Minha primeira transa com o meu cachorro

Um conto erótico de Márcia
Categoria: Zoofilia
Data: 08/12/2005 21:39:14
Nota 7.50
Assuntos: Zoofilia

Minha primeira transa com o cachorro.

Olá, meu nome é Márcia, hoje tenho 18 anos e estou enviando este relato verídico para compartilhar com vocês a experiência que tive pela primeira vez aos 15 anos de idade. Sou de família simples, moro em Volta Redonda, RJ, sou mulatinha, 1,65 de altura e me considero muito bonita de corpo. Tudo começou em um dia quente, o mês eu não me lembro direito, acho que era outubro. Pois bem, era um dia de calor e eu estava sozinha em casa, por volta das 7:00 horas da noite, pois eu moro com a minha irmã mais velha e ela chegaria muito tarde em casa. Ela trabalha na noite como dançarina numa boite. Nesta noite eu estava sentindo muito calor e com um tesão que brotava pelos poros. Ficava vagando pela casa pensando nas maiores safadezas e me imaginando sendo fodida de verdade. Como estava sozinha e minha irmã só ia chegar tarde pelas 4:00 h da madrugada, resolvi tirar a roupa e ficar só de calcinha e sutiã, era uma delícia sentir o vento fresco da noite passando e refrescando meu corpo tesudo. Fui até a cozinha e sentei-me na soleira da porta dos fundos da casa, onde ninguém poderia me ver. Lá sentada, comecei a bolinar minha bocetinha marrom e ainda virgem que já estava toda suada e meio meladinha de tesão. Estava delicioso, e eu conseguiria gozar logo,logo, mas, para minha surpresa, notei que meu cachorro da raça pastor alemão, chamado Black aproximava-se abanando seu rabo, querendo brincar. Eu sempre brinquei muito com ele, mas nunca tinha feito nenhuma sacanagem séria com ele. No máximo que eu já tinha feito foi tocar e segurar o pinto dele uma única vez quando estava dando banho nele, que aliás foi muito gostoso, só que não levei adiante a masturbação, pois fiquei com medo. Isto tinha se passado quase um mes antes. Mas nesta vez a coisa pegou fogo. Quando ele se aproximou, eu tentei enxotá-lo, mas, quando ele chegou perto, pois acho que ele sentiu o cheiro da minha bocetinha muito úmida que exalava o odor da cópula e veio mais perto ainda fungando na minha mão molhada e suada de tanto tesão e depois na calcinha que vestia. Eu achei curioso e excitante tudo aquilo que estava acontecendo e movida por uma curiosidade e um tesão intenso e incontrolável, estiquei a calcinha para o lado com o dedo indicador mostrando minha xoxotinha peludinha para o esperto cachorro. Juro que foi a sensação mais gostosa que já senti quando ele me tocou com aquela língua áspera e quente, e me lambeu toda, me fazendo estremecer e quase desmaiar com uma onda de calor que invadiu meu corpo, e que quase me fez gozar. Pensei em me recompor e tomar uma atitude, mas o tesão minava toda a minha racionalidade e movida pela curiosidade e porque não dizer, pelo instinto, me forçavam a ver até onde aquele cachorro sedutor me levaria com toda aquela sacanagem e sedução. Eu me sentia cada vez mais tesuda e dominada por uma onda erótica incontrolável. Depois de me lamber por alguns instantes, o safado começou a me rodear e então ele subiu e se apoiou com as patas dianteiras nos meus ombros que quase me derrubou no chão, fazendo movimentos de cópula, numa dança erótica, como se estivesse tentando transar com uma cadela. Ele tinha a minha altura. Só então eu me dei conta do que ele estava tentando fazer, mas ao invés de sentir repulsa e medo, me deu ainda mais tesão ainda mais quando vi que seu pênis estava quase todo para fora da capa, o que me deixou com a boca molhada e os olhos vidrados naquela pica monstruosa. Ele agora estava tentando me comer de verdade, mas eu estava sentada na soleira e daquele jeito não conseguiria acertar minha vagina nunca, foi então que, como se estivesse possuída por um desejo completamente insano me levantei e chamei o Black para dentro