com a mae e um casal

Um conto erótico de adilson-ribas
Categoria:
Data: 24/01/2009 11:34:23
Nota 8.50
Assuntos:

Este conto pertençe a um site que nao existe mais,mas gostaria de conpartilhar com vcs boaleitura

COM A MÃE E UM CASAL

Meu nome é Marcos... o que passo a relatar aconteceu quando estava com 16 anos... espero que vc goste e retribua com um gostoso relato...

Nesta época era muita punhetinha, vídeo erótico, revista de mulher pelada mas transa mesmo nada.. morava com minha mãe que estava separada do meu pai a mais de dois anos... sempre nos demos muito bem e existia uma certa liberdade entre nos... mamãe naquela época estava com 36 anos corpo em forma... um dia estava em casa com um amigo quando mamãe chegou do trabalho, ela foi tomar banho e depois entrou no meu quarto usando um chortinho e uma camiseta sem sutiã... fiquei puto da vida com o olhar do meu amigo principalmente para a bunda da mamãe e mais puto da vida quando ela saiu e ele me disse... – pó Marcos a tua mãe tem uma bunda que tesão, há se eu tivesse uma mãezinha assim já tinha comido... quando terminou o comentário dei um soco e mandei ele embora... só que depois desse comentário eu que já andava observando minha mãe com outros olhos comecei a ficar tarado por ela... Flavia o nome da minha mãe... como falei ela andava sempre a vontade roupas curtas sem sutiã nossa eu bati muitas punhetinhas e comecei a ousar espiando ela se trocando e varias vezes a vi pelada nossa que tesão mas não tinha jeito de me aproximar... mamãe tinha um casal de amigos que moravam no interior do estado... eles vieram passar alguns dias em nossa casa... Sandra 33 anos e Roberto, Beto 38... ele sempre muito legal comigo um cara boa pinta amigão... e a mulher dele o maior tesão... nossa em casa tb usava roupas curtas ousadas uns peitinhos de menina pequeninhos sempre durinhos os biquinhos sempre rijos querendo furar a camiseta eu ficava louco de tesão... mamãe sempre junto a eles principalmente com ela uns cochichos aqui segredinhos e rizinhos abraços ali mas ate ai... eles eram amigos a tempo... algumas vezes peguei as duas me olhando e entre rizinhos pra cima de mim... porra tão tirando um tempo da minha cara... minha mãe mudava em muito com a presença deles ficava mais assanhadinha e peguei o Beto abraçando mamãe por trás que quando me via dava tapinhas no marido da sua amiga no que ele me olhava e sorria a largando eu ficava com ciúmes mas fazer o que... uma sexta iria rolar uma festa na casa de um amigo... e marquei de ir com mais dois camaradas de carro... já tarde depois do jantar... tomei meu banho me aprontei mamãe me deu uma grana... e falou que eu poderia ficar a vontade sem hora para voltar... estranhei um pouco pois ela sempre pegava no meu pe quando ao horário.. quase meia noite eles passaram em minha casa entrei no carro e seguimos, já tomando algumas cervejinha quando ao entrar em uma avenida uma batida da policia... paramos o carro e o guarda nos olhou mandou descer encostar no carro revisto tudo bem então depois de mostrar os documentos ele pediu a documentação do veiculo e o babaca do meu amigo esqueceu de pegar os documentos com o pai dele que viajou... bem ai já pode imaginar o rolo... o carro guinchado e ainda fomos para a delegacia dar explicações... e melou de vez a nossa festa... quando voltei para casa havia passado aproximadamente uma hora e meia desde a minha saída, resolvi entrar pela garagem e quando fui colocar a chave na porta da cozinha ouvi um som de leve e uns suspiros gritinhos e gemidos... peguei as chaves coloquei