual.homem.e.goza.espurrando.porra.fota.sou tarado rasgo cu zapflagrei mamae com irmaocontos de incesto dei pro meu sobrinhoconto marido manda transar com outro para engravidarAs novinha que adora chupar i tamar a porramulheres de vestido batendo uma punenta para o seu marido e ele gosando e ele gosando muitoxxxxvides filho vai ve sua maie dormindo so di sainhazoofiliacontos erótico arrombada por um gorilaxvideos. pica. guande. brancaXVídeo as panteras disfarçada de bombeiro transando muitoconto mulher casada fode com flanelinhas roludochapeleta grossa e neguinhas swxestrupei minha irma na cama do nossos paispornodequatoxvidegostodelegada indo pega sua prisioneira pornodoidocontos eróticos filhinha novinha gostosa delirando no colo do papaicontos e histórias de pai tarado não aguentou e comeu a filha de sete aninhos gostosinhasobrinha degosa contoszdorovsreda.ruXvideos cunhada deita com cunhado dormino fica sarrano neleconto sou gay e meu irmao ñ usa cuecascarioca dando buceta peluda pros dois marmanjos e gemendo alto pornodoidocontos eroticos minha esposa fodendo com meu sobrinho menor de idadeconto erotico viado afeminado chora na piroca do negao dominadorxvideos baixo o ziper empurro a rolaXVídeos as novinhas de calça folgado na fila do mercadoContos pornos-fodi a mendigapedemo avijidade da mauviapai pintudo estorado o cabaço da entiada japonesa novinha