da casa. Meu coração batia rápido por toda aquela situação erótica. Tranquei a porta da cozinha e fui até o quarto colocar uma jaqueta jeans para ele não me arranhar e depois fui correndo tesuda pra sala, querendo que meu cão apagasse o fogo da minha boceta. Eu tirei rápidamente a calcinha e sem pensar em mais nada, com um desejo infinito de ser fodida por aquela pica descomunal, fiquei imediatamente de quatro, com os cotovelos apoiados no sofá da sala e coloquei umas almofadas no chão para apoiar os joelhos. Eu fiquei com a bundinha bem empinada e a bucetinha bem a amostra e receptiva como cachorra no cio, esperando com enorme ansiedade pelo meu macho para cruzarmos. Logo eu senti sua língua novamente explorando a minha xana e em um outro instante sinto o seu corpo peludo estava sobre o meu, eu podia ouvir o seu arfar cansado no meu pescoço, com a língua para fora e babando de desejo sobre o meu rostinho. Comecei a sentir seu pênis cutucando forte na beirada da minha xoxotinha, cada vez mais perto, espirrando um liquido quente, lubrificando toda minha xana desejosa. Naquele momento, não pensei em pudor, na perda da minha virgindade, ou qualquer outra coisa, pois eu estava entregue a ele, numa onda erótica sem limites. As tentativas infrutíferas dele me penetrar me deixavam ainda mais fora de mim. De repente, numa estocada rápida e precisa, seu pênis me penetrou de uma vez só, tão forte e viril. Eu senti uma dor dilacerante nas minhas entranhas. Aquela dor de tamanha intensidade vinha acompanhada de um prazer na mesma proporção. Eu estava entregue ao sexo, como num sonho ao possuir aquela pica gigantesca, rompendo impiedosamente meu cabaço e arregaçando toda minha xana. Eu pude sentir seu nó roçando o meu sexo, atravessando os lábios da minha vagina, alojando dentro da minha xota, se dilatando cada vez mais, fazendo força para entrar cada vez mais para dentro de mim, num misto de dor e prazer enorme. De repente o cachorro se travou imediatamente, me agarrou com virilidade pela cintura, me apertou e começou a fazer um frenético movimento de vai e vem. Aquela situação me deixava ao mesmo tempo com medo e com tesão, minha buceta babava, e em poucos segundos gozei intensamente e seguidamente, soltando um grito que ecoou pela casa inteira. Meus braços perderam as forças e eu desmoronei com a cara no sofá e somente com a bunda empinada com aquele cão sedutor que continuava desfrutando impiedosamente do meu sexo. Logo depois o cão também acabara de cessar seus movimentos e eu ainda podia sentir a pulsação forte de seu pênis enterrado e latejando em minha vagina e o liquido que escorria abundante . Ficamos grudados assim por uns cinco minutos, quando ele começou a fazer força para se soltar, descolou de mim e arrancou tudo de uma vez só, fazendo um sonoro “FLÓP”, ficando do meu lado. Minha boceta estava cheia e saturada de porra que escorria pelas minhas pernas misturada com o sangue do meu cabacinho perdido e dilacerado pelo meu cão. O pênis do safado estava enorme, devia ter uns 18 cm de comprimento e uma bola enorme em sua base. Nunca me imaginei perdendo a virgindade com uma vara deste comprimento. Após a transa, senti minha xaninha completamente dolorida e não tive forças nem para ir ao banheiro para tomar um banho. Tirei a jaqueta para enxugar meu sexo e minhas pernas toda lambuzada de esperma e sangue do himem rompido. Neste dia fui dormir cansada, melada de suor, com a boceta toda estufada e cheia sêmen, mas totalmente saciada e satisfeita. Hoje em dia transo freqüentemente com o Black, pelo menos umas tres vezes por semana. O Black foi o meu primeiro amor e é meu único e predileto amante. Eu sou fiel a ele e ele é fiel a mim. Na verdade eu queria ser emprenhada por ele. Se você curte as mesmas transas que eu, corresponda-se ou se quer alguma coisa comigo na real, me envie um email: [email protected]