no bolso e dei a volta ate a sala de vídeo quando me aproximei da janela tive uma visão que nunca esperava... os três pelados, Beto deitado no sofá, Sandra a mulher dele sentada com o pau enfiado na xoxota e minha mãe sobre a cabeça do safado ele com a boca toda na xoxota dela ao mesmo tempo que as duas se acariciavam os seios e trocavam demorados beijos de língua que só eram interrompidos para um gemido mais profundo... nossa que babaquice a minha não havia desconfiado nada... logo meu pau já ficou duro, tirei pra fora da calça e comecei aquela punheta observando primeiro mamãe que embora já conhecia pelada sei la estava mais gostosa ainda... o corpo da sua amiga Sandra me deixou louco tb os seios bicudinho que mamãe colhia quase por inteiro na boca... dei a primeira gozada quando Sandra saiu de cima do cacete que apareceu durão grande brilhando pelo suco daquela xoxota de pelos bem aparados assim como os da mamãe... então minha mãezinha deu varias lambidas no pau o deixando bem limpinho depois ficou de 4 e o Beto foi por trás e pelo jeito entrando naquela bunda maravilhosa da mamãe depois de reclamar um pouco ela foi engolindo aquele cacete que deveria ter uns 17 cm... já acostumada mamãe começou a rebolar sorrindo com cara de felicidade a safada... sua amiga deitou-se a sua frente abrindo as pernas e mamãe inclinou o corpo e começou a lamber a xoxota da Sandra que jogava a cabeça pra trás de olhos fechado so gemendo... e eu já de pau duro iniciando mais uma punheta... foi tesão direto e quando Beto tirou o pau do cuzinho da mamãe as duas juntaram os rostos e começaram a lamber aquele pauzao ate que ele gozou no rosto nas bocas por tudo elas se lamberam beijaram colhendo toda a porra eu tb me acabei todo... ela ficaram ali pelo sofá bebendo fumando trocando beijinhos e caricias... eu fui pra garagem dar um tempo... ouvi o barulho do chuveiro... dei um tempo de meia hora e sai pra fora e fiz barulho como se querendo entrar pela porta da frente então quando abri a porta mamãe apareceu na sala usando um roupão... – filho já querido? Ela me abraçou dando um beijinho no rosto... nossa eu senti seu cheiro hum que tesão... ela me disse para não fazer barulho que seus amigos estavam dormindo... então contei o ocorrido e depois fui para meu quarto e mamãe pro seu... nos dias seguinte fiquei ligadao, faltando um dia para eles viajarem jantamos eu e Beto sentamos para assistir o futebol na tv... a partida terminou passado meia noite... Beto disse que iria se deitar eu falei o mesmo e cada um foi pro seu quarto e as duas ficaram conversando na sala... mas dormir que nada... depois de um tempo me levantei e fui pelo caminhando cuidadosamente pelo corredor ate a dobra para a sala, havia uma parede com tijolos vazados com vários vasos de flores me dando um perfeito esconderijo e uma boa visão da sala... mamãe e sua amiga estavam abraçadas tendo conversinhas ao pe do ouvido que depois passaram a beijos no rosto pescoço ate que os lábios se juntaram... notava as línguas invadindo as bocas... Sandra levou a mão acariciando os seios da mamãe por cima da camiseta e depois enfiando por baixo mais alguns minutos sua camiseta foi suspensa e os lábios envolveram os mamilos da minha mãezinha que jogou a cabeça pra trás fechando os olhos suspirando acariciando os cabelos da sua amiga... já estava com a mao por dentro do calção quando repentinamente uma mão tapa minha boca levei o maior susto me acalmando ao perceber Beto que com o dedo sobre os lábios pedia silencio retirando a mão da minha boca... se aproximando por trás