Minha primeira vez de verdade

Um conto erótico de sinsera
Categoria: Heterossexual
Data: 03/04/2007 16:18:42
Nota 10.00
Assuntos: Heterossexual

O relato é verídico e aconteceu nos anos 94 na capital mineira. Nascida e criada em uma zona rural de uma cidade do interior, onde era precário o acesso à comunicação. Não tínhamos TV. Casei-me virgem, ingenua, inexperiente e sem malícia ao 18 anos, com pouco tempo de namoro com alguém que via apenas no final de semana e sem intimidades afetivas. A expectativa da primeira noite foi muito grande. Não imaginava como seria e o que estaria a minha espera. Algumas amigas diziam que poderia sentir dor e sangrar muito na primeira vez caso meu parceiro fosse avantajado. Eu estava apreensiva mas não poderia evitar. Quando enfim só, o envolvimento e muito carinho já não pensava em mais nada. No momento que se seguia toquei o membro já endurecido, e então perdi o medo e imaginei, se isso é tudo, com certeza eu me sentiria confortável. Mas mesmo assim já não agüentava mais de esperar a hora de sentir a introdução por um membro que tanto almejava. Senti-o forçando o hímen, pensava que romperia rasgando mas foi como ele esticasse e senti que iniciara a introdução suavemente e indolor. Não imaginam a minha decepção, quando ainda esperava mais ele já se encontrava todo introduzido. Foi rapidinho e indolor e já tinha deixado de ser virgem ou talvez não. Fui ao banheiro verificar o quanto tinha sangrado, mas ao limpar não tinha sangue algum, o hímen parecia que não tinha rompido completamente. O tempo passava e nunca sentia prazer. E mais, não usávamos preservativo e não conseguia engravidar. Pensava que o problema fosse comigo. Fiz vários exames e todos normais. Foi então que o meu médico solicitou que ele também o fizesse e como era esperado, alem de não me satisfazer sexualmente, não pode ter filhos. O meu médico ainda riu e disse, é com este que você queria engravidar ? Pode procurar outro para fazer o serviço completo. Percebi que fora iludida em vários aspectos, vamos dizer vulgarmente, com um minúsculo membro. Quando em estado de ereção não passa de uns míseros 11cm. E a grossura então, um 2cm aproximado. Muitas crianças na pre-adolecencia têm maior, e como. Não poderia constituir uma família que tanto sonhara, pois o meu parceiro não produz espermatozóide . E então comecei ficar obcecada e cheguei a cair em depressão. Jamais sonhei em relacionar com um outro que não fosse meu marido, mas nas circunstancia eu bem que gostaria de conhecer alguém que fosse diferente, que tivesse um pênis um pouquinho maior ou seja que pudesse sentir totalmente preenchida e quem sabe, sentir o tal dos orgasmos. Como os meus parentes moram em outras cidades, algumas vezes viajo sozinha. Uns tempos depois, após meu casamento, numas dessas viagens, estava ameaçando chover e eu precisava alcançar um ponto de ônibus e foi quando começou a chover. Procurei abrigar-me debaixo de um viaduto. Eu sabia que não ficaria muito tempo à espera que alguém me oferecesse ajuda. Modestamente sou uma mulher exuberante, corpo malhado, olhos azuis e naquela época, ainda com 18 anos. Foi então que um cavalheiro muito simpático, parou o carro e ofereceu para levar ao meu destino. Se apresentou com um nome incomum de Ayr. Nas circunstâncias que me encontrava não estava em condições de recusar. Ele procurou saber onde eu estava indo. Disse que aguardava um ônibus que me levasse a um shopp do outro lado da cidade e prontamente ele me propôs levar até ao mesmo. Fiquei agradecida. No itinerário me propôs parar em algum lugar discreto e aconchegante onde pudéssemos conhecer melhor e tomar alguma coisa. Concordei, estava chovendo muito e eu já não tinha mais motivações para compras. Foi então que para minha surpresa ele entrou em um Motel. A principio relutei, mas ele foi delicado e diz que não faria