Nossa primeira vez a três

Um conto erótico de Ojuara
Categoria: Heterossexual
Data: 06/06/2008 13:07:17
Nota 10.00

Bom, esse conto que vou relatar aqui, aconteceu no início do mês de março deste ano quando morávamos em Recife/PE. Vou chamar minha esposa aqui de Fernanda e me chamar de Ricardo. Temos 30 anos, e a 11 estamos juntos. Minha esposa é uma mulher muito linda e gostosa. Morena clara, seios médios, pernas torneadas e uma bundinha durinha de deixar qualquer um louco de tesão só de olhar. Eu sou loiro, alto, corpo um pouco malhado, mas não muito. Um casal normal. Eu sempre fiz questão que minha esposa usasse roupas bem sensuais, blusas com tecidos finos, transparentes e decotes sedutores, não usa sutian, e só usa shortinhos, calças apertadas, e calcinhas cada uma menor que a outra. Eu muitas vezes que compro calcinha pra ela. Uma vez eu comprei um fio dental pra ela usar na praia, nossa, como ela ficou gostosa! Quando ela se deitou na areia, todos os homens que passavam olhavam pra aquela bunda linda e deliciosa. Eu ficava de óculos escuros, fingindo que não tava percebendo só pra ver os caras todos babando por ela. E quando ela pedia pra passar bronzeador? Eu aproveitava pra abrir mais aquela bunda e enfiar mais ainda o fio dental. Ela adorava isso. Eu sempre adorei ver minha mulher exibida e de uma certa forma, ser desejada por todos que a vissem, mas nunca imaginei que pudesse acontecer o que aconteceu nesse dia. Sempre falávamos, quando transando, em ver ela fudendo com outro cara, ou trocar de casais, mas nunca saia disso. Apenas fantasiávamos. Só que uma vez, um amigo nosso (irei chamá-lo de Gustavo), foi lá em casa assistir um jogo comigo. Minha esposa tava trabalhando. Bebemos umas cervejas e um pouco antes de o jogo terminar, Fernanda chegou, toda gostosa, com uma calça apertada, destacando que usava uma calcinha enterrada na bunda. Cumprimentou Gustavo, me deu um beijo, e foi pro quarto tomar banho e trocar de roupa. Nessa hora eu percebi que Gustavo já tinha olhado pra Fernanda diferente, pois ele tinha notado que ela tava com uma calcinha bem pequena, mas ficou meio sem jeito, pois eu tava ali com ele na sala e ele já nos conhecia havia algum tempo. Daí, eu pensei: será que ele toparia realizar nossa fantasia? E o que Fernanda ia achar? Bom, o jogo terminou, e Gustavo já estava falando em ir embora, mas eu falei pra ele ficar mais um pouquinho, tomando mais algumas cervas. Foi quando eu fui ao quarto, Fernanda estava no banho, eu cheguei pra ela e falei do que estava imaginando, ela na hora se assustou, mas notei que ficou excitada. Deu-me um beijo, me chamou de louco e pediu que eu fosse pra sala que ela ia pensar. Daí Gustavo e eu ficamos conversando na sala quando ela saiu do quarto e passou pela gente só de roupão, deu um sorriso para nós e foi na cozinha. Gustavo ficou todo sem jeito, mas notei que ficou excitado. Ela voltou e sentou-se ao meu lado e virada de frente pra Gustavo e começou a conversar. De repente ela se vira pra mim e me dá um beijo daqueles bem excitados e senta no meu colo ficando de costas pro nosso amigo. Percebi que ela estava só de calcinha e sem perder tempo tirei o roupão deixando aquela bunda exposta pro meu amigo apreciar. Ele perguntou todo sem jeito o que tava acontecendo, pq estávamos fazendo isso na frente dele, daí eu disse que ele não se assustasse e perguntei se ele achava minha esposa gostosa. Ele respondeu que sim, mas ficou sem saber o que tava acontecendo, foi quando ela se levantou e tascou um beijo nele. Ela percebendo que ele tava excitado, perguntou se ele queria come-la ali na minha frente, e disse que era uma fantasia nossa e que eu não ia me importar em ver. Ele na hora disse que sim, que éramos loucos, mas topou. Voltou a beija-la e começou a alisa-la toda, beijando seus seios, umbigo, lambendo todo seu corpo. Daí ela tirou o pau dele e começou a acaricia-lo. Ela ficou surpresa com o tamanho do pau de Gustavo, pois era grande. Ela não fez sexo oral nele pq, ela me disse depois, por questão de segurança, pois não conhecíamos a vida sexual desse nosso amigo, e ela achou melhor não. Eu concordei com ela, pois somos adeptos ao sexo seguro, mas confesso que ia adorar ver aquela boquinha chupando outro cara. Bom, eles estavam totalmente excitados, ela ficou de costas pra ele e pediu pra que ele tirasse sua calcinha, ele prontamente começou a