o rosto próximo ao meu e perguntou baixinho se eu estava gostando do que via... mexi a cabeça afirmativamente... no sofá mamãe retribuía com carícias e beijos nos seios da sua amiga todo o carinho recebido... Beto passou a mão na minha cabeça e apoiou em meu ombro chegando mais ao meu corpo, estávamos sem camisas senti seu peito rosando em minhas costas sua respiração próxima ao meu rosto então ele falou junto ao meu ouvido... – continua batendo a tua punhetinha... voltei a enfiar a mão por dentro do calção... a cena das duas era digno dos melhores filmes lésbicos que já havia assistido... ao mesmo tempo a mão do Beto sutilmente acariciava meu ombro... todo esse clima ia me deixando cada vez com mais tesão... juntando o rosto ao meu os lábios quase tocando minha orelha ele sugeriu que eu baixasse o calção para não molhar... ele mesmo levou os dedos as laterais levando a única peça de roupa que vestia ate meus joelhos... sua mão colou as minhas costas e lentamente foi subindo ate meu ombro me deixando arrepiado... olhou para meu pau envolto pelos dedos com movimentos pra cima e pra baixo agora com movimentos mais livres... – elas são muito gostosas não é Marquinho? Mexi a cabeça afirmativamente... senti sua mão apertando meu ombro e depois os dedos passando no meu pescoço e cabelo... a nossa frente mamãe e Sandra com mãos trocadas se acariciavam suavemente por dentro de seus chortes... elas são muito gostosas... falou ele rosando os lábios no meu rosto sua respiração acelerada assim como a minha... Beto foi encostando o corpo e senti seu pau duro sobre o calção rosando na minha bunda nua... mamãe e sua amiga com os corpos colados bicos duros seios rosando trocando beijinhos cochichos ao pe do ouvido os movimentos das mãos por dentro dos chortes agora mais rápido... Beto dividia o olhar com o sofá e meus movimentos... definitivamente ele colou o corpo me enconchando de vez – ta gostando Marquinho? Demonstrei que sim com a cabeça ele me deu um beijo no pescoço, sua mão desceu do meu ombro os dedos deslizavam pelo meu ombro... passando sobre os mamilos me fazendo suspirar... o volume atrás era cada vez maior... mamãe e sua amiga continuavam com aquela gostosa siririca se rosando beijando parecia que a intensidade dos movimentos delas estava compassado ao meu/nosso... Beto com o braço em volta da minha cintura pressionava ainda mais contra seu corpo ate que ele se afastou um pouco colocou sua outra mão sobre meu braço que estava apoiado a mureta e foi baixando meu braço ele ficou de lado pegou minha mão e colocou sobre seu pau que havia ajeitado pro lado sobre o calção tentei retirar a mão mas ele a segurou firme fazendo acariciar o cacete sobre o fino tecido... me deixei levar pelo clima apertando de leve aquele pauzao maior que o meu Beto retirou sua mão de cima da minha eu fiquei o acariciando... ao mesmo tempo os movimentos mais rápidos das mãos da mamãe e sua amiga anunciavam que o climas estava pra chegar assim como o meu... eu e Beto tbm não conseguíamos mais controlar nossos suspiros que tentávamos abafar ele beijou meu pescoço e falou próximo a minha orelha... – vc é um tesaozinho garoto... apertei mais o pau dele... quando mamãe e sua amiga retesaram os corpo se abraçando mais forte logo diminuindo os movimentos das mãos eu tbm já não me agüentando mais dei uma tremenda gozada que esguichou no vaso de flores ao meus pés... tirei a mão do cacete do meu amigo e puxei meu calção pra cima olhei o volume sobre o o calção do Beto ele me deu um beijo no rosto e sem dizer nada fui pro meu quarto....