Este conto recebeu 0 estrelas.
Incentive a escrever mais dando dando estrelas.
Cadastre-se gratuitamente ou faça login para prestigiar e incentivar o autor dando estrelas.

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
16/02/2016 07:03:40
Adorei tenho 50anos e cinto o maior prazer em ver senas de zofilia gostaria de ser seu vizinho tenho um cao de 8 anos ainda virg gostaria de ver ele perde o cabaco com uma mulher sou casado mas minha mulher nao aceita passa o wtsp que mando foto dele msnds foto soa pra mim
06/07/2015 22:49:55
Desculpe-me por melar o seu conto portiço. Prq na vdd esse conto é de uma garota da Bahia o nome eu ñ lembro. mas a cidade é.... p.q.p esquecir tbm.. só sei q é Bahiana.. eu muito escroto esse negocio de plagiar os contos dos outros.. gostou de um conto? queres compartilhar em sua conta? Pois faça isso sem modificar o texto. sem retirar os creditos do autor.. Assim fica menos vulgar de sua parte e transmite muito mais tesão ao leitor por mais q já tenha lido o mesmo conto em outro site (O meu caso). NOTA ZERO! PLÁGIO! USURPADORA! FALSIDADE IDEOLOGIA! PF NA TUA COLA! kkkk zuera.. mas ñ faça mais ñ pessoa.. pega mau!!!
06/05/2012 22:13:13
nossa foi d
11/09/2009 17:44:59
vc é foda
23/08/2009 18:56:17
marcia gostei muito que bom se eu tivesse um dog desse
29/09/2008 10:59:35
muito exitate me add
30/12/2007 22:04:37
nota mil
FODÃO
13/12/2005 10:25:26
VAI SE TRATAR. PROCURA UM MÉDICO VOCÊ TÁ DOENTE.
Marcia
12/12/2005 21:09:51
Se voces não acreditam no que escrevi é problema de voces. Meu dog faz muito gostoso comigo e ele é melhor do que qualquer homem. Black é uma máquina sexual e nada no mundo se compara. A maioria das garotas tem inveja de mim por que eu tive coragem de me entregar a ele de corpo e alma. Sim, eu perdi a minha inocência com Black, Ele me faz faz mulher e fico de 4 a hora que ele quiser. Quando eu falei em me emprenhar é no sentido figurado sua tolinha. Eu gosto de ficar impregnada com seu semen e sentir seu gozo enchendo minha boceta até vazar e escorrer pelo meu sexo. Entenderam??? invejosas!!!!
anonimo
12/12/2005 04:34:15
Porra essa historia da aninha deveria ter ido pro livro dos recordes como a maior mentira ja contada antes.heheheheh
aninha
09/12/2005 18:19:13
ai galera ..deixa d besteira..pode sim ficar prenha d cachorro,minha sogra ficou..teve apenas um filhote.um tremendo animal .rss
Reginaldo Gadelha
09/12/2005 17:58:25
Hé hé, repetivivo, sem novidades. Ah, querer ficar " prenha" de seu cachorro é mesmo demais. Conte outra.
Cançado
09/12/2005 16:37:23
Outra vez este conto, inventa outro que este está repetido.
Panther
09/12/2005 15:46:38
Não liga pro que a Silvia disse não, conheço várias gatas que gostam de foder com cachorros, minha prima inclusive foi iniciada nessa por mim, coloquei meu cachorro pra foder ela e ela adorou, querendo trocar experiências é spo mandar mail.
iran
09/12/2005 15:01:01
gostei do seu conto,gostadria de manter contato com voçe,para um possivel encontro
Silvia
09/12/2005 12:43:41
A sua história não é ruim, embora absurda. Agora, querer ficar prenhe do cachorro, já é demais. Que v. é uma cachorrona, tudo bem, mas querer gerar cachorrinhos...faça-me o favor, menos, menos.
PREDADOR
09/12/2005 10:39:35
LE, EU SOU UM CACHORRÃO, PODE TRANSAR COMIGO!
Le
09/12/2005 09:47:56
Já transei com muitos homens, mas tenho um tesão enorme de transar com um cachorro e ainda não tive oportunidade.