tirar bem devagarzinho. Nessa hora eu já tava com o pau pra fora batendo uma. Quando ele tirou, enfiou a cara na bunda dela e começou a lamber sua bucetinha e seu cuzinho. Nossa, ela olhava pra mim com uma cara de safada que tava adorando. Ela se virou pra ele e ele começou a chupar mais forte. Notei que ela tava gozando. Foi quando ela me disse: “meu amor pega uma camisinha que eu não to agüentando, vou foder com seu amigo agora na sua frente, não é isso que vc quer, né?” Eu na hora corri e peguei umas camisinhas e deu uma a ela. Ela colocou a camisinha no pau dele e não pensou duas vezes, sentou em cima. Ela deu um grito de prazer que eu nunca tinha ouvido antes. Não sei se pq o pau de Gustavo era maior e mais grosso que o meu, ou era pq ela tava dando pra outro cara na minha frente, mas tudo bem. Ela continuou cavalgando no pau dele, e beijando, colocando os seios na boca dele pra ele chupar, e eu batendo uma. Ela ficou de quatro e eles continuavam ali, metendo na minha frente e ela sempre olhando pra mim com cara de que tava adorando tudo aquilo. Ela me perguntou se eu deixava ela dar o cuzinho pra ele. Eu claro, respondi que sim. Peguei o gel lubrificante e dei pra ele. Ele começou a passar o gel na cabeça do pau e no cuzinho dela, e falando que não tava acreditando no que tava acontecendo. Ela pediu que ele fosse devagar pq a rola do cara era enorme, ele falou que não se preocupasse que ele ia trata-la com carinho, e me falou: “nossa Ricardo, como essa vadia é gostosa”. Putz, eu nunca pensei que ia me excitar em escutar alguém chamando minha esposa de vadia. Foi quando ele colocou a cabecinha no rabo dela, e foi forçando devagar, colocando todo aquele pau no cuzinho de minha esposa. Ela começou a gemer, de dor e prazer. Ela sempre me dava o cuzinho, mesmo assim ele sentiu dificuldades em comer o rabinho dela. Quando ele colocou tudo no rabo dela, começaram no vai-e-vem frenético, e ela adorando, gemendo e eu batendo uma punheta e me segurando pra não gozar. Ficaram alguns minutos nesse movimento. Daí ela pediu pra tirar o pau do rabo dela, virou a bunda pro meu lado e perguntou: “olha amor, o cuzinho da sua puta ta arrombado, ta?” Amigos, tava um buraco enorme, minha esposa tava totalmente arrombada por Gustavo. Ela pediu pra ele sentar no sofá e de costas pra ele, ela sentou no pau dele e fez desaparecer cada centímetro de sua rola. Nossa, ela já tinha gozado várias vezes. Ela rebolava e gemia sussurrando que tava adorando dar o rabo pra ele. Foi quando eu não agüentei, disse que, como ela tava adorando ser vadia, ela ia sentir dois paus dentro dela. Coloquei meu pau na boca dela e ela começou a me chupar enquanto dava a bunda pro nosso amigo. Chupou-me por uns instantes e falou: “me come também seu corno, sua mulher ta possuída, hoje eu sou a puta de vcs dois, come aqui nessa buceta gostosa”. Eu não perdi tempo, coloquei a camisinha e enfiei na xana dela de vez com força. Ela gritou, deu um tapa em minha cara e disse: “seu porra vc quer me foder, eu já to com um pau enorme no rabo e vc enfia a sua de vez”. Eu falei pra ela: “sua puta vc não disse que tava possuída, agora agüenta”. Ficamos naquele ritmo louco, ela gritando que tava adorando ser puta, me xingando, acho que todos os vizinhos escutaram, Gustavo falou que ia gozar, daí ela pediu pra que nós dois gozássemos em cima dela. Ela saiu e deitou no sofá, Gustavo gozou primeiro em cima dela, melando-a toda e logo em seguida fiz o mesmo. Depois tomamos um banho, e ficamos conversando na cozinha, pois a sala, o sofá estava tudo melado. Ficamos meio sem jeito depois de tudo o que aconteceu, pois como eu disse, nunca tínhamos feito isso na vida, e nunca achamos que íamos ter coragem pra fazer. Falei pra Gustavo que era uma fantasia nossa e que ele não contasse a ninguém, pois poderia acontecer novamente, se ele mantivesse segredo. Mesmo assim, acredito que os vizinhos escutaram tudo. Depois desse dia, notei que ficavam olhando pra nós diferente. Minha esposa ficou com vergonha e sugeriu que nos mudássemos. Hoje moramos em Natal/RN. Aqui nunca fizemos isso novamente, mas se acontecer, dessa vez vamos a um motel e com certeza irei compartilhar com vcs. [email protected]


Este conto recebeu 0 estrelas.
Incentive Ojuara a escrever mais dando dando estrelas.
Cadastre-se gratuitamente ou faça login para prestigiar e incentivar o autor dando estrelas.