No dia seguinte despertei um pouco tarde... depois do banho fui ate a cozinha onde os três estavam a mesa tomando café... mamãe me recebeu toda sorridente me abraçando e beijando meu rosto varias vezes de uma forma um pouco a mais do que o normal... sentei a mesa enquanto ela me servia uma xícara de café... conversamos naturalmente... então Beto me fez um convite para passar alguns dias na casa deles no interior... fiquei meio na duvida e mamãe incentivou minha ida juntamente com Sandra que me abraçou beijando meu rosto... – vamos Marquinho vc vai adorar a nossa casa tem piscina a cidade é pequena mas tem vários lugares que vc vai gostar... – vai filho, no final de semana eu vou te buscar... por fim aceitei... todos ficaram felizes... Beto e Sandra saíram para resolver alguns problemas comunicando que só retornariam a tardinha na hora de viajar... mamãe foi tomar banho e se preparar para o trabalho falando que voltaria mais cedo para arrumar minha mala... viajamos por volta das 18 horas e a noitinha estávamos chegando a casa dos nossos amigos... Sandra me mostrou a casa toda muito confortável uma piscina media e uma mesa de sinuca na garagem o que gostei mais ainda... depois de instalado “no meu quarto” voltei a sala... Sandra foi tomar banho eu e Beto sentamos para assistir na tv uma partida do campeonato brasileiro... alguns minutos depois Sandra aparece na sala usando um chotinho curto de malha que deixava as polpinhas do bumbum de fora marcando a calcinha, a blusa era transparente deixando ver os mamilos um pouco mais escuros os bicos marcando o tecido de malha... Beto percebeu meu olhar e um momento que ela foi a cozinha buscar uma cerveja ele me olhou sorrindo... – então garoto gostou? Ela é gostosa não é mesmo? Sorri e disse que sim... ela ficou por ali nos servindo preparando uma pissa enquanto assistíamos o jogo, Sandra o tempo todo me provocando... depois do Sandra trouxe outra cerveja e ao passar por Beto ele a puxou pela cintura fazendo sentar no seu colo... eu ali ao lado, Beto começou acariciar as coxas beijos de língua... ele colocou a mão por baixo da blusa ela fez um charminho... – ai amor... ele sempre acariciando ela... – ai amor olha o Marquinho... – ele te acha linda gostosa... – é verdade querido? Ela esticou o braço acariciando meu rosto... – vc é muito bonita Sandra... falei meio timidamente olhando os movimentos da mão dele... ela dando rizinhos.. – vc já viu uns petinhos tão lindos assim Marcos? Ele baixou as alcinhas da blusa... acariciando os seios dela agora ali a poucos centímetros mais beijos... – olha como a minha mulher é gostosa Marcos... ela se levantou e ele puxou o short a deixando apenas de calcinha bem pequena super sexi enfiada no bumum... – vai garoto passa a mão nesta bundinha gostosa... ela ficou em pe entre nos que acariciávamos seu corpo.. Beto a puxou colhendo os seios em sua boca... depois tirou a camiseta o short ficando de cueca... ela esticou o braço me dando a mão, me levantei ela me puxou para perto acariciando meu rosto... – vc é uma gracinha de menino, nos vamos lhe dar muito prazer mas tem que prometer que vai deixar nos fazermos tudinho ta... – tudo bem... sorri... ela aproximou o rosto e me deu um beijo de leve e depois de língua... nossa que delicia eu virgem tendo aquele mulher gostosa ali claro que concordaria com tudo... permanecemos um longo tempo nos beijando enquanto Beto sugava os seios dela depois ele tirou minha bermuda... fomos para o quarto... eles se abraçaram trocando um demorado beijo Beto me puxou fazendo abraçar ela por trás... nossa