Minha irmã comida no lugar do bolo de aniversário

Um conto erótico de duque_perv
Categoria: Grupal
Data: 23/01/2005 10:59:47
Nota 8.00
Assuntos: Grupal

Já nem me lembro mais quando foi a primeira vez que vi minha irmã pelada. Ainda era pequeno, quando de um lado para o outro da casa Letícia vinha rebolando com aquela bunda enorme de fora, eu não entendendo nada, mas vendo toda aquele corpo despido. Atualmente sou maior de idade e minha irmã é 3 anos mais velha. Ela sempre me tratou com muita carinho e amor, sempre que me encontrava dava selinhos gostosos, porém comecei a ser invadido por um senso moral muito forte. Comecei a ficar revoltado pois ela era muito vagabunda, a mulher mais biscate e vaca que já conheci. Viva reclamando com meu pai para que ele proibisse Letícia de andar pelada pela casa. Às vezes eu estava na cozinha tomando água e vinha ela só de calcinha, ou completamente nua, para ela tanto fazia. Porém ele sempre me reprendia, dizia que já estava ficando velho e que ver aquela bunda dava uma grande alegria pra ele, pelo menos ele tinha alguma visão para ficar se masturbando. Assim comecei a ficar na minha. Não tinha muitas alternativas. Um dia estava à noite eu estava estudando física para o vestibular quando de repente Letícia aparece completamente nua na porta com duas roupas na mão. Ela iria sair com um cara e estava indecisa com que roupa ia. Apesar de estar acostumado, dessa vez foi de mais, ver aquela buceta quase que completamente raspadinha, aqueles peitinhos e a total cara de quenga de minha irmã. Eu dando um sorriso falei que tanto fazia, o cara só queria comer ela mesmo, não iria dar bola pra roupa. Mas falei que a micro saia preta faria ela ficar com cara mais de vaca, por isso deveria usar. Ela deu gargalhadas, veio até mim me deu um abração dizendo "obrigada" e depois terminou com um selinho. (Nem preciso dizer que meu pau trincou nessa hora). A semanas seguinte tudo continuou na mesma rotina. A única novidade foi saber da minha irmã que ela estava adorando engolir porra. Nisso ela entrou num processo de se viciar. Até que um dia desesperada ela chegou pra mim e disse se eu não podia dar uma gozada na boca dela. Eu levei um tremendo susto. Foi completamente repentino e natural a reação dela, como se estivesse me convidando para o cinema. Eu não aguentei, ela já estava pelada na sala de teve, e eu tirei meu pau pra fora e comecei a me masturbar, não demorou muito e falei pra ela que ia gozar. Ela só abriu a boca e eu enfiei meu pau dentro dela. Simplesmente foi um delírio, cada jato em sua garganta me fazia chegar no paraíso. E eu gozei como nunca tinha gozado antes. No fim ver aquela boca completamente melada, escorrendo um monte de porra que não conseguiu engolir, foi simplesmente me levando a loucura. A reação de Letícia foi simplesmente levantar, dizer obrigada e ir no quarto dela dormir, junto com todo aquele gozo. (Dizia ela que queria sentir o máximo tempo possível e sonhar com minha porra). Isso acabou virando rotina. Sempre de noite após meu pai dormir e assistirmos televisão, ela chegava até mim pelada e pedia sua porra de nana. E