O espião

Um conto erótico de brazâo
Categoria: Heterossexual
Data: 26/10/2006 10:20:58
Nota 6.33
Assuntos: Heterossexual

O espião

Sou uma mulher casada, mas infelizmente meu casamento não ia indo muito bem, aliás como ainda não vai, principalmente no assunto sexo, o que acabou me levando a dar uma “escapulida” a pouco tempo atrás com um amigo de meu marido, bem mais velho que eu.

Esse relacionamento teve fim quando alguém ligou pra casa da minha sogra e contou tudo, meu casamento quase foi abaixo e apesar da insistência do meu amante em continuar se encontrando comigo, achei que estava muito perigoso e o abandonei.

Um dia,chegando ao meu condomínio, o porteiro me entregou uma correspondência sem remetente, o que me deixou muito curiosa. Chegando em casa, meu sangue gelou ao tomar conhecimento de seu teor:

SILVIA SUA PUTA SEM VERGONHA ESTOU TE ESCREVENDO ESSE BILHETINHO PARA VOCE VER QUE NÃO ESTOU BRINCANDO QUANDO DISSE QUE SEI DO SEU CASO COM O ADEMAR COLEGA DO SEU MARIDO DESDE QUANDO VOCES MORAVAM EM VITORIA VOCE É MUITO RAMPEIRA FICAR TRAINDO SEU MARIDO COM UM SUJEITO MAIS VELHO DO QUE ELE MAS SE O SEU PROBLEMA É FALTA DE PIRU VOU RESOLVER DO MEU JEITO VOCE VAI TER QUE SE ENCONTRAR COMIGO AS TRES HORAS DA TARDE NO PARQUE MOSCOSO DO LADO DA CASA DO ADUBO TEM UM PUTEIRO CHAMADO DORMITORIO CONTINENTAL E LÁ VOCE VAI SUBIR COMIGO PARA MIM COMER O SEU CU DE VAGABUNDA QUE VOCE É VOU PAGAR UMA DAS PUTA QUE TRABALHA NO PUTEIRO PRA ELA VER EU COMENDO SUA BUNDA E DEPOIS TE DIZER SE VOCE É BUNDEIRA MESMO VOU ENFIAR MEU CACETÃO QUE É BEM GROSSO E COMPRIDO NESSA SUA BUNDINHA GOSTOSA E VOCE VAI TER QUE AGUENTAR ATÉ O SACO PODE GEMER PODE GRITAR MAS SEM RECLAMAR EU VOU FUDER SEU CÚ ATÉ SANGRAR PRA VOCE SENTIR MINHA PORRA ESCORRENDO PELA SUA PERNA PORQUE VOCE É MAIS PUTA QUE QUALQUER PROSTITUTA QUE DÁ A BUCETA POR DINHEIRO VOCE DÁ PARA OUTRO HOMEM CASADO QUE VIVE INDO NA SUA CASA NA CARA DO CORNO SEU MARIDO E DE GRAÇA VAMOS MARCAR O DIA DE EU TE ENRABAR O LOCAL É ESSE MESMO E A HORA TEM QUE SER TRES HORAS DA TARDE PORQUE QUERO VER SEU CU ABRIR COM A LUZ DO DIA NA FRENTE DE UMA PUTA VELHA PRA SER TESTEMUNHA DA SUA ENRABADA SE VOCE NÃO FIZER ISSO EU CONTO TUDO PRO SEU MARIDO DE QUANTO TEMPO ELE VEM LEVANDO CHIFRE TENHO PROVA DE TUDO QUE FALO TENHO FOTO DE VOCE E SEU AMANTE EM MAIS DE UM LOCAL DIFERENTE GOSTEI DO SEU JEITINHO DE PUTINHA ALOPRADA E AGORA SE NÃO FIZER O QUE EU MANDAR DO JEITINHO QUE EU QUERO VOU JOGAR A MERDA NO VENTILADOR PREPERA BEM SEU CUZINHO PORQUE MEU CACETE VAI TE ASSUSTAR VOCE NÃO VAI SER A PRIMEIRA JÁ ESTOUREI MUITA PREGA DE MULHER CASADA NA MINHA PROFISSÃO JÁ QUE VOCE NÃO QUIZ CONVERSAR ESPERO QUE SEU MARIDO NÃO LEIA ANTES DE VOCE PORQUE TO DOIDO PRA TE ENRABAR ATÉ LÁ