que delicia eu rosando naquela bundinha gostosa... Beto pediu que eu tirasse a calcinha dela... que maravilha aquela bunda redondinha parecia de uma menina não resisti e dei vários beijinhos passando a língua o que ela gostou... depois ela sentou na beijra da cama e nos dois ficamos a sua frente... ela tirou nossas cuecas o cacete do Beto bem maior que o meu... – hum que delicia o teu pau Marcos... Sandra o levou a boca me chupando... nossa delirei ela lambeu meu saco chupo a cabeça por tudo.. depois chupou Beto... e ficou alternando as chupadas... – ai amor me come... falou toda manhosa... ele sentou na cama ela foi por cima sentando de costas pra ele enfiando o pau na xoxota me puxou e começou a me chupar enquanto subia e descia o corpo me chupando bem gostoso suas mãos acariciavam meu peito as pernas e depois foi por trás acariciando minha bunda... ficamos assim ate que Beto gozou ela tbm... Sandra deitou-se na cama... – vem Marcos quero vc querido... nossa não estava acreditando, seria minha primeira transa, fui por cima entre suas coxas já de pau duríssimo ela dobou os joelhos pegou meu pau encaixando na xoxota e fui entrando... que delicia era tudo de bom, não imaginava que uma xoxota fosse tão gostosa assim... quentinha molhadissima... – isto querido hum que cacete gostoso vai mexe assim gatinho... nosa braçavamos nos beijávamos eu fudendo no instindo... – ai que delicia de xoxota falei... – viu só eu te disse que a minha mulher era uma delicia vai garoto como esta putinha ela é todinha nossa... Beto se aproximo a beijando na boca os seios olhando meu cacete entrando e saindo da xoxota levou a mão acariciando minhas costas desceu para meu bumbum coxas subindo era uma sensação muito boa mas não resisti por muito tempo e dei uma gozada antes dela chegar ao clímax... ela me beijou... – ai que pena estava quase quase... – desculpe Sandra... – tudo bem querido isto é normal na tua idade...

Fomos os três tomar banho fui ensanduichado por eles tendo Beto por trás rosando na minha bunda... colei a boca aos seios sugando... – ai que delicia gatinhos isto mama assim bem gostoso ao mesmo tempo ela acariciava meu pau Beto tbm beijava meu pescoço as vezes eu a beijava na boca ela parava e beijava ele... Sandra pegou minha mão levou ao pau do Beto fazendo segurar... gostei da rigidez e fiquei o punhetando enquanto ela acaricaiva meu pau eu beijando os seios dela a boca uma delicia... depois retornamos para o quarto, ela deitou-se na cama me puxando pra cima.. beijos carícias então ela falou que queria sentir a minha língua.. não perdi tempo e fui descendo ate ver de pertinho aquela xoxota de pelo bem aparados baixei o rosto e comecei a lamber a boceta pela primeira vez ela ficou loiquinha me orientando como fazer foi uma delicia... – deixa eu te comer mais um pouco... – vem querido... ela afasotu as pernas pegou meu pau e direcionou para a entrada da xoxota eu fui penetrando... ela baixou as pernas fechando assim meu pau ficou com um contado mais direto as peredes da vagina envolvendo totalmente meu cacete uma delicia... ela me puxou dando um gostoso beijo de língua... quando afastamos as cabeças Beto se ajoelhou ao nosso lado aproximando o pau da sua boca ela virou o rosto e o colheu lambendo sugando eu ali olhando de pertinho, Sandra parou de chupa-lo e me beijou senti pelos seus lábios um gosto diferente, ela voltou a colocar o pau dele na boca e me beijar revezando assim varias vezes... e foi puxando minha cabeça... – vem querido sente como ele é gostoso... aproximei o rosto e comecei a lamber e chupar o pau do Beto ela se junto e nos ficamos lambendo o cacete dele ao mesmo tempo que continuei a enfiar o pau na xoxota... tudo aquilo era totalmente novo uma experiência muito louca gostosa... depois de um tempo sai de cima... – quero esse pau na minha bundinha vc quer? Imagina se não, iria comer o meu primeiro cuzinho.. Sandra deitou-se de ladinho.. me aproximei...