DV16. DESCASCANDO A MANDIOCA DO TITIO

Um conto erótico de Dra Valéria
Categoria: Heterossexual
Data: 16/01/2005 19:59:13
Nota -
Assuntos: Heterossexual

O meu nome é Valéria, tenho 23 anos, sou morena, tenho um corpo escultural, lindo peitinhos, coxas grossas e uma bunda grande e arrebitada, daquelas bem profundas, moro perto do centro de Porto Alegre,RS, vou relatar o que aconteceu a mais ou menos seis anos, nesta epoca tinha 17 anos, não era mais santinha em relação ao sexo, meu pai e meu tio abriram uma fruteira, por falar no meu tio, como é lindo e tesudo, quando fico perto dele fico totalmente tarada, mas me contenho pois ele é meu tio. Na fruteira eles trabalham em horário alternado, de manhã é meu tio e a tarde é meu pai. Numa manhã minha mãe mandou buscar um pouco de mandioca para o almoço, na fruteira tem mandiocas lindas, grandes e deliciosas. Como de manhã só meu tio cuida da fruteira, resolvi provocar meu tio, vesti uma minisaia que com muito esforço dava pra ver minha tanguinha rendada e uma blusinha, não usei sutiã, os meus bicos ficavam apontando na frente e sai para ir a fruteira, que fica a duas quadras de casa. Antes de chegar a fruteira, levantei mais um pouco minha saia no limite de poder ver minha tanguinha, somente para provocar mais meu tio, quando entrei no mercado, notei que meu tio não estava no caixa, fui caminhando tentando achar meu tio, fui por tras de uma prateleira e quando tava chegando na divisão de legumes, meu deus, fiquei pasma estava lá meu tio com suas calças aberta somente o ziper, com o membro na mão e batendo um punhetinha, eu olhei o cacete dele, estava duro e vermelho, deve ter uns 22 cm ou mais, era enorme e grosso. Eu sabia que meu tio era um safado mas não um pervertido,então tive um idéia resolvi dar um fraga no meu tio, saltei rapidamente em frente ao meu tio..."Bom dia, titio!". Meu tio com pau na mão quase teve um ataque, tava palido e escondeu rapidamente o membro entre meio as mandiocas que tinham ali e com a cara que não fez nada... "Boa dia! Minha sobrinha!", ele pensa que eu não percebi que tava com seu membro na mão, ele tava suando igual esponja molhada. "Tio, o que o senhor tá fazendo?", ele agarrou com suas mãos outras mandiocas e tapou mais seu cacete... "Eu tava aqui dando uma ajeitada nessas mandiocas!", eu tambem não ficava atras... "Boa idéia titio, acho que vou levar mandioca hoje!", era minha chance de pegar na pica do meu tio. "Valéria pode escolher a vontade!", então comecei a pegar as mandiocas, primeiramente comecei a pegar as que tavam perto de mim, então larguei outra pergunta... "Titio, dizem que as mandiocas boas soltam bastante caldo?". "As bem grossas são puro caldo, minha sobrinha!", comecei a escolher as que tavam bem no meio tive que se curvar sobre a bancada para poder pegar melhor, reparei que meu tio meio que se curvou para poder ver minha tanguinha, mas não movia seu quadril, tava com seu cacete todo tapado por mandiocas, certamente tava deixando meu tio loco, tambem depois que eu vi sua mandioca, fui mais para perto do meu tio dizendo que não tinha achado mandioca boa, comecei a escolher as mandiocas que tavam cobrindo o pau escondido. "Essa