RICARDÃO

De imediato me bateu o desespero. Quem escreveu aquilo sabia realmente da minha vida íntima, e sinceramente não havia possibilidade de alguém saber tanto, a não ser meu próprio ex-amante. Convencida que era mais uma chantagem daquele filho da puta me pressionando a reatar nosso namoro, queimei aquela sacanagem e não dei importância ao fato, até que um dia alguém me telefonou para marcar o dia do encontro. Não sabia de quem era a voz, mas podia ser de qualquer pessoa a mando do meu ex-amante. Resolvi entrar no jogo para desvendar o caso, conhecia o local escolhido, uma área de atuação de prostitutas no centro de Vitória, e no dia marcado minha curiosidade me levou até lá.

Olhei para todos os homens e não vi meu ex-amante. “deve ser mesmo sacanagem dele...” pensei, mas de repente chega um homem feio, baixinho e careca, fumando um cigarro e sem se apresentar ordena:

Sobe a escada do dormitório, piranha, antes que o seu marido te veja no puteiro!

Não era o que eu esperava! Aquele homem estranho e feio não fazia nem um pouco meu tipo, e só pensando em sair dali dei uma de desentendida:

O senhor está falando comigo?

Nem resposta obtive. Bruscamente o homem me agarrou pelos longos cabelos negros e foi empurrando escada acima. Tentei debater mas o cara tinha braços fortes, gritei, mas ninguém que me escutava fazia nada. Deve ser normal as putas serem rebocadas assim naquele local... O puteiro fica no segundo andar e até chegar o desgraçado apertava com força minha bunda, mordia minha nuca e com um bafo horrível de cigarro dizia que ia “rasgar meu cusinho” e outras insanidades. O ambiente do puteiro é bem propício a esse tipo de gente: putas velhas e bêbadas riam escandalosamente em mesas sujas de madeira, algumas meninas mais novas eram agarradas tendo seus peitinhos sugados por homens inescrupulosos e o cheiro de cigarro e perfume barato era insuportável.

Ao sentar-mos em uma das mesinhas, o homem abriu sua bolsa e me mostrou suas provas: várias fotos minha com meu amante, em muitos lugares e situações como na praia e entrando no motel. Material altamente comprometedor. Fiquei atônita, como podia ser? Essa história de espião seria mesmo verdade? O fato é que o sujeito não tirava os olhos de meus seios cheios, chamou uma puta velha escandalosa e disse:

Olga, vamos lá pra você dar sua nota pra essa puta de condomínio...

Me agarrou pela cintura, tentei me soltar mas então agarrou novamente pelo cabelo e puxou. A dor me enfraqueceu, a puta velha ria e fui levada para um dos quartos. Era sujo, com uma cama de casal e a janela dava pra rua, estava aberta e na primeira oportunidade corri pra lá e gritei por socorro. Algumas pessoas me ouviram na rua e os homens apontavam e riam, enquanto as mulheres viravam o rosto com indignação.

O homem careca me deu uma bofetada na cara com força, senti o rosto queimar muito e ordenou que eu tirasse toda minha roupa se não quisesse apanhar mais. Assustada e indefesa, tremia de medo e fiz o que ele queria. Ao ver meu corpo nú, tirou também suas roupas, era feio e barrigudo, baixinho, mas tinha uma pica fora do normal, muito grossa e grande, parecia ter vida própria e apontava ameaçadoramente para mim. Me empurrou na cama suja e dura e me bateu com aquela superpica na cara, estava dura como pedra,eu sabia o que ia acontecer,só não sabia se iria aguentar tudo aquilo onde ele prometeu enfiar...

A puta que a tudo assistia mandou que ficasse de quatro e que se eu colaborasse até colocava um pouco de vasilina para me ajudar...