eu cada vez gozava mais na sua cara e às vezes errava a boca de propósito só pra ver sua cara melecada. E ela dava risada. Achava engraçado tudo aquilo. Um dia no meu aniversário, acabou vindo pouca gente pois era dia de semana e a maioria tinha que trabalhar no dia seguinte. Chamei apenas alguns amigos meus. Estavamos todos na sala comendo salgadinhos e bebendo a cerveja, enquanto minha irmã estava terminando de fazer o bolo. De repente ela gritou dizendo que iria servir. Para a surpresa de todos, Letícia aparece completamente nua, só com um chapeuzinho de festa, carregando a bandeja de bolo e cantando "parabéns pra você..." O susto foi geral. Nunca imaginei que minha irmã iria assim tão longe. Falta de vergonha na cara tinha limites. Estava começando a sentir ódio, quando um misto de tesão e medo começou a me invadir. O pessoal ficou tudo estático só tendo a reação de acompanhá-la na música. Ninguém se movia, até o momento que minha irmã se agachou para deixar o bolo, mostrando toda aquela bunda e disse que era hora de todo mundo comer ele. Nisso meu pai chegou, baixou a calça e disse que realmente todo mundo iria comer. Mas não o bolo. Começou a sim uma baita putaria, todo mundo arrancou a roupa e começou a enfiar na buceta, no cu e na boca ao mesmo tempo, os que sobravam ficaram esfregando o pinto no rosto, ou simplesmente se masturbando. O ritmo estava frenético e a gritaria infernal. Eu estava completamente excitado e pelada, porém não tinha mais lugar pra comer minha irmã, teria de ficar esperando. No fim todo mundo foi gozando nela, no cu, na buceta, na boca e em todo o corpo. Ela ficou completamente melecada e teve gente que sentiu nojo de tanta porra. Ela estava completamente feliz e com um tesão como nunca. Depois ao ver que todo mundo tinha a comida, exceto eu, minha irmã, toda gozada chegou e veio me abraçar, dizendo que era vez do meu presente de aniversário, comer ela com exclusividade. Eu ao mesmo tempo que senti nojo, senti um tesão inacreditável. Peguei minha irmã pelo cabelo, joguei na mesa e comecei a comer seu cu com uma força incrível, arrancando gritos e mais gritos. Não aguentando de ver aquela cara gozada e me melecando todo. Peguei a cara dela e enfiei no bolo. Todo mundo riu, inclusive ela. Agora já podia lamber aquele rostinho lindo. A foda foi interminável. Eu fiz o cu dela sangrar de tanta força. Ela no fim chegou a chorar de dor e de felicidade. Para terminar, não perdi a oportunidade de gozar em sua boca, do jeito que ela gosta. Ela enguliu tudinho e abriu um baita sorriso de alegre. Dizendo que de todas as porras que ela vive experimentando, nenhuma tem o gosto saboroso e grudento como a minha. Todo mundo ficou comovido com aquela declaração e resolveram ir embora. Antes disso sairam cuspindo na minha irmã dizendo que ela era a maior vagabunda que conheceram. Nós três da família só davamos risada. Depois desse aniversário nossas vidas mudaram completamente. A gente não vê mais tevê, só passa a madrugada comendo minha irmã de todas as formas possíveis. E assim terminamos felizes e amando uns aos outros, assim como toda família normal.