Entre em contato direto com o autor. Escreva uma mensagem privada!
Falar diretamente com o autor

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
16/08/2016 17:20:06
Ótimo
06/06/2008 17:32:51
Parabéns pelo relato, me fez recordar do meu primeiro menáge, a diferença foi que eu não precisei mudar e até hoje continuo me divertindo muito (dando pro amigo do meu marido)neste relato eu explico a minha iniciação com outro. Boa sorte, beijinhos, nota Dez.....

Online porn video at mobile phone


nao sou gay mais qr pica no cu contoeu era bem gordinha muito novinha meu padrasto acha minha xoxotinha linda contoshomem pede pro negao foder ele feito mulherzinha,mundobixavem com a b***** sarrando no meu paletóum jumento fudeno uma eguinha de premeira viage ainda virgem tomando piricada no riocontos de podolatria scarpinvidios de sexo irmao faz sexo com a propria irma de sangue escondidoxvidios free sexoacetona gulosa chorando engolindo picaencoxando sem querer na minha enteada nas ferias vídeos pornô flagracumendo a tia fazendo unia pornodoido Iniciando uma bixinhaminha colega foi estuprada por tres piçudos e gozaram dentro delaconto tudo começou quando minha sobrinha de dez anos sentou no meu colovidios caseros de mulheres levando gosada na causinhascumendo a naosinhaxvidio mim mostrano a bucetaeu lembia a tua cona toudaso sorubinha com elas filha da putaconto erotico mae e filha nas maos do traficantecomendo irma de saiaxvidiosksalswing2011Contos eroticos eu tava internado no hospital e o enfermeiro fodeu minha mulher10 mil fotos da buceta da familia sacanacontos erotucos escritos casa de contos um menino me cgupou.estrupei minha irma na cama do nossos paiscontos eroticos esposa mamando no cinemaintiada esbugalha o olhos com pau grande no cucontos eroticos de padres gaysgraciliana mulher do belo fudendo xvideosvi meu primo batendo uma punheta e fiquei louca contonovinhas da bucetinha lisinha e rosinha garotinhovelhinha80anos gozandocontos de sexo selvagemcom velhospapai adora chupar a minha buceta enquanto fode a nossa enpregadaxvideo.puta.seducido.casa.gravado.ao vivoquando ajudei minha mae a manter a forma 2 conto eroticoPezinhos da minha irmã e da minha prima conto eroticoponodoido cenas muito fortexvideo ela esguichou porra quando cumi o seu cumagrinha chego trme na picaggvídeo sexomoleque aquiXVídeos a mulher tortura escrava até mexer a b*****comendo a bucetinha da lucinha e o cuzinho da ritinha contos eroticoscurrado na borracharia de beira de estrada conto erótico gayexperimentar sexo anal mesmo sendo heterossexual pode ser perigosonovinha se masturbando pelo Cantinho da calcinha e g******xvideo.puta.seducido.casa.gravado.ao vivodois garoto brasilero se cumendo gemendo muinto na primera vezpregacao tema a mulher de suzemminha mulher me arrombou com um pau de borrachaContos erroticos de empragada chinezacontos eroticos dei pra papaigozandu naboca da inimigatia mo gostosa e sobrinho tia fica lavando.loçae sobrinho so.querendo fazer sexo.e.rla nem da bola porno mineiroviolentada na escola contoconto erotico filha novinha de chortinho curto postado no dia 22 02 2018sex. video amarcaiaxvideos irma dormimdi de ladinho com seu irmaohomem com tesao a cordano com a cabesa do pau toda meladavídeo de pornô daquelas negras de shortinho branco e short beija-florcontos fantasias anal pinto monstroenfiou o nariz no cu da pưta com a buceta gozadaxvideos disponiveis estrupos gostosas com linguadinhasver videos de marido tanpano os olhos da esposa e levando outro homem para fodelamulher goza líquido cremoso pela bucetaPeço assistir video pornografico quente ao vivo, de meter o pau fundo e brincar dentro da vagina, eu chupando outro pau bem gostoso, gemendo de prazer incansável,vinha perdendo a virgindadeeu, minha namorada, minha namorada e meu tioconto erotico sou madura vadiaConto erotico brincando de pique esconde como tudo cumecouconto erotico 5dias de putaria com dona de casa puta marido cornocasa dos contos eroticos whitechocolateTHeo eTonnyContos crossdress a apostalindinhas novinhas trepandonumpau grándeler contos eroticos menageXVídeos prazer as bichinhas que chegam depois da festa todo bebê começa a transar na sua residência no XVídeos prazer sexo