não! Essa não! Esta tambem não!" ... até que agarrei com a mão toda o cacetão... "Titio, quero esta mandioca!" ... meu tio deu um pulo para trás, mas eu não larguei seu cacete e com a maior cara de inocente... "Titio o que é isso! Se meu pai te pega vai te dar uma surra!". "Valéria sou inocente foi vc que pegou na minha mandioca!", sentia que o pau do titio tava latejando em minha mão... "Titio essa mandioca é da boa?", ele safado disse... "É sim e se você continha apertando assim vai sair bastante caldo!". "Mas titio eu não posso chegar em casa lambuzada de caldo senão meu pai me mata!". "Sobrinha eu posso jogar o caldo em outro lugar ou você prefere engolir tudo?" , eu já não me aguentava de tesão, tinha que provar a mandioca do meu tio... "Tito não resisti, vou ter que provar sua mandioca!", me ajoelhei a abocanhei aquela pica enorme mal entrava na minha boca, era deliciosa, quente e úmida. Depois de deixar sua pica totalmente molhada, levantei-me e egui minha sainha ao máximo, minha xaninha tava totalmente úmida e molhou minha calcinha, deixando um cheiro de tesão no ar, meu tio vendo aquilo, me agarrou e arrastou para o depósito. "Titio a fruteira vai ficar aberta, pode chegar alguém!", ele correu e fechou a porta da frente, eu para dar-lhe uma surpresa tirei a tanguinha e a blusa deixando meus lindos peitos e minha xaninha peladinha para ele, deitei-me em umas caixas e abri as pernas e fiquei esperando meu tio no maior tesão. Quando meu tio viu babou de tesão, chegou perto de mim e sem contemplação atolou a pica em minha grutinha, nossa dei um grito de tesão... "Que mandioca gostosa!", ele enfiou até o talo e começou as estocadas, a cada ida e vinda eu ia as nuvens. Meu tio tava me plantando a mandioca. Sua mandioca era tão quente que fazia minha xana suar de tesão, foi uma experiencia maravilhosa, depois ele tirou a pica da minha xana e pegou um fardo de laranjas e mandou eu ficar de bruços em cima e veio por cima e meteu novamente a pica na minha xaninha, eu tava com a cara enfiada no meio aos fardos e verdura, tava me deliciando com sua mandioca, minha bunda bunda batia no seu pubis meu rego tava todo suado, foi então que percebi que meu tio estava quase gozando, disse a ele que não poderia gozar dentro pois era perigoso, ele chegou ao meu ouvido.. "Então sobrinha já decidiu, vai querer que eu jogue o caldo pra longe ou vai beber tudinho?", mal esperava para poder sentir aquele caldo em minha boca, "Titio quero provar todo aquele caldo!", ele tirou a pica da minha coninha e colocou bem em cima de minha lingua, tava tão vermelho e quente, em segundos gozou como nunca, eram jatos de caldo que enchiam minha boca, tomei tudinho sentia o gosto do seu tesão, era tão delicioso, fiquei com a boca totalmente melada. Ele educado limpou minha boca com um pano, me ajudou a me vestir, abrimos novamente o mercado e fui embora pois pensaria que minha mãe tava preocupada. Chegando em casa minha mãe perguntou... "Valzinha porque demorou tanto, trouxe as mandiocas que te pedi?", eu tive quase um treco... "Caramba! Esqueci a mandioca!". Então tive que voltar ao mercado pegar as mandiocas, mas vcs precisam saber o que aconteceu...Bjos a todos!

