Aninha, 15

Um conto erótico de AribJr
Categoria: Heterossexual
Data: 04/02/2009 20:00:33
Nota 10.00

<center><tt> Aninha –</tt></center>

<center><strong><b>A NOTÍCIA DE MILLENA</b></strong></Center>

<Center><tt>Segunda-feira, 26 de setembro de 2005</tt></center>

<blockquote><b>Tornamos voltar em Fortaleza outras vezes, Nelson sempre dava uma escapulida para passar finais de semana com desculpa de atender pedidos do papai, mas eu sabia muito bem qual o motivo. Em março de 1990 chegamos sem avisar, Letícia estava arrumada para sair e Milena estava na casa de Núbia.</b></blockquote>

- Vamos ao Iguatemy<b>*</b> comigo? - Letícia me convidou.

Aceitei o convite e corri para o banheiro Nelson sentou no sofá e Letícia sentou no colo dele.

- Milena vai cair pra trás quando te ver... - Letícia falou depois de beijar sua boca - Vocês deveriam ter avisado...

- Olha a sacanagem com meu marido! - gritei rindo do banheiro.

- Teu não sua enxerida, nosso! - Letícia entrou na brincadeira - Encontrei ele antes de você!

- Ele é meu desde que nasci sua bobona - retruquei - Tu jogou ele fora porque quis...

Letícia não respondeu, parecia ser difícil lembrar dos velhos tempos, saí do banheiro nua enxugando os cabelos e sentei do lado dos dois na sala.

- Como vai a moleca? - perguntei, Letícia ainda não tinha certeza do que tinha acontecido e Nelson pediu para que eu não falasse nada.

- Tem andado meio doente nesses últimos dias... - saiu do de colo de Nelson - Marquei ginecologista para terça-feira...

<blockquote><i>Olhei para Nelson e ele baixou a vista, morria de medo de que acontecesse o pior. Depois daquela noite ele jura de pés juntos que não mais aconteceu nada, mas tinha gozado dentro dela.</i></blockquote>

- O que ela tem? - perguntei morrendo de vontade de falar de vez.

- Anda meio enjoada... Vomita com freqüência e... - parou e me olhou - Desconfio até que... Não! Isso não...

- Que está grávida? - falei o que ela não teve coragem de falar.

- Não!... Não, isso não... - entrelaçou as mãos nervosa - É uma criança ainda... Vai ver que é alguma coisa no estômago...

Olhei para Nelson, ele nem piscava, estava nervoso.

- E se estiver grávida? - perguntei.

Letícia levantou, estava nervosa. Parou e virou, encarou Nelson e ele soube que ela desconfiava.

- Não sei Ana... Mas se estiver...

Levantei e puxei ela para o quarto, Nelson ficou na sala sem saber o que fazer. Saímos pouco depois, Nelson preferiu não ir e sugeriu que eu sondasse Letícia.

<center>● ● ● ● ● ●</center>

- Tio? - era Milena ao telefone - Desculpa, devo ter ligado errado...

Nelson sorriu e não falou nada, pouco depois novamente atendeu ao telefone.

- Vai me deixar sozinho aqui? - falou e Milena deu um grito.

Não passou nem vinte minutos para que ela abrisse a porta e corresse para abraçar o tio, Nubia ficou na porta olhando e esperando.

- Tu chegou que horas tio? Porque não avisou que vinha... - puxou a cabeça do tio e deu um beijo carregado de paixão - Estava mesmo querendo falar contigo... - lembrou da amiga - Entra Núbia, vamos pro quarto, vem tio...

Subiu correndo puxando a mão do tio e se jogou na cama sempre puxando a mão de Nelson, Núbia seguiu e fechou a porta com chave.

- Estava doida de saudades... - tirou a blusa suada e chutou o sapato que bateu na parede - Tu falou que só vinha no fim do mês...

Tornou beijar a boca do tio, Núbia disfarçou e um sorriso moleque iluminou o rosto de boneca.

- A gente até pensou em ir passar um final de semana contigo - olhou para a colega e companheira de aventuras - Tu não vai falar com ele?

A garota sorriu, correu e pulou em cima de Nelson...

<center>● ● ● ● ● ●</center>

<blockquote><i>Conversei com Letícia e falei que Milena tinha dado para Nelson. No início ela ficou chocada, chegou mesmo a ensaiar uma revolta, mas acabou cedendo.</i></blockquote>

- Sempre soube que um dia isso ia acontecer - suspirou e arreou num banco na praça de alimentação - Só não queria que fosse logo...

- Mas aconteceu... - segurei sua mão, estava suada e fria - E pode ser que ela esteja grávida dele...

Letícia estava arriada, os ombros caídos e algumas poucas lágrimas rolaram no rosto, senti pena dela.