De quatro naquele ambiente imundo esperando a hora de ser enrabada por um estranho cheguei a pensar que estava sonhando, mas quando senti o dedo ossudo da velha enchendo meu cú de vasilina, voltei à realidade...

Agora eu assumo, Olga... - olhei para trás e vi o cafajeste com os olhos brilhando e a pica apontando para o teto.

Encostou a cabeçorra na entrada do meu cú que trancou (também pudera, com um pau desses qualquer cú trancava), o careca puxou meu cabelo de novo e me encheu a cara de tapas:

Relaxa o cú, vagabunda! Todo mundo sabe que você cansou de dar esse cú pro seu amante! Relaxa pra mim ou te estouro na porrada!

Vou relaxar seu moço... Não me bate não... Mas enfia devagarsinho...

Com dificuldade consegui colocar a cabeçorra pra dentro, me senti literalmente rasgada por aquele desconhecido feio e fedorento que empurrava no meu rabo um cilindro infinitamente maior que a abertura anal. Pela dor e a situação,senti lágrimas pelo rosto, a puta rindo, o cafajeste me enrabando e dizendo besteiras:

Vão vê se você é bundeira mesmo sua puta! Vou empurrar até o talo!

Após ouvir isso senti um imenso ardor na bunda. Levei a mão para sentir o que faltava da pica e só achei o saco do sujeito colado nas minhas ancas. Ele cumpriu a promessa e enfiou tudo mesmo!

Sente uma pica de verdade vagabunda! Rebola esse rabo pra mim fuder gostoso! - falava todo atolado no meu cú, quando começou a bater com força na minha bunda.

Eu já não tinha forças nem pra chorar. Estava desfalecida, totalmente entregue àquele homem que pelo cú me comia até a alma. Agarrou minha cintura e puxou para cima, para socar ainda mais no meu cusinho totalmente destruido. Socava agora com vontade, eu já nem sentia mais nada, apenas ouvia seus urros:

Toma no cú piranha! Vai mostrar esse cú arrombado pros seus machos, vagabunda! Vou gozar cadela, vira essa cara de safada pra mim esporrar anda!

Tirou o cacetão violentamente do meu rabo, virou meu rosto e gozou como um animal imensa quantidade de porra na minha cara, que me escorria pelo pescoço.

Com o pau ainda duro, mandou que eu limpasse com a boca, tentou enfiar a cabeçorra na minha boca mas não cabia, mesmo assim ordenou que eu lambesse aquele pau todo melado de porra, sangue e merda...

Limpa vagabunda! Você é muito boa de bunda, tem muito tempo que não comia um cusinho, é difícil achar mulher que encara...

Minhas pernas estavam totalmente bambas, senti um imenso “vago” na bunda e com a cara toda suja de suas imundices, o desgraçado ainda me fotografou.

Depois disso,vestiu suas roupas e sumiu do quarto e nunca mais o vi. A puta que assistiu a tudo me ajudou a me lavar e ma vestir, me conduzindo depois ao ponto de ônibus mais próximo. Me senti estuprada e nunca tive coragem de denunciar para não complicar ainda mais meu casamento. Pensei até em ir a um hospital avaliar o estrago, mas como sabia que meu marido nem ia perceber nada,já que não é chegado mesmo, fui pra casa toda arregaçada me curar sozinha.


Este conto recebeu 0 estrelas.
Incentive brasão a escrever mais dando dando estrelas.
Cadastre-se gratuitamente ou faça login para prestigiar e incentivar o autor dando estrelas.

Entre em contato direto com o autor. Escreva uma mensagem privada!
Falar diretamente com o autor

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
15/09/2008 23:24:45
Muito excitante.
15/09/2008 23:24:14
Muito excitante!
26/10/2006 13:12:58
Fantasiou muito Madalena. Este teu conto me tirou todo o tesão. Terrível!!!!!!!!!!.Zero.
26/10/2006 11:07:24
Se o seu casamento não era (ou é) grande coisa vc não deveria ter cedido a chantagem, foi pq queria ver qual era a do kra. Se deu mal, bem feito.