E-mail= [email protected]

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
06/05/2013 01:37:03
Da hora mano, queria ter uma irmã vagabunda e gostosa pacas como vc descreveu, mas que claro não fosse mesmo minha irmã e sim uma adotiva...kkkk
fabio
31/01/2005 18:46:34
e foda este conto e uma bosta guri tu e viado
Marcos
26/01/2005 18:47:01
Tu é um baita trovador. No mínimo é recalcado, pois nunca comeu ninguém e fica inventando estas histórias. Vai te enchergar guri e aprende a escrever primeiro.
COMEDOR DE CU
26/01/2005 14:59:33
que bosta..
26/01/2005 09:57:47
puta k pariu... cuida-t seu doente
Lilith
25/01/2005 15:40:18
Que imaginação mais fertil!!
Rebbeca
24/01/2005 15:21:48
Por favor!!!!!!!!

Online porn video at mobile phone


contos eroticos de encoxada com marido do ladonovinha perdendo a virgindade para soltinhohistorias olaine de comtos encantadosbucetaesperientechupei meu genro cavalo de pau contopezinhos no meu pal contos eroticopesquisar por mega dotado quero ver sexo com patroa lesbica seduzimdo sua enpregada e fazendo sabao com ela no aeu quartoseduzida por um estranho contos pornobundinha redondinha do viadinho.contos eroticosfilme porno brasileiro pai mostra para filha seu pau monstro e ela se assustafudi com meus alunos contos eroticosconto erotico guto e elainede chortinho pensando no namorado pornporno negao fas muleca grintace1/13 a grande viagemsexo mulher e homem laranhando(sexo) you tube contos eroticos imao come a bucetinha da irma na bricadeiravideo ppnor gay de bombriro botado adoleecente pra chupar xnxxmega dotado contosdoce nanda parte cinco contos eroticosgravida do tio contosperdendo a virgindade com o meu namorado e elearromba minha bucetacontos eroticos mamae dondocacontos eroticos fudeno a novinha de 17aninhosChinguei minha sobrinha de vagabunda ea visinha daa cadela aguenta meu pau todinho zoofiliaSE O MACHO FOR NEGRO E CACETUDO SUA ESPOSA JÁ ERA tia safada vai dormi ma o subrinho etransa deitadaestupro esposa contos eroticoscomend9a novinha gosrosa no matinhoconto eu so tinha dez aninhos e meu tio ja chupava minha xoxota que era carnudinha eu ia a loucuracrente safada contosler contos eroticos de incesto mae carente ver o filho transando com a namorada fica com tesao fica adimirada com o pau do filhoporno socorro meu genro fode maltava pastor ver a mulher de mini saia gostosa e não aguentei e transeihttp://porno contos eroticos meteu e gozou dentrochupalano o cu da mulherconsertando o chuveiro da minha vizinha contospendi pra tranza com minha tiachulé feminino contos eroticos podolatriaxevedeos cumendo a amiga da minha mãe que véio passar ferias na minha casa vedeos caseroConto flagrei com bananaConfesso q peguei minha irmã rapando a bucetapirocudo gozando dentropor tras da paredegozadas no xvideo de mulheres que dar tremetreme naspernasfoďe cm gravidafilme foto do site dos homem que tem a rola grande e grossa e cabeçuda fica grossa fone fica Largo na cabeça da rolacomeu a intiada virgemxxvideo corno não guenta ver a mulher cai na rola grandexivideos tubinadacrente pega sobrinho pau duronovos xvideos metendo com forçaaaaaacontos eróticos revista privatecontos eróticos de i****** avô e avó f****** a b***** da netinha juntoscontos tranzei com a mulher do meu cunhadosogra brasileira contará no genroprofessora mulata fodenocom alunocontos eroticos de novinha fudemo.no matocontos pai sangue do cabacoXvideos Lesbicas misturando com travesseiro Contos negao arrombou minha esposa na minha frenteSou coroa casada os mulekes rasgaram minha calcinhahomem gostoso da rolona hàhàhà gemendoconto bunduda peidano pauzaoconto eu hetero tinha 18 anos o pedreiro me comeuconto erotico velha casada banca negao pirocudovideo porno denovinha enfrento pau grandewww.xvideos-gaysinho peniz montro.comCodornas tênis gemendo XVídeoscontos de zoofilia com pai e filhinhaxxvibeo comeo mea da amigamunher gozar gritando na pica du amantescarne conto hetero20contos eroticos transei com meu filho gostosocache:ldh9BdSAKNMJ:gtavicity.ru/texto/201703301 coroa gostosa exibindo os seios na blusa transparente ate ser fodidaxvideo comedu cu de coroaspauzudo arregaçou meu cu contos eroticosContos eroticos casada escrava do amantevideos caseiro de mulher transando com homem magro no colchãonegao infiando na guela da safadamulheres sipr dotada xvideoXVídeos real amador verdadeiro marido chega em casa mais cedo ovo gemido da esposa e grava escondido