- Então, aconteceu...

- É uma criança Carol, tem só treze anos... - suspirou, enxugou as lágrimas - E porque Nelson não teve o cuidado...

Contei pára ela como tinha acontecido e que não tinha como ter cuidados em uma situação como essa. Letícia escutou calada e quando terminei ela suspirou, enxugou novamente os olhos e respirou fundo, parecia que era outra mulher, mais cheia de vida e mais forte.

- É! - levantou e me puxou - Agora é cuidar do meu neto...

- Ou neta! - falei e passei o braço em seu ombro - É isso ai minha irmã, vamos tocar o bonde pra frente...

- E porque tu não me falou antes... - Letícia parou e me encarou - Se eu soubesse...

- E ia fazer o que? - fiquei séria - Só se fosse meter o Nelson na cadeia... - parei e olhei para ela - Ela é menor e...

- Tu és doida? - me olhou também séria - Nunca ia fazer uma coisas dessas... - parou e sorriu - Agora está completo, irmã, cunhada e sobrinha abrindo a perna para ele... Só falta agora tua mãe...

Olhei para ela e sorri pensando comigo que não faltava ninguém.

- E agora, o que tu vais fazer? - perguntei.

Ela me olhou e sorriu.

- Vou fazer minhas compras e depois... - puxou minha mão e começamos andar - Depois a gente podia fazer todos juntos, ia ser uma orgia de lascar o cano... Lembra daquele dia?

<center>● ● ● ● ● ●</center>

Olhou para a sobrinha sentada na cama só de calcinha e para Núbia deitada, a saia levantada mostrando a calcinha azul entrando na beirada da boceta.

- Tua mãe falou... - parou - Você tem menstruado?

Milena ficou séria, Núbia olhou para ela e depois para Nelson.

- Não... Desde janeiro não vem...

Ele teve certeza de que a sobrinha estava grávida, olhou para Núbia.

- E você?

- Está vindo no dia certo... - olhou para Milena - Acho que ela deixou de tomar...

- Não tio, juro que tomei tudo direitinho... - estava nervosa, olhou para a colega - Não sei o que foi...

Nelson suspirou e sentou no chão, Milena mexia as mão nervosas, tinha medo do que a mãe ia fazer com ela e com o tio, uma vontade de chorar.

- Não fica assim... - Nelson levantou, sabia que a irmã já deveria ter conversado com Letícia - Agora não tem jeito... - ficou em frente da sobrinha e abraçou - Só tem duas coisas a fazer...

Milena olhou para cima, os olhos vermelhos cheios de lágrimas.

- Não sei o que foi tio, eu tomei o remédio direitinho... - fungou e limpou o nariz - Juro que não esqueci nenhum dia...

Núbia olhava, sentiu dó da amiga, mas nunca tinha pensado que aquilo pudesse acontecer com elas, nunca se pensa que pode acontecer consigo mesmo.

- Não chora Lena, não chora... - ajoelhou e sugou as lágrimas dos olhos - Não é nada que não se possa resolver - na cabeça um pensamento nebuloso que jurava jamais fazer - Carol já deve ter falado para Letícia... - passou a mão no rosto limpando as lágrimas que tinham caído - Tua mãe...

- Ela vai me matar tio... - o choro soltou, era a criança de sempre, cheia de medos - Ela vai matar a gente tio...

Nelson sorriu e abraçou a sobrinha, os peitos já crescidos e o ventre arredondado não negava seu estado, abaixou a cabeça e lambeu o bico do peito, Núbia sorriu e Milena suspirou.

<center>● ● ● ● ● ●</center>

<blockquote><i>Letícia recebeu a notícia melhor do que eu imaginava, parecia tranqüila e sentamos em uma mesa na praça de alimentação.</i></blockquote>

- Milena sempre foi doida pelo tio... - provou a dose de uísque com gelo - Junior morria de ciúmes, não aceitava aquela preferência que dizia ser descabida<tt><b>* </b> Iguatemy: Shopping Center em Fortaleza/CE</tt>

<center><b>PARA MELHOR ENTENDER ESSE RELATO LEIA OS EPISÓDIOS ANTERIORES</b></center>