nada que eu não quisesse (como se eu estivesse em condições de não querer alguma coisa). No quarto solicitou bebidas e ligou a TV que passava um filme erótico. Disse que eu poderia ficar a vontade e se quisesses poderia tomar um banho de hidromassagem . Enquanto isso ele despiu e foi para o chuveiro. Quando vi aquele mastro maravilhoso, imenso, enorme, cabeçudo, grosso e muito comprido e duro e que eu poderia pegar com duas mãos e ainda sobrava cacete e o que mais me impressionou foi o saco, grande, cheio de esperma , eu fiquei com um tesão de perder a razão e um calor invadiu o meu corpo, não resisti. Tirei a roupa o mais depressa possível e entrei também no chuveiro. Comecei acariciar aquela monstruosidade maravilhosa e queria sentir preenchida o mais rápido possível. Imaginei que não caberia na minha xoxota, mas eu queria tentar o possível e o impossível, acreditem era um gigantesco cacete. Fomos para a cama e eu com buceta toda encharcada não via a hora de sentir tudo aquilo dentro de mim. Então ele abriu minhas pernas levando meus joelhos a encostarem em meu queixo, apontou seu enorme cacete na entrada de minha bucetinha e forçou, começou a doer, aos poucos e devagar ele começou a tentar introduzir todo aquela maravilha dentro de mim, mas a medida que ele deixou seu corpo cair sobre o meu, sua glande invadiu rasgando meu himen, eu gemia de dor e senti que sangrava, coisa que não aconteceu até então. Eu suava, meu corpo queimava, minha buceta latejava de tesão e sentia que estava me rasgando, carinhosamente ele foi penetrando-me com estocadas leves e vagarosas, minha pequenina vagina foi dilatando e aos pouco ela foi moldando conforme o tamanho recebido e seu cacete foi deslizando maciamente, cravei as unhas em sua costa e pedi para foder-me de uma vez, ouvindo isso ele empurrou com firmeza, senti forçar meu útero de encontro a meu estômago, mas agasalhei tudinho dentro de mim, dor e prazer se misturavam, seu pau agora entrava e saia com rapidez e violência roçando meu clitóris fazendo-me delirar de prazer, minha respiração tornou-se ofegante e com o corpo tremendo e gemendo cheguei a meu primeiro orgasmo com um homem, ele deu mais algumas estocadas e senti um jato quente dentro do meu útero e no mesmo momento comecei a ver estrelas e parecia que não parava de jorrar esperma de seu pau e enchendo a minha buceta e escorrendo pela cama, e minhas coxas ficaram molhados com seu leitinho. Deu uma paradinha, tirou seu cacete de dentro de mim todo manchado de sangue do meu descabaço.Nunca imaginei que um homem pudesse produzir tanto esperma. Senti que essa era primeira vez que eu transava de verdade, sentira um gozo intenso, algo indescritível, eu queira mais e mais. Foi uma experiência alucinante e pela primeira vez gozei de verdade e conheci o verdadeiro orgasmo. Bem que poderia estar na época de ovulação, assim teria ficado grávida e o meu marido, com certeza pensaria ser dele. Depois saciada fomos para a banheira de hidromassagem. Após uma hora de banho e carícias eu queria mais e ele também e novamente fiquei alucinada com tamanho gozo. Ele me levou a loucura, apesar da minha buceta dilacerada, eu conhecera o paraíso naquela tarde. Depois desse êxtase quem pensaria fazer compra, ele me levou para a rodoviária e nos despedimos. Cheguei em casa deslumbrante e irradiante de tanta felicidade. Tinha esquecido até que era casada. Afinal, tinha conhecido um macho de verdade que conseguiu me satisfazer. Foi um dia maravilhoso e inesquecível.daquele dia em diante algo em mim mudou, eu não era mais a mesma fiquei querendo sempre mais e mais sexo, queria provar cacetes grandes e gostosos de verdade e passei a me entregar para outros homens em busca do verdadeiro prazer que uma boa rola pode dar há uma mulher. E quanto ao côrno do meu marido, nem de perto desconfiaria da sua ingênua esposa.