Online porn video at mobile phone


buctao da jisleneconto gay o nerd e o bad boy 7casadindo novo dando o cu e esposa vendo xvideomulenapicaconto erotico filha seduzindo pai velho coroa grisalhoxxx.bundas.melozas.travestifotos maifudenocomi o cuzinho do valentao a forca contosliberalina vadia casadaBUCETINHA QUENTINHA, protegendo com sua BUNDA MARAVILHOSAgrita puta selvageria braba xvideosCasa dos Contos Eróticos sogra gritou chorou e pegou na pica do genrobrincando escanchada contos pornodando a bucetinha para o senhorzinho da mercearia contos eroticoscontos sem calcinhavideo de coroas com buceta bem enchutinha fudendoscooby-doo Mistério S A minha mãe e da filha e mulher pelada salsichaRelato erotico casa de swingver coroa gostosa da bunda bem empinadinha de shortinho colado cor cinzanovinha com short curto mostrando a poupa da vinda para o homem comercontos de podolatria chulé da manaas moleca tavam se pegando xvideosgraciliana mulher do belo fudendo xvideosstrapon sangue e bostaAliviando os funcionarios contos eróticoscontos eroticos sou viciado num cuzinho de machocontos espiano o decote da minha maenovinha goziu tanto que a gala espirrou na cara do namorado ti gizandoUma coroa evagelica fudedo de saia cupridaGol contos eróticos Prima com primo gordinha gostosaxvdeos de sexo de mae ver o filho dormndo e da o cúxvideo do cunhado pecado a cunhadinha a fosa gozado dretro da boceta delaBaixa filme porno aa panteras juliana tranzando na cozimharapais de academia mostrando o pintauPadrastro fódendo o çu2 parte de eu minha amiga e o pai dela conto herotico helena e renatawww gostosas do zaptkMeu marido virou minha putinha safadacontos eroticos sobrinha novinha peidando de tensaocasada chora com zezao rasgado o vizinho apertado Contos eróticos gay iniciação sexual na infânciaso vadia dandu cu centandos loiras dos mamlos rosadoes sendo chupadosistorias eroticas de insesto filias mas novinas y pai en la rosa o facendameu entiado tem um picao fudemosas crentihas maisgotosasascensorista pauzudoxnxx o kara metendo no cu dela ela cumessa a si bateXvideo com a irma com xote cotopornodoidográtis coroasgemendoeu quero ver homens e mulheres se beijando pelado e como colocou o piru na no bumbum da minha ficou salgado se beijando peladosx vídeos a empregadinha galeguinha u vei comendo nu so faNX irmã dando para o irmão do Diguinhoxvideos.com marido sai para trabalhar e mulher a empregado dozeloconto gay o nerd e o bad boy 7vidios de porno da ply boisafada fode com mefingo q bate na portaxv inacreditavel as novinhas baby trasandoporno contos menininhas da crechedeu para nao ser caguetada para o marido xvideosentrou no lugar errado e pegou o cara de toalhas porno doidocontos eroticos de mulheres de 70 anosXvideos as panteras ligou pro marido pra falar q ia dar pra outrocontos eróticos amadores traiçãoeu só fudia a buceta da minha irmã com camisinha minha irmã ela entrou no meu quarto ela disse pra mim você agora vai fuder minha buceta sem camisinha eu tomei anticopcional conto eróticoConto minha vizinha me falou que o marido não endurece maismulheres brincando com penis so na portinhaContos eroticos de podolatria com fotos desejando chupar os pes bonitos de primastem muito casal que que quer gozados obedeçam e depois eles acabam se entendendofui arrombada , e adoreicontos eiroticos leilaporncontos eroticos cnn estupronovinha louca pra mamar um cacete do coroa bebadocunhado breja a cunhada no banho e fode elasexofilha esta com medo vai ao guarto dos paisGay afeminado virou mulher na mao do coroa negro contos eroticos os melhoresxvidio mulhe magra sentano o cu no paozaosexo casada dormindo de short Doll deixando escapar a buceta