<center><tt> Aninha –<b>(Antes de ler, leia) </b></tt></center>

<center><tt> Aninha –<b>(Roberto) </b></tt></center>

<center><tt> Aninha –<b> (Anabele, minha mãe) </b></tt></center>

<center><tt> Aninha –<b> (Voltando para a vida) </b></tt></center>

<center><tt> Aninha –<b> (Mamãe mostra as garras) </b></tt></center>

<center><tt> Aninha –<b> (Mamãe mostra outras coisas) </b></tt></center>

<center><tt> Aninha –<b> (Lua de mel) </b></tt></center>

<center><tt> Aninha –<b> (Sacaneando meu irmão) </b></tt></center>

<center><tt> Aninha –<b> (A filha de meu irmão Júnior) </b></tt></center>

<center><tt> Aninha –<b> (Os ciúmes de Júnior) </b></tt></center>

<center><tt> Aninha –<b> (As dúvidas) </b></tt></center>

<center><tt> Aninha –<b> (Oferenda para Yemanjá) </b></tt></center>

<center><tt> Aninha –<b> (A chuva) </b></tt></center>

<center><tt> Aninha –<b> (Era uma vez um sonho) </b></tt></center>


Este conto recebeu 0 estrelas.
Incentive Pingo de Luz a escrever mais dando dando estrelas.
Cadastre-se gratuitamente ou faça login para prestigiar e incentivar o autor dando estrelas.

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
28/05/2010 00:32:10
Esta bom, meio pesado pela gravidez de uma garotinha...

Online porn video at mobile phone


contos eroticos o nascimento dos peitinho da maninhacontos erotico,meu genro me enrrabou dormindocontos mamei nos seios bicudos da negrainiciar download de zoofiliaxvideo negao acoxa mulher onibusconto eroticos variss garotinhas muito novinhaxvideo tadinha papai socou até a mão na buceta delaContos pornos-fodi a mendigaCamareira Contos Eroticos Contos erotico de mulher que gosta de cheira cuecacontos eroticos sogra acaricia genro por baixo da mesa na hora do jantarContos erotico de estuprada em assaltocorno narrando para o comedor xxvideosconto marido manda transar com outro para engravidarxmamae gostosa tarada po novinhocontos eróticos Pastor comeu c* da minha filha que nem peito tinhaxvideos negao amolenta novinhabaiana fragada gostandocasa dos co.tos eroticos de casadas .o cabeleleirocavalga ai ui mete primo caralho contoVideos crente rabuda escoregando e mostrando tudocontos. de. dotado. enrabando. psicologa. no. consultoriominha aluna trans (conto traveco)contos eróticos com mulher gostosa de Biguaçu Santa Catarinaxvidios vidios homem goza no cu da puta e ela comtinua chupando ate ele goza dinoboporno.tem.leite.no.peito.deixemamarmulhe.michando.eigual.homem.que.tem.um.grelao.que.prece.uma.rola.que.ela.bati.punheta.igual.homem.e.goza.espurrando.porra.fota.minha esposa e seus negoes comedores contoswattpad historias gays sobre escravo finalistascontos de mae.putona tarada pela rola do filhodei minha virgindade promeuirmãogêmeoContos eróticos de gozada na boquinha da madameContos eroticos fui estuprado por travestisfudida por um tio pirocudo contoSou coroa casada os mulekes rasgaram minha calcinhaxvideofiumepornoXvideo comi minha visinha fis ela gosar so esfregana a cabeca da rola na sua buceta vou contar como foidotadao gozando dentro do amiguinho dengozomeninos novínhos gays tomano banho de cueca bracacontos sexo duas meninas.me xuparam acampamentoconto erotico cadelizadapai pega filha dormindo e chupa o cusinho e soca o pau fortevideosxxx minha esposa comportadaEm puro arola no cu do bebopornô panteras tio começa o vinho depois que eu chego em casahttp: // venus. workupload. com/ image/Siu76V3Utextos e contos eroticos para baixar no celula primo tarado w pauzudoContoeroticos meu marido me ligou dizendo que seu amigo negao comeria em casacavalonascontoscontos a bicha arrancou sangue do meu cumulher dançando de vestido curto que pode aparecer a b***** dela pelada cuidar de abaixar vídeo pegadinha baixarx video a intiada virge aproveit q a mae saiu e traza com padrastoCont erot .quando meti na minha empregadinhsminha cunhadame viu pateno uma e atacou pornomeu vizinho gordinho passo aqui so pra mim da uma chupada videos xxchamster novinha da o cu ejacula pela bucetaPadre não é homem conto eróticosvelho .porno 50 citimetrocasa dos contos erótico com a boca cheia de porra do mecânicoconto erotico velho taradoConto erotico cavalguei no meu subrinho emquanto ele dormiavideo porno de morena com blusa laranhadaxvideosdificil pra vc lukaxvideio vellhos safadox videos.com mulher incorporada com pomba gira transandomassageando o picao gigantescoas encoxada só coroâs videosconto erotico bofinhoperna.abertadi calcinhacontos eroticos gurimaconha mãe contos eróticosela nao queria que eu gosace na bucetinha dela mais goseicache:http://zdorovsreda.ru/ver vídeo pornô da irmã novinha de 18 aninhos entubando com outro irmãovideos novinha reagindo um compo malhadofudendo esposa e a mae delacontoxvideofude.mania.novia