—que bunda gostosa Sandra... – é todinha tua Marcos... disse Beto que se aproximou por trás de mim... nos dois acariciamos a bundinha lizinha dela com aquela marquinha de branzeado.. ele pegou um creme e passou bem no cuzinho dela... – vai garoto come a bundinha dela.. – ai vem Marcos me come querido adoro ser emrrabada por um macho gostoso... era a primeira vez que alguém me chamava assim me senti o dono da cocada... encostei no cuzinho e fui pressionando, Beto com a cabeça sobre meu ombro acompanhava atentamente meu pau que ia sendo sugado por aquele cuzinho apertado gostoso... quando entrou tudo Beto se chegou mais encostando todo o corpo em minhas costas... beijou meu pescoço falando próximo ao ouvido... – ta gostando de comer a bunda da minha mulher? – uma delicia... – vc tbm é uma delicia garoto... ele acariciou minhas costas a coxa e minha bunda... – sente como meu pau ta duro Marcos... puxou meu braço pra trás fazendo segurar seu pau enquanto eu entrava e saia, Sandra gemendo gostando de ser enrabada... senti ele passar o creme no meu cu... passa o meu pau no teu cuzinho... ele abri minha bunda e levou seu cacete ao meu cu eu fiquei esfregando me dando cosquinha uma sensação muito gostosa... – deixa eu comer a tua bundinha deixa... – ai Beto não... falei.. – relaxa vc vai gostar... tirei a mão ele foi pressionando quando a cabeça entrou senti minhas pregas se abrirem, dei um grito ele parou... me acariciando beijando meu pescoço... – calma relaxa essa bundinha gostosa... Beto foi entrando mais um pouquinho... Sandra que ao mesmo tempo que era comida acariciava a xoxota na maior siririca chegando ao gozo... ela foi se afastando ate que tirou meu pau daquele lugarzinho e gostoso mas não deixaram me virar, continuei na mesma posiçao... – ai quero ver de pertinho vc levar o pau do meu marido... ela virou o corpo ao contrario levantou minha perna e começou a chupar meu pau olhando o cacete dele ir me arrumbando olhei aquela xoxota ali pertinho e enfiei a cabeça no que ela gostou... hum que delicia de menino, gostou da minha bocetinha é? – uma delicia... começamos um 69 enquanto Beto continuava a me comer... nossa que loucura era prazer em todos os sentidos então gozei pra valer... na boca da Sandra que bebeu toda minha porra... ela deitou-se ao meu lado colocou os seios para eu mamar me beijando com muito carinho e tesão... – ta gosdando de ser comido pelo meu marido ta querido? – ta doendo um pouquinho mas ta bom... – ele tem uma bundinha muito gostosa amor... disse Beto... ontem a noite peguei o Marcos espiando vc e a Flavia... – é mesmo? E vc gostou de me ver junto com a minha amiga? – gostei sim.. respondi entre um gemido e outro pelas cravadas que ele me dava no cu... – ai que tesão vc sente tesão pela tua mãezinha sente querido? – sinto sim... ela tbm quer vc sabia, hum que gostoso nos ainda vamos transar os quatro vc quer Marcos? – ai aiii quero... meu pau já estava duro novamente Sandra me punhetou mais um paco... – olha só já ta de pau duro quero que eu te chupe? – quero sim... ela voltou a me chupar bem gostoso e quando senti que o Beto se acamou no meu cu logo depois eu esporrei mais uma vez na boca da Sandra... nossa foi uma