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
08/04/2007 04:39:34
vc gosta de rolas grande entao ten que ver a minha de um megrao em de mais 20cm que esperimentar
03/04/2007 23:15:50
oi.. bela historia!!! todas merecem sentir prazer, vc tem interesse em fazer amigos virtuais?
03/04/2007 18:41:21
vc deu gostoso e e uma grande putinha,bls
03/04/2007 18:18:23
Nossa, possa te garantir que depois de encontrar uma mulher que sabe o que está fazendo, você vai começar a procurar sexo nesse nivel tb...
03/04/2007 17:38:20
me passa o seu endereço ai vc vai ver o que é bom

Online porn video at mobile phone


cache:cB0rtZ1uQCMJ:https://zdorovsreda.ru/texto/2015051133escravo comendo dona da fasenda no cuvingadota gozandozoofilia cachorro garrando igual garra em cachorravirei puta do cunhado cearence parte 5novinha timidaxvidiominha titia se gozando com meu cassetexvideo gay bigdotado comendo o amigo na mataponhei chupa meu pinto sua vagabunda na vizinhaportugues xvideos tira ta minha boceta e poda no meu cugangbang casada promete voltar sozinha pros dotados xvideocache:I20bmnqm678J:gtavicity.ru/texto/2016115 novos xvideos metendo com forçaaaaaaporno corno paga dois homens de pau Grosso pra esyrupar sua mulher na frentedeleOkara comedo viadovideo pornor espetacular com mulheres ki sao loucas por homem de pica gigantemulher pelada ao fundo som de colerinhatirano cabaço da menina no mato gritano de dorxvideos. buçetá de eguacontos eróticos de incesto uma competição entre a minha filhinha e a sua amiguinhaxvideos divaga nao vo ti regassatransasurpresa.comconto de mulher e filha que foros estrupades efrete do maridover filmes porno só porradãoPeido d bao xxvideossó de calcinha mostrando a coxa rebolando é denotandopornodoido minha sogra gostosa esta no quarto rapando a buceta com tesaonobinha amarrada e punida sua buceta ate gozar lapada na bucetaxvideos meu amigo desepiconou a mae dele e eu fui consolalaShrek mãe fugindo do marretãoan american tale cornopau groso egosano ebonitotaboo estou apaixonada pelo meu filho sexo incesto contoscontos me enrabou com straponzoofillapornocaseirocontos eroticos: um negrinho atrevidoAliviando os funcionarios contos eróticoserotico filha da um beijinho neleContos de incestos mamae brinca de lutar com filho ele fica com tesaoduas irmãs gêmeas que dá para fazer no ciriricaas panteras filmes a cordano minha mae japonezasexo.mulher tranzando com o cara da pizza.braseiromae do meu amigo gostosavideconto erotico de casada eu minhas filhas somos fudidas pelo meu bb roludao aguentei 28 cm de pica grande e grossaVelhoPintudocontoscontoseroticominha esposa, trepou com um casal de negrosbebezinha de 18 anos nua e areganhadacoroas gordinhas casadas que treparam fora do casamento/relatos sexuaisnovinha que derao boceta e firmarãosobrinha e tia com pai potaria brasileiromma feminina fudenestupro esposa contos eroticosX vídeos / sardentas de osascotem lebica olaine 2017 pra comigo outra mulher por celularContos trai meu marido com um roludomulher trnzando com jaardeneiro eoutra escnida espiandocontos eiroticos leilaporncontos eróticos garotinha 7aninhos boquetera e so no cuputona sendo rasgado no cu pica gggXVídeos Botei sonífero na bebida da minha mãe e transei com ela dormindocoroa de beibidol seduzindo o genro na casa dela brasileirasfudendo morena fofinha na mata caseiros coletâneasexo porno meu professor foi me visita pra me da reforço,e acabou me chupandocontos eroticos na cozinha com vibrador filha e maeque ver conto erotico imao es piano imao novinha peladaginecologista dilatando o cuzinho dá mulher pra gozar dentroirmagostozaxvideoquando seu.comamigo nao te.comrespondoso puta dancando sexual e menor mostrando o peitinho e bucetinha enchada marcado a calcinhaXVídeos a comadre de vestido bem curtinho com a boca fica do lado de fora no ônibusconto esposa faz ménage a força com roludosou casada mas sinto vontade de meter com um negao pissudoIrmanzinha linda dando o cu apertado apunsomorena deitada para dormir nua e cansada mas seu caozinho nao deixa lanbe sua vagia e ela gstaGay adoro caras suados na academiaporno tratantescontos eroticos gostosa de camisola e a rola grossacontoeroticopicagrandecontos eroticos.viadoooo da sogra safadamadame de 60 fudendo 2negoesdois molequer revezando a novinha no murocontos eroticos paniquete disse que o diretor fodia sua bundaGorda e estrup a dápor marido XVídeosComto lesbica flagante Pai a tresxvideos as mãe i fininhofininho gostosaconto eroticos transformando a santinha em depravadavocê não vinha sendo 43 o marido da mãe dela fazer o carinho XVídeos consolar elaas gordinha r***** dando o vaqueiro na Fazendaminha primeira siriricahistorias olaine de comtos encantadosAdoro usar shortinho feminino e calcinha fio dental afeminado contosporno estrupo vidas oposta às gostosanó sexoquenteeu quero pornografia pornografia as meninas retada os cabelo achando tudo grandemamando o peitinhoduro dafilhacomentários350 anal de meninasContos eróticos procurando aventura no clube de campoporno ela foi faser a unha dele e viu ele de pinto duro fragadrikaleka jasminy casa dos contos