Online porn video at mobile phone


xvideomulheres de chotinhos curtos de perna abertacontos eroticos no dia que dei minha buceta pra dois senhores no onibus,dupla penetracaocontos de sexo no carro com um cara aiii metiii maisesperei meu pai sai e foi fuder minha madrastra qui tava dormindocontos eróticos minha esposa se confessando com padrecontosincesto na noca camafelidades testi fobeno u caraflagrei minha filhinha mamando o irmao com um mastro enorme contos eróticossou viciada em boquete nao posso vet um pau qur ru chupocontos eroticos de mulher sendo xingada e tomando tapa ma caracontoserticosnegaogozando.na.loirinha francyRogeriodepauduroxxvideo corno não guenta ver a mulher cai na rola grandeconto gay garotinho da igrejaeu quero assistirum filme pornografico lesbicas amor lesbico inesperado no pornodoidopau groso egosano ebonitomulher que gosta de ser encostada no ônibus contosgatas sex tirando calcinha bem devagar e exitandoEdufera cintosbuctao tod c gazandcontos eroticos sete anosContos padrasto fode filha novinha enchenteflagrei as jogadoras de volei transando ate gosarIsac -Hugo |Contos Eroticos zdorovsreda.rumarido narrando edposa batendo uma p dotadocontos eroticos Nao mexa nas calcinhas da mamae parte 2eu quero assistirum filme pornografico lesbicas amor lesbico inesperado no pornodoidocontos corno biwww.contoseroticos fui viola por um mega caralhudocontos mamae baby doll vermelho filha sem calcinhaContos pornos-fodi a mendigaeu, minha namorada, minha namorada e meu tiocontos minha sogra proibida minha amante ate hoje.contos eroticos aprendendo a dirigirNovinha limpando a casa com blusinha folgadinha xvideoxxx minina cumedo mininoContos deele examinaram minha xxoxtatransou q suou xxvideosContos de comedores de Mendiga novinhas de 10 a 12 aninhoshotmail muletodawwwxxvideo filhinha apaixonadacontos eróticos meninas de 23 anos transando com cachorro com calcinha preta com lacinho vermelhopornô mãe dando o cuzão dando para o filho de regaço combinação pelo cão carinhoconto gay meu irmãogosano defro dotados.sexo pornoconto anal veridico negrocontos erotico de puta querendo rolaxvideos gay foda rija negros psu grosso e compridoXVídeos Botei sonífero na bebida da minha mãe e transei com ela dormindonudismome homem olhando pau do meninofui consolar mamae acabei fodendo ela contos eroticoscontos de esposas com short mostrando a papada da bunda em casarelatos minha esposa chegou toda chupadaem casabumda ounda Grande de saimha legue e meia bunda trwnsandocoletania de corno com vekhas bundudas que gritam na picahomem nu vi fugindo de cachorro dentro de um quartos com uma mulher so com a vaginas do cu de fora aí eles fazem sexohomem cherando a caliçnha e fudendo pornodoidonovinha coxuda engolindo o cassete todo e alizando o cassete com carinhoporno menina virgem ser marturbado de calçinha de redinhacambaxirra vaca brabadei minha bubuta contosComtos filha semdo fudida pelo pai e amigos delenovata siririca pra irmaohomen do penis muito grande tentando tira a virgidade da menina empemulher cagando com prisao de ventre pornocontos de mulher que da a buceta para mendingo chupar comer mamarmenino cumedo sua tiaROLA CABEÇA DE COGUMELOCOM NOVINHA XVIDEOso norabo xvideoadcontos eroticos fui depilar minha patro q estava com a buceta e o cu peludo com fio dental atolada no cuconto erotico gay negao dominador gosta de maltratar viado brancocontos neta da minha vizinhagozadas no xvideo de mulheres que dar tremetreme naspernasmulhe com ceceta ano fazeno sexobolinei amigo ate ele mi daxvideo facilao liberou esposa eu extrupei ela a forçahomem nu da cu padres e semináristascunhada arredou a calcinha e começou a cavalgar na vara do cunhadocomendo o cu da nora - contos eróticosTheo eTonnycasos amad fragra irm gosand ponh casa favela cariocamae ajuda filho a se masturbar contopornodoidoshotsexo anal hAaaaax videos.com mulher incorporada com pomba gira transandomorena.gostisa.gosando.de.isguinxostenho 12 aninhos e adoro sentar no colo do meu padrasto so pra senti pau dele duro ate ja fiz ele gosar me rosando kk contos eroticosGosando .na boca d nlvinhaspornodoidomulher trainicontos gays-categoria incesto gays forçado- maduro vs menino ninfeto- meu padrasto paulo