delicia... fiquei prostado na cama... tomei um banho e depois fui pro meu quarto, Sandra veio me colocando na cama ela passou um creme hidratande no meu cuzinho e me deixou dormir. Fui despertado pela Sandra só de calcinha ela me beijou a boca eu abracei lhe acariciadno o corpo todo, conversamos um pouco eo tesão foi surgindo... – hum quer transar Marquinho? Quero sim... ela tirou a calcinha me virou e curtimos um 69 depois ficou de 4 comi a xoxota e depois o cuzinho dela dando uma acabada bem gostosa... tomamos banho e fomos almoçar... antes de saímos ela ainda me deu uma chupada... almoçamso fora e depois passamos na empresa deles... Beto nos recebeu e Sandra me deixou com ele falando que iria fazer umas compras... no meio da tarde saímos, estava bem quente e chegando em casa fomos tomar banho de piscina... Beto trouxe cerveja e ficamos na água conversando e bebendo... Beto então me falou que eles transavam com a minha mãe falei que vira naquela noite... mais tarde saios e fomos tomar banho Beto me abraçou tocando meu pau e começou a me punhetar ate que acabei bem rápido... fomos pra cama... – bem Marquinho, vc gozou mas eu ainda não... subi na cama me acomdando ao seu lado pegando o cacete já de forma natural... – hum que delicia garoto vc é muito carinhoso... já tinha chupado um pau antes? – só uma vez de um amigo mas foi tudo rápido... quer que eu chupe? – claro que sim nossa vc é uma delicia... apoiei a cabeça na barriga dele e comecei a chupa-lo Beto ficou fumando um cigarro enqunato eu batia uma punheta tendo a cabeça do pau na boca... – nossa Beto vc tem uma bundinha que é uma delicia vira deixa eu te comer mais um pouquinho... me ajeitei de lado ele passou um creme no meu cu e foi entrando, desta vez senti mais prazer do que dor.. – ta gostando ta... – to sim mas não conta pra ninguém... – só pra tua mãe... – ai não Beto... – mas porque querido ela já sabe daquela noite que nos estávamos espiando e ficou louquinha... – sabe de nos? – sabe sim e adorou, ela ta louca pra transar com vc... já pensou vc comendo a bunda da tua mãe? – a bunda dela é gostosa que nem a da Sandra? – uma delicia garoto vc vai ficar louco... Beto me comeu mais um pouco e gozou... adormecemos... depertamos mas trade com a chegada da Sandra que nos beijos... – hum que delicia dois machos dormindo peladinhos, vão acordando meus amores, cheguei cheia de tesão vou tomar um banho e depois quero ser comida pelos dois... logo Sandra voltou cheia de tesão subiu na cama nos chupando... – quero ser comida pelos dois ao mesmo tempo... Sandra sentou no pau do Beto eu fui por trás cravando naquela bunda deliciosa... coordenamos os movimentos e gozamos os três juntos.

Se gosarem eu tenho a segunda parte msn [email protected]


Este conto recebeu 3 estrelas.
Incentive adilsn-ribas a escrever mais dando dando estrelas.
Cadastre-se gratuitamente ou faça login para prestigiar e incentivar o autor dando estrelas.

Entre em contato direto com o autor. Escreva uma mensagem privada!
Falar diretamente com o autor

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
24/02/2020 08:42:11
Amei
18/05/2019 17:26:58
Conto delicioso, menino. Valeu a pena espiar a mãe com esse casal. O que permitiu você viver momentos maravilhosos, sendo iniciando atrás e também fazendo teu anal na Sandra. Venha ler as minhas histórias com meu filho. Para achar, clique em Coroa Libertina. Beijos da Vanessa.
31/01/2009 08:56:01
Bom mas näo sou chegado a viadagem.
26/01/2009 00:23:56
Bom.
24/01/2009 19:49:35
Gostei comeria vcs quatro,e pelo jeito é muinto bom o seu cuzinho.