By Dra Valéria

[email protected]

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
pênisWaldo
17/01/2005 02:16:27
VC É A REFEIÇÃO DA FAMÍLIA... É TIO, PAI, AVÔ. TENHO VONTADE DE PEGAR CADA UM DELES E FAZER A FORRA!!!
low
17/01/2005 01:08:34
tenho que adimiti doutora vc tem uma imaginaçao e tanto suas historias me deixam louco pena que nao sao reais mas mesmo assim bate belas punhetas com elas
low
17/01/2005 01:07:29
tenho

Online porn video at mobile phone


conto erotico gay meu pai vendeu meu cu por 100 reais pro seu/amigoveterinaria zoofilia conto eroticopadrasto safado amostrando a p***** arrepiada com novinhameu entiado tem um picao fudemoscontoerotico eu namorada mae e tioxxxvideosporno no teto ou na pissinaconto gay meu irmãominha espoza uza caucinha enormibubuta bem dada com pau pekeno yutubecontos das bordas da conacâmeras escondidas que estragaram Anitta dando a bucetapor que quando minha tia mim ver ela passa a mão e coça a buceta delacontos eiroticos leilaporncontos gays/categoria/enviados gays-arrombei o cuzinho de meu filhinho veadinhoContos eroticos... Sindicato dos trabalhadoresdopei a irma da minha namoradaconto arebentei cu meu vizinhoos melhores. comtos de sexo de paes com filhassexo mulher e homem laranhando(sexo) you tube Contei para meu marido que dei para o negaoconto erotico encoxadamulheres que nao aguentaram dar o rabo pra homens bem dotadoscontos eroticos gay, dando pro nrgão do pauzão de 38cmxvideo eu deitado na minha cama la vem uma mulher pelada botando a buceta na miha cara ai eu nao aguenteixvvidio a mãe ficou presa na piacantos com eroticas tio pirocudo com sobrinhas virgempornodoido de negãos arebentandos as pequenas loirinhasvarios enchendo abuceta de poraxchapeleta destroçada xvideoimagm de sex filha qosano na cara do paisexo contos eroticos branquela madame esperimenta rola preta d negro e goza aos gritosmtk contos eroticos coisas do destino capitulo 1prica cavalaconto erotico de carol cavalana fazenda de amigos novinho conto eroticogay ficou so roçando no meu cu eu arrupiava tudoenfregando o pau duro na bunda dentro do onibus cheioO velho gordo e peludo comeu meu cu contos gaybusetinha branquinha so cabesinha sarechRelato enrabada por um cavalo bem dotado zoofiliatrali de filmis porno kinbengala com nifetasFiquei toda arregaçada com o pedreirominhavo rebolo gistoso xvideosconto erótico jornalista 77xvidios a mae meteno mas u filho madano ele goza detoasistir sinlha dando aboceta para onegao escravoContos eroti cphetero passivo conto realprica cavalaxxvideos nao tira a piroca que vou gozar pgxvidio porno comendo a cunhada de fio dental rocho no banhomadrasta levanta deixa o Maria dormindo e vai entrar na roleta 20 anos novinhoela soquiria chupa e inguli pora dos pau grandeabaxa vidio porno de tio fudeno supria só nucu da safadahomem comendo novinha de quatro puxando pela cintura metendo a vara e g*************eu e minha mãe e minha irmã moramos sozinhos eu conversando com a minha mãe eu disse pra ela que eu ia tirar a virgindade da buceta da minha irmã minha mãe disse pra mim filho se você tirar a virgindade da buceta da sua irmã ninguém pode saber disso a noite eu entrei no quarto da minha irmã eu deitei na sua cama do seu lado eu dei um beijo na boca dela eu disse pra ela eu vou tirar sua virgindade da sua buceta eu disse pra ela que minha mãe já sabia que eu ia tirar sua virgindade da sua buceta minha irmã tirou seu babydool eu chupei seu peito eu disse pra ela sua buceta virgem raspadinha e linda eu comecei a chupar sua buceta virgem ela gozo na minha boca eu disse pra ela chupar meu pau ela chupou meu pau eu fui metendo meu pau na sua buceta virgem que sangro eu comecei a fuder sua buceta ela gozo conto eróticoVanessa queria brincar mais não imaginava que ia encontrar pela a frente um monte de safadinhos taradosContos eroticos o comedor de cu pulei o muro da vissinha,e dopei ela e comi o cu delacontos safados mais interessantes casada mae filha fazem sexo com gero dotadosxisvideo casero gemida mas gostosacontos erotico gay com meu afilhadoXVídeos brasileiro tar adesivo da esposa colega para chupar eleicvidiopornoxiripornoCodornas tênis gemendo XVídeospau perto na particinha xxvioxvideos conformadogynetiada dormindo cem calçinhaimcesto com meu papai que pica enormepapaicontos eroticos fingi dormir e meu amigo comeu minha esposaConto erotico traçando a tia lucia parte finalnao acreditei mas o pirralho meteu a pica na minha bucetaCorno humilhado na lua de meltaradinhocontosbumda grande fodendo caindo com perdas bambafotos de bucetas do faisaoem couchando agostosa no ônibus cunhada centa na rola do cunhadoprequitinho novo rapadodurmiu com a prima e bateu uma ciririca nela fasend ela goza muito