24/01/2009 16:12:12
Eu não gozei.... he he he (http://ana20sp.sites.uol.com.br)
24/01/2009 12:45:53
bom gostei queria comer vc e sua mãe tbm
24/01/2009 12:34:58
vc é um viadinhode sorte em euq ueria comer sua amiga sua mae e vc s puder mim manda sua resposta

Online porn video at mobile phone


gordinha que dá de bruço com a b***** depiladinha gêmeasMulheres escandalosa fudeno mete qque vou. Goja no xvideio fotosubrinha chupando casos amad fragra irm gosand ponh casacontos eroticos vi minha esposa ser estuprada e gosteiXVídeos o cano locando deslocando e o cano de novo o cu da magrinhacontos incesto mae gtsCamisinha atrapalha a tirar a virgindadecontos pornor minha mulher deu pra outroxxvideo caseiro espiano a buceta cabeluda da subrinha lavano o cachorrocontoerotico eu,namorada, minha mae e tio jorgemotorista olha do retrovisor do onibus coroa pagando calcinhacontos minha esposa e seu ginecologistaxvideo molhe gotinha tazado e gozadx vidios pornos amadora nefinhas gravida fudeno com seu machoBuceta criando pentelho fudendo brasileira adultaMulher gostosa dw vestinho coladinhos fudendominha cunhada casada crente ela ficou apavorada quando eu entrei com meu carro no motel conto eróticofotos padrasto come cu da emteada pau gigantecontoerotico meu tio e minha namorada fudendocontos eu novinha negao empurrou baita pintao no meu cuanal violentto e profundo com gozo dentSobrenatural-Contos Eroticos zdorovsreda.ruponhei chupa meu pinto sua vagabunda na vizinhapunheta na infancia com amigomae gostosa malanhao a buceta deixando filho de pau duroContos eroticos seios mordedo forteContosheroticos bombeiro hidraulicoboas pohnetasXvidio brasileiro patroa de caucinha dando para ogarotovidios pono minininhas. fisadas a fude com velhos e a faze fil teramulher pingando leite d peito dentro d buceta doutra vídeosconto erotico prima 11 aniosquero ver filme pornô com mulher nunca troco fio jogo da Live Jaraguá colocar achei até chorarContosporno natieli gozando na pica grossa do negao pauzudocontos eroticos casada deu pr o marido e o filho dls tbmabraçando por trás incesto relatoconto eróticos menina estrupada por mordomo ponodoidopai chupa a buceta da filha e éla bufa de tezâolesbicas esguichando de baldesentregafor fundeno a cliente na casa dela sem o marido saber contos eróticosestupro esposa contos eroticosconto adoro ser cadelinhacontos oh. novinha endiabrada que gosta de levar picamolhe de bucetona do beici viradomulherzinha gostinho se exibindo na praia só de biquínicontoseroticos mulher lactante amamentandopastor alguma pausado comendo novinha apertadinhaxvideo shortinho golado reladocontos eróticos a babáx video novinha levano rola grossa na buceta e no cucontos eiroticos leilapornContos eróticos da minha noragay raptou o vizinho para lhe chupar o pauconto erotico malu marretamulher mostrando o capô de fusca na academia bichão Grandeincesto tirando virgindade de garota de oito anos no semáforofudida pelo vigia da escola conto erotico teenconto marido manda transar com outro para engravidarcontos eróticos com fotos de casadas que chegou em casa toda arrombadacasa dos contos/turbo negrodeu certo descabaça ela xvideoXvideos Lesbicas misturando com travesseiro fui chupar buceta tinga uma pica enorme adoreimassage nela e na buceta da nifestihaconto gay contei pra ele que queria dar pra elexvidei de hmen batendo solagozada no cu com recuada gayfoto pai fudendo com filha filho fudendo com mae e irma todas meladinhas com bastante punhetada e gozada na carairmao pintudo com 35 centimetro comendo irmaQERO VER APAOLA OLIVEIRA FUDENDO COM APICA TUDINHO NA BUCETAbuceta e igual biscoito Perde um e amanporno de mae servindo comida para seu filinhopadrasto cavalocracuda sapecayoutube tarado sobrinhas sexaul tirado a roupa nuaswww.xvideo.garoto fas sexo com propria tia virgeeu, minha namorada, minha namorada e meu tiopornodoidao mae ensinado entiada a fudesenti opau inchar e e a porra saindo em jatos quentecontos eroticos~nao meXa nas calcinhas da mamae 5o que significa transamilaconto erotico gay com padrasto velho coroa grisalhodei minha bubuta contos